…continuação da Parte I…

O Diagrama 5 demonstra o processo de Transmutação pela Inteligência Divina.

Observação: [...] Sempre que aparecer um comentário [entre colchetes], durante uma frase, trata-se de um “destaque meu”, normalmente fazendo referência à compatibilidade de um especialista em determinado sistema de pensamento relevante, em relação ao sistema de pensamento do Ho’oponopono.

Fluxo 4 do Diagrama 5

Depois de analisar a petição que foi enviada pela Mente Supraconsciente, a Inteligência Divina envia energias transmutadoras para baixo, na direção da Mente Supraconsciente.

Fluxo 5 do Diagrama 5

A energia transmutadora da Inteligência Divina flui então através da Mente Supraconsciente para a Mente Consciente, liberando-a da excessiva racionalização, das energias do pensamento, da consciência da memória.

Fluxo 6 do Diagrama 5

A energia transmutadora flui da Mente Consciente para a Mente Subconsciente.

A energia transmutadora primeiro neutraliza (n) as memórias designadas (m).

As energias neutralizadas (memórias) são então liberadas para serem transmutadas, deixando um Vazio (V).

A Identidade Própria® (a Entidade Única [EU] que é VOCÊ…) pode receber Inspiração da Inteligência Divina sem ter a menor ideia do que está acontecendo.

O único requisito para a Inspiração, a criatividade Divina, é que a Identidade Própria® seja a Identidade Própria® (o Vazio).

Vale ressaltar que o estado Vazio (V) não dura muito tempo, podendo ser preenchido novamente com uma memória enferma ou Inspirações Divinas.

Ser a Identidade Própria®, portanto, exige incessante purificação das memórias.

Ser a Identidade Própria®, portanto, exige o Ho’oponopono incessante.

Quando uma memória é convertida em Zero (Vazio) pela Inteligência Divina em uma única Mente Subconsciente, ela é convertida em Zero em todas as Mentes Subconscientes (Jung: Inconsciente Coletivo)!

Vale ressaltar mais uma vez que no processo de resolução de problemas é crucial perceber que o corpo e o mundo não são problemas, mas sim os efeitos, as consequências de memórias que se repetem na Mente Subconsciente.

Quando você pratica o Ho’oponopono, o que acontece é que a Inteligência Divina pega os pensamentos dolorosos e os neutraliza ou os purifica. Não se trata de neutralizar ou purificar a pessoa, o lugar ou a situação. Você neutraliza a energia que você associa com aquela pessoa, lugar ou situação. Portanto, o propósito do Ho’oponopono é a purificação da sua energia.

Técnica do Dr. Ihaleakala Hew Len (1939-2022):

O que o Dr. Hew Len fazia era olhar para dentro de si mesmo para ver o que existia dentro dele que estava compartilhando a experiência que ele via do lado de fora. Quando ele trabalhava no hospital psiquiátrico, ele olhava para a ficha dos pacientes (tema abordado em artigo anterior). Quer ele sentisse repulsa pelos atos deles ou outra coisa, ele não lidava com a pessoa. Ele lidava com os sentimentos que ele experimentava. À medida que ele começava a limpar o que estava dentro dele, os pacientes começavam a se purificar e a ficarem curados (isso é pensar fora da caixa!).

Técnica de Joe Vitale, em suas próprias palavras:

“…Eu trabalho em mim, respondi. Agora entendo que a vida que ela vive não tem nada a ver com algo que ela esteja fazendo. É um programa, ou memória, que está sendo encenado e ela ficou presa na rede dele. É como se ela tivesse contraído um vírus. Não é de modo algum culpa dela. E o fato de eu sentir o que está acontecendo, de eu sentir a dor dela, significa que eu compartilho o mesmo programa. Preciso fazer uma limpeza. E enquanto for fazendo essa purificação, o programa também se desprenderá dela.”

