Esse artigo visa compartilhar os experimentos realizados por Max Freedom Long sobre as teorias dos cordões aka e mensagens telepáticas, em processos de cura [healing] à distância, conforme descritos em seu livro “Huna, A Secret Science At Work – The Huna Method As a Way of Life” [tradução livre: “Huna, Uma Ciência Secreta Em Ação – O Método Huna Como um Modo de Vida”], que nós estamos transcrevendo trechos a seguir, referentes ao Capítulo XII – The Telepathic Mutual Healing Group (TMHG) para o nosso conhecimento e o nosso entendimento do sistema de pensamento da Psicofilosofia Huna.

Tradução livre Projeto OREM®

O Grupo de Cura [Healing] Mútua Telepática

Max Freedom Long esclarece que foi lançado um experimento em 1948, baseado nas teorias Huna do cordão aka e mensagens telepáticas enviadas sobre isso, entre os membros do HRA que desejavam participar.

“Nós o chamamos de Grupo de Cura [Healing] Mútua Telepática, que foi adotado o acrónimo, como no hábito moderno, para TMHG [GCMT] em pouco tempo. Iniciado como um experimento para durar e ser relatado pelo período de apenas um mês, o interesse e os resultados o mantiveram por anos.

Como tem sido dito, o HRA era composto por pessoas espalhadas aqui e ali por esse país, Canadá, Europa e Austrália. O nosso único meio de encontro era por meio de cartas e boletins. Muitos sentiram a necessidade de contato com outros trabalhando na mesma linha. E haviam muitos com necessidades urgentes e cuja confiança na força de suas próprias orações era fraca. É verdade que onde uma pessoa pode realizar pouco, trabalhando sozinha, várias pessoas reunidas para um propósito comum podem realizar grandes coisas.

Não havia possibilidade de nós nos encontrarmos juntos fisicamente, como as pessoas fazem em uma igreja ou salão de palestras. No entanto, por que não se reunir telepaticamente? Nós vínhamos ensinando os nossos eus básicos a usar aquele talento que pertencia somente a eles.

Aqui estava uma chance de experimentação nessa linha, porém em uma escala maior. Aqui estava uma chance de ajudar aqueles que necessitavam de ajuda, se nós pudéssemos ajudar.

Por muitos anos tem havido ‘tratamento à distância’ praticado por organizações religiosas modernas sem a menção ou percepção do envolvimento do elemento telepático. Sempre tem havido orações em nome de amigos e entes queridos à distância e frequentemente orações organizadas nas quais membros distantes de um grupo maior se juntam em horários determinados.

Eu examinei os registros das práticas Kahuna para ver se havia um precedente ou guia que pudesse nos ajudar a planejar o nosso curso. A combinação ideal para a cura [healing], claro, era o Kahuna e o paciente dele. O Kahuna concentrava todos os seus esforços em uma pessoa antes de se voltar para outra. Entretanto, eu achei uma prática muito interessante na questão de ‘trançar os cordões aka’ [como uma corda] que se adequava exatamente aos nossos propósitos.

Conforme exposto nos capítulos anteriores sobre o treinamento do eu básico em telepatia, nós sabíamos que a mensagem da forma-pensamento viaja por um fio ou cordão aka projetado pelo eu básico e ligado ao eu básico da pessoa a quem nós estamos enviando a mensagem. Nós sabíamos da crença de que os Eus Superiores de uma unidade ou grupo tribal formavam o Poe Aumakua ou Grande Companhia dos Eus Superiores. Também se acreditava que havia força na união no nível do Eu Superior. O símbolo para isso era uma corda [ou cordão], tecida, torcida ou trançada com muitos fios.

Um cordão é muito mais forte que um fio e a implicação é que os fios ou cordões aka de muitas pessoas conduzindo aos muitos Eus Superiores, se todos animados para o envio da Mana e formas-pensamento da mesma oração ao mesmo tempo, permitirá que os Eus Superiores realizem uma poderosa obra de poder em nome da comunidade ou assembleia de eus básicos e médios que se unem nessa forma de oração.

Na Polinésia, os templos costumavam ser plataformas grandes, elevadas e pavimentadas com pedras e na plataforma haviam várias casas de palha, cada uma dedicada a um propósito especial. Uma dessas casas era reservada para o bem da tribo como um todo. Era a casa na qual, após a devida limpeza ritualística preliminar das pessoas que se reuniam para formar a congregação, os sacerdotes se escondiam e realizavam o misterioso rito final de trançar as fibras da casca do coco para formar uma cordão forte. Uma vez trançado e simbolizando a união dos fios aka de toda a congregação para fornecer a força aumentada – e provavelmente exibida ao povo – a oração era considerada feita e enviada aos Eus Superiores.

No Japão, onde muitas coisas remanescentes da Huna têm sido mantidas nas religiões mais antigas, o símbolo pode ser encontrado na forma de um fio de cordão pendurado entre dois pilares diante dos templos. O cordão é tão grosso quanto o corpo de um homem no centro, mas afunila em pouco mais do que um único fio em cada extremidade, contando a lição de força na união em uma simbologia duradoura.

A partir dessa ideia do significado da corda ou cordão trançado, o nosso plano de procedimento foi desenvolvido. Eu me propus a oficiar no centro das coisas e fazer o meu melhor para realizar o rito de ‘trançar’ e direcionar a Mana, uma vez que flui de todos os lados ao longo dos fios aka, para os Eus Superiores.

Os participantes no TMHG deveriam enviar para mim ao longo dos fios aka que nos conectam, a Mana e as formas-pensamento.

Nós sabemos a partir do nosso estudo de Psicometria que um fio aka é preso a um objeto pela pessoa que o manuseia e que mais tarde um Psicometrista pode tocar o objeto e o seu eu básico segue o fio aka até o dono, aprendendo coisas sobre o dono que podem ser verificadas. Portanto, nós decidimos usar, para o nosso contato através do fio aka, cartas e assinaturas enviadas a mim pelos participantes do experimento.

A carta era para declarar brevemente a oração bem pensada (da qual eles não deveriam se desviar). Era para ser assinada à tinta e a assinatura observada fixamente por meio minuto com a folha segura nas mãos – dessa forma, certificando-se de que o fio aka seria preso à folha e à assinatura. As cartas deveriam ser enviadas para mim e eu planejava colocá-las em uma caixa e colocar as palmas das minhas mãos em suas bordas durante os minutos em que observaríamos o nosso rito de oração juntos. Antes da hora marcada, entretanto, eu tocava cada letra e me concentrava nela por um curto período de tempo para tentar fazer contato preliminar através do meu eu básico e do fio aka.

