Duração da Meditação

A Meditação da Respiração HA e Alinhamento dos 7 Chakras tem a duração de +/- 10 minutos (600 segundos) e deve ser feita no seu próprio ritmo, com conforto e bem-estar.

Gráfico da Prática da Meditação

Projeto OREM® blog orem.blog.br

Posologia da Meditação

Sem efeitos colaterais negativos, a Meditação pode ser aplicada diariamente, durante 12 meses por ano, no limite da eternidade. Sugerimos 2 vezes ao dia: uma de manhã ao se levantar e uma à noite antes de dormir.

O hábito regular de se praticar a Meditação, apresentará efeitos colaterais positivos no que diz respeito ao domínio das técnicas de observação, atenção voluntária, percepção atenta, concentração, poder da vontade, assim como na conquista do bem-estar geral e da paz interior.

Outro efeito colateral positivo que a Meditação proporciona é o melhor relacionamento entre a Mente Consciente (Uhane) e a Mente Subconsciente (Unihipili), permitindo que as inspirações da Mente Supraconsciente (Aumakua) e da Inteligência Divina que está em cada um de nós possam trazer orientações para se experienciar a dádiva de uma Vida Plena de prosperidade de tudo o que é bom, de saúde total (física, mental, emocional e espiritual) e de felicidade incondicional.

O que é Meditação?

“Observação é meditação”.
[Osho, livro “Meditação, A Primeira e a Última Liberdade”].

Do livro “Personal Power” (tradução livre: “Poder Pessoal”), dos autores W. W. Atkinson e Edward E. Beals, extraímos o seguinte trecho para a nossa reflexão, como base para o que se busca nesse presente exercício de Meditação proposto:

“Observação é o ato ou faculdade de observar ou perceber com cuidado. Observar é focar a atenção (atenção voluntária); observar com cuidado e atentamente com o objetivo de descobrir, notar ou detectar qualquer coisa. Observação é o ato de percepção atenta, exercida com o propósito de descobrir, notar ou detectar as qualidades ou relações das coisas. É a percepção atentivamente direcionada e aplicada com um propósito definido – e o propósito é a descoberta de fatos referentes aos quais estão sendo observados.

A pessoa que luta para obter sucesso deve começar por cultivar o sentido da observação. Observação é a base de todo conhecimento científico; de todo o conhecimento prático dos negócios; de todo o conhecimento prático de qualquer tipo. Observação é o requisito fundamental para o sucesso em todas as iniciativas humanas e de toda cultura individual.”

Observar o movimento da mente, observar o que se sente, observar o seu corpo, observar a sua respiração, observar os sons do ambiente externo. Observar a nossa natureza. Essa observação é feita sem julgamentos, pois simplesmente aceita-se o que é.

Meditação, em resumo, é colocar a sua mente de lado. Assim as pessoas que dizem que meditação é uma disciplina (autocontrole) da mente estão absolutamente erradas. Não é um autocontrole, porque se você tentar disciplinar (controlar) a mente, ela se tornará ainda mais forte. É melhor colocá-la de lado, observá-la, assim ela fica menos ativa e não controlada. Uma vez que é controlada, ela lhe oferecerá uma dura batalha. 

Os Abraham (Hicks), mestres na arte da Lei da Atração, ensinam-nos de forma didática, conforme segue:

“Muitos mestres e estamos entre eles, ensinam que a meditação é um processo muito bom para elevar a vibração.

Uma meditação efetiva seria aquela que o distrairia de qualquer consciência do mundo físico que causa resistência em sua vibração, pois quando você distancia a sua atenção do que abaixa a sua vibração, ela naturalmente se elevará.

É como remover a sua consciência enquanto você ainda está desperto.

Quando você dorme, você remove a consciência também, assim como, ao tirar uma soneca, você não está conscientemente cônscio do que é estar num estado vibracional alto.

Quando você está acordado e num estado meditativo, você pode conscientemente reconhecer [observar] o que é estar num estado vibracional alto.

E com o tempo, você obterá uma nova percepção de sua vibração, de forma a saber imediatamente se está focando em algo que cause resistência.”

Os Abraham (Hicks) ainda acrescentam:

“O seu objetivo é liberar qualquer pensamento que provoque resistência, assim você estará num estado de pensamento positivo e puro.

Não é um problema se você não consegue aquietar a sua mente completamente – a menos que a sua mente esteja tagarelando a respeito das coisas negativas.

Se você está pensando serenamente sobre coisas prazerosas durante a meditação, ela será valiosa.”

Com a meditação, sem os pensamentos que provocam resistência e passando a elevar o seu estado mental vibracional, a sua Mente Subconsciente (Unihipili) se aquieta e se permite, naturalmente, a alcançar estados ainda mais elevados de consciência levando a padrões efetivos de saúde total, bem-estar geral, paz interior, inspirações para tomadas de decisão conscientes e sabedoria para o domínio da vida e para o nosso despertar espiritual.

Numa passagem do Livro Texto de “Um Curso Em Milagres” temos: “…a memória de Deus vem à mente quieta” (T-23.I.1:1).

No Livro dos Salmos temos a inspiração: “Aquieta-te e sabe, Eu Sou Deus”.

A palavra meditação, para algumas pessoas, à faz parecer mais pesada. Poderíamos chamá-la apenas de uma quietude mental, um simples inocente silêncio, onde a existência abre as portas com toda a sua beleza para você.

Meditação é um meio para você se mover além de sua Mente Analítica e Julgadora, assim você pode acessar a sua Mente Subconsciente. Isso é crucial, uma vez que é no Subconsciente (Unihipili) onde todos os seus maus hábitos, crenças e ambientes, que você quer mudar, residem.

A meditação é superar a Mente Subconsciente (o pensamento, temporal) e alcançar as Inspirações da Mente Supraconsciente (o desconhecido, intemporal).

A meditação fortalece o bom relacionamento entre a Mente Consciente (Uhane) e a Mente Subconsciente (Unihipili).

A meditação é compreensão, é entendimento, é autoconhecimento.

A você poderá causar surpresa saber que a palavra medicina e a palavra meditação vêm da mesma raiz. Medicina cura o corpo, meditação cura o ser; é uma medicina interior.

O que é a Respiração?

Foto: BiologiaNet

O sistema respiratório humano é composto pelos seguintes órgãos: cavidades nasais, narina, boca, faringe, laringe, traqueia, brônquios, bronquíolos e alvéolos. Esses três últimos formam o órgão conhecido como pulmão. (Fonte: Wikipédia)

No livro: “O Despertar de Uma Nova Consciência”, o autor Eckhart Tolle nos presenteia com essa inspiradora revelação sobre a prática da respiração, com vários insights para a nossa reflexão:

“Tomar consciência da respiração faz com que a atenção se afaste do pensamento e produza espaço. É uma maneira de gerar consciência. Embora a plenitude da consciência já esteja presente como o não-manifestado, estamos aqui para levar a consciência a essa dimensão.