Ao se praticar o Ho’oponopono é importante se esvaziar. Existe um pedido inicial que se deseja que seja transmutado, mas muitas vezes necessitamos de uma solução. Não peça a solução, peça a transmutação. O Universo terá a melhor resposta a lhe enviar, que muitas vezes vem de uma forma inimaginável e sempre bem melhor do que o esperado. A criatividade do Universo é inimaginável e sempre a mais adequada ao seu sonho básico de vida.

A Inteligência Divina não é um concierge. Não pedimos coisas; nós simplesmente fazemos uma limpeza.

O processo de resolução de problemas através do Ho’oponopono é feito por você, com foco no que se passa em você, no seu interior, assumindo 100% de responsabilidade pela situação de desconforto (ou pessoa, ou lugar ou situação…o seu padrão julgador…os seus conceitos instalados…as suas crenças…).

Não importa a causa do desconforto que você percebe lá fora, porque você já sabe que são memórias repetitivas limitadoras criadas num passado de sofrimento, que certamente teve a sua utilidade naquele momento, mas agora não tem mais sentido; chega de sofrimento! … agora você sabe o que quer … você quer a sua liberação … você quer transmutar essas memórias … transmutar a causa de seus problemas ou dos problemas que você percebe em outra pessoa (situação, circunstância, lugar…).

Você sabe que o universo físico é uma manifestação de seus pensamentos.

Você sabe que não há o “lá fora” e tudo existe como pensamentos em sua Mente.

Você sabe que somente a sua Mente Subconsciente pode curar você.

Você sabe que é 100% responsável por corrigir os pensamentos destrutivos que criam uma realidade enferma em você ou em outra pessoa (situação, circunstância, lugar…).

Em seu livro “O Despertar da Consciência Mística”, o autor Joel S. Goldsmith acrescenta inspiração, para a nossa reflexão:

“Ser curado de nossos males é realmente ser perdoado do pecado da crença na dualidade. Perdoado do pecado de crer que há duas forças e que Deus não é a força toda poderosa. Estamos sendo realmente perdoados da aceitação da crença de que há outra força que não é Divina.”

No caso do Ho’oponopono, a pessoa se esvazia, para que dessa forma entre em conexão com a Inteligência Divina e possa atuar através de Inspirações, seja para o seu próprio bem estar, como também para o bem estar dos envolvidos.

Com o Ho’oponopono você libera os pensamentos dentro de você que compartilha as memórias de percepção de doença na outra pessoa, assumindo 100% de responsabilidade pelo que você observa na tela do sistema VAC (o sistema VAC foi abordado em artigo anterior).

Quando você libera os pensamentos dentro de você que criaram a doença na outra pessoa, a pessoa fica sã (isso é pensar fora da caixa).

Dr. Kenneth Wapnick, na transcrição de sua palestra denominada “Introdução Básica a Um Curso em Milagres”, inspira-nos com a afirmação:

“…Nós não mudamos o mundo, mudamos de ideia sobre o mundo. Nós não buscamos mudar uma outra pessoa; nós mudamos a nossa forma de olhar para aquela pessoa.”

Osho, em seu livro “The Golden Future” (tradução livre: “O Futuro Dourado”), traz-nos um pouco mais de luz ao tema, para a nossa reflexão:

“Não é necessário você mudar o mundo todo; apenas mude você mesmo e você terá iniciado a mudança do mundo todo, porque você é parte do mundo. Se apenas um único ser humano mudar, a sua mudança radiará em milhares e milhares de outros. Ele se tornará um ponto de gatilho para a revolução a qual pode nascer o super-homem.”

O Ho’oponopono é uma súplica ao Amor para que ele anule as energias tóxicas e as substitua com o seu Eu (o Eu Sou tanto utilizado nos ensinamentos de Moisés e de Jesus).