Nós decidimos um horário diário para fazer contato uns com os outros e para a prece-ação. Como alguns HRAs só podiam participar à tarde e outros apenas à noite e como havia diferença de fuso horário entre várias partes do mundo a serem consideradas, nós definimos os períodos do TMHG para as 15h e 19h, horário da Califórnia e isso foi deixado para cada HRA calcular as diferenças de horário e organizar os seus próprios períodos de observância para coincidir com o horário da Califórnia. Instruções quanto ao procedimento da prece-ação foram enviadas para aqueles que se juntariam a mim no experimento. Eu anexei uma versão condensada deles que servirá para mostrar como nós lidamos com os testes:

O RITUAL DA PRECE-AÇÃO TMHG é aproximadamente dividido em etapas, como segue:

1. Você terá as suas formas-pensamento da condição desejada prontas para serem recuperadas a qualquer momento. Alguns minutos antes de soar a hora, assuma uma atitude mental adequada de seriedade e então acumule o máximo de sobrecarga de Mana que puder. Quando a hora soar, faça um contato telepático com o seu próprio Eu Superior e os Eus Superiores dos outros, dirigindo a sua atenção para mim no centro e mantendo a vontade de fazer contato telepático através de mim como centro do qual surge o ‘cordão trançado’ ou fios aka unidos, para contatar todos os Eus Superiores e aumentar o poder das preces-ação para todos os que participam. Envie amor e bênçãos e Mana, de maneira consciente, para os Eus Superiores através de mim como o centro. Faça isso por dois minutos, também pedindo e imaginando bênçãos Mundiais e oferecendo Mana para uso dos Eus Superiores para os seus próprios propósitos, sejam eles quais forem.

2. Aproximadamente ao final de dois minutos, relaxe e deixe-me enviar a você o meu amor, bênção e visualização de condições perfeitas. Eu também enviarei uma cor, para um auxílio no desenvolvimento de sua receptividade telepática. Não se preocupe se não obtiver nenhuma impressão. Tem sido nossa experiência que os benefícios não faltam de forma alguma porque a recepção é ruim ou totalmente inexistente.

3. Cerca de quatro minutos após a hora, comece a trabalhar fazendo a sua prece-ação da maneira usual, lembrando e visualizando em detalhes vívidos as condições que você deseja que os Eus Superiores construam em seu futuro.

Imagine a si mesmo entrando nas novas condições e fazendo todas as coisas que você faria ou fará quando elas se materializarem como realidades – quando a resposta for completada pelos Eus Superiores. Nesses momentos, é bom imaginar os outros sendo também abençoados com condições desejáveis, se a sua vida estiver próxima ou depender da deles em algum momento.

4. À medida que o final de oito minutos se aproxima, esforce-se para enviar e dizer que você ESTÁ enviando as formas-pensamento das condições desejadas, juntamente com um forte fluxo de Mana para os Eus Superiores por meio do centro e dos cordões trançados de conexão de fios aka. Feito isso, pare por alguns segundos e então termine a sua oração de forma cerimonial e definitiva, dizendo: ‘A oração levanta voo. Deixe a chuva de bênçãos derramar-se sobre nós.’ (Esse é o fluxo de retorno da Mana transformado em Mana Superior [Mana Loa] com o efeito de nos reanimar e nos abençoar.) Au ma ma. (Ou ‘amém’.)

O experimento foi realizado fielmente durante todo o mês, com envio de relatórios durante o período e ao final do mesmo. Aqui está o relatório, novamente condensado do boletim, como foi feito no final do período de teste:

RELATÓRIO SOBRE A MÚTUA TELEPÁTICA – EXPERIMENTO DE CURA [HEALING]

25 de novembro a 25 de dezembro de 1948

A QUESTÃO DE TEMPO foi um dos principais obstáculos.

Frequentemente, alguns de nós tínhamos que interromper e sair de reuniões sociais ou compromissos domésticos para participar do trabalho. Alguns foram incapazes de fazê-lo muitas vezes. Um número surpreendente descobriu que eles pareciam incapazes de lembrar a hora e a esqueciam até mais tarde (talvez ‘George’[*] não estivesse interessado). No entanto, do grande número de participantes (cerca de cinquenta ou sessenta), apenas alguns poucos não puderam participar na maioria das noites.

[*Curiosidade: George era o nome que Max Freedom Long tinha dado ao seu eu básico (Mente Subconsciente, Unihipili)]

O OBJETIVO DO EXPERIMENTO era (1) ver se as impressões telepáticas poderiam ou não ser enviadas por mim do centro de Los Angeles a vários Associados ao mesmo tempo, (2) ver se as impressões poderiam ser captadas como enviadas ou se elas seriam distorcidas e alteradas, (3) para ver que efeito, trabalhando dessa maneira como um grupo, poderia ter sob os métodos e crenças Huna, na cura [healing] do corpo ou das circunstâncias, ou em outras maneiras inesperadas.

ENVIADOS TELEPATICAMENTE (por mim para fins de teste) foram os números de 1 a 10, figuras geométricas simples como triângulos, quadrados, círculos, estrelas, cones, pirâmides (sólidas em vez do contorno simples em alguns casos), a letra ‘H’ (para ‘Huna’) e a cor VERDE. Essa cor variava de verde amarelado claro a verde mais escuro, mais brilhante e geralmente azulado claro. Também foi enviada a imagem visualizada de vales verdes pacíficos, campos e terras verdes ondulantes – para incorporar a ideia da PAZ MUNDIAL pela qual todos nós trabalhamos, além de outras coisas desejadas.

A CADA QUARTA-FEIRA À NOITE, um grupo bem organizado e razoavelmente estabelecido de cerca de quinze pessoas, muitos treinados no uso da sugestão para vários propósitos (não originalmente um grupo Huna, mas com todos os membros até então HRAs) juntava-se a mim ao bater da hora na realização das etapas do experimento. Eu continuei a enviar a imagem telepática como de costume, para testar a diferença na recepção, tanto à distância quanto de perto. (Nenhuma diferença foi notada.) ESSE GRUPO, trabalhando comigo como uma unidade, mais tarde naquela noite, tentou enviar cura [healing] por meios telepáticos (e invocando também a ajuda dos Eus Superiores) para vários HRAs em lugares distantes. Isso foi para testar a ideia de que várias pessoas, trabalhando juntas como um grupo, poderiam exercer uma força maior do que um único indivíduo. Verificações por carta (em alguns casos sem avisar o paciente com antecedência sobre o horário e o plano) mostraram um benefício marcante, especialmente em questão de força e de sensação de bem-estar restaurado.

Em dois casos, os assim tratados sentiram-se tão bem nos dias seguintes que se cansaram e logo voltaram ao estado anterior. Os membros do grupo também experienciaram essa estranha sensação de elevação e alegria no dia seguinte. (O problema de como reter esse efeito por mais tempo ou permanentemente parece estar ligado à questão da Mana de alguma maneira definida. Em cada caso, o grupo praticou o acúmulo de uma sobrecarga de Mana para ser usada de várias maneiras, experimentalmente, bem como em testes de cura [healing].)

