Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 75

“O Espírito Santo é o mediador entre as interpretações do ego e o conhecimento da Alma. A sua capacidade de lidar com símbolos permite que ele trabalhe CONTRA as crenças do ego em sua própria linguagem. A sua igual capacidade de olhar além dos símbolos para a eternidade também o capacita a entender as leis de Deus, pelas quais ele fala.

O Espírito Santo pode, portanto, desempenhar a função de REINTERPRETAR o que o ego faz, não pela destruição, mas pela compreensão. A compreensão é luz e a luz conduz ao conhecimento. O Espírito Santo está NA luz, porque ele está em VOCÊ que É luz. Mas você mesmo não tem conhecimento disso. Portanto, é tarefa do Espírito Santo reinterpretá-lo a favor de Deus.

Você não pode compreender a si mesmo sozinho. Isso é assim porque você não tem nenhum significado à parte de seu lugar de direito na Filiação e o lugar de direito da Filiação é em Deus. Essa é a sua vida, a sua eternidade e VOCÊ MESMO. É isso que o Espírito Santo lembra você. É isso que o Espírito Santo VÊ. Essa visão invariavelmente assusta o ego, porque é tão calma. A paz é o maior inimigo do ego, pois de acordo com a sua interpretação da realidade, a guerra é a garantia de sua própria sobrevivência. O ego torna-se forte no conflito porque se você acredita que há conflito, você reagirá com violência porque a ideia de perigo entrou em sua mente. Essa ideia em si mesma é um apelo ao ego.

O Espírito Santo é tão vigilante quanto o ego ao chamado do perigo, opondo-se ao perigo com a SUA força, assim como o ego o RECEBE COM BOAS-VINDAS com todo o seu poder. O Espírito Santo neutraliza essas boas-vindas dando boas-vindas à paz. A paz e a eternidade estão tão intimamente relacionadas quanto o tempo e a guerra. A percepção, bem como o conhecimento, derivam significado dos RELACIONAMENTOS. Aqueles que você aceita são os fundamentos das suas crenças.

“A paz é o maior inimigo do ego, pois de acordo com a sua interpretação da realidade, a guerra é a garantia de sua própria sobrevivência. “

A Separação é meramente um outro termo para uma mente dividida. Isso não foi um ato, mas um pensamento.

Portanto, a ideia de Separação pode ser dada, assim como a ideia de unidade pode e, de qualquer forma, será FORTALECIDA NA MENTE DAQUELE QUE DÁ. O ego é o símbolo da Separação, assim como o Espírito Santo é o símbolo da paz. O que você percebe nos outros você está FORTALECENDO EM SI MESMO. Você permite que a sua mente perceba de modo equivocado, mas o Espírito Santo permite que a sua mente reinterprete as suas próprias percepções equivocadas. O Espírito Santo é o professor perfeito. Ele usa apenas o que a sua mente JÁ compreende, para lhe ensinar o que você não a compreende.

O Espírito Santo pode lidar com um aprendiz relutante sem ir contra a vontade dele, porque parte de sua vontade ainda É a favor de Deus. Apesar das tentativas do ego de esconder essa parte, ela ainda é muito mais forte que o ego, mesmo que o ego não a reconheça. O Espírito Santo a reconhece perfeitamente, porque é a Sua própria morada, ou o lugar na mente onde Ele está em casa. VOCÊ também está em casa nesse lugar, porque é um lugar de paz e a paz é de Deus.

A Separação é meramente um outro termo para uma mente dividida. Isso não foi um ato, mas um pensamento.”

Você que é parte de Deus não está em casa, EXCETO em Sua paz. Se a paz é eterna, você está em casa apenas na eternidade. O ego fez o mundo como ELE o percebe, mas o Espírito Santo, que REINTERPRETA os feitos do ego, vê o mundo apenas como um instrumento de ensino para trazer você para casa. O Espírito Santo tem que perceber o tempo e reinterpretá-lo no que é intemporal. A mente tem que ser conduzida à eternidade ATRAVÉS do tempo, porque, tendo feito o tempo, ela é capaz de perceber o seu oposto.

