Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 72

A Mente da Expiação

[FIP T-5.I.6]

“Deus honrou até as criações equivocadas de Suas crianças porque elas as tinham feito. Mas ele também abençoou as Suas crianças com uma maneira de pensar sobre elas que poderia elevar as suas percepções até que elas se tornassem tão elevadas que pudessem chegar quase de volta a Ele.”

Espírito Santo: Aquele que Corrige as Percepções

O Espírito Santo é a mente da Expiação. Ele representa um estado mental que se aproxima o suficiente da mente disposta para o que é Uno, para que a transferência seja finalmente possível. Como você bem sabe, a transferência depende de elementos comuns na antiga aprendizagem e na nova situação para a qual ela é transferida.

A percepção não é conhecimento, mas pode ser TRANSFERIDA para o conhecimento, ou ATRAVESSAR A PONTE para ele. Pode até ser mais útil aqui usar o significado literal de ‘transportada’, pois o último passo é dado por Deus.

“O Espírito Santo é a mente da Expiação.”

O Espírito Santo, a Inspiração compartilhada de toda a Filiação, induz a uma espécie de percepção em que muitos elementos são iguais àqueles no próprio Reino do Céu.

Primeiro, a sua universalidade é perfeitamente clara e ninguém que a recebe poderia acreditar por um instante que compartilhá-la envolve qualquer coisa, QUE NÃO SEJA ganhar.

Segundo, ele é incapaz de atacar e é isento de julgamento e, portanto, é verdadeiramente aberto. Isso significa que, embora não gere conhecimento, não o obstrui de forma alguma.

Terceiro, ele é um chamado inequívoco ao amor. Todas as outras vozes estão quietas.

Há um ponto em que mudanças quantitativas suficientes produzem diferenças qualitativas reais. O próximo ponto requer compreensão real, porque é o ponto em que a mudança ocorre.

Finalmente, ele indica o caminho para além da cura que ele traz e conduz a mente além da sua própria integração, rumo aos caminhos da criação.”

[FIP T-5.II. A Voz por Deus]

“A cura [healing] não é criação; é reparação. O Espírito Santo promove a cura [healing] olhando além dela, para o que eram as Crianças de Deus antes que a cura [healing] fosse necessária e para o que serão quando tiverem sido curadas. Essa alteração da sequência temporal deveria ser bastante familiar, porque é muito semelhante à mudança na percepção do tempo que o milagre introduz.

O Espírito Santo é a MOTIVAÇÃO para a mentalidade voltada para milagres. É a vontade de CURAR [healing] a separação deixando que ela se vá. A sua vontade ainda está em você porque Deus a colocou em sua mente e, embora você possa mantê-la adormecida, não pode obliterá-la. O próprio Deus mantém a sua vontade viva, transmitindo-a de Sua Mente para a sua enquanto o tempo existir. Ela é em parte a vontade Dele e em parte a sua. O milagre em si é apenas essa fusão ou união de vontade entre Pai e Filho.

“O Espírito Santo é a MOTIVAÇÃO para a mentalidade voltada para milagres.”

O Espírito Santo é o Espírito da Alegria. Ele é o chamado para o retorno, com o qual Deus abençoou as mentes dos Filhos separados. Essa é a vocação da mente. A mente não tinha nenhuma vocação até a separação, porque antes tinha apenas SER e não teria compreendido o chamado para o pensamento certo. O Espírito Santo foi a resposta de Deus para a separação, o meio pelo qual a Expiação poderia reparar até que toda a mente voltasse a criar. A Expiação e a separação começaram ao mesmo tempo. Quando o homem fez o ego, Deus colocou nele [na mente] o chamado da alegria.

“O Espírito Santo é o Espírito da Alegria.”

Esse chamado é tão forte que o ego sempre se dissolve ao seu som.

É por isso que você pode escolher ouvir duas vozes dentro de você. Uma que você mesmo fez e essa não é de Deus. Mas a outra lhe é dada por Deus, Que lhe pede apenas para escutá-la. O Espírito Santo ESTÁ em você em um sentido muito literal. Ele é a voz que chama você de volta para onde você estava antes e estará novamente.

A Voz por Deus

[FIP T-5.II.3.9]

“É possível até nesse mundo ouvir APENAS essa voz e nenhuma outra. É preciso esforço e muita vontade de aprender. É a lição final que eu aprendi e os Filhos de Deus são tão iguais como aprendizes quanto como Almas. A voz do Espírito Santo É o chamado para a Expiação ou a restauração da integridade da mente. Quando a Expiação estiver completa e toda a Filiação estiver curada, não haverá chamado nenhum para retornar, mas o que Deus cria é eterno. O Espírito Santo permanecerá com os Filhos de Deus, para abençoar as SUAS criações e mantê-los na luz da alegria.