OS MEUS SENTIMENTOS PESSOAIS NO CENTRO foram marcados pelo fato de serem muito fortes algumas noites e quase ausentes em outras. Essa também tem sido a experiência de QUASE TODOS OS HRAs QUE RELATARAM OS SEUS SENTIMENTOS. A causa dessa variação não foi determinada. Nas noites em que eu sentia pouco ou nada, as imagens mentais enviadas telepaticamente eram captadas aparentemente da mesma forma. Na primeira noite, eu peguei a pilha de cartas que vinham de longe e trabalhei nelas, anotando os nomes nelas e alcançando mentalmente os meus amigos, um após o outro, para estabelecer contato telepaticamente através dos fios aka ligados às letras e, portanto, a eles. À medida que a hora se aproximava, eu senti uma forte corrente de excitação, como se sentisse a atitude de expectativa de todas as pessoas esperando para começar.

Quando a hora chegou, eu relaxei e esperei que os pensamentos e a Mana direcionados a mim fossem sentidos. As minhas mãos formigavam nas letras e, enquanto eu voltava minha mente para unir todos os nossos fios e erguê-los como um grande ‘cordão trançado(aka) para a Grande Companhia de Eus Superiores, da qual o nosso fazia parte, veio um Sensação BASTANTE INESPERADA de ser repentinamente ELEVADO, LIMPO E ABENÇOADO.

Eu senti uma onda de alegria e de amor e um grande desejo de poder ajudar fazendo a minha parte no trabalho de cura [healing] e restauração. A reação emocional que marca a cooperação do eu básico de repente ficou muito forte e a alegria de tudo isso trouxe lágrimas aos meus olhos. (Outros também relataram essa reação de sua parte.) Nessa condição emocional, eu enviei de volta aos meus amigos o meu amor e a bem-aventurança que eu senti fluindo para nós a partir dos Eus Superiores.

Havia uma sensação mística para tudo isso, como eu tinha sentido em ‘Realização’ sob o sistema Zen (Budista) e como eu me lembro de alguém ter sentido isso em uma reunião de avivamento Batista anos atrás.

O próximo passo foi aquele em que todos nós deixamos claro diante de nós as imagens das condições desejadas. Eu imaginei as condições perfeitas de saúde, felicidade e prosperidade para todos e o mundo abençoado com paz e abundância. No minuto seguinte, eu apresentei a minha imagem e senti o formigamento agudo em minhas mãos aumentar à medida que a nossa Mana e imagens unidas fluíam para o cordão trançado. Ao final do quarto minuto eu encerrei as preces-ação da forma usual, relaxando enquanto eu tentava sentir qualquer retorno dos Eus Superiores. Eu senti vagamente algo que parecia encher-me de nova força, elevar-me e purificar-me novamente. Eu logo entrei em meu trabalho de cura [healing] telepática para indivíduos, muito revigorado e com um maior sentimento de fé e confiança. Isso foi uma experiência muito abençoada e que quando sentida pelos outros nos deixou todos ansiosos para continuar o trabalho, mesmo que muitas noites passassem sem recompensas tão fortemente sentidas.

OUTROS RELATARAM várias vezes a recepção das coisas enviadas telepaticamente, assim como eu as havia enviado, quase sem alterações ou erros. Mas, na maioria dos relatórios, algo foi adicionado ou alterado. Por exemplo, o triângulo foi visto colocado em um escudo verde com bordas douradas. O círculo foi visto começando a girar, se mover e se multiplicar. Os campos verdes eram aumentados por árvores com lindas flores e as fileiras nos campos eram incrivelmente perfeitas, retas e verdes. Para alguns o verde deu lugar a outras cores, fontes e arco-íris delas. A pirâmide sólida e o cone foram relatados de volta. Simples estrelas tornaram-se iluminadas e resplandecentes e no Natal superavam-se as árvores de Natal.

A PARTE DESEMPENHADA AQUI PELOS SÍMBOLOS indica que os eus básicos estavam trabalhando forte conosco. O eu básico é conhecido por acrescentar ao que capta psiquicamente e por fazer símbolos que, se nós pudermos chegar ao significado oculto por trás deles, muitas vezes revelam coisas ocultas na consciência no nível da percepção [consciousness] abaixo do limiar. A ocorrência de tais símbolos nos permite saber que havia uma realidade para a recepção e que isso não era fruto da imaginação.

OS RESULTADOS DA CURA [HEALING] FORAM EXCELENTES e o trabalho no mês de teste pareceu ajudar a trazer à tona o trabalho de autocura [self-healing] iniciado anteriormente e os esforços de cura [healing] nos quais eu tenho trabalhado com Associados nos problemas deles. Aqui estão alguns comentários extraídos das cartas:

‘Eu sinto o seu benefício muito depois do tempo determinado. O melhor que eu tenho estado em quatro anos. Eu me sinto tão pequeno e humilde, de alguma forma obrigado.’

‘Quando você nos disse que a minha esposa tinha sido tratada pelo grupo de quase vinte pessoas na noite de quarta-feira, nós verificamos e lembramos, singularmente – ou não – como isso pode parecer, que ela estava deitada na cama naquela noite mais ou menos naquela mesma hora. Sem aviso, de repente, ela me chamou em outra sala para me dizer que de repente ela estava se sentindo melhor – muito melhor. Ela não consegue descrever exatamente o que aconteceu com ela no momento, mas afirma que ‘algo’ parecia acalmá-la e dar-lhe uma sensação de grande força, algo que ela nunca havia experienciado antes.’

‘Nada ainda.’

‘Eu estou sentindo o benefício do trabalho e estou esperando que ele leve a cabo todo o quadro.’

‘Na primeira noite, eu me senti tão relaxado que eu adormeci. Eu me senti como se estivesse apenas flutuando no espaço. (Observação: essa é uma sensação que já tem se tornado familiar para muitos .) Na noite seguinte, eu vi lindos campos verdes.’

‘Na primeira noite, eu vi vagamente uma porta corrediça que foi empurrada para o lado, o que eu interpretei como uma indicação de que o caminho estava aberto para nós. Ontem à noite, foi mostrado um anel, com triângulos colocados em volta do topo… então flâmulas descendo como uma corda, enquanto elas estavam entrelaçadas.’ (Nota: Outros logo relataram ter visto os fios aka em uma ‘trança’ semelhante e dois os viram como sendo de muitas e belas cores.)

‘Nós três nos sentamos cada um perto. A mãe disse que, anteontem à noite, ela viu uma grande diferença em seus olhos. Nós certamente somos gratos por isso.’

‘Os olhos melhoram constantemente sob o experimento do Grupo de Cura Mútua Telepática.’