O Espírito Santo tem que trabalhar através de opostos, porque tem que trabalhar com e para uma mente que ESTÁ em oposição. Corrija e aprenda e seja aberto ao aprendizado. Você NÃO fez a verdade, mas a verdade ainda pode libertá-lo. Olhe como o Espírito Santo olha e compreenda como Ele compreende. A sua compreensão olha de volta para Deus, em memória de Mim. Ele está na Sagrada Comunhão sempre e Ele é parte de VOCÊ. Ele é o seu guia para a salvação, porque ele guarda a lembrança das coisas passadas e por vir. Ele mantém essa alegria gentilmente em sua mente, pedindo apenas que você a AUMENTE em Seu nome, compartilhando-a para aumentar a Sua alegria em VOCÊ”.

Curando e Ensinando

[FIP não presente]

“Você precisa ter notado quantas vezes eu usei as suas próprias ideias para ajudá-la. Bill está certo ao dizer que você aprendeu a ser uma terapeuta amorosa, sábia e muito compreensiva, exceto por você mesmo. Essa exceção lhe deu mais do que percepção para os outros por causa do que você viu neles, mas menos do que conhecimento de seus relacionamentos reais com eles porque você NÃO os fez parte de você. Compreender está além da percepção, porque introduz significado. Mas está abaixo do conhecimento, embora possa crescer em direção a ele. É possível, com grande esforço, compreender outra pessoa e ser-lhe útil, mas o esforço é direcionado de maneira equivocada. A direção equivocada é bem aparente. Ela é direcionada para LONGE de você.”

Urtext – Manual de Professores 

6. Como se Realiza a Cura [healing]?

Introdução

“A cura envolve a compreensão do propósito da ilusão da doença. Sem isso, ela é impossível.”

I. O propósito percebido na doença

“A cura é realizada no instante em que aquele que sofre já não vê nenhum valor na dor. Quem escolheria sofrer a não ser que pensasse que a dor lhe traz algo e algo de valor? Ele tem de pensar que é um preço pequeno a ser pago por alguma coisa de maior valor. Pois a doença é uma escolha, uma decisão. É uma escolha da fraqueza, na convicção errada de que a fraqueza é força. Quando isto ocorre, a força real é vista como ameaça e a saúde como um perigo. A doença é um método, concebido na loucura, para colocar o Filho de Deus no trono do Pai. Deus é visto como se estivesse do lado de fora, feroz e poderoso, ansioso por manter a totalidade do poder para Si Mesmo. Só através da Sua morte, é possível que Ele seja conquistado pelo Seu Filho.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 75

“’ A luz veio.’

A luz veio. Estás curado e podes curar. A luz veio estás salvo e podes salvar. Estás em paz e trazes a paz contigo aonde quer que vás. A escuridão, o tumulto e a morte desapareceram. A luz veio.

Celebramos hoje o final feliz do teu longo sonho de desventuras. Agora, já não há sonhos escuros. A luz veio. Começa hoje o tempo da luz para ti e para todos. É uma nova era na qual um novo mundo nasceu. O velho mundo não deixou nenhum vestígio à sua passagem. Hoje, vemos um mundo diferente porque a luz veio.

Os nossos exercícios para o dia de hoje serão exercícios felizes, nos quais damos graças pela passagem do velho mundo e o começo do novo. Nenhuma sombra do passado permanece para escurecer a nossa vista e ocultar o mundo que o perdão nos oferece. Hoje, aceitaremos o novo mundo como o que queremos ver. O que desejamos nos será dado. Nossa vontade é ver a luz; a luz veio.

Os nossos períodos de prática mais longos serão dedicados a olhar para o mundo que o nosso perdão nos mostra. É isso que queremos ver, e apenas isso. O nosso propósito único faz com que a nossa meta seja inevitável. Hoje o mundo real surge à nossa frente em contentamento para enfim ser visto. Agora, como veio a luz, a visão nos é dada.