Uma respiração consciente feita algumas vezes ao dia é uma maneira excelente de criar espaços na sua vida.

Mesmo que você medite sobre a sua respiração por duas horas ou mais, o que é uma prática adotada por algumas pessoas, uma respiração [consciente] basta para deixá-lo consciente.

Na verdade, respirar não é algo que nós façamos, mas algo que nós testemunhamos.

A respiração acontece por si mesma. Ela é produzida pela inteligência inerente ao corpo. Portanto, basta observá-la. Essa atividade não envolve nem tensão nem esforço. Muitas pessoas têm a respiração curta, o que não é natural. Quanto mais nós tomamos consciência da respiração, mais a sua profundidade se restabelece sozinha. Como a respiração não tem forma própria, ela tem sido equiparada ao espírito – a Vida sem uma forma específica – desde tempos ancestrais. ‘O Senhor Deus formou, pois, o homem do barro da terra e inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida; e o homem se tornou um ser vivente.’”

Eckhart Tolle ainda prossegue com mais inspirações no livro citado acima:

“A palavra alemã para respiração – Atmen – tem origem no termo sânscrito Atman, que significa o espírito divino que nos habita, ou o Deus interior. O fato de a respiração não ter forma é uma das razões pelas quais a consciência da respiração é uma maneira muito eficaz de criar espaços na nossa vida, de produzir consciência.

Ela é um excelente objeto de meditação justamente porque não é um objeto, não tem contorno nem forma. O outro motivo é que a respiração é um dos mais sutis e aparentemente insignificantes fenômenos, a ‘menor coisa’, que, segundo Nietzsche, constitui a ‘melhor felicidade’. Cabe a você decidir se vai ou não praticar a consciência da respiração como uma verdadeira meditação formal. No entanto, a meditação formal não substitui o empenho em criar a consciência do espaço na sua vida cotidiana.

Ao tomarmos consciência da respiração, vemo-nos forçados a nos concentrar no momento presente – o segredo de toda a transformação interior, espiritual. Sempre que nos tornamos conscientes da respiração, nós estamos absolutamente no presente.

Nós percebemos também que não conseguimos pensar e nos manter conscientes da respiração ao mesmo tempo. A respiração consciente suspende a atividade mental. No entanto, longe de estarmos em transe ou semi-despertos, permanecemos acordados e alertas. Não ficamos abaixo do nível do pensamento e sim acima dele. E, se nós observarmos com mais atenção, nós veremos que essas duas coisas – nosso pleno estado de presença e a interrupção do pensamento sem a perda da consciência – que são, na verdade, a mesma coisa: o surgimento da consciência do espaço.”

Fases ou tempos da respiração:

1. Inspiração: É o movimento do aparelho respiratório que permita a entrada do ar nos pulmões. Representa o aspecto centrípeto [para o centro] da respiração.

2. Expiração: É o movimento do aparelho respiratório que expulsa o ar dos pulmões. Representa o aspecto centrífugo [afastar-se do centro] da respiração.

3. Suspensão: Pode ser interna ou externa. A primeira é realizada com os pulmões cheios, é a fase ou o tempo de retenção que se realiza entre uma inspiração e a expiração. Já a externa é realizada com os pulmões vazios, é a fase transcorrida entre uma expiração e uma inspiração.

Na respiração, o oxigênio do ar inalado entra no sangue e o dióxido de carbono em excesso (gás carbônico, CO2) é exalado para a atmosfera. O adulto normal em repouso respira confortavelmente 12 a 18 vezes por minuto (Peach, 1998). Em recém-nascidos o valor normal é de 30 a 40 respirações por minuto e em crianças de 25 a 30 respirações por minuto (ib.).

Quanto tempo o organismo humano consegue ficar privado de oxigênio, de água e de nutrientes essenciais?

Nós sabemos que não podemos viver sem oxigênio, sem água ou sem alimentos. Quando um desses faltam ou escasseiam a sobrevivência fica seriamente comprometida.

O menor “estoque”, com agravamento nas condições de saúde, é o de oxigênio. Um antigo ditado popular já se referia à regra dos três: “o corpo humano não consegue, em média, ficar mais de três minutos sem ar, três dias sem água e três semanas sem alimentos.”

O funcionamento de todas as nossas células depende vitalmente do oxigênio do ar. Importante saber que o ar é composto por uma mistura de gases. O oxigênio representa 21% dessa mistura. Portanto, necessitamos de um ar com 21% de oxigênio.

RHA (energizante) – O que é Respiração HA?

A Respiração HA é um método de acumulação de Energia Mana ou Energia Vital Universal, utilizada pela milenar civilização Huna, pelos Kahunas (*) Havaianos em processos de cura (presenciais e à distância), em energizações, em desbloqueios e nos processos de resolução de problemas através da transmutação de memórias repetitivas limitadoras.

Memórias repetitivas limitadoras é o que normalmente nós chamamos de “problemas”.

No livro “Huna – A Cura Polinésia – Manual do Kahuna”, o autor Zanon Melo, esclarece-nos que: “…os Kahunas acreditam que por meio da ação da mente de uma pessoa, ela adiciona uma quantidade de Mana – ao pensamento. A Mana é construída à partir da ingestão de alimentos e da respiração.

Os nossos cientistas da atualidade comprovam que quando nós ingerimos alimentos, os seus nutrientes não são imediatamente absorvidos. No primeiro momento, o alimento é transformado em glicogênio no sangue (açúcar) e oxidado pelo oxigênio respirado e então nós temos a chamada energia instantânea, para utilizarmos em nossos processos de sobrecarga de energia vital, para utilizarmos em nosso método estudado, para realização de nossas necessidades ou desejos.”

(*) Os Kahunas eram os Xamãs Havaianos que nós podemos considerá-los, por analogia aos tempos atuais, como doutores (PhD), cientistas ou mestres em determinadas linhas do pensamento e das práticas da ciência e da filosofia.

O autor acima citado ainda nos acrescenta de forma didática:

“O Eu Básico (a Mente Subconsciente) – que está fortemente envolvido neste processo – pode, há qualquer momento, trabalhar melhor a respiração e construir mais glicogênio para ser utilizado na criação desta especialíssima energia chamada Mana.

A combinação de energia dos alimentos e do ar que respiramos, aliada à energia cósmica, tem o poder de realizar o que desejamos de modo justo e correto, para o bem-estar da humanidade e de nós mesmos.