O Espírito Santo ESTÁ em você em um sentido muito literal. Ele é a voz que chama você de volta para onde você estava antes e estará novamente.

Vocês SÃO o Reino do Céu, mas deixaram a crença na escuridão entrar em suas mentes e, portanto, precisam de uma nova luz. O Espírito Santo é o esplendor que vocês têm que permitir banir a ideia de escuridão. A Sua é a glória diante da qual a dissociação cai por terra e o Reino do Céu irrompe em si mesmo.

Antes da separação você não precisava de orientação. Você CONHECIA como conhecerá novamente, mas não conhece agora. Deus não guia, porque Ele pode compartilhar apenas o CONHECIMENTO PERFEITO. A orientação é AVALIATIVA, pois implica que existe um caminho CERTO e também um caminho ERRADO, um a ser escolhido e o outro evitado. Ao escolher um, você abre mão do outro. Esse É um estado de conflito. Isso SIGNIFICA que o conhecimento foi perdido, porque o conhecimento é CERTO.

Deus não está em você; VOCÊ faz parte dele. Quando você quis deixá-Lo, Ele lhe deu uma voz para falar POR Ele, porque Ele não podia mais compartilhar o Seu Conhecimento com você sem impedimentos. A comunicação direta foi interrompida, porque você fez uma outra voz através de outra vontade. O Espírito Santo chama você para lembrar como para esquecer. Você escolheu estar em um estado de oposição, no qual os opostos são possíveis. Como resultado, existem escolhas que você tem que fazer. No estado de santidade a vontade é livre no sentido de que o seu poder CRIATIVO é ilimitado, mas a própria escolha não tem sentido.

“A voz do Espírito Santo É o chamado para a Expiação ou a restauração da integridade da mente.”

A liberdade de escolher é o mesmo PODER que a liberdade de criar, mas a sua APLICAÇÃO é diferente. A escolha DEPENDE de uma vontade dividida. O Espírito Santo é uma maneira de escolher. Esse caminho está em você PORQUE também há outro caminho. Deus não deixou as Suas crianças sem consolo, embora elas O tenham deixado. A voz que elas colocaram em suas mentes NÃO era a voz pela Vontade de Deus, pela qual o Espírito Santo fala. O chamado para retornar é mais forte do que o chamado para partir, mas ele fala de uma maneira diferente.”

“O Espírito Santo é o esplendor que vocês têm que permitir banir a ideia de escuridão. “

Urtext – Manual de Professores (Quais são as Características dos Professores de Deus? cont.,)

J. Mentalidade Aberta

“Pode-se compreender facilmente o papel central que ocupa a mentalidade aberta, talvez o último dos atributos que o professor de Deus adquire, quando se reconhece a sua relação com o perdão. A mentalidade aberta vem com a ausência de julgamento. Assim como o julgamento fecha a mente contra o Professor de Deus, assim a mentalidade aberta O convida a entrar. Assim como a condenação julga como mau o Filho de Deus, a mentalidade aberta permite que ele seja julgado pela Voz por Deus a Seu favor. Assim como a projeção da culpa sobre ele o mandaria ao inferno, a mentalidade aberta deixa que a imagem de Cristo seja estendida a ele. Só quem tem a mente aberta pode estar em paz, pois só eles vêem razão para isso.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 72

“’ Guardar mágoas é um ataque ao plano de Deus para a salvação.’

Embora tenhamos reconhecido que o plano do ego para a salvação é o oposto do plano de Deus, ainda não enfatizamos que ele é um ataque ativo ao Seu plano e uma tentativa deliberada para destruí-lo. No ataque, os atributos que são de fato associados ao ego são conferidos a Deus, enquanto o ego parece tomar para si os atributos de Deus.

O desejo fundamental do ego é o de tomar o lugar de Deus. De fato, o ego é a encarnação física desse desejo. Pois é esse desejo que parece cercar a mente com um corpo, mantendo-a separada e sozinha, incapaz de alcançar outras mentes a não ser através do corpo que foi feito para aprisioná-la. Limitar a comunicação não pode ser a melhor maneira de expandi-la. No entanto, é nisso que o ego quer que acredites.

Embora a tentativa de conservar as limitações que um corpo imporia seja óbvia aqui, a razão pela qual guardar mágoas representa um ataque ao plano de Deus para a salvação talvez não seja tão evidente. Mas consideremos os tipos de coisas das quais tendes a guardar mágoas. Não estão sempre associados a algo que um corpo faz? Uma pessoa diz alguma coisa que não gostas. Faz algo que te desagrada. Ela ‘trai’, no seu comportamento, os seus pensamentos hostis.

