Artigo “Ho’oponopono: Universal Healing Method For Mankind” – Wholistic Healing Publications – September 2008 Volume 8, No. 3

Autor: Amy Thakurdas, PhD

Tradução livre Projeto OREM®

Resumo

“Ho’oponopono é um antigo método Havaiano de redução de estresse, resolução de conflitos [problemas] e limpeza de energia de pessoas e lugares.

Esse artigo refere-se à sabedoria transformadora e a sua Psicologia moderna e aplicações baseadas na espiritualidade.

Ho’oponopono fornece um método profundo de cura que promove a Lei Universal da Interconexão da Vida.

É um método poderoso que pode enfrentar os desafios estressantes de nossos tempos.

Na melhor das hipóteses, fornece maneiras práticas de como nós podemos participar da transformação da consciência nos níveis individual e coletivo.

Palavras-chave: Ho’oponopono, Xamanismo, interconexão da vida, transformação da consciência, técnica de limpeza, cura energética, aconselhamento espiritual.

Introdução

Ho’oponopono é sobre Espírito e não sobre técnica. Embora considerada uma antiga técnica Havaiana de aconselhamento e oração, agora é reconhecida como parte da arte e ciência original da cura e do desenvolvimento espiritual dos povos da terra. Ela está em constante evolução e dois dos eminentes professores e praticantes do Havaí criaram uma forma atualizada de Ho’oponopono. Eles são:

A falecida Morrnah Nalamaku Simeona que era uma nativa Havaiana Kahuna Lapa’au. Kahuna significa ‘guardião/ã do segredo’ e Lapa’au significa ‘especialista em cura’. O seu processo é uma modernização de um antigo ritual de limpeza espiritual e provou ser tão eficaz que ela foi convidada a ensinar o seu método nas Nações Unidas, na Organização Mundial da Saúde e em instituições de cura em todo o mundo.

O trabalho de Morrnah Simeona foi desenvolvido por mais de 25 anos por seu estudante, Dr. Stanley Hew Len, também conhecido como Dr. Ihaleakala Hew Len [1939 – 2022]. Ele ensinou extensivamente essa versão atualizada que ele chama de Self-I-Dentity through Ho’oponopono (SITH). Ele postou vários de seus ensinamentos na Web (referência da Web de Len). Ele também trabalhou com grupos nas Nações Unidas, UNESCO e Healers for Peace na Europa.

As versões originais do Ho’oponopono ainda são praticadas no Havaí hoje e são substancialmente diferentes na abordagem do método de Simeona e Hew Len. Elas incluem:

1. Ho’oponopono através de um estilo de trabalho corporal chamado Lomilomi, que produz liberações e limpezas energéticas mediadas pelas mãos do terapeuta a partir de pontos-gatilho e articulações do corpo. Isso é feito como parte da massagem lomilomi ou pode ser dado puramente como um tratamento bioenergético. Nesse método, o cliente não está ativamente envolvido enquanto o terapeuta conduz as sessões.

2. Um método de Resolução de Conflitos, que inclui elementos de Mediação Espiritual referidos mais adiante nesse artigo. Esse método é utilizado em conflitos familiares, de trabalho ou organizacionais. (Shook, 1986)

3. Remoção de maldições, forças das trevas e possessões. Os Havaianos acreditam profundamente que elas existem.

4. Limpeza de terrenos e edifícios que estão cheios de espíritos, escuridão ou a energia do derramamento de sangue. Os antigos Havaianos estavam constantemente brigando e houve muitas batalhas sangrentas. Eles acreditam que o impacto energético dessas batalhas permanece na terra onde as batalhas ocorreram. Para evitar mais derramamento de sangue ou conflito na mesma terra, eles limpam a terra de todas as energias negativas para que as gerações futuras possam viver em harmonia.

Nos últimos 15 anos, as oficinas de Ho’oponopono e Xamanismo tornaram-se cada vez mais populares, embora as práticas sejam bastante exigentes. Essas práticas de cura parecem atrair pessoas interessadas em crescimento espiritual e desenvolvimento pessoal, ou expansão de sua consciência no nível da percepção e de sua conexão com o espírito universal. Mais recentemente, terapeutas e conselheiros espirituais têm participado dessas oficinas depois de ler os poucos livros disponíveis sobre Ho’oponopono (Katz, 2004; Vitale 2007). Eles agora querem experienciar essa energia de cura.

Quando as pessoas são realinhadas à consciência no nível da percepção [consciousness] do Ho’oponopono, isso desperta consciências internas no nível da realidade [awarenesses] que todos nós lembramos vagamente.

Ho’oponopono significa ‘fazer certo’ ou ‘retificar um erro’

Efetivamente, isso significa acertar com os ancestrais, ou a sua família, amigos ou qualquer pessoa ou qualquer coisa com quem você tenha um relacionamento. Isso pode incluir os reinos animal, vegetal ou mineral e, de fato, o nosso planeta. Originalmente o Ho’oponopono era usado para corrigir os erros que haviam ocorrido.

Na kala: A Fortuna do Perdão

Os valores Havaianos incluem um profundo código de perdão. Eles acreditam que quando nós perdoamos os outros, também nós perdoamos a nós mesmos. Kala significa ‘desamarrar, desatar e libertar’. A pessoa, grupo ou nação a quem o malfeitor está em dívida liberta a si e aos ‘outros’ da dívida ou transgressão cármica. Isso não existe mais. Isso só poderia ser feito desvinculando os apegos aos erros do passado; fazendo certo o futuro.

Outras tradições de cura têm ensinamentos semelhantes. Por exemplo, na Programação Neurolinguística (PNL), existe um ditado: ‘As pessoas fazem o melhor que podem com os recursos que têm disponíveis’.

Esse é um conceito de perdão – especialmente quando você se inclui como uma dessas ‘pessoas’.

O Dr. Ihaleakala Hew Len distinguia a sua abordagem Havaiana da terapia tradicional ocidental, onde o terapeuta considera que a fonte do problema reside no cliente e não no terapeuta. No Ho’oponopono, o terapeuta vem da posição de ter criado a questão e não o cliente. Na abordagem de Hew Len, é responsabilidade do terapeuta ajudar os clientes a resolverem os problemas deles.

Ele sugere que a pesada carga de responsabilidade não reconhecida do terapeuta no paradigma ocidental poderia ser uma explicação para as altas taxas de esgotamento clínico em psicoterapia.