O acúmulo de sobrecarga de Mana pode ser feito simplesmente solicitando ao nosso Eu Básico (Unihipili) o desejado e a percepção/emoção envolvidas neste processo. Assim o Eu Básico iniciará um processo de respiração mais profunda, com a intenção do acúmulo de sobrecarga de energia –  Mana – e o processo inicia-se.”

Como reforço ao conceito de energia Mana postulado pelos Kahunas Havaianos (ou Éter Universal, postulado pela ciência moderna), extraímos a visão mais recente da ciência sobre essa energia, mencionada no livro: “Personal Power” (tradução livre: “Poder Pessoal”), dos autores W. W. Atkinson e Edward E. Beals, como segue:

“A ciência moderna, sobre o conceito do Éter Universal, afirma a existência de uma imaterial, imponderável substância similar àquela postulada pelos antigos filósofos Hindus sobre o nome de ‘Akasha’ ou ‘Prakriti’ [minha observação: podemos incluir também o nome ‘Mana’ utilizado pelos Kahunas Havaianos por se tratar da mesma energia referenciada]. Essa energia Éter Universal é defendida pela ciência moderna ao impregnar todo o espaço e por ser ‘o supremo estado ou suprema condição de toda materialidade’; matéria é percebida como sendo um produto derivado dela e destinado eventualmente a retornar à essa mesma condição”.

Entendido o conceito de Energia Mana, podemos afirmar que o poderoso processo de respiração HA é simples de fazer e, além de acumular Mana, também cancela memórias repetitivas limitadoras, traz tranquilidade e nos coloca em sintonia (conexão) com a Mente Supraconsciente e a Inteligência Divina que está em cada um de nós.

“HA” é uma palavra Havaiana que significa “respiração da vida”, “energia da vida”.

Frase de uma fonte desconhecida: “Eu vivo na suprema mana, que cavalga na respiração da vida.”

A palavra “HA” está contida na palavra “Aloha”. Na língua havaiana “Aloha” significa muito mais do que “alô” e “adeus” ou “amor”. O seu significado maior é: compartilhar (alo) com alegria (oha) a energia da vida (ha) no presente (alo)”.

Prática da Respiração HA:

  • Sente-se ou sinta-se confortavelmente.
  • Inspiração: inspire o ar, contando mentalmente até 7;
  • Suspensão interna: segure o ar, mantendo os pulmões cheios, contando mentalmente até 7;
  • Expiração: expire todo o ar dos pulmões, contando mentalmente até 7;
  • Suspensão externa: mantenha os pulmões vazios, contanto mentalmente até 7;
  • Faça as contagens até o número 7 no seu próprio ritmo, de maneira confortável, porém CONSCIENTE.

Durante o processo VOCÊ, normalmente, perceberá na mente o surgimento de pensamentos abstratos, incessantes, involuntários, compulsivos, invasivos, assim como as emoções afins que naturalmente os acompanham, dificultando a contagem até o número 7 em cada etapa.

Esses pensamentos e emoções que naturalmente os acompanham estão sendo liberados pela sua ativa Mente Subconsciente (Unihipili) que trabalha 24 horas por dia, sem parar.

Esses pensamentos e emoções farão a sua mente vaguear, devanear, flutuar, divagar, passear entre cenas do passado e do futuro, normalmente sobre problemas (memórias repetitivas limitadoras), impedindo a sua presença no momento presente, aqui e agora.

Uma das características pessoais da Mente Subconsciente é ser “faladora”… aquela conversa na mente que nós escutamos, muitas vezes, sem parar…

Impossível deixar de pensar, pois o fato de nós estarmos focados na contagem é um tipo de pensamento, porém de pensamento consciente.

Essa ação nos coloca no presente (no aqui e agora), onde tudo acontece e as forças universais conspiram, eternamente, a nosso favor.

Pois bem, o nosso trabalho nessa Meditação é, de maneira consciente, tirar o foco de atenção nesses pensamentos e emoções associadas e manter o foco de atenção no processo de respiração HA.

Mantenha a concentração somente na respiração e na contagem até o número 7 em cada etapa, pois você estará exercitando a boa relação entre a sua Mente Subconsciente (pensamentos, memórias e emoções associadas) e a sua Mente Consciente (atenção consciente voluntária, poder da vontade).

A “Meditação da Respiração HA e Alinhamento dos 7 Chakras”, do Projeto OREM®, é uma meditação dirigida, onde buscamos minimizar os nossos pensamentos involuntários e emoções associadas, focando simplesmente e voluntariamente na Respiração Profunda Simples (RPS) e na Respiração HA (RHA).

Visa também equilibrar os 7 Chakras principais de nosso sistema Corpo-Mente, utilizando o poder da cura através das cores, o que resulta num bem-estar amplo e na saúde física, mental, emocional e espiritual tão almejados por todos nós.

A Meditação não é uma prática mental. A proposta é superar a mente e buscar o Vazio (frequência Zero).

O filósofo Humberto Rohden disse:

“A meditação principia pela unipolarização mental ou concentração e, ultrapassando esta, esvazia o homem de todos os conteúdos do seu ego físico, mental e emocional, permitindo ser invadido pelos poderes cósmicos ou divinos.”

Estamos, não somente respirando adequadamente, relaxando a mente e energizando o corpo através de uma corrente sanguínea saudável com sistemas linfático e imunológico mais eficientes, como também estamos exercitando a Lei Universal da poderosa relação equilibrada entre a Mente Consciente e a Mente Subconsciente.

RPS (relaxante) – O que é Respiração Profunda Simples?

Em artigo extraído do blog “A Mente É Maravilhosa”, com acesso através do link https://amenteemaravilhosa.com.br/respiracao-profunda-melhorar-vida/, temos de forma didática a seguinte resposta à questão acima, que transcrevemos trechos a seguir.

Respiração Profunda Simples (RPS)

“Uma forma simples de melhorar a sua vida. A respiração profunda nos ajuda a acalmar a agitação, o estresse e a ansiedade. Respirar bem para viver melhor é um princípio de bem-estar físico e mental que exige a nossa atenção entre a pressa e as pressões com as quais nós convivemos todos os dias.

Quando nós respiramos fundo, mas acima de tudo com lentidão, nós conseguimos fazer com que o oxigênio chegue verdadeiramente até às células e que o nível de CO2 no sangue não baixe.

Por sua vez, os cientistas também chegaram à conclusão de que o tipo de respiração que mais nos beneficia é a respiração diafragmática: aquela em que pegamos o ar em profundidade, deixando que ele entre pelo nariz e chegue completamente nos pulmões, ao elevar a parte inferior do nosso abdômen.

