A questão acima, para ser respondida, é indispensável que nós tomemos como base o glossário(*) “falante” dos “caracteres” essenciais do Ho’oponopono, elaborado pelo Dr. Ihaleakala Hew Len, PhD – psicólogo e terapeuta, que aprendeu as técnicas do Ho’oponopono com a Sra. Morrnah Nalamaku Simeona, Kahuna Lapa’au, idealizadora do Ho’oponopono da Identidade Própria®.

Observação: [...] Sempre que aparecer um comentário [entre colchetes], durante uma frase, trata-se de um “destaque meu”, normalmente fazendo referência à compatibilidade de um especialista em determinado sistema de pensamento relevante, em relação ao sistema de pensamento do Ho’oponopono.

O Dr. Hew Len veio a ser, após dez anos de parceria, o seu ajudante, sucessor e divulgador do processo de resolução de problemas através do Ho’oponopono.

(*)Glossário é um tipo de dicionário específico para palavras e expressões pouco conhecidas, seja por serem de natureza técnica, regional ou de outro idioma (site: www.significados.com.br).

Glossário do Dr. Hew Len sobre o Ho’oponopono

Eu sou Ho’oponopono. Eu sou um muito antigo processo Havaiano de solução de problemas, atualizado para os dias de hoje por Morrnah Nalamaku Simeona, Kahuna Lapa’au, reconhecida como um Tesouro Vivo do Havaí em 1983. Eu sou composto por três elementos: arrependimento, perdão e transmutação. Eu sou uma petição(**) iniciada pela Mente Consciente à Inteligência Divina para cancelar as memórias e com isso restabelecer a Identidade Própria®. Eu tenho o início na Mente Consciente.

(**)Petição é o ato de pedir algo de modo formal, através da assinatura de um requerimento por escrito. As petições são, por norma, direcionadas a uma instituição superior, responsável direta ou indiretamente por assuntos relacionados com os indivíduos que solicitam esses pedidos (site: www.significados.com.br).

O Ho’oponopono tradicional é um ancestral processo Havaiano de resolução de problemas, tendo como base e influência os princípios da Psicofilosofia Huna.

Dr. Serge Kahili King, especialista em psicofilosofia Huna e nas tradições Havaianas, esclarece que a Huna é uma sabedoria muito antiga da Polinésia e muitos dizem que foi formulada por sábios de MU (continente perdido da Lemúria), observadores cuidadosos de Deus, do Homem e da Natureza.

Dr. Serge King também esclarece que o mesmo conhecimento tem sido encontrado em diferentes épocas e lugares, inclusive no Evangelho de Jesus de Nazaré. É a sabedoria milenar dos antigos Guardiões do Segredo, os Kahunas Havaianos, que nos auxilia a olhar para dentro de nós mesmos e a desvendar os mistérios que nós encerramos em nosso ser (minha observação: permite alcançar o autoconhecimento).

Dr. Sebastião de Melo, médico psiquiatra, estudioso da Psicofilosofia Huna, acrescenta que a Huna é uma teoria psicofilosófica, tendo um cunho teórico e prático, tratando de todos os assuntos que se referem ao ser humano em sua totalidade, isto é, tanto traz conhecimentos científicos, assim como, aborda situações esotéricas e místicas. Inclui em seu repertório assuntos religiosos sem ser adepta de qualquer doutrina religiosa vigente. Traz em si, um cunho religioso por saber que não é possível desligar o ser humano desse sentido da vida, assim como também do sentido mitológico, presente em todas as épocas da civilização humana. Os adeptos da Huna, ainda acrescenta Dr. Sebastião de Melo, podem fazer parte de qualquer religião, ou não. Com o crescimento das ideias Huna, cada um vai desenvolvendo as suas próprias crenças de maneira livre, por sofrer mudanças em seus valores e padrões, que é a finalidade primordial desse conhecimento.

Temos o Ho’oponopono tradicional que é considerado como interpessoal, pois é necessário a participação de todos os envolvidos no problema, sendo aplicado em famílias e em reconciliação de grupos pelos Kahunas Lapa’au, como a Sra. Morrnah. Já a versão atualizada pela Sra. Morrnah do Ho’oponopono tradicional, nós podemos considerá-la como intrapessoal, pois a técnica é autoaplicada, onde só VOCÊ participa.  

Essa atualização do Ho’oponopono pela Sra. Morrnah recebeu o nome de Ho’oponopono da Identidade Própria® (Self I-Dentity through Ho’oponopono® – SITH®).

A palavra Havaiana “Ho’o” significa “causa; fazer com que seja feito” e “ponopono” significa “perfeição; certo”. Ho’oponopono significa “reparar ou corrigir um erro” ou “fazer com que seja feito certo”.

Eu costumo jogar com essas palavras de forma a destacar a essência dessa milenar ferramenta de resolução de problemas e dizer que o Ho’oponopono se propõe a atuar com perfeição na causa (e não no efeito), para fazer com que seja feito certo e reparar ou corrigir um erro (corrigir um problema), que na verdade é apenas uma memória repetitiva limitadora (ciclo vicioso) instalada em nosso interior, como nós veremos em outros artigos que serão aqui publicados a posteriori (fiquem atentas(os)!).