Tirar primeiro a trave do nosso olho e, então, nós veremos claramente para tirar o argueiro do olho de nosso irmão

Na versão do Ho’oponopono de Ihaleakala ‘o terapeuta precisa estar disposto a ser 100% responsável por ter criado a situação-problema, ou seja, ele deve estar disposto a ver que a fonte do problema são pensamentos errôneos dentro dele, não dentro do cliente. Os terapeutas parecem nunca perceber que toda vez que há um problema, eles estão sempre presentes!’ (Hew, referência da web)

Quando nós olhamos para os padrões familiares através dos olhos Ocidentais, nós somos inclinados pelos costumes familiares a seguir as tradições e os padrões de comportamento do clã. Nas tradições do Oriente e do Oriente Médio, esse é um padrão social muito mais forte, onde as pessoas diriam que se sentem compelidas a cumprir esses costumes. Nós tendemos a aceitá-las como as melhores maneiras de nos comportarmos porque ‘é assim que sempre nós fizemos em nossa família’. Como resultado, certos temas geracionais são transmitidos pela linhagem familiar, como compaixão pelo oprimido, atividades de caridade, ganância, raiva de ‘outros’ que podem justificar assassinatos por vingança ou qualquer outras crenças e outros comportamentos.

O Dr. Ihaleakala Hew Len distinguia a sua abordagem Havaiana da terapia tradicional ocidental, onde o terapeuta considera que a fonte do problema reside no cliente e não no terapeuta. No Ho’oponopono, o terapeuta vem da posição de ter criado a questão e não o cliente. Na abordagem de Hew Len, é responsabilidade do terapeuta ajudar os clientes a resolver os problemas deles.”

Muitas vezes, as pessoas reclamam do mau comportamento dos outros quando elas mesmas são culpadas do mesmo comportamento. Nessa forma do Ho’oponopono, primeiro nós reconhecemos o comportamento em nós mesmos e depois nós o eliminamos de nós mesmos. Quando um profissional experiente faz esse tipo de limpeza, ele também limpa da outra pessoa ou grupo.

“Nessa forma de Ho’oponopono, primeiro nós reconhecemos o comportamento em nós mesmos e depois nós o eliminamos de nós mesmos. Quando um profissional experiente faz esse tipo de limpeza, ele também limpa da outra pessoa ou grupo.”

Exemplo Nº 1

Em 2002, eu estava no High Desert, no Sul da Califórnia, visitando amigos. Eu fiquei em um pequeno motel no meio do nada. As pessoas locais eram agradáveis ​​para mim, mas muito hostis umas com as outras. Eu tinha entrado em uma rixa que vinha se formando por gerações. A disputa era sobre propriedade e uso do terreno adjacente à rua principal.

Carol, a dona do motel, estava interessada no meu trabalho de Limpeza e concordou com ceticismo em ver se eu poderia ajudar. Eu pedi propositadamente a Carol que não me dissesse onde se localizava o terreno em disputa.

Depois de caminhar pela rua principal por uma milha, eu senti uma energia muito estranha vinda de um prédio e terreno adjacente. Carol me disse que essa era a terra disputada.

Carol estava aberta ao Ho’oponopono e eu facilitei a comunicação com a Divindade dos outros habitantes da cidade, os seus ancestrais, bem como os antigos proprietários Nativos Americanos deslocados da terra. As tradições Xamânicas permitem que o Xamã acesse o conhecimento por meio de seus sentidos transpessoais que facilitam as impressões de registros e informações que estão armazenadas nas construções, árvores, formações rochosas e no próprio terreno. A maioria das pessoas já sentiu essas impressões, por exemplo, ao sentir o perigo sem perceber a sua fonte, mas os Xamãs são treinados para acessar esse tipo de informação o tempo todo. Uma vez que os prédios e a terra foram limpos e a antiga energia aprisionada transmutada na Divindade, houve uma cura muito profunda da terra e da população local.

Mais tarde me disseram que os Nativos Americanos que viviam na terra há mais de 200 anos foram expulsos. Os prédios de madeira e terrenos adjacentes ainda armazenavam essa ‘vibração energética’ e o atual proprietário e vizinhos continuaram a representar esse drama.

No dia seguinte, os vários moradores da cidade se encontraram inesperadamente e concordaram em como a terra disputada deveria ser usada para o benefício de toda a comunidade.

Na minha prática de Ho’oponopono (que difere da do Dr. Hew Len), quando eu limpava a energia presa ou negativa da terra, edifícios e espíritos, ela automaticamente se elevava dos habitantes da cidade porque nós estamos todos interconectados. O derramamento de sangue e a energia negativa afetavam as energias de todos que moravam na cidade e desencadeavam padrões de comportamentos agressivos. As feridas mais profundas estavam na terra, edifícios e espíritos deslocados e uma vez que esses foram liberados, então as energias deixaram os habitantes da cidade, bem como os edifícios, terras e ancestrais que estavam na terra disputada.

Até o cachorro do vizinho parou de latir incessantemente.

A teoria por trás das várias tradições Havaianas do Ho’oponopono

Nós carregamos dentro de nós como segmentos da Mente Inconsciente, conectando-nos com todas as pessoas significativas em nossas vidas. Esses segmentos lembram os arquétipos de Carl Jung. O processo do Ho’oponopono é alinhar e limpar as energias residuais que ressoam em nossa genealogia, bem como esclarecer os nossos relacionamentos com outras pessoas em nossas vidas atuais. Dando um passo adiante, nós podemos esclarecer as mesmas questões em nome de clientes e até grupos de indivíduos.

Nesse sistema, não há necessidade de trabalhar, resolver, gerenciar ou lidar com problemas. Já que o Divino criou tudo, você pode simplesmente ir diretamente ao Divino e pedir que seja corrigido e limpo.

Conflitos Familiares

Eu descobri que o Ho’oponopono funciona bem com conflitos e rixas familiares. Os problemas ocorrem quando um ou dois membros não seguem o clã. A luta que se segue à medida que os líderes do clã tentam restaurar o equilíbrio do clã e os padrões de comportamento podem às vezes criar conflitos de longa data ou até mesmo rupturas entre os indivíduos do clã. Como mencionado anteriormente, não há razão lógica para certos comportamentos além de ‘é assim que nós sempre fizemos em nossa família’. Como resultado, certos temas geracionais são transmitidos pela linhagem familiar, como raiva ou ganância ou qualquer número de respostas diferentes estimuladas por tradições, tabus e emoções.

O Ho’oponopono nos permite esclarecer esses padrões de comportamento e conflitos profundamente arraigados em toda a estrutura familiar.