Todo mundo, em algum momento de sua vida, já ouviu a famosa frase ‘isso não é nada, respira fundo’. É como um feitiço, como uma palavra mágica que assim que é colocada em prática, nos gera um bem-estar geral, um alívio quase imediato que acalma o corpo e reorganiza a mente. Essa estratégia teria muito mais benefícios se nos acostumássemos a praticá-la diariamente, de forma que se transforme em um hábito.”

Sabe aquele momento em que você pensa: “para, respira fundo e conta até dez”? Pode parecer só uma maneira de dizer, mas essa forma de se acalmar realmente funciona.

A respiração superficial é extremamente prejudicial não apenas para o emocional como também para o corpo. Isso porque a oxigenação é indispensável para que o organismo continue funcionando saudavelmente: sem ela, o coração poderia até bombear o sangue, mas esse seria ineficiente em manter o corpo funcionando, visto que as células precisam de oxigênio para continuar trabalhando.

Se você começar a respirar profundamente com frequência, logo perceberá os benefícios de respirar bem. Alguns resultados são instantâneos, outros demoram alguns dias [efeitos colaterais positivos da Meditação]: alívio de ansiedade e estresse; melhora do funcionamento dos intestinos e digestão; controle do peso corporal; melhora na qualidade do sono entre outros (Fonte: diversos artigos técnicos na internet).

RPS no exercício prático da Meditação:

Ao se praticar a RPS na Meditação imagine a inalação de ar enchendo tanto a sua barriga a ponto de sobressair por cima das calças! (permissão para uma grande barriga aqui! rsrsrs) Sinta o ar entrando e a expansão advinda, enquanto a sua barriga se torna como a de um bebê feliz ou a de um grande e sorridente Buda. Depois exale lenta e tranquilamente com a certeza de que toda a tensão está sendo liberada com o ar expelido.

O que são os Chakras?

Imagem Blog Flores de Gaia

Fonte Wikipédia (https://pt.wikipedia.org/wiki/Chacra): “Chakras, segundo a cultura hindu, yogue e estudos do ocultismo, teosofia e conscienciologia, são centros de absorção, exteriorização e administração de energias no duplo etérico.

Os Chakras são estudados por diversas religiões, escolas espirituais e pesquisadores da área espiritualista e existem alguns consensos acerca de suas funções, formas e funcionamento dentre esses envolvidos.

É fundamental entender que os Chakras são estruturas estudadas por diversas linhas religiosas e espiritualistas. Dessa forma, existem informações muito variadas e algumas dessas informações divergem dentro dessas variadas linhas de estudo assim como algumas informações convergem para um consenso ainda que, por vezes, tenham terminologias diferentes.

Os primeiros registros sobre os Chakras surgiram nas antigas escrituras hindus Upanixades por volta de 600 a.C.. No entanto, acredita-se que esse conhecimento tenha sido transmitido oralmente de geração em geração dentro da cultura hindu durante muitos anos antes de ser registrado, embora não seja possível precisar por quanto tempo isso ocorreu.

Por serem considerados núcleos energéticos que podem ser vistos por clarividentes desenvolvidos, acredita-se que esses conhecimentos tiveram origem em algum grupo ou alguns grupos hindus, muitos anos antes dos primeiros registros escritos, onde havia um ou mais clarividentes capazes de observar estes pontos e estudá-los.”

No livro “Third Eye Awakening” [tradução livre: “Despertar do Terceiro Olho”], de autoria de Sarah Mackenzie, temos a seguinte explicação:

“Assim como existem sete notas na escala ocidental, sete eras do homem, sete níveis de consciência, sete cores do arco-íris, existem sete chakras no corpo. Existem chakras fora do corpo que nos ajudam a nos conectar ao campo universal. Esses centros de energia, portões e transformadores conectam as linhas do meridiano às três auras que circundam os corpos físicos. Esses são encontrados ao longo da coluna vertebral e na cabeça.

Eles podem ser equilibrados [alinhados] e ativados com meditação. Os chakras são como motores energéticos nos campos de energia física, emocional e mental que não consideramos parte de nós. Todo centro de chakra se relaciona com uma área diferente.

Para ter uma meditação de chakras que ajudará os seus chakras a se equilibrarem e a se curarem [alinhamento], você deve usar uma meditação que o ajude a chamar a atenção para si mesmo. Imagine-se e concentre-se na sua luz atual [na sua respiração] e libere tudo o que estiver no caminho de seu bem-estar e amor.”

Quais são os Chakras principais?

I) Chakra Básico (Chakra Raiz ou Chakra da Base)

  • Nome em sânscrito: Muladhara (“Raiz de Suporte”).
  • Mantra: Lam.
  • Setores circulares (raios ou pétalas): 4.
  • Localização: Região do cóccix.
  • Cor simbólica: Vermelho.

O primeiro chakra (básico) é o único voltado em direção ao solo. Alguns pesquisadores o relacionam com as glândulas suprarrenais, o cólon, o reto. Acredita-se que ele administre os instintos primitivos, impulsos de sobrevivência e ser por onde entra a energia telúrica (ou Kundalini). Acredita-se também que quando está enfraquecido pode indicar a presença de dependência química a drogas ou a outras substâncias.

II) Chakra Esplênico (Chakra Umbilical, Chakra Sacral)

  • Nome em sânscrito: Swadhistana (“Fundamento de si próprio”)
  • Mantra: Vam.
  • Setores circulares (raios ou pétalas): 6.
  • Localização: Região do baço.
  • Cor simbólica: Laranja.

O segundo chakra (esplênico, umbilical) é muitas vezes relacionado com o baço, as gônadas, o sistema reprodutivo. Acredita-se que ele administre a vitalidade proveniente das bioenergias bem como seja responsável por alguns estímulos como medo, ansiedade e reações a situações estressantes. Acredita-se também que quando está enfraquecido pode indicar doenças relacionadas ao sistema imunológico e psicopatologias.

III) Chakra Gástrico (Chakra Plexo Solar)

  • Nome em sânscrito: Manipura (“Cidade das Joias”)
  • Mantra: Ram.
  • Setores circulares (raios ou pétalas): 10.
  • Localização: Aproximadamente dois dedos acima do umbigo.
  • Cor simbólica: Amarelo.

O terceiro chakra (gástrico, plexo solar) é considerado como estando no grupo dos chakras reativos, que são sensíveis à estímulos exteriores e passíveis de reações imediatas de intensidades variadas.

Alguns pesquisadores o relacionam com a glândula pâncreas, o sistema digestório. Acredita-se que ele auxilie no processo digestório e de distribuição de nutrientes bem como seja responsável por estímulos como a euforia (positiva ou negativa) e características como o narcisismo. Acredita-se também que quando está enfraquecido pode indicar doenças gastrointestinais.