Aqui não estás lidando com o que a pessoa é. Pelo contrário, estás preocupado exclusivamente com o que ela faz em um corpo. Estás fazendo mais do que deixar de ajudá-la a libertar-se das limitações do corpo; tu estás ativamente tentando prendê-la a ele por confundi-lo (o corpo) com ela (a pessoa) e por julgá-los como um só. Nisso Deus é atacado, pois se o Seu Filho é apenas um corpo, assim Ele também tem que ser. Um criador totalmente diferente da sua criação é inconcebível.

Se Deus é um corpo, o que teria que ser o Seu plano para a salvação? O que poderia ser, senão a morte? Ao tentar apresentar-se como Autor da vida e não da morte, Ele está sendo um mentiroso e um impostor, cheio de falsas promessas, oferecendo ilusões em lugar da verdade. A realidade aparente do corpo faz com que essa perspectiva de Deus seja bastante convincente. De fato, se o corpo fosse real, seria realmente difícil escapar dessa conclusão. E toda mágoa que guardas, insiste que o corpo é real. Ignora inteiramente o que é o teu irmão. Reforça a tua crença de que ele é um corpo e o condena por isso. E afirma que a tua salvação tem que ser a morte, projetando esse ataque contra Deus e tornando-O responsável por isso.

À essa arena cuidadosamente preparada, onde animais raivosos buscam a sua presa e a misericórdia não pode entrar, o ego vem para salvar-te. Deus te fez corpo. Muito bem. Aceitemos isso e fiquemos contentes. Enquanto corpo, não te deixes privar daquilo que o corpo oferece. Pega o pouco que puderes conseguir. Deus não te deu nada. O corpo é o teu único salvador. Ele é a morte de Deus e a tua salvação.

Essa é a crença universal do mundo que vês. Alguns odeiam o corpo e tentam feri-lo e humilhá-lo. Outros amam o corpo e tentam glorificá-lo e exaltá-lo. Mas, enquanto o corpo estiver no centro do teu conceito de ti mesmo, estás atacando o plano de Deus para a salvação e guardando as tuas mágoas contra Ele e Sua criação, para que não possas ouvir a Voz da verdade e dar-Lhe as boas-vindas como Amiga. Ao invés disso, o salvador que escolheste toma o Seu lugar. Ele é o teu amigo, Deus é o teu inimigo.

Hoje tentaremos parar com esses ataques sem sentido contra a salvação. Tentaremos, ao contrário, dar-lhe as boas-vindas. A tua percepção invertida, de cabeça para baixo, tem sido desastrosa para a paz da tua mente. Tens visto a ti mesmo em um corpo e a verdade fora de ti, trancada longe da tua consciência pelas limitações do corpo. Agora tentaremos ver isso de modo diferente.

A luz da verdade está em nós, onde foi colocada por Deus. É o corpo que está fora de nós, e que não é preocupação nossa. Estar sem um corpo é estar no nosso estado natural. Reconhecer a luz da verdade em nós é reconhecer-nos tais como somos. Ver o nosso Ser separado do corpo é dar fim ao ataque ao plano de Deus para a salvação e, ao invés disso, aceitá-lo. E, aonde quer que o Seu plano seja aceito, já está realizado.

A nossa meta nos períodos de prática mais prolongados de hoje é o de passarmos a estar cientes de que o plano de Deus para a salvação já foi realizado em nós. Para alcançar essa meta, temos que substituir o ataque pela aceitação. Enquanto o atacarmos, não podemos compreender o que é o plano de Deus para nós. Portanto, estamos atacando o que não reconhecemos. Tentaremos, agora, deixar o julgamento de lado e perguntar qual é o plano de Deus para nós:

‘Pai, o que é a salvação? Eu não sei. Dize-me, para que eu possa compreender.’

E então esperaremos em quietude pela Sua resposta. Nós temos atacado o plano de Deus para a salvação sem esperarmos para ouvir o que é. Bradamos as nossas mágoas tão alto que não escutamos a Sua Voz. Usamos as nossas mágoas para fecharmos os olhos e taparmos os nossos ouvidos.

Agora queremos ver, ouvir, e aprender. ‘Pai, o que é a salvação?’. Pergunta e serás respondido. Busca e acharás. Não estamos mais perguntando ao ego o que é a salvação e onde podemos achá-la. Estamos perguntando isso à verdade. Tem certeza, então, de que a resposta será verdadeira por causa Daquele a Quem perguntaste.