Hoje não queremos ver a sombra do ego sobre o mundo. Vemos a luz e nela vemos o reflexo do Céu que se estende sobre o mundo. Começa os períodos de prática mais longos dando a ti mesmo as boas-vindas da tua liberação:

‘A luz veio. Eu perdoei o mundo.’

Dwell not upon the past today. Keep a completely open mind, washed

Não te detenhas no passado hoje. Conserva a mente completamente aberta, lavada de todas as ideias passadas e limpa de todos os conceitos que tens feito. Hoje perdoaste o mundo. Podes olhar para ele agora como se nunca o tiveste visto antes. Ainda não sabes qual é o aspecto que ele tem. Meramente aguardas para que ele te seja mostrado. Enquanto aguardas, repete várias vezes lentamente com toda paciência:

‘A luz veio. Eu perdoei o mundo.’

Reconhece que o teu perdão te dá direito à visão. Compreende que o Espírito Santo nunca falha em dar a dádiva da visão àqueles que perdoam. Acredita que Ele não te falhará agora. Perdoaste o mundo. Ele estará contigo enquanto vigias e esperas. Ele te mostrará o que a verdadeira visão vê. É a Sua Vontade e tu te uniste a Ele. Espera pacientemente por Ele. Ele estará lá. A luz veio. Perdoaste o mundo.

Dize-Lhe que tu sabes que não podes falhar porque confias Nele. E dize a ti mesmo que esperas na certeza de olhar para o mundo que Ele te prometeu. A partir desse momento verás de maneira diferente. Hoje, a luz veio. E tu verás o mundo que te foi prometido desde o início dos tempos, no qual o fim dos tempos está garantido.

Os períodos de prática mais curtos também serão lembranças alegres da tua liberação. Lembra-te, mais ou menos a cada quinze minutos, de que hoje é um dia de celebração especial. Dá graças pela misericórdia e pelo Amor de Deus. Regozija-te pelo poder do perdão de curar a tua visão completamente. Tem confiança de que nesse dia há um novo começo. Sem a escuridão do passado sobre os teus olhos, não podes falhar em ver hoje. E o que verás será tão bem-vindo que alegremente estenderás o dia de hoje para sempre. Então, dize:

‘A luz veio. Eu perdoei o mundo.’

Se fores tentado, dize a qualquer um que pareça estar te puxando de volta à escuridão:

‘A luz veio. Eu te perdoei.’

Dedicamos esse dia à serenidade na qual Deus quer que estejas. Guarda-a na tua consciência de ti mesmo e tu a verás por toda parte hoje, à medida que celebramos o princípio da tua visão e a vista do mundo real, que veio para substituir o mundo sem perdão que pensavas ser real.”

—–

Dia 76

[FIP T-5.IV. Ensinando e Curando]

“Isso NÃO significa que isso [a sua compreensão e ajuda para o outro, embora desviado de você mesmo] esteja perdido para você, mas DE FATO significa que você não está ciente disso. Eu tenho guardado todas as suas gentilezas e todos os pensamentos amorosos que você teve e eu lhe asseguro que você teve muitos. Eu os tenho purificado dos erros que ocultavam a sua luz e os guardei para você em sua própria radiância perfeita. Eles estão além da destruição e além da culpa. Eles vieram do Espírito Santo dentro de VOCÊ e nós conhecemos que o que Deus cria é eterno.

Bill certa vez falou do Reino dessa maneira, porque ele anseia pelo que ele tem reprimido.

Você tem muito mais medo disso, porque a dissociação é mais temerosa. O melhor contato de Bill tem permitido a ele a força para manter o medo na consciência no nível da realidade [awareness] e recorrer ao deslocamento, que ele está aprendendo a superar com a SUA ajuda. Isso porque você não percebe a ELE como dissociado e pode ajudá-lo com a repressão dele, que NÃO assusta você. Ele, por outro lado, não tem dificuldade em ver VOCÊ dissociar e não TEM que lidar com a repressão em você, o que PRODUZIRIA medo nele.