‘No dia 23 de novembro eu recebi a lição do experimento e aprendi parte do ritual. No dia seguinte, eu aprendi tudo isso. Na manhã do dia 25, eu descobri repentinamente que a dor terrível havia desaparecido completamente, ou o tratamento ou apenas o estudo das instruções eliminou a dor que eu estava imaginando.’ (Nota: Sem dúvida ela fez contato com o seu Eu Superior na prática e obteve uma resposta rápida.)

‘Eu vi um círculo duplo como um anel, fluindo com um líquido verde brilhante. Bem no centro brilhava – como um diamante – um brilho de todas as cores.’

‘Eu tinha tanta dificuldade em respirar quando eu caminhava – mesmo que por apenas uma curta distância e tinha que sentar para recuperar o fôlego. Ontem eu caminhei dois quarteirões e não tive nenhuma dificuldade. Eu não tenho consigo fazer isso há meses, então você vê como eu estou feliz.’

‘O crescimento tem desaparecido totalmente, intrigando muito os médicos.’

UMA DAS SURPREENDENTES CARACTERÍSTICAS do experimento é a emergência da sensação de que, unidos dessa forma através dos contatos telepáticos e fazendo um contato unido com o Poe Aumakua, nós nos tornamos uma entidade grupal. Nós estávamos ‘trançados’ como os nossos fios aka juntos e parecíamos compartilhar o reino da unidade da ‘unicidade’ conhecida pelos Eus Superiores. Nós achamos a nós mesmos unidos em um ‘corpo’ e sentindo amor e proximidade e camaradagem. Após essa experiência, que muitos de nós sentimos vividamente, nós passamos a conhecer o significado interno da igreja ou congregação como um mecanismo a ser usado no contato e no trabalho com os Eus Superioressendo guiados, ajudados e curados [healed] – e , por sua vez, sendo dado o Serviço para atuar em nossos níveis de vida a pedido daqueles dos Níveis Superiores.

Como tem sido dito, tão satisfatório foi o primeiro teste dos métodos TMHG que imediatamente nós continuamos em um segundo período e então tornamos essa parte do trabalho um rito regular às 15 e 19 diariamente, sete dias por semana sem intervalo.

Com o passar do tempo, foi solicitado um ritual de oração, enviado por meio do boletim. Sugeriu-se que isso deveria ser alterado para atender às necessidades do usuário e, em seguida, ser memorizado para uso. Os pensamentos contidos na oração têm uma força impressionante muito grande sobre o eu básicoum estímulo físico de ordem superior. Após acumular uma sobrecarga de Mana, na hora, a oração inicia:

‘Eu busco estabelecer comunicação agora para contatar MFL no centro e fazer parte do Grupo que agora se reúne para orar.

Com o Grupo, eu agora busco estabelecer comunicação para contatar a Grande Companhia de Aumakuas, que inclui o meu próprio Aumakua

(Pausa) Amados e ​​Espíritos Parentais Totalmente Confiáveis, purifiquem-me de todos os pecados de sofrimentos causados a outros. Aceitem a minha promessa de evitar sofrimentos e compensar sofrimentos do passado na medida do possível. ‘Purifiquem Vocês a minha face suja com a abundância de Vossa Graça.’ Purifiquem esse suprimento de força viva que eu ofereço como o meu sacrifício vivo para vocês. Eu agora envio através do cordão aka de contato e através do cordão trançado do Grupo por meio de MFL no centro, esse suprimento de Mana. Aceite-o com o meu amor e doação com contentamento.

‘Eu agora envio a imagem mental das condições que eu peço para serem usadas como moldes ou sementes e preenchidas e cultivadas para realidades no futuro. Eu vejo um mundo em paz, um mundo próspero… um mundo feliz… um mundo seguro…

‘Eu agora apresento essa imagem de todos em nosso Grupo sendo trazidos para a Luz e permanecendo em perfeita saúde com um suprimento abundante de todas as coisas necessárias para uma vida feliz e um Serviço feliz. Eu vejo todos nós, inclusive a mim mesmo, concedido o poder para Servir, os meios de Serviço e a Alegria de Serviço. Eu comprometo a mim mesmo a aceitar todas as oportunidades de Serviço com fé e até o limite de minha capacidade, para que a partir de pequenas coisas eu possa crescer na direção de coisas maiores de Serviço e diariamente vir a ser mais como vocês são – mais totalmente confiável no uso que eu faço das coisas confiadas a mim. Eu me esforçarei para fazer a minha parte para vir a ser como eu imagino a mim mesmo no futuro, saudável, feliz e próspero – repleto com a alegria de viver e Serviço – vir a ser totalmente confiável em cada pensamento e ato e aspiração.

‘Eu agora apresento uma imagem mental especial das condições desejadas para mim mesmo (aqui visualize as condições pessoais desejadas ou as condições desejadas para os outros).

‘A oração agora termina. As imagens mentais são liberadas sob a vossa guarda para serem materializadas o mais rápido possível, Amados e Totalmente Confiáveis ​​Espíritos Parentais – Grande Poe Aumakua. Agora deixe o fluxo de retorno de Mana derramar-se, como chuva abençoada, para trazer todo o bem e toda a limpeza. A prece-ação está terminada. Eu me retiro do contato. Au ma ma [Amém].”

Quando nós entramos em guerra na Coréia, eu recebi muitas cartas de esposas ansiosas, pais e namoradas dos homens das forças armadas. Eles pediam ajuda ao TMHG. Então nós inserimos um parágrafo no ritual de oração, construindo um ‘Muro de Proteção’ ao redor dos soldados cujos nomes tinham sido enviados. Nós colocamos uma oração especial imediatamente após a imagem mental de um mundo em paz. Isso foi assim redigido:

Eu apresento agora uma imagem de todos os homens ligados ao grupo que estão nas forças armadas. Cada um está cercado por um Muro de Proteção fortalecido por nossos Eus Superiores o tempo todo e constantemente protegendo-os do perigo em todos os sentidos.

É um fato que, nesse momento em que escrevo, nenhum homem na lista do ‘Muro de Proteção’ tem sido relatado como uma baixa. Muitos têm passado por ações em que outros foram mortos ou feridos. Um sobreviveu ileso a um acidente de avião no qual vários outros estavam mortos ou estavam feridos.

Mas um resultado tão afortunado das preces-ação do TMHG era de forma alguma universal. Embora, ao longo dos anos, enquanto o TMHG estava em operação, carta após carta veio relatando resultados quase milagrosos, outros relataram resultados fracos e às vezes uma completa falta de benefício. Muito parecia depender de o indivíduo buscar ajuda através do trabalho com o grupo. O envio fiel de Mana, dia após dia, aos Eus Superiores e a apresentação cuidadosa e regular das imagens das condições desejadas provaram ter um efeito edificante ou cumulativo. Além disso, a capacidade de uma pessoa ajudar outra, algo como encher uma bomba com água, para permitir que outra pessoa bombeie por si mesma, parece ser necessária em muitos casos. Um eu básico com fé e plena confiança parece ser capaz de ajudar muito o eu básico de outro enormemente.