Sempre que sentires a tua confiança diminuir e a tua esperança de sucesso oscilar e apagar-se, repete a tua pergunta e o teu pedido, lembrando-te de que estás perguntando ao infinito Criador da infinidade, que te criou como Ele mesmo:

‘Pai, o que é a salvação? Eu não sei. Dize-me, para que eu possa compreender.’

Ele responderá. Que estejas determinado a ouvir.

Um, talvez dois períodos de prática mais curtos por hora serão suficientes para hoje, já que terão uma duração ligeiramente maior do que a de costume. Estes exercícios devem começar com:

‘Guardar mágoas é um ataque ao plano de Deus para a salvação. Que eu o aceite ao invés disso. Pai, o que é a salvação?’

Em seguida, aguarda mais ou menos um minuto em silêncio, de preferência com os olhos fechados e escuta a Sua resposta.”

—–

Dia 73

“A voz do Espírito Santo não comanda, porque é incapaz de arrogância. Não exige, porque não busca o controle. Não vence, porque não ataca. Simplesmente LEMBRA. É capaz de compelir devido apenas AO QUE ela relembra você. Isso traz à sua mente o OUTRO caminho, permanecendo quieta mesmo em meio ao tumulto que você tem feito para si mesmo. A voz por Deus é sempre quieta, porque fala de paz. No entanto, a paz é mais forte do que a guerra, porque cura. Guerra é DIVISÃO, não soma. Ninguém ganha com o conflito.

‘Que aproveitará a um homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua própria Alma?’ Isso significa que se ele ouvir a voz errada, ele PERDEU DE VISTA a sua Alma. Ele NÃO PODE perde-La, mas ele não PODE conhece-La. Ela está, portanto, PERDIDA PARA ELE, até que ele escolha certo. O Espírito Santo é o seu guia na escolha. Ele está na parte da sua mente que SEMPRE fala a favor da escolha certa, porque fala por Deus. Ele é a sua comunicação remanescente com Deus, que você pode interromper, mas não pode destruir.

“A voz por Deus é sempre quieta, porque fala de paz. No entanto, a paz é mais forte do que a guerra, porque cura. Guerra é DIVISÃO, não soma. Ninguém ganha com o conflito.”

O Espírito Santo é o caminho no qual a Vontade de Deus é feita assim na terra como no Céu.

Tanto o Céu quanto a Terra estão em VOCÊS, porque o chamado de ambos está em suas vontades e, portanto, em suas mentes. A Voz por Deus vem de seus próprios altares para Ele. Esses altares não são COISAS. Eles são DEVOÇÕES. Mas vocês têm outras devoções agora. A devoção dividida de vocês deu a vocês as duas vozes e vocês têm que escolher em qual altar vocês querem servir. O chamado a que você atende agora É uma avaliação, porque ele é uma DECISÃO. A decisão em si é muito simples. Ela é tomada tendo por base qual é o chamado que tem maior valor para você.

A minha mente sempre será como a sua, porque nós fomos criados como iguais. Foi apenas a minha DECISÃO que me deu todo o poder no Céu e na terra. A minha única dádiva para você é ajudá-lo a tomar a mesma decisão POR SI MESMO. A vontade para essa decisão é a vontade de COMPARTILHAR isso, porque a própria decisão É a decisão de compartilhar. Isso é FEITO PELO ATO DE DAR e, portanto, é o único ato da mente que se assemelha à verdadeira criação.

“O Espírito Santo é o caminho no qual a Vontade de Deus é feita assim na terra como no Céu.”

Você entende o papel dos modelos no processo de aprendizagem e a importância dos modelos que valoriza e escolhe seguir para determinar o que vai aprender. Eu sou o seu modelo para a decisão. Ao decidir por Deus, eu mostrei a você que essa decisão PODE ser tomada e que VOCÊ pode fazê-la. Eu prometi a você que a mente que tomou a decisão por mim também está em VOCÊ e que você pode deixá-la mudar a você assim como ela mudou a mim. Essa mente é inequívoca, porque ela ouve apenas UMA VOZ e responde de apenas UMA MANEIRA.

Você é a luz do mundo comigo. O descanso não vem do sono, mas do despertar. O Espírito Santo é o chamado para despertar e ser feliz. O mundo está muito cansado, porque é a IDEIA da exaustão. A nossa tarefa é a alegria de despertá-lo para o chamado de Deus. Todos responderão ao chamado do Espírito Santo ou a Filiação não pode ser uma só [una]. Que melhor vocação poderia haver para qualquer parte do Reino do que restaurá-lo à perfeita integração que pode torná-lo íntegro?