IV) Chakra Cardíaco (Chakra do Coração)

  • Nome em sânscrito: Anahata (“Invicto”; “Inviolado”)
  • Mantra: Yam.
  • Setores circulares (raios ou pétalas): 12.
  • Localização: Região do coração.
  • Cor simbólica: Verde.

O quarto chakra (cardíaco) é algumas vezes citado como o ponto de encontro entre as energias telúricas (Kundalini) absorvidas pelo chakra básico e as energias imanentes (prana ou qi) absorvidas pelo chakra coronário, porém isso não é um consenso entre as diferentes linhas de estudo.

Alguns pesquisadores o relacionam com a glândula timo, o sistema circulatório. Acredita-se que ele seja responsável pelo potencial para o amor altruísta e que fique em maior atividade em momentos de benquerença e ternura incondicional. Acredita-se também que quando está enfraquecido pode indicar doenças cardíacas ou respiratórias.

V) Chakra Laríngeo (Chakra da Garganta)

  • Nome em sânscrito: Visuddha (“O purificador”)
  • Mantra: Ham.
  • Setores circulares (raios ou pétalas): 16.
  • Localização: Região da laringe.
  • Cor simbólica: Azul claro.

O quinto chakra é o laríngeo. Alguns pesquisadores o relacionam com a glândula tireoide. Acredita-se, geralmente, que ele esteja relacionado principalmente com as capacidades comunicativas e irrigação energética do aparelho fonador. Acredita-se também que quando está enfraquecido pode indicar doenças hormonais relacionadas à tireoide, bem como inflamações na região da garganta.

VI) Chakra Frontal (Chakra do Terceiro Olho)

  • Nome em sânscrito: Ajña (“O Centro de comando”)
  • Mantra: AUM.
  • Setores circulares (raios ou pétalas): 96 (2 grupos de 48).
  • Localização: Região inferior da testa, um pouco acima do espaço entre as sobrancelhas.
  • Cor simbólica: Azul Índigo.

O sexto chakra tem, em algumas culturas do oriente que foram posteriormente difundidas no ocidente, a contagem de seus raios apenas considerando os seus grupos, que são dois e podem aparecer em alguns materiais desta procedência de tal forma. Também é conhecido como “terceiro olho” na tradição hinduísta.

Alguns pesquisadores o relacionam com a glândula hipófise (ou pituitária), o sistema nervoso. Considera-se que ele esteja ligado às capacidades de concentração, cognição, bem como as capacidades anímicas como a clarividência e a percepção sutil.

Acredita-se que ele esteja em maior atividade quando em momentos de serenidade, silêncio interno, meditação, estudo, leitura e de ímpetos de colaboração.

Acredita-se também que quando bem desenvolvido, pode indicar uma alta sensibilidade e percepção energética, bem como a presença de capacidades anímicas.

VII) Chakra Coronário

  • Nome em sânscrito: Sahasrara (“O Lótus das mil pétalas”)
  • Mantra: Ogum Satyam Om.
  • Setores circulares (raios ou pétalas): 972 (um grupo de 960 e outro central de 12).
  • Localização: Região central do topo da cabeça.
  • Cor simbólica: Violeta e Branco.

O sétimo chakra (coronário) é considerado como a porta de entrada da energia imanente.

É conhecido também como o chakra da coroa ou o lótus das mil pétalas e é representado na tradição indiana por uma flor-de-lótus de mil pétalas na cor violeta.

Alguns pesquisadores o relacionam com a glândula epífise (ou pineal).

Considera-se como sendo relacionado com a capacidade de estabilidade absoluta, sintonia com pensamentos mais sutis como o de fraternidade generalizada e ainda tendo relação com fenômenos mediúnicos como a psicofonia e a psicografia e anímicos como a projeção da consciência.

Qual a importância das cores (cromoterapia) utilizadas na Meditação da Respiração HA e Alinhamento dos 7 Chakras?

Para responder à questão acima, sobre a importância das cores ou da cromoterapia no alinhamentos dos Chakras, buscamos inspiração em vários artigos técnicos e destacamos trechos do artigo do site http://www.universojatoba.com.br/bem-estar/saude/cromoterapia, para o nosso conhecimento e entendimento, intitulado “Cromoterapia”, de autoria de Selma Amaro.

“A cromoterapia consta na relação das principais terapias alternativas ou complementares reconhecidas pela OMS desde 1976, de acordo com a Conferência Internacional de Atendimentos Primários em Saúde de 1962, no Cazaquistão. Não é reconhecida pela comunidade científica, mas hoje existem alguns estudos sérios sobre a influência das cores na saúde humana.

A própria natureza é um recurso natural de cromoterapia que nós temos para manter o nosso corpo equilibrado e em harmonia, através da luz Solar. O sol irradia uma diversidade de raios eletromagnéticos de diferentes comprimentos de onda, sendo que apenas alguns deles são visíveis para o olho humano sob a forma da luz natural. Os raios que não são visíveis ao olho humano, como infravermelhos, raios x, ultravioletas e outros, podem ser sentidos através do corpo e podem ser benéficos ou prejudiciais.

Através da Cromoterapia pode-se reestabelecer o equilíbrio e a harmonia ao nosso corpo. Ela pode ser usada em conjunto com outras terapias. Há várias opções de técnicas e aplicações, assim como também você encontrará algumas diferenças sobre as cores que são infinitas.

Aqui vamos falar das sete cores baseado no espectro solar e nos Chakras:

Vermelho (Chakra básico): Energia e Vitalidade – paixão, entusiasmo, agressividade, força, energia, amor, liderança, masculinidade, perigo, fogo, raiva, revolução. Físico: Rins, bexiga e coluna vertebral.

Laranja (Chakra sacro): Alegria e Otimismo – equilíbrio, generosidade, entusiasmo, alegria, energia, criatividade, equilíbrio, entusiasmo. Físico: Órgãos sexuais, útero, ovários, próstata. Útil para letargia, cálculo biliares, enfisema.

Amarelo (Chakra plexo solar ou umbilical): Estímulo e Regeneração – concentração, disciplina, comunicação, ativa o intelecto, positividade. Físico: Baço, fígado, estômago, vesícula biliar (sistema digestório). Usado para problemas com o fígado, estômago.

Verde (Chakra Coração): Alívio e Tranquilidade – esperança, cura, natureza, paz, fertilidade, riqueza. Físico: Coração, pulmões, fígado e sistema circulatório. Costuma ser usado para doenças cardíacas, úlcera e sífilis.