Juntar-se à Expiação, que eu repetidamente tenho pedido a você para fazer, é SEMPRE um caminho para sair do medo. Isso não significa que você possa deixar de reconhecer com segurança qualquer coisa que seja verdade, mas o Espírito Santo não deixará de ajudá-lo a reinterpretar TUDO o que você percebe como temeroso e ensinar-lhe APENAS que só o que é amoroso É verdadeiro. Isso está além de sua capacidade de destruir, mas inteiramente ao seu alcance da sua capacidade de aceitar. Isso PERTENCE a você porque, como uma extensão de Deus, VOCÊ a criou. Isso é seu porque é parte de você, assim como você é parte de Deus, porque Ele criou você.

A Expiação é a GARANTIA da segurança do Reino. Nada de bom se perde, porque vem do Espírito Santo, a voz pela Criação. Nada que não seja bom nunca foi criado e, portanto, NÃO PODE ser protegido. O que o ego faz, ele GUARDA PARA SI MESMO e assim ele é sem força. A sua existência não é compartilhada. Ele [o ego] não morre, pois simplesmente ele nunca nasceu. O nascimento físico não é um começo; é uma CONTINUAÇÃO. Tudo que PODE continuar já NASCEU. Mas pode AUMENTAR à medida em que você estiver disposto a devolver a parte de sua mente que precisa ser curada para a parte superior e, assim, tornar a sua criação sem divisões.

Você mesmo sempre disse a seus pacientes que a verdadeira diferença entre sentimentos neuróticos e ‘saudáveis’ de culpa era que os sentimentos neuróticos de culpa NÃO AJUDAM NINGUÉM. Essa distinção foi muito sábia, embora incompleta. Vamos tornar a distinção um pouco mais nítida agora.

Sentimentos neuróticos de culpa são um dispositivo do ego para ‘expiar’ sem compartilhar e para pedir perdão sem mudar. O ego NUNCA pede expiação real e não pode tolerar perdão real, que É mudança.

O seu [Helen?] conceito de ‘sentimentos saudáveis de culpa’ tem grande mérito, mas sem o conceito da Expiação não tinha o potencial de cura que ele possuía. VOCÊ faz a distinção em termos de sentimentos que levaram a uma decisão de não REPETIR o erro, que é apenas PARTE da cura. O seu conceito, portanto, carecia da ideia de DESFAZER isso. O que você estava realmente defendendo, então, era adotar uma política de compartilhamento sem um FUNDAMENTO real.

Eu vim para lhe dar o fundamento, de modo que os seus próprios pensamentos possam REALMENTE fazer com que você seja livre. Você tem carregado o fardo de ideias que NÃO compartilhou e que, portanto, eram fracas demais para aumentar. Mas você NÃO reconheceu como desfazer a existência delas porque você as tinha feito. Você NÃO PODE cancelar os seus erros passados ​​sozinha. Eles NÃO desaparecerão de sua mente sem remédio [a Expiação]. O remédio NÃO é feito por você, não mais do que VOCÊ é.

A Expiação não pode ser compreendida exceto como um PURO ATO DE COMPARTILHAR. É isso que nós queremos dizer quando nós dissemos que é possível até mesmo neste mundo ouvir  uma ÚNICA voz. Se você é parte de Deus e a Filiação é una, você NÃO PODE ser limitado ao ser que o ego vê. Cada pensamento amoroso mantido em QUALQUER parte da Filiação pertence a cada parte. É compartilhado PORQUE é amoroso. Compartilhar é a maneira de Deus criar e também a SUA. O seu ego pode manter você no exílio do Reino, mas no próprio Reino ele não tem nenhum poder.”

Se Você Tiver Vontade de Aprender, Você Tem Que Ter Vontade de Ensinar

“Você tem se tornado disposto a receber as minhas mensagens como eu as dou, sem interferência do ego, assim nós podemos esclarecer um ponto anterior que foi mencionado antes. Nós dissemos que um dia você ensinará tanto quanto aprenderá e isso manterá você em equilíbrio. A hora é agora, porque você permitiu que fosse agora. Você não pode aprender EXCETO ensinando. Eu ouvi uma única voz porque eu tinha aprendido que aprender é obtido POR ensinar. Eu entendi que EU NÃO PODERIA EXPIAR A MIM MESMO SOZINHO.