Ouça somente isso através do Espírito Santo dentro de você e ensine os seus irmãos a ouvir assim como eu estou ensinando a você. Quando você for tentado pela voz errada, chame por mim para lembrá-lo de como se curar [heal] compartilhando a minha decisão e TORNANDO-A MAIS FORTE. À medida que nós compartilhamos esse objetivo, nós aumentamos o seu poder de atrair toda a Filiação e trazê-la de volta à Unicidade na qual ela foi criada.

1Lembre-se de que a palavra ‘Jugo’ [yoke] significa ‘união’ e a palavra ‘fardo’ [burden] significa ‘mensagem’. Vamos reconsiderar a declaração Bíblica ‘o meu jugo é suave e o meu fardo é leve’ dessa maneira. Vamos nos unir com prazer, pois minha mensagem é Luz. Eu vim à sua mente porque você ficou vagamente consciente do fato de que existe outro caminho, ou outra voz. Tendo feito esse convite ao Espírito Santo, eu poderia vir a fornecer o modelo de COMO PENSAR.

1 Em inglês antigo essas palavras continham os respectivos significados que não existem em português.

A psicologia tornou-se o estudo do COMPORTAMENTO, mas ninguém nega a lei básica de que o comportamento é uma resposta à MOTIVAÇÃO e que a motivação é a vontade. Eu determinei que você se comportasse como eu me comportei, mas nós devemos responder à mesma mente para fazer isso. Essa mente é o Espírito Santo, cuja vontade motivadora é sempre a favor de Deus. Isso ensina a você como me manter como modelo para o seu pensamento e, consequentemente, como se comportar como eu.

O poder de nossa motivação conjunta está literalmente além da crença, mas NÃO além da realização. O que nós podemos realizar juntos não tem limites, porque o chamado para Deus É o chamado para o ilimitado. Criança de Deus, a minha mensagem é para VOCÊ, para que a ouça e a dê à medida que você ouve e responde ao Espírito Santo dentro de você.”

Urtext – Manual de Professores (Quais são as Características dos Professores de Deus? cont.,)

Mentalidade Aberta cont.,

“Como é que os que têm a mente aberta perdoam? Eles abandonaram tudo o que impede o perdão. Na verdade, abandonaram o mundo e permitiram que esse lhes fosse restaurado com tal frescor e em alegria tão gloriosa, que nunca teriam podido conceber tamanha mudança. Nada é agora como era antes. Nada deixa de cintilar agora, que antes parecia tão opaco e sem vida. E acima de tudo, todas as coisas lhes dão as boas-vindas, pois a ameaça se foi. Nenhuma nuvem permanece para encobrir a face de Cristo. Agora a meta foi conseguida. O perdão é a meta final do currículo. Pavimenta o caminho para o que vai além de todo aprendizado. O currículo não faz esforços para exceder sua meta legítima. O perdão é o seu único objetivo para o qual todo o aprendizado converge em última instância. E, de fato, o suficiente.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 73

“’ É a minha vontade que haja luz.’

Hoje estamos considerando a vontade que compartilhas com Deus. Essa não é a mesma que se manifesta nos desejos vãos do ego, de onde surgem a escuridão e o nada. A vontade que compartilhas com Deus tem em si todo o poder da criação. Os desejos vãos do ego não são compartilhados, portanto, não têm nenhum poder. Esses desejos não são vãos, no sentido de que podem fazer um mundo de ilusões no qual a tua crença pode ser muito forte. Mas, de fato, são vãos em termos de criação. Não fazem nada que seja real.

Desejos vãos e mágoas são parceiros ou coautores em retratar o mundo que vês. Os desejos do ego deram origem a ele e a necessidade que o ego tem de mágoas, as quais são necessárias para mantê-lo, povoam esse mundo com figuras que parecem atacar-te e exigir um julgamento ‘justo’. Essas figuras vêm a ser os intermediários utilizados pelo ego no tráfico de mágoas. Elas se interpõem entre a tua consciência e a realidade dos teus irmãos. Ao contemplá-las, não conheces nem os teus irmãos nem o teu Ser.

A tua vontade está perdida para ti nessa estranha negociação, em que a culpa é comercializada de lá para cá e, a cada troca, aumentam as mágoas. Será que tal mundo poderia ter sido criado pela Vontade que o Filho de Deus compartilha com o seu Pai? Deus teria criado o desastre para Seu Filho? A criação é a Vontade de Ambos, juntos. Deus criaria um mundo que matasse a Ele Mesmo?