Para pequenos grupos, a forma ideal de trabalho conjunto parece ser através da reunião de contato semanal, com projetos regulares e com preces-ação do tipo Huna usadas em uníssono. O ritual que acaba de ser dado é muito útil e abrange todos os pontos importantes. Então, durante a semana, com algum membro do grupo atuando como centro, o trabalho na hora uma ou duas vezes por dia pode ser realizado, assim como no TMHG e a força multiplicada pela associação de todas as maneiras.

Para aqueles que desejam atender com tratamento a distância, os conhecimentos obtidos pelo TMHG em seu trabalho experimental com a Huna podem servir de guia tanto na teoria quanto na aplicação prática. O seguinte relato sobre comunicação telepática entre duas pessoas com o objetivo de curar [healing] apareceu em um dos boletins:

UMA EXPERIÊNCIA DE CURA [HEALING] TELEPÁTICA BEM-SUCEDIDA com pesquisa especial sobre o uso da água como adjuvante da recepção telepática, foi realizada em maio e junho por HRA T.A.L., em sua residência em Los Angeles e a HRA Sra. J.M.R., residente em Madison, Wisconsin. A última é dotada de linhas psíquicas, acostumada ao trabalho de cura [healing] e dada a sentir um fluxo descendente de Mana Superior como uma chuva cintilante ao entrar em contato com o seu Aumakua. T.A.L. demonstrou alguma habilidade psíquica e usou o método Kahuna de olhar para um copo de água como para um cristal para obter imagens visuais em resposta a projeções telepáticas ou outras.

A data marcada para o teste foi 23 de maio de 1952, às 7h, horário de verão da Califórnia. A Sra. R. escreveu para T.A.L.: ‘Eu gostaria de lhe enviar uma radiação de cura [healing] enquanto o (contato telepático e) corrente é forte. Claro, eu posso não ser capaz de evocar uma forte radiação na hora marcada, mas talvez o Eu Superior possa ajudar. Nós podemos começar às sete e continuar por nove minutos. Você pode até receber uma mensagem falada.’ O experimento foi realizado dentro do cronograma e aqui está parte da carta de T.A.L. para a Sra. R., relatando a sua recepção:

‘Pontualmente às 7 horas da manhã, eu estava pronto, tendo me preparado mentalmente para a mensagem e com a vasilha cheia de água. Eu me sentei passivamente e dei uma olhadinha para dentro da vasilha, esperando o aparecimento de qualquer sentido ou a chegada de qualquer mensagem. Parecia um vazio absoluto, então às 7:03 apareceu uma cena na vasilha de uma senhora de cabelos grisalhos, olhos claros, estatura mediana, vestindo uma jaqueta escura ou talvez um colete, pois as mangas eram de cor clara e se mostravam com destaque, enquanto os seus braços estavam estendidos para cima em súplica de oração. (Nota: as duas pessoas que fizeram o experimento nunca tinham se encontrado.) Ela caminhou como se fosse de uma sala para outra, parou na segunda sala em uma mesa, abaixou a cabeça e olhou fixamente como em profunda meditação – e ao mesmo tempo eu fiquei consciente de uma vibração pulsante ao redor do meu estômago. Isso durou um minuto inteiro e dentro de mim surgiu o pensamento de liberação das tensões. Eu fiquei muito relaxado e bocejei. Eu podia até ver os lábios dela se moverem como se estivessem fazendo uma declaração falada, no entanto não conseguia sentir as palavras. Depois de alguns minutos, a ação terminou.

‘Tem sido minha obrigação diária ter à mão um pouco de leite para aliviar o desconforto causado pela minha condição estomacal. No caminho para o trabalho eu estava animado, pois tinha uma forte sensação de bem-estar e a promessa de sua continuação por causa da vibração de cura [healing] que havia sentido. Durante toda a sexta-feira, não houve necessidade de beber leite, nem eu fui perturbado de forma alguma naquele dia, como geralmente fico quando surgem situações ‘apertadas’. Desde então, o meu estômago tem estado normal e eu tenho conseguido comer e desfrutar de alimentos que antes eram um tabu para mim.’

A Sra. R., em resposta e depois de expressar o seu prazer e a sua gratidão aos Seres Superiores pela cura [healing], passou a verificar a imagem telepática vista na água:

‘A sua imagem na água era tão verdadeira que me impressiona. Assim como você descreveu isso, eu caminhei de uma sala para outra duas vezes, enquanto respirava fundo e as enviava para o topo da minha cabeça, conforme explicado em The Secret Science Behind Miracles [tradução livre: A Ciência Secreta Por Trás Dos Milagres] – para entrar em contato com o Eu Superior. Então eu fiquei ao lado de uma mesa baixa e rezei com a cabeça baixa, em seguida levantando os meus braços, a palma da mão direita para baixo e a palma da mão esquerda para cima. Eu senti ondas de radiação suave e soube que você estava recebendo uma cura [healing]. Então eu pedi que a cura [healing] fosse sustentada. Depois que a corrente de cura [healing] foi enviada, eu me esforcei para enviar a você a mensagem: ‘Aceite a sua cura [healing].’’

‘Aparentemente, o Eu Superior – o seu – terminou a imagem nesse ponto. No entanto, eu continuei com a atividade fingindo que EU ERA VOCÊ – e andei pela sala, esquecendo DE MIM – ENQUANTO EU ERA VOCÊ NA CALIFÓRNIA. Eu caminhei rapidamente, sentindo vigor e sentindo ‘bem-estar’ – e completa liberação de saúde. Eu, às vezes, uso essa atividade quando envio cura [healing] e acho que isso funciona! Eu falei em voz alta e disse – enquanto eu era VOCÊ – eu sou forte e EU ESTOU CURADO [HEALED]! Então eu estava no escuro aqui dando graças ao Curador [Healer] Universal de TUDO O QUE EXISTE. Então eu continuei com as minhas tarefas habituais. A sua descrição da ‘jaqueta escura com mangas claras aparecendo’ estava certa. Eu estava vestindo um roupão escuro e havia mangas claras aparecendo por baixo das mangas escuras do casaco.’”

Resumo do Experimento TMHG

Trechos extraídos de artigo no site https://www.angelfire.com/mo/huna/HunaOhana/tmhg.html:

Introdução

“O Grupo de Cura [Healing] Mútua Telepática [Telepathic Mutual Healing Group – TMHG em inglês] iniciou o seu trabalho em 1948 sob a direção de Max Freedom Long. O TMHG consiste de um pequeno grupo de membros da Huna Research que se dedicam à cura [healing] daqueles que solicitam ajuda para a cura [healing] do corpo, problemas pessoais e emaranhados sociais ou financeiros. O TMHG se reúne regularmente para enviar cura [healing] para aqueles que a solicitam para si ou para os outros. Alguns estão fisicamente presentes no edifício da sede da Huna em Cape Girardeau, Missouri. Outros se juntam a nós em sua meditação de cura [healing], onde quer que estejam fisicamente. Nós temos membros de todas as partes do mundo se juntando a nós para direcionar a sua Mana para uso daqueles que precisam de cura [healing].