Ouvir uma única voz SIGNIFICA a vontade de compartilhar a voz de modo a ouvi-la você mesmo. A mente que estava em mim ainda é irresistivelmente atraída por todas as mentes criadas por Deus, porque a integridade de Deus É a integridade de seu Filho. Dar a outra face NÃO significa que você deva se submeter à violência sem protesto. Isso significa que você não pode ser ferido e não quer mostrar ao seu irmão nada além de sua integridade. Mostre-lhe que ele NÃO PODE machucar você e não mantenha nada contra ele, ou você a manterá contra você mesmo.”

Urtext – Manual de Professores

O Propósito Percebido na Doença cont.,

“Dentro dessa convicção doentia, o que representa a cura? Simboliza a derrota do Filho de Deus e o triunfo do seu Pai sobre ele. Representa o derradeiro desafio que, diretamente, o Filho de Deus é obrigado a reconhecer. Simboliza tudo o que quer esconder de si mesmo para proteger a sua ‘vida’. Se for curado, é responsável pelos seus pensamentos. E se é responsável pelos seus pensamentos será morto para provar a si mesmo o quanto é frágil e digno de pena. Mas se ele próprio escolhe a morte, a sua fraqueza é a sua força. Agora, dá a si mesmo o que Deus lhe daria e, assim, usurpa inteiramente o trono do seu Criador.

(Final de O Propósito Percebido na Doença)”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 76

“’ Eu não estou sujeito a outras leis senão às de Deus.’

Já observamos antes quantas coisas sem sentido te pareceram ser a salvação. Cada uma tem te aprisionado com leis tão sem sentido quanto ela mesma. Não estás preso por elas. Mas para compreenderes que isso é assim, em primeiro lugar é preciso que reconheças que a salvação não está lá. Enquanto queres buscá-la em coisas que não tem significado, tu te prendes a leis que não fazem nenhum sentido. Assim, buscas provar que a salvação está onde não está.

Hoje, ficaremos contentes por não poderes provar isso. Pois, se pudesses, estarias para sempre buscando a salvação onde não está e jamais a acharias. A ideia para o dia de hoje mais uma vez te diz quão simples é a salvação. Procura-a onde ela espera por ti e lá será achada. Não procures em nenhum outro lugar, pois ela não está em nenhum outro lugar.

Pensa na liberdade que há no reconhecimento de que não estás preso a todas as estranhas leis distorcidas que tens estabelecido para salvar-te. Realmente pensas que morrerás de fome se não tiveres montes de tiras de papel verde e pilhas de discos de metal (o papel verde e os discos de metal são referências à moeda dos EUA). Realmente pensas que uma pequena pílula redonda ou um pouco de líquido introduzido na tua veia por uma agulha pontiaguda afastará a doença e a morte. Realmente pensas que estás só, se não houver outro corpo contigo.

É a insanidade que pensa nessas coisas. Tu as chamas de leis e as dispõe sob diferentes nomes num longo catálogo de ritos que não tem nenhuma utilidade e não serve a nenhum propósito. Pensas que tens que obedecer às “leis” da medicina, da economia e da saúde. Protege o corpo e serás salvo.

Essas não são leis, mas loucura. O corpo é colocado em perigo pela mente, que fere a si mesma. O corpo só sofre para que a mente deixe de ver que é vítima de si mesma. O sofrimento do corpo é uma máscara mantida pela mente para ocultar o que realmente sofre. Ela não quer compreender que é a sua própria inimiga, que ataca a si mesma e quer morrer. É disso que as tuas ‘leis’ querem salvar o corpo. É por isso que pensas que és um corpo.