Hoje tentaremos mais uma vez alcançar o mundo que está de acordo com a tua vontade. Nele está a luz, porque não se opõe à Vontade de Deus. Esse mundo não é o Céu, mas a luz do Céu brilha sobre ele. A escuridão dissipou-se. Os desejos vãos do ego foram afastados. Mas a luz que brilha sobre esse mundo reflete a tua vontade, portanto, temos que procurá-la em ti.

O teu retrato do mundo só pode espelhar o que está dentro de ti. Nem a fonte da luz nem a das trevas podem ser encontradas do lado de fora. As mágoas escurecem a tua mente e olhas para um mundo escurecido. O perdão dissipa a escuridão, reafirma a tua vontade e permite que olhes para um mundo de luz. Enfatizamos repetidamente que a barreira das mágoas é facilmente transposta e não pode se interpor entre tu e a tua salvação. A razão é muito simples. Realmente queres estar no inferno? Realmente queres chorar e sofrer e morrer?

Esquece-te dos argumentos do ego que buscam provar que tudo isso é realmente o Céu. Tu sabes que não é assim. Não podes querer isso para ti mesmo. Há um ponto além do qual as ilusões não podem ir. O sofrimento não é a felicidade e é a felicidade que realmente queres. Tal é a tua vontade, na verdade. Portanto, a salvação também é tua vontade. Queres ter sucesso no que estamos tentando fazer hoje. Nós empreendemos isso com a tua bênção e o teu feliz consentimento.

Teremos sucesso hoje se te lembrares que queres a salvação para ti mesmo. Queres aceitar o plano de Deus, pois compartilhas dele. Não tens nenhuma vontade que possa realmente opor-se a esse plano e nem queres fazê-lo. A salvação é para ti. Acima de tudo, queres a liberdade de lembrar Quem realmente és. Hoje é o ego que permanece impotente diante da tua vontade. A tua vontade é livre e nada pode prevalecer contra ela.

Assim, empreendemos os exercícios de hoje em alegre confiança, certos de que acharemos o que é a tua vontade achar e que lembraremos o que é tua vontade lembrar. Nenhum desejo vão pode nos deter nem nos enganar com uma ilusão de força. Hoje permite que seja feita a tua vontade e que a crença insana de que escolhes o inferno no lugar do Céu tenha fim para sempre.

Começaremos os nossos exercícios de prática mais longos com o reconhecimento de que o plano de Deus para a salvação, e só o Seu, está totalmente de acordo com a tua vontade. Não é o propósito de um poder alheio, imposto a ti contra a tua vontade. É o único propósito aqui com o qual tu e teu Pai estão de perfeito acordo. Terás sucesso hoje, o momento designado para a liberação do Filho de Deus do inferno e de todos os desejos vãos. A Sua vontade é agora restaurada à sua consciência. Nesse dia mesmo, ele está disposto a olhar para a luz em si próprio e a ser salvo.

Depois de lembrar-te disso e decidir manter a tua vontade em mente com clareza, dize a ti mesmo com suave firmeza e serena convicção:

‘É minha vontade que haja luz. Que eu contemple a luz que reflete a Vontade de Deus e a minha.’

Em seguida, deixa que a tua vontade se afirme junto com o poder de Deus e unida ao teu Ser. Põe o resto do período de prática sob a Sua orientação. Junta-te a Eles à medida que te mostram o caminho. Nos períodos de prática mais curtos, faze mais uma vez uma declaração do que realmente queres. Dize:

‘É minha vontade que haja luz. A escuridão não é minha vontade.’

Isso deve ser repetido várias vezes por hora. Contudo, é da maior importância aplicar a ideia de hoje dessa forma imediatamente, quando fores tentado a guardar qualquer tipo de mágoa. Isso te ajudará a soltar as tuas mágoas, ao invés de nutri-las e de escondê-las na escuridão.”

—–

Dia 74

O Guia para a Salvação

[FIP T-5.III.]

“A maneira de APRENDER A CONHECER o seu irmão é percebendo nele o Espírito Santo. Nós já dissemos que o Espírito Santo é a ponte ou transferência de pensamento da percepção PARA o conhecimento, então nós PODEMOS usar os termos como se eles estivessem relacionados, porque na mente DELE eles estão. Essa relação TEM QUE estar em Sua mente, porque se ela não estivesse, a separação entre os dois modelos de pensar não estaria aberta à cura. Ele é parte da Santíssima Trindade, porque a Sua Mente é parcialmente SUA e também PARCIALMENTE de DEUS. Isso precisa de esclarecimento não em palavras, uma vez que já dissemos isso antes, mas em compreensão e EXPERIÊNCIA.