Dr. Hew Len disse:

“A energia do Amor realiza isso circulando pela mente, começando pela mente espiritual [minha observação: Mente Supraconsciente]. Em seguida ela passa a circular pela mente intelectual [minha observação: Mente Consciente], liberando-a das energias do pensamento. Finalmente, a energia do Amor se dirige à mente emocional [minha observação: Mente Subconsciente], anulando os pensamentos de emoções tóxicas [minha observação: memórias repetitivas limitadoras] e preenchendo-a com o seu Eu [minha observação: com Inspirações].”

O Mestre Confúcio disse:

“É preciso se esvaziar para poder receber mais conhecimento [minha observação: Inspirações]”.

Dr. Deepak Chopra em seu livro “Criando Prosperidade”, também nos inspira com a sua sabedoria:

“Devemos ter gosto pela Vida, o que significa apreciar toda a sua exuberância e saber que existe uma única Vida sob incontáveis formas. Conhecer essa Vida significa saber que o poder está no momento presente, que eu sou ela, que você é ela, que tudo isso é ela e ela é tudo que existe.

Rabindranath Tagore, o poeta indiano, disse: ‘O mesmo rio que corre pelo mundo corre constantemente pelas minhas veias e baila ao som de sua própria música. É a mesma vida que grita de alegria, perfurando a terra com incontáveis lâminas de relva e explode em agitadas ondas de flores’. Ele chamou isso ‘o palpitar das eras, dançando em meu sangue neste exato momento’. Ter o gosto pela Vida é entrar em contato com essa dança, é enfrentar o que vem pela frente com despreocupação e liberdade.

O desconhecido é o campo de todas as possibilidades que existe em cada instante. Nele encontramos liberdade, vamos além dos condicionamentos do passado [minha observação: além das memórias repetitivas limitadoras] e muito além da prisão do espaço e do tempo [minha observação: a caixa fechada … o ciclo vicioso, já abordado em artigo anterior].

Como disse Dom Juan a Carlos Castañeda: ‘Não importa qual seja nosso destino especifico, desde que enfrentemos com máximo de abandono’. Isso é desprendimento. Isso é alegria. Isso é liberdade, gosto pela Vida.”

Napoleon Hill ainda nos esclarece:

“Nenhuma pessoa é livre até que ela aprenda a dominar o seu próprio pensamento e ganhe coragem de agir por conta própria.”

Osho disse de maneira didática e inspiradora, mostrando também total alinhamento aos princípios do Ho’oponopono, para a nossa reflexão:

“Quando você diz, ‘eu estou com raiva’, você está despejando energia vital na raiva, porque você está ficando identificado com ela. Mas quando você diz, ‘eu estou observando a imagem da raiva na tela da mente dentro de mim’, você não está mais dando qualquer vida, qualquer alimento, qualquer energia à raiva. Você será capaz de vê-la porque você não está identificado, a raiva é absolutamente impotente, não tem qualquer impacto sobre você, não muda você, não afeta você. Ela é absolutamente oca e morta. Ela passará e deixará o céu limpo e a tela da mente vazia.”

Dr. Deepak Chopra em seu livro “Criando Prosperidade”, ainda nos acrescenta:

“O campo unificado [minha observação: a Inteligência Divina] purifica tudo o que entra em contato com ele [minha observação: a transmutação]. Purificar significa devolver ao estado original, pristino [minha observação: estado inalterado, Zero, Vazio]. O universo, sendo a expressão de um singular equilíbrio, tem a sua fonte na pureza. Portanto, o campo que é a fonte de tudo, purifica tudo o que toca [minha observação: Diagrama 5].”

Metáfora sobre Buda para meditação, alinhada ao conceito de transmutação de memórias enfermas ao Vazio, conforme o sistema de pensamento do Ho’oponopono:

“O Buda estava com os seus discípulos e pegou na mão esquerda um copo de água e na outra mão um punhado de sal. Depois colocou todo o sal no copo de água e perguntou aos discípulos se eles tomariam daquela água. Mas disse em seguida que se você colocar aquele copo de água salgada em um imenso rio, aquela água se dissolve e você poderá tomar água daquele imenso rio novamente.”