Não há outras leis senão as leis de Deus. É preciso repetir isso muitas e muitas vezes, até que reconheças que se aplica a tudo o que tens feito em oposição à Vontade de Deus. A tua magia não tem significado. O que ela pretende salvar não existe. Só o que ela pretende esconder te salvará.

As leis de Deus nunca podem ser substituídas. Dedicaremos o dia de hoje a nos regozijarmos por ser assim. Já não é mais uma verdade que queremos esconder. Em vez disso, reconheceremos que é uma verdade que nos mantém livres para sempre. A magia aprisiona, mas as leis de Deus libertam. A luz veio porque não há outras leis senão as de Deus.

Começaremos os períodos de prática mais longos de hoje com uma breve revisão dos vários tipos de ‘leis’ que acreditamos ter que obedecer. Esses incluiriam, por exemplo, as ‘leis’ da nutrição, da imunização, da medicação e da proteção ao corpo de inúmeras maneiras. Pensa ainda mais; tu acreditas nas ‘leis’ da amizade, dos ‘bons’ relacionamentos e reciprocidade. Talvez até penses que existam leis estabelecendo o que é de Deus e o que é teu. Muitas ‘religiões’ têm sido baseadas nisso. Não pretendem salvar, mas condenar em nome do Céu. No entanto, elas não são mais estranhas do que outras ‘leis’ que insistes ter que obedecer para fazer com que te salves.

Não há outras leis senão as de Deus. Afasta todas as tolas crenças mágicas hoje e mantém a tua mente em silenciosa prontidão para ouvir a Voz Que te fala a verdade. Estarás escutando Aquele Que diz que não há perda sob as leis de Deus. Nenhum pagamento é feito ou recebido. Trocas não podem ser feitas, não há substitutos e nada toma o lugar de outra coisa. As leis de Deus dão eternamente e nunca tiram.

Ouve Aquele Que te diz isso e reconhece quão tolas são as ‘leis’ que no teu pensamento sustentavam o mundo que pensavas ver. Então escuta mais. Ele te dirá mais. Sobre o Amor que o teu Pai tem por ti. Sobre a alegria sem fim que Ele te oferece. Sobre o quanto Ele anseia pelo Seu único Filho, criado como o Seu canal para a criação e que Lhe foi negado pela sua própria crença no inferno.

Hoje, vamos abrir os canais de Deus para Ele e deixar a Sua Vontade estender-se através de nós até Ele. Assim aumenta a criação infindavelmente. A Sua Voz nos falará disso, assim como das alegrias do Céu, que as Suas leis conservam para sempre ilimitadas. Vamos repetir a ideia de hoje até que tenhamos escutado e compreendido que não há nenhuma lei senão as de Deus. Então, diremos a nós mesmos, como uma oferenda com a qual o período de prática é concluído:

‘Eu não estou sujeito a outras leis senão às de Deus.’

Repetiremos essa oferenda hoje, com a maior frequência possível, pelo menos quatro ou cinco vezes por hora, bem como ao longo do dia em resposta a qualquer tentação de nos vivenciarmos como se estivéssemos sujeitos a outras leis. É nossa declaração de liberdade contra todo perigo e toda tirania. É o nosso reconhecimento de que Deus é o nosso Pai e Seu Filho está salvo.”

—–

Day 77

“O ensino é feito de várias maneiras, por meios formais, por orientação e, sobretudo, por EXEMPLO. Se você tem vontade de aprender, você TEM QUE ter vontade de querer ensinar. Ensinar é cura porque significa compartilhar ideias e significa a consciência no nível da realidade [awareness] de que compartilhá-las é fortalecê-las. A união da Filiação É a proteção disso. O ego não pode prevalecer contra o Reino PORQUE o Reino está unido e o ego se desvanece e é desfeito na presença da atração das partes da Filiação que ouvem o chamado do Espírito Santo para serem Um Só.