O Espírito Santo é a IDEIA de cura [healing]. Sendo pensada, a ideia GANHA À MEDIDA QUE É COMPARTILHADA. Sendo o chamado PARA Deus, ele é também a ideia DE Deus. Se você faz parte de Deus, essa é também a ideia de VOCÊ MESMO, assim como de todas as partes de Deus. A ideia do Espírito Santo compartilha as propriedades de outras ideias, porque ela segue as leis do universo do qual ELA faz parte. Portanto, ela é fortalecida por ser dada a outros. Ela aumenta em VOCÊ à medida que você a dá aos seus irmãos.

Como os pensamentos não precisam ser conscientes para existir, o seu irmão NÃO precisa estar CONSCIENTE do Espírito Santo, nem nele mesmo nem em você para que esse milagre ocorra. Ele pode ter dissociado o chamado para Deus, assim como VOCÊ o fez. Mas a dissociação é curada em AMBOS como você a vê nele e assim reconhece o seu SER. Bill, que fez uma série de contribuições vitais para a nossa joint venture, fez uma contribuição importante há algum tempo, que ele mesmo não apreciou ou sequer entendeu. Se nós reconhecermos o seu valor juntos, nós poderemos usá-la juntos, porque é uma ideia e, portanto, deve ser compartilhada para ser mantida permanentemente.

Quando Bill disse que estava determinado a ‘NÃO ver você dessa maneira’, ele estava falando negativamente. Se ele declarar a mesma ideia POSITIVAMENTE, verá o PODER do que disse.

Ele havia percebido que existem duas maneiras de ver você e também que elas são diametralmente opostas uma à outra. Essas duas maneiras devem estar na mente DELE, porque ele estava se referindo a SI MESMO como aquele que percebe. Elas também tem que estar na SUA, porque ele estava percebendo VOCÊ.

O que ele realmente estava dizendo era que ele NÃO olharia para você através do seu ego, ou perceberia o SEU ego em você. Declarado positivamente, ele escolheria ver você através do Espírito Santo na mente DELE e o perceberia na SUA. O que você reconhece em seu irmão, você ESTÁ reconhecendo em si mesmo. O que você compartilha você FORTALECE. A voz do Espírito Santo é fraca em você. É por isso que você TEM QUE compartilhá-La, porque ela tem que ser AUMENTADA em força antes que você possa ouvi-La. É impossível ouvi-La em si mesmo enquanto está tão fraca em sua PRÓPRIA mente. Ela NÃO é fraca em si mesmo; mas ela está limitada pela sua falta de vontade de ouvi-La.

A vontade em si mesma é uma ideia e, portanto, ela se fortalece ao ser compartilhada. Você cometeu o equívoco de procurar o Espírito Santo apenas em SI MESMO e é por isso que as suas meditações têm assustado você. Ao adotar o ponto de vista do ego, você empreendeu uma jornada que é alheia ao ego COM O EGO COMO GUIA. Isso estava FADADO a produzir medo. A melhor ideia de Bill necessita ser fortalecida em AMBOS. Já que era DELE, ELE pode aumentá-la dando-a a você.

Eu sugiro que ele possa cuidar de conversar com você sobre isso e, talvez, até deixar você tomar notas para ele. Ele tem muito a ensinar por meio do Espírito Santo e esse pode ser um bom ‘novo’ começo.

O atraso é do ego, porque o tempo é o SEU conceito. O atraso é obviamente uma ideia do TEMPO. Tanto o tempo quanto o atraso não têm significado na eternidade. Nós dissemos antes que o Espírito Santo é a resposta de Deus ao ego. Tudo o que o Espírito Santo lembra está em oposição direta às noções do ego, porque as percepções verdadeiras e falsas são opostas EM SI MESMAS. O Espírito Santo tem a tarefa de desfazer o que o ego tem feito. O Espírito Santo tem que desfazê-la no mesmo nível em que o próprio ego opera, ou a mente seria incapaz de compreender a mudança. Nós temos enfatizado repetidamente o fato de que um nível da mente não é compreensível para outro. Assim é com o ego e a Alma e com o tempo e a eternidade.

A eternidade é uma idéia de Deus, então a Alma a compreende perfeitamente. O tempo é uma crença do ego, então a mente inferior, que É o domínio do ego, a aceita sem questionamento. O único aspecto do tempo que é realmente eterno é o AGORA. Isso é o que REALMENTE nós queremos dizer quando nós dizemos que o único aspecto do tempo que é eterno é o agora. A natureza literal dessa afirmação não significa nada para o ego. O ego interpreta, na melhor das hipóteses, como ‘não se preocupe com o futuro’. Isso NÃO é o que isso REALMENTE significa em absoluto.”