Outra analogia ao processo de transmutação de memórias repetitivas ao Vazio, temos via inspiração de Osho, para a nossa reflexão:

“Quando uma gota de orvalho escorrega de uma folha de lótus no oceano, ela não acha que é parte do oceano, ela acha que é o próprio oceano. E achar isso é a meta suprema, a suprema realização, não há nada além disso.”

Pensando numa atitude proativa, no que diz respeito ao momento seguinte após o processo de transmutação de uma memórias designadas, como princípio de atitude pessoal a ser implementada (nova forma de pensar ou pensar fora da caixa), podemos nos inspirar no que nos afirma o livro “Within You Is The Power” (tradução livre: “Dentro de Você Está o Poder”), de Henry Thomas Hamblin:

“Não é geralmente conhecido que nossos pensamentos podem ser controlados e regulados da mesma maneira que um policial em Londres controla e regula o tráfego. Ele levanta a mão e instantaneamente o tráfego atrás dele para, permitindo que veículos de uma rua que cruza possam passar. Nossos pensamentos podem ser controlados e regulados da mesma forma. Pensamentos indesejáveis e destrutivos podem ser detidos, enquanto outros pensamentos de caráter desejável e construtivo podem ser encorajados.” 

“Não é preciso fazer mais nada além de limpar, apagar, apagar…” Dr. Hew Len

…continua Parte III…

Referências bibliográficas OREM1

  • André Biernath – repórter na Revista Saúde – Grupo Abril  – artigo sobre o filme “Divertida Mente”, que aborda inteligentemente a questão das memórias armazenadas
  • Carol Gates e Tina Shearon – livro “As You Wish” (tradução livre: “Como você desejar”);
  • Ceres Elisa da Fonseca Rosas – livro “O caminho ao Eu Superior segundo os Kahunas” – Editora FEEU;
  • Charles Seife – livro “Zero: A Biografia de Uma Ideia Perigosa” (versão em inglês “Zero: The Biography of a Dangerous Idea”;
  • Dan Custer – livro “El Milagroso Poder Del Pensamiento” (tradução livre: “O Miraculoso [Incrível] Poder Do Pensamento”);
  • David V. Bush – livro “How to Put The Subconscious Mind to Work” (tradução livre: “Como Colocar a Mente Subconsciente para Trabalhar”);
  • Dr. Alan Strong – artigo denominado “The Conscious Mind — Just the Tip of the Iceberg” (tradução livre: “A Mente Consciente – Apenas a Ponta do Iceberg”), no site www.astrongchoice.com;
  • Dr. Amit Goswami – livro “O Universo Autoconsciente – como a consciência cria o mundo material”;
  • Dr. Benjamin P. Hardy, psicólogo organizacional, autor do livro “Willpower Doesn’t Work” (Tradução livre: “Força de Vontade Não Funciona”), em artigo no site https://medium.com/the-mission/how-to-get-past-your-emotions-blocks-and-fears-so-you-can-live-the-life-you-want-aac362e1fc85Sr;
  • Dr. Bruce H. Lipton – livro “A Biologia da Crença”;
  • Dr. Deepak Chopra – livro “Criando Prosperidade”;
  • Dr. Gregg Braden – livro “A Matriz Divina”;
  • Dr. Kenneth Wapnick – transcrição de sua palestra denominada “Introdução Básica a Um Curso em Milagres”;
  • Dr. Maxwell Maltz – livro “The New Psycho-Cybernetics” (tradução livre: “A Nova Psico-Cibernética”);
  • Dr. Nelson Spritzer – livro “Pensamento & Mudança – Desmistificando a Programação Neurolinguística (PNL)”;
  • Dr. Richard Maurice Bucke – livro ‘Consciência Cósmica’;