Qualquer pessoa pode solicitar ajuda através do Grupo de Cura [Healing] Mútua Telepática (TMHG).

Toda cura [healing], em essência, é autocura e é realizada por meio de seus próprios três eus [eu básico, eu médio e Eu Superior]. O TMHG ajuda de duas maneiras básicas:

  • Ao reforçar a imagem visualizada que você descreve como o resultado desejado, e
  • Ao enviar um suprimento extra de Mana de cura [healing] (força vital), que dará um impulso à sua própria energia vital e permitirá que ela atenda ao seu pedido da maneira que você deseja. Nós pedimos que você coopere no esforço de cura [healing] seguindo as sugestões simples apresentadas aqui. Se você está ingressando no TMHG como um colaborador de Mana de cura [healing] que é coletado e enviado, nós damos as boas-vindas [o TMHG não atua nos dias de hoje, infelizmente…].

Como participar

Passo um

Decida que você realmente quer a doença curada [healed] ou o problema físico, emocional ou mental ou resolvido, ou o problema pessoal resolvido. Você não tem que apenas desejar a cura [healing] em um nível consciente, mas também em um nível subconsciente. Todos os três eus têm que estar envolvidos para trazer a cura [healing]: o eu médio consciente, o eu básico subconsciente e a consciência no nível da percepção superior do Eu Superior. Examine os seus sentimentos e determine que reação emocional você tem quando se vê completamente bem e de volta ao seu modo de vida desejado.

Passo dois

Decida exatamente o que você quer que seja o resultado. Isso requer pensamento cuidadoso (meditação, contemplação). Algumas solicitações não podem ser feitas em termos exatos. Nesse caso, decida o que você fará quando o resultado desejado for alcançado. Se você sempre se colocar na imagem do seu futuro, vendo-se em ação, a decisão será clara. Quando você sabe qual será o resultado desejado, você está pronto para que ele seja alcançado.

Passo três

Visualize o resultado desejado e descreva-o da forma mais breve, no entanto mais completa possível. Isso naturalmente segue o Passo Dois, mas é importante fazer uma imagem mental de seu pedido, para que você possa ver isso em sua mente durante um período tranquilo de meditação. E é importante elaborar uma descrição verbal exata para transmitir a imagem aos trabalhadores do TMHG.

A palavra-imagem também atuará como um forte estímulo físico para a sua mente subconsciente [Unihipili]. Verifique as palavras que você tem escolhido para qualquer reação emocional associada com elas.

Passo Quatro

Escolha uma hora do dia em que você possa parar por alguns momentos, sem distrações e permaneça em uma atitude receptiva. Esse é o momento em que a energia de cura [healing] pode ser enviada pelo TMHG e recebida por você. É importante que você faça isso regularmente, todos os dias. Se você deseja fazer isso mais de uma vez por dia, tanto melhor. O TMHG envia energia para aqueles na lista de cura [healing] em vários momentos durante o dia e a noite. Se nós soubermos que você está em uma atitude especialmente receptiva, a energia de cura [healing] pode ser concentrada. Envie-nos os horários que você tem escolhido, para que nós possamos trabalhar com você.

Passo cinco

Você pode participar de duas maneiras. Simplesmente mantenha uma atitude receptiva por alguns minutos no horário escolhido, ou em qualquer outro momento do dia em que sentir necessidade. Assim, o trabalho de cura [healing] do TMHG pode ser mais eficaz, pois a energia flui livremente e sem resistência.

A segunda maneira de participar é por meio da participação ativa. Isso pode te ajudar ainda mais.

Faça várias respirações profundas.

Imagine-se recebendo energia de cura [healing] a partir do TMHG e carregando o seu corpo.

Visualize a imagem que você tem trabalhado e repita a descrição verbal.

Instrua o seu eu básico a levar o pedido ao Eu Superior.

Libere o pedido e tire-o de sua mente.

Passo Seis

Adicione um pedido de ajuda para outra pessoa. Isso é feito de forma muito simples em seus pensamentos. Existem dois princípios Huna básicos envolvidos em viver a vida Huna e receber cura [healing]:

  • Não faça mal a ninguém.
  • Quando você presta um serviço a outra pessoa, a sua consciência no nível da percepção interior (no nível do eu básico) está convencida de que você merece a cura [healing] que você está solicitando. Isso é resumido no lema Huna: A Vida Inofensiva e Útil.

Passo Sete

Deve ser feito um final simples, mas definido (decisivo), para o seu período de silêncio de meditação. Um dos melhores finais é uma declaração de agradecimento pela cura [healing] que você tem recebido. O final libera o pedido para o Eu Superior e permite que ele seja atendido. Existem ações a serem tomadas por todos os três eus, portanto, certifique-se de permitir que cada um de vocês faça a parte apropriada para esse nível de consciência no nível da percepção [consciousness].

A Imagem-Oração é como uma semente que é plantada; você não a desenterra todos os dias para ver se ela está crescendo.

Muda…

Passo oito

É de extrema importância que você convença o seu eu básico ou subconsciente (Unihipili) de que você merece a cura [healing] e que você será curado [healed].

Um estímulo físico é mais eficaz para impressionar a consciência no nível da percepção [consciousness] interior da importância do pedido.

Uma promessa ou voto para alguma causa digna; ajudar alguém; desistir de algo por um período de tempo, uma oferta para uma causa digna ou fazer o que puder para garantir o resultado desejado.

Resumo

[Como era divulgado o TMHG na época que ele estava em atividade…]

Depois de decidir sobre o seu pedido com palavras exatas e a imagem mental, envie o seu pedido para a Sede da Huna. Se você já tem escrito um pedido geral, pode ser necessário revisá-lo de acordo com as sugestões dadas aqui e enviá-lo novamente.

Indique também a hora do dia em que você escolheu participar. Nós garantiremos que haja membros do TMHG participando naquele momento. O nosso horário regular do TMHG é nas noites de terça-feira às 21:00. Horário Central (nós temos uma hora inteira de meditação e energização a partir das 20h). Os membros do TMHG também trabalham de forma independente e em grupos todos os dias.

Mantenha contato relatando brevemente em intervalos regulares. Uma pequena nota manuscrita será suficiente. Nós só podemos mantê-lo na lista de cura [healing] se você se reportar regularmente.

Você pode telefonar para o relato ou a solicitação em 1-573-334-3478 por e-mail para [email protected].

Nós recomendamos usar o processo de Oração Huna de Perdão (veja abaixo) escrito por Max Freedom Long como uma meditação Kala (limpeza) uma ou mais vezes por dia. Use-a especialmente ao ingressar no TMHG.