As crianças naturalmente têm uma chance melhor com o Ho’oponopono, pois perdoam mais prontamente. Por exemplo, se uma criança de sete anos chuta intencionalmente um colega de escola com raiva e a criança que foi chutada perdoa o outro, eles não guardam rancor e podem continuar a brincar como amigos.

Liberar memórias antigas de dor, raiva ou culpa ou quaisquer emoções negativas que não nos servem é a essência do Ho’oponopono.

Exemplo Nº 2

Em 2001, eu vi ‘Fatima’, a ex-esposa de um líder religioso que estava em um processo de divórcio amargo há mais de 5 anos. O marido dela não permitia o divórcio por uma infinidade de razões, desde religiosas a econômicas, mas principalmente por causa de seu orgulho e vingança.

Fátima estava exausta e frustrada porque não conseguia seguir em frente com o seu propósito de vida e trabalho. Nós concordamos em uma limpeza através da Mediação Espiritual. Ela o perdoou por tudo o que havia acontecido e nesse espaço de mediação espiritual ele a perdoou.

Fátima ficou muito agradecida porque no dia seguinte ele ligou inesperadamente e concordou com o divórcio dando-lhe mais do que ela havia pedido.

”Liberar memórias antigas de dor, raiva ou culpa ou quaisquer emoções negativas que não nos servem é a essência do Ho’oponopono.”

As Três Mentes da Humanidade – A Família Interior

Antes de Sigmund Freud desenvolver o conceito de mente consciente e mente inconsciente e as suas funções, os ensinamentos do antigo Havaí tinham um sistema altamente desenvolvido de psicologia que identifica três mentes do homem: A Mente Consciente (Uhane), Mente Subconsciente (Unihipili) e Mente Supraconsciente (Aumakua).

No modo de pensar Havaiano, as 3 mentes são mantidas separadas uma da outra porque é assim que é e a jornada da humanidade é acessar o Mana – Força Universal – que fornece uma ponte de arco-íris entre essas Mentes ou reinos de existência. Cada mente é distinta das outras e tem funções separadas e distintas. A Mente Consciente não pode perceber diretamente a Mente Subconsciente ou a Mente Supraconsciente, exceto em certos estados de consciência no nível da percepção [consciousness].

As três mentes compõem a família interna, que, em parceria com a Divindade, compõe a Identidade Própria da pessoa.

Uhane – A Mente Consciente – a mãe

A Mente é a mente lógica e racional e ela acredita que resolve problemas e controla o que experiencia e acontece. Os Havaianos sabem que nós não somos apenas o nosso intelecto ou a nossa Mente Consciente. A Mente Consciente e a Mente Subconsciente são conhecidas coletivamente como a alma.

Unihipili – A Mente Subconsciente – a criança

Unihipili significa gafanhoto[?]. A Mente Subconsciente controla as funções do corpo físico. (Na ciência Ocidental, isso é reconhecido como controle através do sistema nervoso autônomo).

Ela é, portanto, considerada uma mente muito importante.

Os Havaianos não tinham os dados científicos detalhados disponíveis para os cientistas do século 21, mas os seus sistemas de cura reconheciam a igual importância de cada mente. Estar conectado e confiar na Mente Subconsciente é um elemento muito importante de seu sistema. Isso seria semelhante a confiar na intuição ou na reação instintiva.

Aumakua – A Mente Supraconsciente – o pai

Os Havaianos acreditam que nós somos criados igualmente de matéria e espírito, como um ímã – com um aspecto manifestado na matéria e outro no espírito. Ambos os aspectos estão conectados por uma força ou energia invisível chamada Mana. A Mente Supraconsciente está sempre ligada à Divindade.

A Interconexão das Três Mentes da Humanidade

No sistema Havaiano, cada uma das mentes está conectada à outra por Mana, que é a força de sustentação da vida dos seres vivos e da energia vital. Todos os sistemas antigos de cura e espiritualidade se referem a essa força vital por vários nomes, como chi, ki e prana. Mana é o quarto elemento na constelação das três mentes da humanidade.

Figura 1. As Inter-relações das Três Mentes

Embora não haja comunicação direta entre a Mente Consciente e a Mente Supraconsciente, existem duas maneiras pelas quais a Mente Supraconsciente pode se comunicar com a Mente Consciente. Primeiro há uma conexão indireta através da Mente Subconsciente através dos cordões Aka que atuam como um meio de transmissão de Mana. Em segundo lugar, a Mente Consciente pode acessar diretamente a Mana, que é de qualidade etérea e pode receber comunicações com a Mente Supraconsciente através desse meio direto, mas quase imperceptível. Isso acontece nos reinos sutis onde a Mana flui. É por isso que tantas culturas criaram a meditação e outras práticas que alteram a consciência no nível da percepção [consciousness].

Os Havaianos usam o fenômeno climático local como imagens tangíveis para descrever essa comunicação. O Ka’auhelemoa é bem conhecido por quem vive no Havaí. É aquela chuva fina com gotículas minúsculas que sopram das montanhas. Você sente quando a névoa o pulveriza suavemente, mas quando você toca a sua pele, ela não está molhada. A Mente Supraconsciente pode se comunicar conosco por meio de Mana (o fluxo de energia que sustenta a vida) que constantemente nos cerca enquanto cai de cima.

Mana flui através do Aka, uma substância etérica, não material. Aka significa sombra de essência espiritual. Ele atua como um canal (tubo) para Mana e pode ser visto como uma grade ou teia maciça que envolve toda a vida.

O Processo do Ho’oponopono Moderno

O processo permite que os terapeutas trabalhem diretamente com a Fonte Divina ou Original (também conhecida como Deus ou Amor) que pode transmutar pensamentos, palavras e ações errôneas em Amor. Os terapeutas se conectam com o Divino e depois que essa conexão é criada, eles apelam ao Divino para corrigir os pensamentos errôneos dentro de si mesmos que estão se atualizando como o problema para si primeiro e depois para os seus clientes. Esse pedido é um processo de arrependimento e perdão por parte do terapeuta.

Imediatamente o Divino responde ao pedido e transmuta os pensamentos errôneos. Nesse processo de correção espiritual, a miríade de emoções errôneas que causam o problema são liberadas, incluindo raiva, ódio, medo ou outros pensamentos e emoções negativos. As energias neutralizadas são então liberadas dos pensamentos, deixando-os em um estado de vácuo, ou vazio, ou verdadeira liberdade. Este vácuo é então preenchido com o próprio Divino ou Amor.

[Já dizia Baruch Spinoza (1632/1677): “A natureza abomina o vácuo.”]