Azul (Chakra Laringe): Calma e Harmonia – confidência, conservadorismo, monotonia, dependência, tecnologia, liberdade, saúde, purificação, amabilidade, paciência, serenidade. Físico: Garganta e pulmões. Trata dor de garganta, laringite, bócio e rouquidão.

Azul Índigo (Chakra Frontal): Intuição, Anestesia – respeito, dignidade, devoção, piedade, sinceridade, espiritualidade, purificação e transformação. Físico: Sistema nervoso autônomo hipotálamo, alivia perturbações auditivas e perda de olfato e no auxílio da catarata.

Violeta (Chakra Coronário) Curativo, Inspirador, Espiritualidade – devoção, purificação, elevação, resplandecência, transmutação. Físico: Alivia a dor de cabeça, epilepsia, distúrbios mentais e meningite.

Temos, além das cores básicas, uma gama de outras cores, assim como o preto e o branco que não são considerados propriamente cor, já que na ausência de luz não há cores, apenas o preto e se todas as cores refletem no branco não há branco.

Preto: Trata-se da cor da autonegação. Tristeza e luto, mas também elegância e refinamento.  O uso em excesso estimula a melancolia, depressão, tristeza, confusão, perdas e medo.

Branco: O branco representa a pureza, espiritualidade, paz, atrai o isolamento, frieza. Ótima para qualquer ambiente, contudo se o local for totalmente branco pode se resultar em sensação de tédio, monotonia e solidão.

A Cromoterapia está conectada aos cinco sentidos, tudo tem cor. As cores podem influenciar os nossos dias. Nas roupas, decoração da casa, nos objetos pessoais até nos alimentos nós somos influenciados pela cor, portanto fiquem atentos às cores da sua vida.”

Como praticar a Meditação da Respiração HA e Alinhamento dos 7 Chakras?

  1. Prece-ação inicial para a limpeza mental
  2. Prece-ação de conexão com a Energia Mana Universal
  3. Prática da Meditação da Respiração HA e Alinhamento dos 7 Chakras
  4. Prece-ação de fechamento

O processo da Meditação:

1) Prece-ação inicial para a limpeza mental

Lembre-se que, ao se relacionar com a Mente Subconsciente (Unihipili), a sua linguagem é o sentimento e a emoção, sem os quais somente as palavras não surtem o efeito desejado. É preciso sentir a prece-ação (a petição).

Sente-se confortavelmente e, conscientemente, inicie o processo de limpeza mental – com base no processo de resolução de problemas através do Ho’oponopono – com a seguinte prece-ação:

(Respiração Profunda Simples)
Mente Subconsciente (Unihipili), por favor, eu peço que se conecte com a Mente Supraconsciente (Aumakua) e Inteligência Divina e libere essas memórias repetitivas limitadoras, projetadas na forma de crenças, doenças, culpas, medos, ansiedades, inseguranças, julgamentos, ódios, mágoas, resistências e demais emoções negativas enfermas afins, que ainda estão armazenadas em nossa Mente e que, por algum motivo, estão ativadas nesse exato momento, para que possamos fazer uma limpeza mental e permitir o estado mental de Inspiração através da transmutação dessas memórias pela Inteligência Divina, visando o nosso bem-estar e o bem-estar de todos os demais envolvidos.
Mente Subconsciente (Unihipili), por favor, limpe, limpe, limpe e libere…
Eu sinto muito. Por favor, perdoa-me. Eu te amo. Eu sou grato(a). Amama! Aloha!

Fique em silêncio, em gratidão, por 60 segundos, enquanto a Unihipili e o Aumakua estão providenciando a limpeza mental.

2) Prece-ação de conexão com a Energia Mana Universal

Com a limpeza mental inicial realizada, imagine-se conectado(a) com a Energia Mana Universal (Energia Vital Universal) que está disponível na composição e estruturação de todo o Universo, para ser utilizada por nós, quando e onde a desejarmos.

Estamos acostumados a utilizar a Energia Mana de maneira inconsciente e agora, com o poder da vontade da Mente Consciente, passaremos a utilizá-la também de maneira voluntária.

Sinta a sua conexão com a Energia Mana Universal e faça a seguinte prece-ação (petição):

(Respiração Profunda Simples)
Mente Subconsciente (Unihipili), por favor, eu peço também a sua ajuda para acumular uma sobrecarga de Mana durante a nossa Meditação.
Eu sou Um Só com a Energia Mana Universal e essa é a minha Vontade.
A energia Mana já está fluindo através de mim agora, eu sinto isso, porque naturalmente o fluxo segue o Poder da Vontade e o fluxo segue do positivo para o negativo.
Eu sou grato(a). Eu te amo! Amama! Aloha!

Fique em silêncio, por 60 segundos, em gratidão, apenas sentindo a conexão com a Energia Mana Universal, que já está fluindo em você, começando a subir pelos seus pés.

Imagine que a Energia Mana seguirá, durante a Meditação, em direção ao topo de sua cabeça, transbordando em sobrecarga como se fosse uma fonte de água, para ser utilizada nos processos de cura e nos processos de criação.

3) Prática da Meditação da Respiração HA e Alinhamento dos 7 Chakras

Com o corpo relaxado e a mente limpa (no estado Inspiração), consciente que a energia Mana já está fluindo naturalmente em VOCÊ, mantenha a atenção concentrada no gráfico acima visando a sua orientação para a sequência de respirações (RPS e RHA), observando atentamente as setas e a sequência de cores em cada Chakra, como também a sequência de contagem dos números até 7 em seu próprio ritmo de conforto e bem-estar, apenas observando sem julgamentos e deixando passar, conscientemente, o previsível surgimento natural de pensamentos abstratos, liberados pela Mente Subconsciente.

Vale ressaltar que nos primeiros dias de prática você perceberá o quanto parecerá difícil o ato da observação consciente (ativação da Mente Consciente ou do Observador Quântico) em relação à tagarela, amiga e superativa Mente Subconsciente.

Estamos acostumados, inconscientemente, a ocupar a nossa Mente Subconsciente (o emocional) com todas as atividades rotineiras habituais – normalmente impregnadas de memórias repetitivas limitadoras – que, acrescidas de suas atribuições de proteção e gestão das funções básicas de nosso corpo humano, levam à sua superatividade. Estudos científicos demonstram que 95% de nossas decisões, em média, são tomadas de maneira subconsciente (o emocional). A Mente Consciente (o racional, o cognitivo) não tem nem ideia do que está acontecendo.

Daí os primeiros desconfortos no início da prática da Meditação da Respiração HA e Alinhamento dos 7 Chakras.