Também na Psicofilosofia Huna de acordo com Max Freedom Long, uma oração tem que ter quatro princípios: Arrependimento, Reparação, Equilíbrio e Gratidão e esse é um exemplo de Oração Huna de Perdão com todos esses quatro princípios implícitos:

Oração Huna

por Max Freedom Long

Se eu causei sofrimento a alguém hoje
Com pensamento ou palavra ou ação,
Ou falhei com outro em sua necessidade,
Eu agora me arrependo.

Se eu posso dar esses passos novamente,
Amanhã eu farei reparações
E curarei [I will heal] com amor esses sofrimentos.
Eu assumo esse compromisso.

E se um sofrimento me tem atingido profundamente
E reparações não são feitas,
Eu peço a luz para equilibrar tudo.
Eu considero a dívida como paga.

Espíritos Parentais a quem eu amo,
E que eu sei que me amam,
Alcancem a porta que eu abro inteiramente.
Esclareça o meu caminho para Você.

—–

HUNA KA MANA LOA IKE AO NEI

CONHECIMENTOS OCULTOS DE GRANDE PODER … SÃO … ANTIGAS REVELAÇÕES DIVINAS PARA O MUNDO

—–

Imagem: emma-louise-comerford-QQr3cljpPrU-unsplash.jpg – 23 de maio de 2023

Referências bibliográficas da OREM1

Amazing Women In History – artigo https://amazingwomeninhistory.com/morrnah-nalamaku-simeona-hawaiian-healer/

Amy Thakurdas, PhD – artigo “Ho’oponopono: Universal Healing Method For Mankind” – Wholistic Healing Publications – September 2008 Volume 8, No. 3

André Biernath – repórter na Revista Saúde – Grupo Abril  – artigo sobre o filme “Divertida Mente”, que aborda inteligentemente a questão das memórias armazenadas;

Bert Hellinger e Gabriele Tem Hövel – livro “Constelações Familiares – O Reconhecimento das Ordens do Amor”;

Bill Russell – Artigo: “Quantum and Kala” [Quântico e Kala] – Artigo completo em inglês no site: https://www.huna.org/html/quantum.pdf

Brian Gerard Schaefer – artigo: “Universal Ho’oponopono – A new perspective of an ancient healing art”. Site http://www.thewholespectrom.com/

Bruce Lipton – livro “A Biologia da Crença “;

Carol Gates e Tina Shearon – livro “As You Wish” (tradução livre: “Como você desejar”);

Ceres Elisa da Fonseca Rosas – livro “O caminho ao Eu Superior segundo os Kahunas” – Editora FEEU;

Charles Seife – livro “Zero: A Biografia de Uma Ideia Perigosa” (versão em inglês “Zero: The Biography of a Dangerous Idea”;

Curso “Autoconhecimento na Prática online – Fundação Estudar” https://www.napratica.org.br/edicoes/autoconhecimento;

Dan Custer – livro “El Milagroso Poder Del Pensamiento” (tradução livre: “O Miraculoso [Incrível] Poder Do Pensamento”);

David V. Bush – livro “How to Put The Subconscious Mind to Work” (tradução livre: “Como Colocar a Mente Subconsciente para Trabalhar”);

Dr. Alan Strong – artigo denominado “The Conscious Mind — Just the Tip of the Iceberg” (tradução livre: “A Mente Consciente – Apenas a Ponta do Iceberg”), no site www.astrongchoice.com;

Dr. Amit Goswami – livro “O Universo Autoconsciente – como a consciência cria o mundo material”;

Dr. Benjamin P. Hardy, psicólogo organizacional, autor do livro “Willpower Doesn’t Work” (Tradução livre: “Força de Vontade Não Funciona”), em artigo no site https://medium.com/the-mission/how-to-get-past-your-emotions-blocks-and-fears-so-you-can-live-the-life-you-want-aac362e1fc85Sr;

Dr. Bruce H. Lipton – livro “A Biologia da Crença”;

Dr. Deepak Chopra – livro “Criando Prosperidade”;

Dr. Gregg Braden – livro “A Matriz Divina”;

Dr. Helder Kamei – site http://www.flowpsicologiapositiva.com/ – Instituto Flow;

Dr. Joe Dispenza – livro “Breaking the Habit of Being Yourself – How to Lose Your Mind and Create a New One” (tradução livre: “Quebrando o Hábito de Ser Você Mesmo – Como Liberar Sua Mente e Criar um Novo Eu”);

Dr. Kenneth Wapnick – transcrição de sua palestra denominada “Introdução Básica a Um Curso em Milagres”;

Dr. Maxwell Maltz – livro “The New Psycho-Cybernetics” (tradução livre: “A Nova Psico-Cibernética”);

Dr. Nelson Spritzer – livro “Pensamento & Mudança – Desmistificando a Programação Neurolinguística (PNL)”;

Dr. Richard Maurice Bucke – livro ‘Consciência Cósmica’;

Dr. Serge Kahili King – livro “Cura Kahuna” (Kahuna Healing);

Dr. Serge Kahili King – Artigo: “Body of God” [O Corpo de Deus] – Artigo completo em inglês no site: https://www.huna.org/html/bodyofgod.html

Francisco Cândido Xavier – livro “No Mundo Maior” (ditado pelo espírito Dr. André Luiz);

Francisco do Espírito Santo Neto – livro “Os Prazeres da Alma” (ditado pelo espírito Hammed);

Gerald Zaltman – Professor da Harvard Business School – livro “How Customers Think” (tradução livre: “Como Pensam os Consumidores”);

Henry Thomas Hamblin – livro “Within You Is The Power” (tradução livre: “Dentro de VOCÊ Está O Poder”);

Hermínio C. Miranda – livro “O Evangelho de Tomé”;

Igor I. Sikorsky, Jr. – Jurista – Artigo Jung & Huna – Fonte: https://www.maxfreedomlong.com/huna-bulletins/hv-newsletter-30-spring-1979/

James Redfield – livro “A Profecia Celestina”;

Jens Weskott – artigo “Bem-vindo Subconsciente – Graças ao Ho’oponopono”, site da Associação de Estudos Huna disponível no link https://www.huna.org.br/wp/?s=jens;

Jim Fallon – Artigo: “Aka Threads and Quantum Entanglement” [Cordões Aka e Emaranhamento Quântico] – Artigo completo em inglês no site: https://www.huna.org/html/akathreads.html

Joe Vitale – livro “Limite Zero”;

Joel S. Goldsmith – livro “O Despertar da Consciência Mística”;

John Assaraf – artigo ratificando que somos todos seres perfeitos de Luz está disponível no site http://in5d.com/the-world-of-quantum-physics-everything-is-energy/;

John Curtis – Webinario sobre Ho’oponopono – site Sanación y Salud http://www.sanacionysalud.com/

Joseph Murphy – livro “The Power of Your Subconscious Mind” (tradução livre: “O Poder de Sua Mente Subconsciente”);

Kalikiano Kalei – Artigo: “Quantum Physics and Hawaiian Huna…” [Física Quântica e Huna do Havaí] – Artigo completo em inglês através do site: https://www.authorsden.com/visit/viewarticle.asp?catid=14&id=45582

Kenneth E. Robinson – livro “Thinking Outside the Box” (tradução livre: “Pensar Fora da Caixa”);

Krishnamurti – artigo “Early Krishnamurti” (“Inicial Krishnamurti”) – Londres, 7-3-1931.  Site: https://www.reddit.com/r/Krishnamurti/comments/qe99e1/early_krishnamurti_7_march_1931_london/

Krishnamurti  – livro “O Sentido da Liberdade”, publicado no Brasil em 2007, no capítulo “Perguntas e Respostas”, o tema “Sobre a Crise Atual”; experienciamos, para a nossa reflexão e meditação à luz do sistema de pensamento do Ho’oponopono.