O processo é renovador e energizante para o terapeuta, o cliente e todos os envolvidos no problema são esclarecidos e alinhados ao Divino. Os clientes se sentem muito tranquilos e eufóricos após uma sessão de Ho’oponopono. Eu sempre digo aos clientes: ‘Não apenas limpe e solte para ficar elevado. Fique elevado para limpar e liberar!’

Variações nos estilos de Ho’oponopono

Embora o estilo de Ho’oponopono popularizado pelo Dr. Hew Len seja mais familiar para muitos no Ocidente, existem várias outras maneiras pelas quais as antigas tradições Havaianas evoluíram para as práticas que nós vemos hoje. Vários denominadores comuns são encontrados em todos eles.

No sistema Havaiano, as três mentes da humanidade vivem cada uma em um corpo diferente – o corpo emocional, mental e espiritual.

Mente Supraconsciente – Corpo Espiritual

Mente Consciente – Corpo Mental

Mente Subconsciente – Corpo Emocional

O corpo físico é o lar dos outros três corpos.

Os anciãos Havaianos dizem que a jornada da Mente Subconsciente para a Mente Consciente e para a Mente Supraconsciente é a nossa lição de vida. Ao passo que mover-se na direção oposta da Mente Supraconsciente para a Mente Consciente e para a Mente Subconsciente é a Maestria Kahuna. Com a ajuda do treinamento espiritual, os curandeiros Havaianos usam a ‘Mana’ em reinos sutis para conectar as três Mentes. Os métodos para conseguir isso incluem meditação, sonho, inspiração, treinamento de ondas cerebrais alfa e hipnose. O Aka ou cordões fornecem os canais para conectar as três Mentes. Existem muitos Akas ou Caminhos. Qualquer que seja o Aka que se escolha é a maneira limitada de se acessar o Divino.

Eu recomendo explorar cada Aka no Cosmos.

“Não apenas limpe e solte para ficar elevado. Fique elevado para limpar e liberar!

Todos nós estamos em nosso próprio estágio único de nossa jornada espiritual e lições. Algumas pessoas experienciam a vida puramente em um nível físico e se preocupam apenas com questões físicas ou materiais. Outras experienciam a vida física e emocionalmente, mas não intelectualmente. Outra combinação é representada por alguém que experiencia a vida física e intelectualmente, mas não emocionalmente. Muitas pessoas que não são emocionalmente maduras não estão conectadas espiritualmente.

Paradoxalmente, pessoas emocionalmente perturbadas podem ser extremamente conscientes dos reinos sutis (Mana). Infelizmente, os seus médicos não acreditam nesses reinos. Cada uma dessas e outras combinações de possibilidades é expressa em tonalidades e variações de intensidade e detalhes individualmente únicos de personalidades individuais.

Em geral, cada corpo amadurece completamente em diferentes idades e às vezes pode não estar disponível para desenvolvimento ao mesmo tempo que os outros corpos. A evolução espiritual envolve o amadurecimento de todos os quatro corpos. O caminho espiritual de um indivíduo é criar um funcionamento totalmente integrado em cada um dos quatro corpos, à medida que eles se desenvolvem e amadurecem. Na história, nós podemos ver que muitos grandes pensadores, líderes e curandeiros têm todos os quatro corpos funcionando e atualizados. Esses incluíram o Buda, Jesus Cristo, Maomé, Leonardo Da Vinci, Charles Darwin, Albert Einstein, Mahatma Gandhi, Martin Luther King, Nelson Mandela e muitos outros.

Os estilos em constante adaptação do Ho’oponopono ou de qualquer técnica de cura Universal existem por muitas razões. Muitas vezes o terapeuta individual tende a atrair ou prefere trabalhar com um determinado setor da população. Isso pode ou não estar relacionado ao carma. Além disso, os estressores modernos em constante mudança que testam a nossa coragem e resolução exigem métodos flexíveis e personalizados.

Os terapeutas adaptam as suas abordagens para trabalhar com a maturidade espiritual dos clientes e as pressões em constante mudança da sociedade e do meio ambiente.

Como um homem pensa, assim ele é.

A evolução espiritual envolve o amadurecimento de todos os quatro corpos. O caminho espiritual de um indivíduo é criar um funcionamento totalmente integrado em cada um dos quatro corpos, à medida que eles se desenvolvem e amadurecem.”

Eu descobri que a base de toda prática Xamânica é que o nosso mundo é um reflexo de nossas crenças.

O nosso mundo é o que nós pensamos e à medida que nós mudamos as nossas percepções e, portanto, as nossas crenças, nós mudamos o nosso universo. Os Xamãs levam essa crença um passo adiante. Todos nós projetamos a peça chamada ‘a nossa vida’ através de nossas decisões, crenças e escolhas a cada dia. Tudo na consciência de alguém é um reflexo de si mesmo e de suas crenças. Portanto, o que nós percebemos como ‘a verdade’ é apenas a própria experiência de cada um através de seus próprios filtros do que chamamos de ‘vida’. Como percepção é projeção, quaisquer energias indesejadas são simplesmente questões não resolvidas ou questões no nível inconsciente que nós podemos liberar quando nós não mais precisarmos delas para o enredo de nossa peça.

“O nosso mundo é o que nós pensamos e à medida que nós mudamos as nossas percepções e, portanto, as nossas crenças, nós mudamos o nosso universo.”

Aplicações práticas do Ho’oponopono no Século XXI

1. Prevenir o esgotamento laboral (burnout)

Eu tenho enfatizado aos meus estudantes que são terapeutas que eles limpem os padrões cármicos com os seus clientes antes de começarem a trabalhar com eles. Uma vez que o terapeuta tenha revisado as anotações de seu cliente antes do início da sessão, é importante identificar quaisquer problemas semelhantes e realmente se livrar desses padrões antes de trabalhar no cliente. Caso contrário, pode ativar padrões antigos entre si. Na pior das hipóteses, o terapeuta pode assumir todo o problema e o carma da pessoa e isso pode causar esgotamento. O Ho’oponopono é um excelente sistema que previne esse problema.

2. Mediação espiritual

Nos métodos tradicionais Havaianos, todos os envolvidos em um problema precisam estar fisicamente presentes e resolvê-lo juntos, o que nem sempre é prático ou desejável.