Mas vale a pena prosseguir com essa prática, pois após superada esta etapa inicial de desconfortos e adaptações, os resultados alcançados e ratificados por inúmeros escritos e práticas de adeptos da Psicofilosofia Huna, são imensamente gratificantes, levando a padrões elevados de saúde física, emocional e mental, bem-estar geral, paz interior, inspirações para tomadas de decisão conscientes, sabedoria para o domínio da vida e para o nosso despertar espiritual.

Vamos então acompanhar o que nos diz o gráfico acima.

RPS 1: Faça a 1ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

A seta RPS 1 está na cor cinza simbolizando possíveis memórias repetitivas limitadoras que possam ainda estar ativadas, embora a limpeza mental feita anteriormente, que nós estaremos transmutando durante a Meditação.

A Pura Luz está sendo simbolizada pela cor branca de purificação no Gráfico da Meditação.

Corpo Humano (físico, mental, emocional e espiritual) RHA 1: Faça a 1ª RHA e com atenção concentrada visualize todo o seu corpo envolvido na cor branca de purificação. Acredite, deseje e sinta que essa Pura Luz, que já está em você, porém agora de maneira consciente, continuará presente durante toda a Meditação, inspirando, energizando, fortalecendo e alinhando todos os seus Chakras, trazendo-lhe a prosperidade de tudo o que é bom, a saúde total e a felicidade incondicional, no aqui e agora e para todo o sempre, no limite da eternidade, não somente para o seu bem-estar, como também para o bem-estar de todos os envolvidos.

Visualize e sinta que a energia Mana também já está fluindo em você, subindo através dos seus pés em direção ao topo da cabeça.

RPS 2: Faça a 2ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

Perceba a cor branca das setas RPS 2 a 9, representando a cor branca de purificação (Pura Luz) em ação. A purificação da seta RPS 1 já ocorreu, simbolizando a segunda e última limpeza mental de ainda possíveis resquícios de memórias repetitivas limitadoras.

(I) Chakra Básico RHA 2: Faça a 2ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor vermelha na região do Chakra Básico. Se tiver dificuldade em visualizar a cor vermelha, concentre a atenção na região do Chakra Básico, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor vermelha está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

Perceba que a cor branca da seta RPS 2 se decompôs em cor vermelha e está alinhando esse Chakra. Isso vale para as demais setas RPS na cor branca até a de número 9.

A cor branca de purificação quando entra no Chakra se decompõe na respectiva cor do Chakra, porém mantendo os poderes curativos, de maneira a efetivar o alinhamento da região. Isso vale para todo o circuito do gráfico da Meditação.

RPS 3: Faça a 3ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(II) Chakra Umbilical RHA 3: Faça a 3ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor laranja na região do Chakra Umbilical. Se tiver dificuldade em visualizar a cor laranja, concentre a atenção na região do Chakra Umbilical, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor laranja está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 4: Faça a 4ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(III) Chakra Plexo Solar RHA 4: Faça a 4ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor amarela na região do Chakra Plexo Solar. Se tiver dificuldade em visualizar a cor amarela, concentre a atenção na região do Chakra Plexo Solar, imaginando, acreditando, desejando e sentindo que a cor amarela está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 5: Faça a 5ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(IV) Chakra Cardíaco RHA 5: Faça a 5ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor verde na região do Chakra Cardíaco. Se tiver dificuldade em visualizar a cor verde, concentre a atenção na região do Chakra Cardíaco, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor verde está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 6: Faça a 6ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(V) Chakra Laríngeo RHA 6: Faça a 6ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor azul claro na região do Chakra Laríngeo. Se tiver dificuldade em visualizar a cor azul claro, concentre a atenção na região do Chakra Laríngeo, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor azul claro está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 7: Faça a 7ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(VI) Chakra Frontal RHA 7: Faça a 7ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor azul índigo na região do Chakra Frontal. Se tiver dificuldade em visualizar a cor azul índigo, concentre a atenção na região do Chakra Frontal, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor azul índigo está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 8: Faça a 8ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(VII) Chakra Coronário RHA 8: Faça a 8ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor violeta na região do Chakra Coronário. Se tiver dificuldade em visualizar a cor violeta, concentre a atenção na região do Chakra Coronário, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor violeta está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 9: Faça a 9ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

Corpo Humano (físico, mental, emocional e espiritual) RHA 9: Faça a 9ª RHA e com atenção concentrada visualize todo o seu corpo ainda envolvido na cor branca de purificação.

Sinta também que a energia Mana está transbordando através do Chakra Coronário, agindo e alinhando todo o seu corpo.

Perceba a diferença de cores da seta RPS 1 (cinza, memórias repetitivas limitadoras) e da seta RPS 9 (branca, Inspirações).

4º) Prece-ação de fechamento

Termine a Meditação com a seguinte petição:

A chuva de bênçãos derrama-se sobre mim, nesse exato momento.
A Prece atinge o seu foco e levanta voo.
Mente Supraconsciente (Aumakua), por favor, faça-me entender e estender as Suas Inspirações.
Eu sinto muito. Por favor, perdoa-me. Eu te amo. Eu sou grato(a).
Amama! Aloha!

Vale a pena destacar a importância da atenção concentrada em determinadas regiões do corpo humano, de forma a enfatizar a eficácia da técnica aqui proposta. Para tal extraímos do livro “Personal Power” [tradução livre: “Poder Pessoal”], dos autores W. W.  Atkinson e Edward E. Beals,, conforme segue:

“A psicologia experimental tem demonstrado que ‘a circulação segue a atenção’ e que pela atenção concentrada dirigida a qualquer parte do corpo humano uma pessoa pode aumentar o suprimento sanguíneo para aquela parte. Desse modo, experimentos têm demonstrado que o sangue pode ser enviado em maior quantidade para as mãos ou então removido dela, simplesmente por meio da atenção concentrada por sugestão mental ou autossugestão; a cor vermelho-escuro das mãos em um caso e a aparência pálida das mãos no outro caso, são evidências suficientes da solidez desse princípio”.

Continue meditando por mais 60 segundos enquanto a Mente Subconsciente (Unihipili) está providenciando as suas limpezas e as suas dádivas.

Essa Meditação trabalha com o poder curativo e criativo a partir da harmonia entre a Mente Consciente e a Mente Subconsciente.

Essa Meditação foi inspirada:

  • Na Psicofilosofia Huna;
  • Nos métodos de cura (do corpo e do bolso) dos Kahunas Havaianos do passado;
  • No processo de resolução de problemas através do Ho’oponopono;
  • Na literatura e sabedoria dos especialistas mencionados acima;
  • Nas tradições orientais relevantes;
  • Em toda a bibliografia disponível, que dá suporte e base técnica à OREM1 – Conhecer e Entender o Ho’oponopono.