“O que você reconhece em seu irmão, você ESTÁ reconhecendo em si mesmo. O que você compartilha você FORTALECE.”

Urtext – Manual de Professores (Quais são as Características dos Professores de Deus? cont.,)

Mentalidade Aberta cont.,

“Podes ter notado que a lista dos atributos dos professores de Deus não inclui coisas que constituem a herança do Filho de Deus. Termos como amor, impecabilidade, perfeição, conhecimento e verdade eterna não aparecem nesse contexto. Seriam por demais impróprios aqui. O que Deus deu em tanto excede o nosso currículo que o aprendizado desaparece diante da sua presença. No entanto, quando a sua presença está obscurecida, o foco recai acertadamente sobre o currículo. A função dos professores de Deus é trazer ao mundo o verdadeiro aprendizado. Propriamente falando, o que trazem é ‘des-aprendizado’, pois esse é ‘o aprendizado verdadeiro’ no mundo. Aos professores de Deus é dado trazer ao mundo as boas-novas do perdão completo. Bem-aventurados são eles, em verdade, pois são os portadores da salvação.

(Fim de Mentalidade Aberta. Fim de Quais são as Características dos Professores de Deus?)”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 74  

“’ Não há outra vontade senão a Deus.”

A ideia para o dia de hoje pode ser considerada como o pensamento central ao qual todos os nossos exercícios estão dirigidos. A Vontade de Deus é a única Vontade. Quando reconheces isso, reconheces que a tua vontade é a Sua. A crença em que o conflito é possível se vai. A paz substitui a estranha idéia de que estás dilacerado por metas conflitantes. Como uma expressão da Vontade de Deus, não tens nenhuma meta a não ser a Sua.

Há grande paz na ideia de hoje e os exercícios para esse dia são dirigidos para achá-la. A ideia em si é totalmente verdadeira. Portanto, não pode dar origem a ilusões. Sem ilusões o conflito é impossível. Tentemos reconhecer isso hoje e experimentar a paz que esse reconhecimento traz. Começa os períodos de prática mais longos repetindo estes pensamentos várias vezes, com lentidão e com a firme determinação de compreender o que significam e de mantê-los em mente:

‘Não há outra vontade senão a de Deus. Eu não posso estar em conflito.’

Em seguida, passa alguns minutos acrescentando alguns pensamentos correlatos, tais como:

‘Eu estou em paz.’

‘Nada pode me perturbar. Minha vontade é a de Deus. Minha vontade á de Deus.’

‘É Vontade de Deus que Seu Filho tenha paz.’

Durante essa fase introdutória, não deixes de lidar rapidamente com quaisquer pensamentos de conflito que te possam ocorrer. Dize imediatamente a ti mesmo:

‘Não há outra vontade senão a de Deus. Esses pensamentos

Se alguma área de conflito parecer particularmente difícil de ser resolvida, escolhe-a para consideração especial. Pensa sobre ela brevemente, mas de forma muito específica, identifica a pessoa ou as pessoas em particular e a situação ou situações envolvidas e dize a ti mesmo:

‘Não há outra vontade senão a de Deus. Eu a compartilho com Ele. Os meus conflitos em relação a ____ não podem ser reais.’

Depois de limpares a tua mente dessa forma, fecha os olhos e tenta experimentar a paz que a tua realidade te dá por direito. Mergulha nela e sente-a se fechando à tua volta. Pode haver alguma tentação em julgar equivocadamente estas tentativas como retraimento, mas a diferença é facilmente detectada. Se estiveres tendo sucesso terás um profundo sentimento de alegria e sentir-te-ás cada vez mais alerta, ao invés de sentir-te letárgico e enervado.

A alegria caracteriza a paz. Através dessa experiência, reconhecerás que a alcançaste. Se sentires que estás deslizando para o retraimento, repete rapidamente a ideia para o dia de hoje e tenta outra vez. Faze isso tantas vezes quantas se fizerem necessárias. Ganhas muito recusando-te a procurar refúgio no retraimento, mesmo que não experimentes a paz que buscas.

Nos períodos de prática mais curtos, que hoje devem ser empreendidos a intervalos regulares e pré-determinados, dize a ti mesmo:

‘Não há outra vontade senão a de Deus. Hoje eu busco a Sua paz.’

Tenta, então, achar o que estás buscando. Hoje, seria proveitoso dedicar a isso um ou dois minutos a cada meia hora, se possível com os olhos fechados.

—–

Imagem duy-pham-Cecb0_8Hx-o-unsplash.jpg – 6 de novembro de 2022

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x