A Mediação Espiritual é um termo que eu [a autora] cunhei após anos de conflito de Limpeza entre indivíduos e grupos e também entre dois grupos ou organizações separados. Mais tarde, eu descobri que o método que eu desenvolvi é semelhante a uma das versões mais antigas do Ho’oponopono. Na Mediação Espiritual, você e o Divino podem lidar com tudo. Não há necessidade de você sair de si mesmo para obter respostas ou ajuda. Eu encorajo os clientes a saberem que com o Ho’oponopono não há ninguém que possa lhe dar qualquer informação mais relevante do que você pode receber indo para dentro de si mesmo.

Existem freios e contrapesos que são intrínsecos às Leis Universais (especialmente o Karma) e quando padrões ou problemas semelhantes continuam a ocorrer após o uso do Ho’oponopono várias vezes, pode-se presumir com segurança que o indivíduo não pode acessar um bloqueio ou ponto cego que precisa estar resolvido. Assim, embora todas as respostas estejam dentro de nós, até atingirmos a plena maturidade espiritual e nos autorrealizarmos, nós precisamos da ajuda de terapeutas ou curandeiros através dos métodos emocionais e espirituais que o Ho’oponopono ou outras técnicas de cura nos oferecem.

“…com o Ho’oponopono não há ninguém que possa lhe dar qualquer informação mais relevante do que você pode receber indo para dentro de si mesmo.”

3. Autorrealização

O objetivo principal deste processo é descobrir a Divindade dentro de si mesmo. O Ho’oponopono é uma profunda dádiva espiritual. Ele fornece um sistema simples e eficaz que promove uma relação de trabalho pessoal com a Divindade interior. Torna-se um modo de vida [filosofia de vida] quando nós pedimos a cada momento que os nossos erros em pensamento, palavra, ato ou ação sejam limpos. A parte mais libertadora desse processo é que ele permite que as pessoas encontrem a sua verdadeira identidade e lugar no Universo.

4. A evolução da Mente Consciente Coletiva da Humanidade

À medida que cada pessoa encontra a verdadeira identidade dele ou dela e o lugar no Universo, a conexão com a Divindade é reforjada. Isso só pode acontecer quando nós permitimos o perdão e nós deixamos o Amor entrar. Quando uma pessoa recebe a bênção do perdão, todos são igualmente abençoados. A espiritualidade Havaiana ensina que nós só podemos ser verdadeiramente realizados se nós participarmos conscientemente de testemunhar e limpar a longa cadeia ancestral que conecta o presente à Fonte.

5. Resolução de conflitos para indivíduos e grupos

O Ho’oponopono é extremamente útil em casos de conflitos dentro de grupos e conflitos entre grupos diferentes.

Exemplo Nº 3

Em 1999, uma escola de dança Havaiana me pediu para ajudá-los a resolver uma disputa amarga de seis meses entre os pais das crianças. A dança Havaiana é uma forma de arte sagrada e há um grande respeito pelo professor (Kumu), a linhagem dela ou dele como professores e a arte.

Portanto, esse comportamento não era apenas abrasivo e perturbador, mas também culturalmente inaceitável e causou grande preocupação aos Kumu e aos dançarinos.

Depois de três horas de trocas raivosas entre os pais, parecia que todos queriam o que é seu por direito, não importando como isso poderia afetar qualquer outra pessoa e independentemente das consequências e ninguém queria ceder um centímetro ou considerar o pensamento do Ho’oponopono. O processo não estava sendo valorizado ou honrado por eles, mesmo que o tivessem solicitado. Três horas de discussão irada significaram que os mais de cinquenta pais desabafaram a maioria de suas reclamações venenosas e elas finalmente foram discutidas.

Não querendo outra rodada com esse grupo altamente competitivo que prosperou na ‘luta’, eu pedi à criança cujo mau comportamento inicialmente causou o conflito para se juntar a nós. Ela estava profundamente envergonhada de seu comportamento e chocada com as repercussões de todos os pais.

Usando o Ho’oponopono, ela pediu perdão a todos na sala. Em 10 minutos, o pedido dela angustiado e de remorso pela dor que causou tocaram o coração de todos na sala. Houve uma cura instantânea, muitas lágrimas e uma imensa efusão de amor, ao se lembrarem dos valores Havaianos e do Espírito Aloha. A escola de hula decidiu realizar reuniões mensais de Ho’oponopono para que quaisquer problemas ou conflitos fossem resolvidos de forma harmoniosa.

4. Técnica de redução de estresse – Como um homem pensa, assim ele é

Se você está estressado, chateado ou desequilibrado, o Ho’oponopono permite que você olhe para dentro de si mesmo, não para fora, para o objeto que você percebe como causador do seu problema. Com o tempo, todo estresse, desequilíbrio ou doença pode ser corrigido apenas trabalhando em si mesmo, eliminando pensamentos ou sentimentos errôneos, incompreendidos ou mal percebidos.

Relatórios de clientes

Enxaquecas aliviadas

‘Eu estava totalmente cética quando vim vê-la no mês passado para uma Limpeza e não esperava que nada acontecesse. Eu fiquei muito surpresa que você tenha aliviado a minha enxaqueca minutos depois da minha chegada. Quando você sugeriu que as minhas enxaquecas se relacionavam com os meus sentimentos de raiva quando eu estou sobrecarregada. Inicialmente eu resisti a essa informação, mas eu pensei sobre isso e, na verdade, eu me ressinto amargamente por ter que ser uma supermulher trabalhando em três empregos.

No fim de semana passado, eu estava dando uma conferência em Las Vegas e uma hora antes de dar a minha palestra a pressão se tornou esmagadora e eu comecei a me sentir muito irritada porque a minha equipe não estava fazendo a parte deles. Eu senti uma enxaqueca começando, então eu fui para o meu quarto e segui o seu método usando o trabalho da respiração e liberando todas as emoções e concentrando-me na gratidão. Para a minha surpresa, a enxaqueca desapareceu em 10 minutos e eu senti aquela sensação de euforia semelhante à quando eu estava com você.

Obrigada, Dra. Amy, eu aprecio muito o seu método de Limpeza. Eu consegui dar a minha palestra e agora eu tenho uma ferramenta útil para me ajudar a controlar a minha raiva e a me acalmar quando eu me sinto sobrecarregada.’ – Andrea D. (Londres, Inglaterra)

Mudanças nas atitudes e nos sentimentos produzem mudanças nos relacionamentos

‘Eu não posso te dizer o quanto a minha vida mudou desde que eu vi você na semana passada para a minha Limpeza.

Desculpe, eu não conseguia parar de chorar. Isso não é como eu sou normalmente, mas eu penso que eu nunca senti um sentimento tão incrível de amor quando você começou a sua Limpeza. Era como se todos os meus problemas tivessem sido tirados dos meus ombros e eu mal pudesse ficar presente porque a energia estava me fazendo sentir um pouco tonta, mas ainda em paz.