Kristin Zambucka, artista, produtora e autora do livro “Princess Kaiulani of Hawaii: The Monarchy’s Last Hope” (tradução livre: “Princesa Kaiulani do Havaí: A Última Esperança da Monarquia”);

Leonard Mlodinow – livro “Subliminar – Como o inconsciente influencia nossas vidas” – do ano de 2012;

Livro “Um Curso em Milagres” – 2ª edição – copyright 1994 da edição em língua portuguesa;

Louise L. Hay – livro “You Can Heal Your Life – (tradução livre: “Você Pode Curar Sua Vida”);

Malcolm Gradwell – livro “Blink: The Power of Thinking without Thinking” (Tradução livre: “Num piscar de olhos: O Poder de Pensar Sem Pensar”);

Manulani Aluli Meyer – artigo “Ho’oponopono – Healing through ritualized communication”, site https://peacemaking.narf.org/wp-content/uploads/2021/03/5.-Hooponopono-paper.pdf

Marianne Szegedy-Maszak – edição especial sobre Neurociência publicada na multiplataforma “US News & World Report”, destacando o ensaio “Como Sua Mente Subconsciente Realmente Molda Suas Decisões”;

Matthew B. James. Estudo Acadêmico , para um Programa de Doutorado da Walden University, Minneapolis, Minnesota, USA, 2008, doutorando em Psicologia da Saúde, denominada “Ho’oponopono: Assessing the effects of a traditional Hawaiian forgiveness technique on unforgiveness”. O estudo completo pode ser acessado no site da Walden University no link:  https://scholarworks.waldenu.edu/dissertations/622/#:~:text=The%20results%20demonstrated%20that%20those,the%20course%20of%20the%20study.

Max Freedom Long – livro “Milagres da Ciência Secreta”;

Max Freedom Long – Artigo “Teaching HUNA to the Children – How Everything was made” [Ensinando HUNA para as Crianças – Como Tudo foi feito], site https://www.maxfreedomlong.com/articles/max-freedom-long/teaching-huna-to-the-children/;

Max Freedom Long – Artigo “Huna And The God Within”. Fonte: https://www.maxfreedomlong.com/articles/huna-lessons/huna-lesson-2-huna-theory-of-prayer/

Max Freedom Long – Artigo “The Workable Psycho-Religious System of the Polynesians” [O Sistema Psico-Religioso Praticável dos Polinésios]. Fonte: https://www.maxfreedomlong.com/articles/max-freedom-long/huna-the-workable-psycho-religious-system-of-the-polynesians/

Max Freedom Long – Artigo “How to Become a Magician” [Como vir a ser alguém que lida com a Magia]. Site: https://www.maxfreedomlong.com/huna-bulletins/hv-newsletter-vol-1-no-9-winter-1973/

Napoleon Hill – livro “The Law of Success in Sixteen Lessons” (tradução livre: “A Lei do Sucesso em Dezesseis Lições”);

Osho – livro “The Golden Future” (tradução livre: “O Futuro Dourado”);

Osho – livro “From Unconsciousness to Consciousness” (tradução livre “Do Inconsciente ao Consciente”);

Osho – livro “Desvendando mistérios”;

Paul Cresswell – livro “Learn to Use Your Subconscious Mind” (tradução livre: “Aprenda a Usar a Sua Mente Subconsciente”);

Paulo Freire, educador, pedagogo, filósofo brasileiro – livro “A Psicologia da Pergunta”;

Platão – livro “O Mito da Caverna”;

Richard Wilhelm – livro “I Ching”;

Roberto Assagioli, Psicossíntese. Site http://psicossintese.org.br/index.php/o-que-e-psicossintese/

Sanaya Roman – livro “Spiritual Growth: Being Your Higher Self (versão em português: “Crescimento Espiritual: o Despertar do Seu Eu Superior”);

Sílvia Lisboa e Bruno Garattoni – artigo da Revista Superintessante, publicado em 21.05.13, sobre o lado oculto da mente e a neurociência moderna.

Site da Associação de Estudos Huna https://www.huna.org.br/ – artigos diversos.

Site www.globalmentoringgroup.com – artigos sobre PNL;

Site Wikipedia https://pt.wikipedia.org/wiki/Ho%CA%BBoponopono, a enciclopédia livre;

Thomas Lani Stucker – Kahuna Lani – Artigo “The Professional Huna Healer” – Site: https://www.maxfreedomlong.com/articles/kahuna-lani/the-professional-huna-healer/

Thomas Troward – livro “The Creative Process in the Individual” (tradução livre: “O Processo Criativo no Indivíduo”);

Thomas Troward – livro “Bible Mystery and Bible Meaning” (tradução livre: “Mistério da Bíblia e Significado da Bíblia”);

Tor Norretranders – livro “A Ilusão de Quem Usa: Reduzindo o tamanho da Consciência” (versão em inglês “The User Illusion: Cutting Consciousness Down to Size”);

Wallace D. Wattles – livro “A Ciência para Ficar Rico”;

W. D. Westervelt – Boston, G.H. Ellis Press [1915] – artigo: “Hawaiian Legends of Old Honolulu” Site: https://www.sacred-texts.com/pac/hloh/hloh00.htm.

William R. Glover – livro “HUNA the Ancient Religion of Positive Thinking” – 2005;

William Walker Atkinson – livro: “Thought Vibration – The Law of Attraction in the Thought World” (tradução livre: “Vibração do Pensamento – A Lei da Atração no Mundo do Pensamento”) – Edição Eletrônica publicada em 2015;

Zanon Melo – livro “Huna – A Cura Polinésia – Manual do Kahuna”; 

Muda…
A Prece atinge o seu foco e levanta voo.
A chuva de bênçãos derrama-se sobre mim, nesse exato momento.
Eu sinto muito.
Por favor, perdoa-me.
Eu te amo.
Eu sou grato(a).
Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x