Imagem william-farlow-IevaZPwq0mw-unsplash.jpg

Projeto OREM® – Oficina de Reprogramação Emocional e Mental.
Boa jornada para VOCÊ!

Resumo da Meditação

Meditação da Respiração HA e Alinhamento dos 7 Chakras
Projeto OREM® – OREM1

(Respiração Profunda Simples)
Mente Subconsciente (Unihipili), por favor, eu peço que se conecte com a Mente Supraconsciente (Aumakua) e a Inteligência Divina e libere essas memórias repetitivas limitadoras, projetadas na forma de crenças, doenças, culpas, medos, ansiedades, inseguranças, julgamentos, ódios, mágoas, resistências e demais emoções negativas enfermas afins, que ainda estão armazenadas em nossa Mente e que, por algum motivo, estão ativadas nesse exato momento, para que possamos fazer uma limpeza mental e permitir o estado mental de Inspiração através da transmutação dessas memórias pela Inteligência Divina, visando o nosso bem-estar e o bem-estar de todos os demais envolvidos.
Mente Subconsciente (Unihipili), por favor, limpe, limpe, limpe e libere…
Eu sinto muito. Por favor, perdoa-me. Eu te amo. Eu sou grato(a). Amama! Aloha!
Fique em silêncio, por 60 segundos, enquanto o Unihipili e o Aumakua estão providenciando essa limpeza mental.

(Respiração Profunda Simples)
Mente Subconsciente (Unihipili), por favor, eu peço também a sua ajuda para acumular uma sobrecarga de Mana durante a nossa Meditação.
Eu sou Um Só com a Energia Mana Universal e essa é a minha Vontade.
A energia Mana já está fluindo através de mim agora, eu sinto isso, porque naturalmente o fluxo segue o Poder da Vontade e o fluxo segue do positivo para o negativo.
Eu sou grato(a). Eu te amo! Amama! Aloha!

Fique em silêncio, por 60 segundos, apenas sentindo a Energia Mana fluindo em você, começando a subir pelos seus pés.

Projeto OREM® blog orem.blog.br

RPS 1: Faça a 1ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

A seta RPS 1 está na cor cinza simbolizando possíveis memórias repetitivas limitadoras que possam ainda estar ativadas, embora a limpeza mental feita anteriormente, que estaremos transmutando durante a Meditação.

Corpo Humano (físico, mental, emocional e espiritual) RHA 1: Faça a 1ª RHA e com atenção concentrada visualize todo o seu corpo envolvido em cor branca de purificação. Acredite, deseje e sinta que a cor branca curativa, que já está em você, porém agora de maneira consciente, continuará presente durante toda a Meditação, inspirando, energizando, fortalecendo e alinhando todos os seus Chakras, trazendo-lhe a prosperidade de tudo o que é bom, a saúde total e a felicidade incondicional, no presente e para todo o sempre, no limite da eternidade.

Visualize e sinta que a energia Mana já está fluindo em você, subindo através dos seus pés em direção ao topo da cabeça.

RPS 2: Faça a 2ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

Perceba a cor branca das setas RPS de 2 a 9, representando a cor branca curativa em plena ação.

(I) Chakra Básico RHA 2: Faça a 2ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor vermelha na região do Chakra Básico. Se tiver dificuldade em visualizar a cor vermelha, concentre a atenção na região do Chakra Básico, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor vermelha está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

Perceba que a cor branca da seta RPS 2 se decompôs em cor vermelha e está alinhando esse Chakra. Isso vale para as demais setas RPS na cor branca até a de número 9.

A cor branca quando entra no Chakra se decompõe na respectiva cor do Chakra, porém mantendo todo o poder curativo da cor branca, de maneira a efetivar o alinhamento da região. Isso vale para todo o circuito do gráfico na Meditação.

RPS 3: Faça a 3ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(II) Chakra Umbilical RHA 3: Faça a 3ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor laranja na região do Chakra Umbilical. Se tiver dificuldade em visualizar a cor laranja, concentre a atenção na região do Chakra Umbilical, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor laranja está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 4: Faça a 4ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(III) Chakra Plexo Solar RHA 4: Faça a 4ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor amarela na região do Chakra Plexo Solar. Se tiver dificuldade em visualizar a cor amarela, concentre a atenção na região do Chakra Plexo Solar, imaginando, acreditando, desejando e sentindo que a cor amarela está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 5: Faça a 5ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(IV) Chakra Cardíaco RHA 5: Faça a 5ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor verde na região do Chakra Cardíaco. Se tiver dificuldade em visualizar a cor verde, concentre a atenção na região do Chakra Cardíaco, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor verde está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 6: Faça a 6ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(V) Chakra Laríngeo RHA 6: Faça a 6ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor azul claro na região do Chakra Laríngeo. Se tiver dificuldade em visualizar a cor azul claro, concentre a atenção na região do Chakra Laríngeo, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor azul claro está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 7: Faça a 7ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(VI) Chakra Frontal RHA 7: Faça a 7ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor azul índigo na região do Chakra Frontal. Se tiver dificuldade em visualizar a cor azul índigo, concentre a atenção na região do Chakra Frontal, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor azul índigo está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 8: Faça a 8ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

(VII) Chakra Coronário RHA 8: Faça a 8ª RHA e com atenção concentrada visualize a cor violeta na região do Chakra Coronário. Se tiver dificuldade em visualizar a cor violeta, concentre a atenção na região do Chakra Coronário, imaginando, desejando, acreditando e sentindo que a cor violeta está agindo e alinhando esse Chakra.

Sinta que a poderosa energia Mana também está agindo e alinhando essa região.

RPS 9: Faça a 9ª RPS, mantendo o corpo e a mente relaxados.

Corpo Humano (físico, mental, emocional e espiritual) RHA 9: Faça a 9ª RHA e com atenção concentrada visualize todo o seu corpo ainda envolvido em a cor branca de purificação.

Sinta também que a energia Mana já está transbordando através do Chakra Coronário, agindo e alinhando o seu corpo.
Fique em silêncio, por 60 segundos, apenas relaxando em paz.

A chuva de bênçãos derrama-se sobre mim, nesse exato momento.
A Prece atinge o seu foco e levanta voo.
Mente Supraconsciente (Aumakua), por favor, faça-me entender e estender as Suas Inspirações.
Eu sinto muito. Por favor, perdoa-me. Eu te amo. Eu sou grato(a).
Amama! Aloha!
Fique em silêncio, por 60 segundos, apenas relaxando em paz.

Muda…

A chuva de bênçãos derrama-se sobre mim, nesse exato momento.
A Prece atinge o seu foco e levanta voo.
Eu sinto muito. Por favor, perdoa-me. Eu te amo. Eu sou grato.
Amama. Aloha.

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x