Na semana passada, eu pratiquei a sua técnica de limpeza – liberando e sendo grato por todas as bênçãos de Deus. O que realmente me impressionou foi que eu me sinto segura e protegida. Eu não posso te dizer o quão diferente tudo está agora. Meu marido é tão amoroso, mas agora eu me sinto digna de seu amor. A minha filha mudou de insolente e desagradável para uma criança amorosa e solidária. Até o meu chefe está apreciando o que eu faço. Eu passei do sentimento de suicídio para o apreço pela vida, tudo dentro de 14 dias da minha Limpeza. Você é uma bênção para todos e eu gostaria que todos pudessem aprender o seu método de cura suave.’ – Crystal P. (Los Angeles, CA.)

Perdão para mordida de cascavel

Eu tenho usado o seu método de limpeza por 5 anos e o tenho misturado ao meu trabalho como um professor de Alexander(?). Eu pensei que eu tinha dominado o seu método até a semana passada, quando eu fui picada por uma cascavel durante uma caminhada. A dor era terrível e o inchaço era muito preocupante e parecia que o seu método de limpeza não estava funcionando muito. Eu entrei em pânico quando liguei para você e quando você sugeriu que eu perdoasse a cobra por perturbá-la, eu nunca pensei que funcionaria, mas eu fiz de qualquer maneira. Imediatamente, o inchaço diminuiu e não havia dor. Eu sempre presumi que o poder do amor prevaleceria sobre tudo, mas naquele dia aprendi sobre o poder do perdão. Obrigado por me lembrar que todas as criaturas vivas estão conectadas e conscientes. – Pam A. Los Angeles, CA

O processo de Mediação Espiritual

A abordagem do Ho’oponopono que eu prefiro ao lidar com o conflito do cliente com outra pessoa ou grupo é a Mediação Espiritual. A Mente Supraconsciente de todos os envolvidos no conflito resolve as diferenças no espaço energético da Divindade. As discussões da Mente Supraconsciente que se seguem permitem que todos tenham empatia com a situação da outra pessoa enquanto entendem o seu relacionamento cármico.

1. Concentre-se em alguém com quem você não sente total alinhamento ou com quem você tem um conflito.

2. Visualize um pequeno palco abaixo de você com a pessoa nesse palco.

3. Imagine a Divindade acima de você como uma fonte infinita de amor e cura. Ela flui de um ponto acima do topo de sua cabeça, de sua Consciência Superior. Permita que a fonte de amor e cura entre pelo topo de sua cabeça e flua para dentro de seu corpo. Veja-a encher o seu corpo e transbordar de seu coração, diretamente para o coração da pessoa no palco. Verifique se você acha correto que você cure aquela pessoa e se elas aceitam a cura.

4. Quando a cura estiver completa, tenha uma conversa com a pessoa. Veja o conflito do ponto de vista delas e dê à outra pessoa insights sobre a sua versão do conflito e especificamente como você se sente agora. Nesse estágio ocorre o perdão e a liberação. Então peça à Divindade para curar essa situação para vocês dois.

5. Finalmente, solte a pessoa e veja-a flutuando para longe. Enquanto isso, corte o cordão etérico que conecta vocês dois. Lembre-se de agradecer à Divindade pela cura.

Você pode fazer isso com cada pessoa em sua vida com quem você está em conflito ou não alinhado.

Para ver se funcionou – pense na pessoa e veja se você tem algumas emoções negativas.

Se você sentir emoções negativas, repita o processo. Pode levar algumas repetições, especialmente onde o seu conflito é altamente carregado.

Em muitos casos de Mediação Espiritual, eu descobri que mesmo que esse trabalho seja feito sem a presença da outra pessoa ou grupo, há uma resolução imediata e o meu cliente recebe um e-mail ou telefonema dentro do dia e as linhas de comunicação harmoniosa são reconectados.

Relatório do cliente: Mediação espiritual para questões legais

Desculpe, eu sinto que eu tenho subestimado você ao longo dos anos, enquanto você tem pacientemente ouvido as minhas reclamações incessantes e resolvido todos os meus problemas. Na semana passada, finalmente caiu a ficha do que você estava fazendo todo esse tempo.

Eu sempre me maravilhei como os meus casos judiciais foram resolvidos de forma tão harmoniosa após uma sessão de Mediação Espiritual com você e, embora você tenha me ensinado como fazê-lo, eu nunca imaginei que fosse realmente capaz de realizá-lo. Eu sempre pensei que você tivesse recebido uma dádiva divina ou algo assim.

No fim de semana passado eu não consegui falar com você e o meu desagradável processo judicial foi reagendado.

Eu passei pelo processo de mediação espiritual que você me ensinou na noite anterior e adivinhem? Foi fantástico!! O juiz estava realmente ouvindo, o meu cliente parecia menos agitado, a sua ex-mulher e o seu advogado eram cooperativos e tudo foi resolvido em uma hora. Nós temos estado discutindo sobre esse caso há 4 anos e o resultado foi perfeito para todos. Incrível. Obrigado por suas horas ou compreensão, cura e amor. – Barbara C. (Nova York)

Transição do Ho’oponopono para a consciência no nível da percepção [consciousness] Ocidental

A maioria da comunidade científica é muito cética em relação a muitos dos aspectos espirituais do meu trabalho e ainda não criou os testes, estudos, equipamentos e compreensão necessários para apreciar esse trabalho. Até agora nós não conseguimos mitigar esse problema, embora eu tenha oferecido as minhas habilidades ao longo dos anos porque eu sou plenamente capaz de cooperar com cientistas Ocidentais.

Outra aplicação do Ho’oponopono é no contencioso civil. Infelizmente, o litígio está agora em um ponto crítico nos Estados Unidos. A mediação é uma fase preliminar obrigatória na maioria dos processos judiciais cíveis e de divórcio, no entanto, muitos advogados veem a mediação como um mal necessário que desperdiça tempo e que não valorizam. Um sistema de mediação mais espiritual ou baseado na consciência pode limpar as pendências do litígio. Para que isso aconteça, a consciência no nível da percepção precisaria mudar do sistema ‘olho por olho’ para um onde cada pessoa assume a responsabilidade pelo que criou.

O Ho’oponopono se encaixa perfeitamente em qualquer modelo de resolução de conflitos. A consciência no nível da percepção está se reconectando com esses métodos antigos com aplicações modernas. A minha própria ética de trabalho e integridade espiritual são tais que só paro de trabalhar quando a paz, a harmonia e o equilíbrio são restaurados aos grupos, terras ou edifícios do(s) cliente(s).