Dr. Serge King, em artigo intitulado “Ho’oponopono Revelado”, destaca que a palavra Havaiana Ho’oponopono está se tornando bem conhecida no mundo todo, porém muitas vezes mal interpretada e incompreendida. Ele nos traz algumas traduções do dicionário Havaiano de autoria de Mary Kawena Pukui e Samuel Elbert, como sendo, entre outras: “reparar algo”, “colocar em ordem”, “corrigir”, “consertar”, “revisar”, “atualizar”, “retificar”, “monitorar”, “controlar”, “fazer uma arrumação”, “estar pronto, como o homem da canoa se preparando para pegar uma onda”.

Ele também informa que em livros no idioma Havaiano, referindo-se à palavra Ho’oponopono, frequentemente aparecem sentenças como “fazer uma arrumação na casa e limpar o jardim”, sendo essa forma a mais comum utilizada no Havaí.

Em artigos e livros no idioma Inglês, nós temos a palavra “cleaning” referindo-se à prática incessante do processo de resolução de problemas do Ho’oponopono, que poderia ser traduzida por limpeza, fazer a faxina, totalmente, completamente..

Dr. Hew Len amplia ainda mais a definição esclarecendo que existe um processo de cura [healing] e perdão criado por uma tribo Havaiana, a dos Kahunas e esse método chama-se Ho’oponopono. Ele didaticamente nos acrescenta com as seguintes questões:

“Parece estranho dizer que existe um processo de perdão, mas vejam só: Você julga ou condena alguém por algo que tenha dito ou feito, ou deixado de dizer ou fazer? Você julga ou condena quando sabe que alguém está doente, porque não teve bons hábitos alimentares ou higiênicos ou sexuais? Você julga ou condena quando vê alguém repetir uma situação? Você julga ou condena quando alguém sofre por um mal, que outra pessoa tenha feito? Então, você é humano! E por ser humano, tem consciência no nível da percepção [consciousness] de seus pensamentos, portanto, condições de modificá-los, se quiser…

Esse processo consiste em curar [to heal] e perdoar primeiramente você, porque nós somos espelhos do mundo, o mundo reflete os nossos pensamentos e as nossas ações, as pessoas refletem os nossos pensamentos, as nossas ações, as nossas emoções e os nossos comportamentos. Nós devemos também sempre nos lembrar que o perdão é um processo, não é um fim em si mesmo. Nós estamos sempre precisando perdoar algo, seja em nós mesmos, nos outros, nos eventos ou nas instituições. Portanto, tenha em mente que hoje é um bom dia para perdoar.

Falando assim, parece estranho, entretanto, se você desejar melhorar a sua vida, você tem que se curar [heal] e se perdoar. Se você deseja curar [heal] ou perdoar alguém, mesmo um criminoso mentalmente doente, você faz curando [healing] a si mesmo. É tão simples!

Nada está do lado de fora, mas dentro de você, dentro da sua mente. Para todos e para cada um de vocês: Eu sinto muito, eu te amo! Não importa que tipo de problema existe, trabalhe com você mesmo.”

A chave do Ho’oponopono é o problema…

Dr. Hew Len também nos ensina que ao praticar o processo de resolução de problemas através do Ho’oponopono VOCÊ pede a Deus, a Divindade, para limpar, purificar a origem desses problemas, que são as recordações, as memórias se repetindo em sua Mente Subconsciente. Você assim neutraliza a energia que VOCÊ associa à determinada pessoa, lugar ou coisa.

No processo de resolução de problemas através do Ho’oponopono, essa energia é liberada e transmutada em pura luz pela Divindade, a partir da sua Mente Supraconsciente. E dentro de VOCÊ o espaço liberado é preenchido pela luz da Divindade ou Inspirações Divinas.

Dr. Hew Len ainda nos esclarece que no Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver o sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, ou a sua origem.

A sua responsabilidade está em não permitir que o padrão se repita, gerando mais problemas, perpetuando a condição de sofrimento. Isso porque o ser humano só pode viver de duas maneiras: uma, pela programação adquirida, ou memórias se repetindo e a outra pelas inspirações, que são divinas.

Dr. Hew Len, novamente de maneira didática, inspirou-nos com a seguinte afirmação:

“Eu tenho usado essa técnica para tudo que me incomoda… seja um sentimento… um sonho… uma pessoa… um pensamento… qualquer coisa que no meu dia-a-dia me mostre que existem memórias vindo à tona para serem limpas… eu faço o Ho’oponopono… e persisto até que eu sinta que aquela situação foi liberada.”

O processo de resolução de problemas, que é parte de um dos propósitos de nossa existência atual, é no que consiste o Ho’oponopono da Identidade Própria®.

Reforçando então o conceito e a definição, o Ho’oponopono atualizado é um processo de solucionar problemas, mas ele é feito internamente, dentro de você (intrapessoal), liberando pessoas, situações, circunstâncias e afins.

Lembrando também que o Ho’oponopono é composto por três elementos: arrependimento, perdão e transmutação. E tudo começa com o pensamento…

Imagem pexels-mali-maeder-142497.jpg

Muda…
A chuva de bênçãos derrama-se sobre mim, nesse exato momento.
A Prece atinge o seu foco e levanta voo.
Eu sinto muito. Por favor, perdoa-me. Eu te amo. Eu sou grato.
Está feito! Aloha.
Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x