  • Dr. Serge King – livro “Cura Kahuna”;
  • Francisco Cândido Xavier (ditado pelo espírito do Dr. André Luiz) – livro “No Mundo Maior”;
  • Gerald Zaltman – Professor da Harvard Business School – livro “How Customers Think” (tradução livre: “Como Pensam os Consumidores”);
  • Henry Thomas Hamblin – livro “Within You Is The Power” (tradução livre: “Dentro de VOCÊ Está O Poder”);
  • Hermínio C. Miranda – livro “O Evangelho de Tomé”;
  • Jens Weskott – artigo “Bem-vindo Subconsciente – Graças ao Ho’oponopono”, site da Associação de Estudos Huna disponível no link https://www.huna.org.br/wp/?s=jens;
  • Joe Vitale – livro “Limite Zero”;
  • Joel S. Goldsmith – livro “O Despertar da Consciência Mística”;
  • John Assaraf – artigo ratificando que somos todos seres perfeitos de Luz está disponível no site http://in5d.com/the-world-of-quantum-physics-everything-is-energy/;
  • John Curtin – Webinario sobre Ho’oponopono – site Sanación y Salud http://www.sanacionysalud.com/
  • Joseph Murphy – livro “The Power of Your Subconscious Mind” (tradução livre: “O Poder de Sua Mente Subconsciente”);
  • Kenneth E. Robinson – livro “Thinking Outside the Box” (tradução livre: “Pensar Fora da Caixa”);
  • Leonard Mlodinow – livro “Subliminar – Como o inconsciente influencia nossas vidas” – do ano de 2012;
  • Livro “Um Curso em Milagres” – 2ª edição – copyright 1994 da edição em língua portuguesa;
  • Malcolm Gradwell – livro “Blink: The Power of Thinking without Thinking” (Tradução livre: “Num piscar de olhos: O Poder de Pensar Sem Pensar”);
  • Marianne Szegedy-Maszak – edição especial sobre Neurociência publicada na multiplataforma “US News & World Report”, destacando o ensaio “Como Sua Mente Subconsciente Realmente Molda Suas Decisões”;
  • Max Freedom Long – livro “Milagres da Ciência Secreta”;
  • Napoleon Hill – livro “The Law of Success in Sixteen Lessons” (tradução livre: “A Lei do Sucesso em Dezesseis Lições”);
  • Osho – livro “The Golden Future” (tradução livre: “O Futuro Dourado”);
  • Paul Cresswell – livro “Learn to Use Your Subconscious Mind” (tradução livre: “Aprenda a Usar a Sua Mente Subconsciente”);
  • Sílvia Lisboa e Bruno Garattoni – artigo da Revista Superintessante, publicado em 21.05.13, sobre o lado oculto da mente e a neurociência moderna.
  • Site da Associação de Estudos Huna https://www.huna.org.br/ – artigos diversos.
  • Site www.globalmentoringgroup.com – artigos sobre PNL;
  • Thomas Troward – livro “The Creative Process in the Individual” (tradução livre: “O Processo Criativo no Indivíduo”);
  • Thomas Troward – livro “Bible Mystery and Bible Meaning” (tradução livre: “Mistério da Bíblia e Significado da Bíblia”);
  • Tor Norretranders – livro “A Ilusão de Quem Usa: Reduzindo o tamanho da Consciência” (versão em inglês “The User Illusion: Cutting Consciousness Down to Size”);
  • Zanon Melo – livro “Huna – A Cura Polinésia – Manual do Kahuna”;

Imagem kvnga-UmciMDWtocw-unsplash.jpg

A chuva de bênçãos derrama-se sobre mim, nesse exato momento.
A Prece atinge o seu foco e levanta voo.
Eu sinto muito. Por favor, perdoa-me. Eu te amo. Eu sou grato.
Está feito! Aloha.

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x