Conclusão

A chave para garantir uma vida menos estressante… para sempre… é descobrir como descarregar os sentimentos negativos que você acumulou nessa vida, de existências anteriores e através de sua genealogia. Ao descarregar esses sentimentos negativos, você não apenas aumentará a paz interior e a felicidade em sua vida, mas tudo o mais melhorará. O nível de responsabilidade e o enorme compromisso com esse processo são muito assustadores para muitas pessoas. Requer que se viva no momento presente o tempo todo, liberando e limpando padrões ancestrais de comportamento enquanto constantemente assume a responsabilidade por todos os pensamentos, emoções, palavras e ações. A recompensa por liberar e perdoar constantemente é uma paz profunda.

O que aconteceu em minha própria jornada espiritual e usando a técnica de Limpeza ao longo dos anos foi que eu aprendi a amar a todos quando eu estava naquele espaço sagrado. Eu descobri a minha identificação com os outros e vi que nós estamos todos relacionados e todos interligados. Cada mente é como uma estação de transmissão e recepção de rádio. Nós estamos todos sintonizados uns com os outros inconscientemente, mesmo que nós não tenhamos consciência disso. Além disso, eu vi que a vida foi feita para ser bela, para ser feliz o tempo todo, sem tristeza. Eu queria ajudar os outros a descobrir o segredo da antiga tradição de cura do Havaí, que eu encontrei através do Ho’oponopono.

Aloha Kakou ~ que haja amor entre nós.”

Referências do artigo:

Len, Ihaleakala Hew http://www.hooponoponotheamericas.org/index.htm

Algumas dessas publicações são ensinamentos que são transmitidos no aprendizado.

Katz, Mabel. The Easiest Way, Woodland Hills, California. Your Business Press 2004

Vitale, Joe. Zero Limits, Hoboken, New Jersey. John Wiley a& Sons, Inc. 2007

Shook, E. Victoria. Ho’oponopono: Contemporary Uses of a Hawaiian Problem Solving

Process. Honolulu, Hawaii. University of Hawaii Press 1986

Amy Thakurdas, PhD, é naturopata e palestrante especializada em gerenciamento de estresse e transformação de comportamento e consciência através da Medicina Energética. Ela estudou sabedorias antigas, consciência e métodos alternativos de cura com médicos, xamãs, gurus e kahunas de todo o mundo. Os seus estudos e colaborações com médicos e cientistas pesquisadores resultaram em seu método único que ela chama de ‘Sucesso Tranquilo’. Usando esse método, ela resolveu conflitos internacionalmente desde questões ambientais até disputas inter-religiosas. Atualmente, ela ensina Ho’oponopono no Reino Unido e na América. Juntamente com espíritos afins, Amy trabalha por uma visão em que as pessoas abraçam a Interconexão da Vida, nutrem o seu planeta e são saudáveis ​​de corpo, mente e espírito.

Amy Thakurdas – www.tranquilsuccess.com[email protected]

Referências bibliográficas da OREM1

Amy Thakurdas, PhD – artigo “Ho’oponopono: Universal Healing Method For Mankind” – Wholistic Healing Publications – September 2008 Volume 8, No. 3

André Biernath – repórter na Revista Saúde – Grupo Abril  – artigo sobre o filme “Divertida Mente”, que aborda inteligentemente a questão das memórias armazenadas;

Bert Hellinger e Gabriele Tem Hövel – livro “Constelações Familiares – O Reconhecimento das Ordens do Amor”;

Bruce Lipton – livro “A Biologia da Crença “;

Carol Gates e Tina Shearon – livro “As You Wish” (tradução livre: “Como você desejar”);

Ceres Elisa da Fonseca Rosas – livro “O caminho ao Eu Superior segundo os Kahunas” – Editora FEEU;

Charles Seife – livro “Zero: A Biografia de Uma Ideia Perigosa” (versão em inglês “Zero: The Biography of a Dangerous Idea”;

Curso “Autoconhecimento na Prática online – Fundação Estudar” https://www.napratica.org.br/edicoes/autoconhecimento;

Dan Custer – livro “El Milagroso Poder Del Pensamiento” (tradução livre: “O Miraculoso [Incrível] Poder Do Pensamento”);

David V. Bush – livro “How to Put The Subconscious Mind to Work” (tradução livre: “Como Colocar a Mente Subconsciente para Trabalhar”);

Dr. Alan Strong – artigo denominado “The Conscious Mind — Just the Tip of the Iceberg” (tradução livre: “A Mente Consciente – Apenas a Ponta do Iceberg”), no site www.astrongchoice.com;

Dr. Amit Goswami – livro “O Universo Autoconsciente – como a consciência cria o mundo material”;

Dr. Benjamin P. Hardy, psicólogo organizacional, autor do livro “Willpower Doesn’t Work” (Tradução livre: “Força de Vontade Não Funciona”), em artigo no site https://medium.com/the-mission/how-to-get-past-your-emotions-blocks-and-fears-so-you-can-live-the-life-you-want-aac362e1fc85Sr;

Dr. Bruce H. Lipton – livro “A Biologia da Crença”;

Dr. Deepak Chopra – livro “Criando Prosperidade”;

Dr. Gregg Braden – livro “A Matriz Divina”;

Dr. Helder Kamei – site http://www.flowpsicologiapositiva.com/ – Instituto Flow;

Dr. Joe Dispenza – livro “Breaking the Habit of Being Yourself – How to Lose Your Mind and Create a New One” (tradução livre: “Quebrando o Hábito de Ser Você Mesmo – Como Liberar Sua Mente e Criar um Novo Eu”);

Dr. Kenneth Wapnick – transcrição de sua palestra denominada “Introdução Básica a Um Curso em Milagres”;

Dr. Maxwell Maltz – livro “The New Psycho-Cybernetics” (tradução livre: “A Nova Psico-Cibernética”);

Dr. Nelson Spritzer – livro “Pensamento & Mudança – Desmistificando a Programação Neurolinguística (PNL)”;

Dr. Richard Maurice Bucke – livro ‘Consciência Cósmica’;

Dr. Serge King – livro “Cura Kahuna” (Kahuna Healing);

Francisco Cândido Xavier – livro “No Mundo Maior” (ditado pelo espírito Dr. André Luiz);

Francisco do Espírito Santo Neto – livro “Os Prazeres da Alma” (ditado pelo espírito Hammed);

Gerald Zaltman – Professor da Harvard Business School – livro “How Customers Think” (tradução livre: “Como Pensam os Consumidores”);

Henry Thomas Hamblin – livro “Within You Is The Power” (tradução livre: “Dentro de VOCÊ Está O Poder”);

Hermínio C. Miranda – livro “O Evangelho de Tomé”;

Igor I. Sikorsky, Jr. – Jurista – Artigo Jung & Huna – Fonte: https://www.maxfreedomlong.com/huna-bulletins/hv-newsletter-30-spring-1979/

James Redfield – livro “A Profecia Celestina”;

Jens Weskott – artigo “Bem-vindo Subconsciente – Graças ao Ho’oponopono”, site da Associação de Estudos Huna disponível no link https://www.huna.org.br/wp/?s=jens;

Joe Vitale – livro “Limite Zero”;

Joel S. Goldsmith – livro “O Despertar da Consciência Mística”;

John Assaraf – artigo ratificando que somos todos seres perfeitos de Luz está disponível no site http://in5d.com/the-world-of-quantum-physics-everything-is-energy/;

John Curtis – Webinario sobre Ho’oponopono – site Sanación y Salud http://www.sanacionysalud.com/

Joseph Murphy – livro “The Power of Your Subconscious Mind” (tradução livre: “O Poder de Sua Mente Subconsciente”);

Kenneth E. Robinson – livro “Thinking Outside the Box” (tradução livre: “Pensar Fora da Caixa”);

Krishnamurti – artigo “Early Krishnamurti” (“Inicial Krishnamurti”) – Londres, 7-3-1931.  Site: https://www.reddit.com/r/Krishnamurti/comments/qe99e1/early_krishnamurti_7_march_1931_london/

Krishnamurti  – livro “O Sentido da Liberdade”, publicado no Brasil em 2007, no capítulo “Perguntas e Respostas”, o tema “Sobre a Crise Atual”; experienciamos, para a nossa reflexão e meditação à luz do sistema de pensamento do Ho’oponopono.

Kristin Zambucka, artista, produtora e autora do livro “Princess Kaiulani of Hawaii: The Monarchy’s Last Hope” (tradução livre: “Princesa Kaiulani do Havaí: A Última Esperança da Monarquia”);

Leonard Mlodinow – livro “Subliminar – Como o inconsciente influencia nossas vidas” – do ano de 2012;

Livro “Um Curso em Milagres” – 2ª edição – copyright 1994 da edição em língua portuguesa;

Louise L. Hay – livro “You Can Heal Your Life – (tradução livre: “Você Pode Curar Sua Vida”);

Malcolm Gradwell – livro “Blink: The Power of Thinking without Thinking” (Tradução livre: “Num piscar de olhos: O Poder de Pensar Sem Pensar”);

Marianne Szegedy-Maszak – edição especial sobre Neurociência publicada na multiplataforma “US News & World Report”, destacando o ensaio “Como Sua Mente Subconsciente Realmente Molda Suas Decisões”;

Max Freedom Long – livro “Milagres da Ciência Secreta”;

Max Freedom Long – Artigo “Teaching HUNA to the Children – How Everything was made” [Ensinando HUNA para as Crianças – Como Tudo foi feito], site https://www.maxfreedomlong.com/articles/max-freedom-long/teaching-huna-to-the-children/;

Max Freedom Long – Artigo “Huna And The God Within”. Fonte: https://www.maxfreedomlong.com/articles/huna-lessons/huna-lesson-2-huna-theory-of-prayer/

Max Freedom Long – Artigo “The Workable Psycho-Religious System of the Polynesians” [O Sistema Psico-Religioso Praticável dos Polinésios]. Fonte: https://www.maxfreedomlong.com/articles/max-freedom-long/huna-the-workable-psycho-religious-system-of-the-polynesians/

Napoleon Hill – livro “The Law of Success in Sixteen Lessons” (tradução livre: “A Lei do Sucesso em Dezesseis Lições”);

Osho – livro “The Golden Future” (tradução livre: “O Futuro Dourado”);

Osho – livro “From Unconsciousness to Consciousness” (tradução livre “Do Inconsciente ao Consciente”);

Osho – livro “Desvendando mistérios”;

Paul Cresswell – livro “Learn to Use Your Subconscious Mind” (tradução livre: “Aprenda a Usar a Sua Mente Subconsciente”);

Paulo Freire, educador, pedagogo, filósofo brasileiro – livro “A Psicologia da Pergunta”;

Platão – livro “O Mito da Caverna”;

Richard Wilhelm – livro “I Ching”;

Roberto Assagioli, Psicossíntese. Site http://psicossintese.org.br/index.php/o-que-e-psicossintese/

Sanaya Roman – livro “Spiritual Growth: Being Your Higher Self (versão em português: “Crescimento Espiritual: o Despertar do Seu Eu Superior”);

Sílvia Lisboa e Bruno Garattoni – artigo da Revista Superintessante, publicado em 21.05.13, sobre o lado oculto da mente e a neurociência moderna.

Site da Associação de Estudos Huna https://www.huna.org.br/ – artigos diversos.

Site www.globalmentoringgroup.com – artigos sobre PNL;

Site Wikipedia https://pt.wikipedia.org/wiki/Ho%CA%BBoponopono, a enciclopédia livre;

Thomas Troward – livro “The Creative Process in the Individual” (tradução livre: “O Processo Criativo no Indivíduo”);

Thomas Troward – livro “Bible Mystery and Bible Meaning” (tradução livre: “Mistério da Bíblia e Significado da Bíblia”);

Tor Norretranders – livro “A Ilusão de Quem Usa: Reduzindo o tamanho da Consciência” (versão em inglês “The User Illusion: Cutting Consciousness Down to Size”);

Wallace D. Wattles – livro “A Ciência para Ficar Rico”;

W. D. Westervelt – Boston, G.H. Ellis Press [1915] – artigo: “Hawaiian Legends of Old Honolulu” Site: https://www.sacred-texts.com/pac/hloh/hloh00.htm.

William Walker Atkinson – livro: “Thought Vibration – The Law of Attraction in the Thought World” (tradução livre: “Vibração do Pensamento – A Lei da Atração no Mundo do Pensamento”) – Edição Eletrônica publicada em 2015;

Zanon Melo – livro “Huna – A Cura Polinésia – Manual do Kahuna”;     

Imagem cybele-and-bevan-_zHU5J8aJ1E-unsplash.jpg – 24 de setembro de 2022

…Continua Parte II…

Muda…
Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x