Eu não posso esquecer a minha necessidade de ensinar o que eu aprendi, que surgiu em mim PORQUE eu aprendi. Eu apelo a você para ensinar o que você tem aprendido, porque, ao fazê-lo, VOCÊ pode confiar no que aprendeu. Faça com que o que você aprendeu seja digno de confiança em meu nome, porque o meu nome é o nome do Filho de Deus. O que eu aprendi eu te dou gratuitamente e a mente que estava em mim se regozija à medida em que escolhes ouvi-la. O Espírito Santo expia em todos nós através do desfazer e assim levanta a carga que você colocou em sua mente. Ao segui-Lo, Ele o leva de volta a Deus, onde você pertence. E como você pode encontrar esse caminho a não ser levando o seu irmão com você?

A minha parte na Expiação não está completa até que VOCÊ se junte a ela e a dê a outros. Como você ensina, assim você aprenderá. Eu nunca deixarei ou abandonarei você, porque abandonar você seria abandonar a mim mesmo e a Deus que me criou. Você abandonará a si mesmo e ao seu Deus se abandonar algum de seus irmãos. Você é mais do que o guardião de seu irmão. Na verdade, você não quer mantê-lo. Você tem que aprender a vê-lo como ele é e SABER que ele pertence a Deus, assim como você. Como você poderia tratar melhor o seu irmão exceto dando a Deus as ideias das coisas que são de Deus?

As ideias não DEIXAM a mente que as pensou para ter um ser separado. Nem os pensamentos separados entram em conflito uns com os outros no espaço, porque eles não ocupam espaço algum.

As ideias HUMANAS podem entrar em conflito em conteúdo, porque ocorrem em diferentes níveis e incluem pensamentos opostos no MESMO nível. É IMPOSSÍVEL COMPARTILHAR PENSAMENTOS OPOSTOS. O Espírito Santo não DEIXA você abandonar os seus irmãos. Portanto, você pode realmente compartilhar apenas as partes de seus pensamentos que são dEle, que Ele também guarda para VOCÊ.

E desses é o Reino do Céu. Todo o resto permanece com você até que Ele [Espírito Santo] os reinterprete à luz do Reino, tornando-os também dignos de serem compartilhados. Quando eles estiverem suficientemente purificados, Ele permite que você os dê. A vontade de compartilhá-los é a sua purificação.

A Expiação dá a você o poder de uma mente curada, mas o poder de criar é de Deus.

Portanto, aqueles que foram perdoados têm que se dedicar primeiro à cura, pois, tendo RECEBIDO a ideia da cura, eles TÊM QUE dá-la para mantê-la. O pleno poder da criação não pode ser expresso enquanto qualquer uma das ideias de Deus estiver longe do Reino. A vontade conjunta de TODA a Filiação é o único criador que pode criar como o Pai. Isso porque só o que é completo pode pensar de modo completo e o pensamento de Deus não carece de nada. Em tudo o que VOCÊ pensa que não seja através do Espírito Santo, algo ESTÁ faltando.

Como você que é tão santo pode sofrer? Todo o seu passado, exceto a sua beleza, se foi e nada resta, exceto uma bênção. Você pode realmente partir em paz, porque eu tenho amado você como amei a mim mesmo. Você vai COM a minha bênção e PELA minha bênção. Mantenha-a e compartilhe-a, para que seja sempre nossa. Eu coloco a paz de Deus em seu coração e em suas mãos, para você manter e compartilhar. O coração é puro para mantê-la e as mãos são fortes para dá-la. Nós não podemos perder. O meu julgamento é tão forte quanto a sabedoria de Deus, em cujo Coração e Mãos nós temos o nosso ser. As crianças quietas de Deus são os Seus filhos abençoados. Os Pensamentos de Deus estão com você.”

As Duas Decisões

[FIP T-5.V. O Uso da Culpa pelo Ego]

“Talvez isso se torne mais claro e mais significativo pessoalmente se o uso da culpa pelo ego for esclarecido. O ego tem um propósito, assim como o Espírito Santo. O propósito do ego é o MEDO, porque somente quem tem medo pode ser egoísta. A lógica do ego é tão impecável quanto a do Espírito Santo, porque a sua mente tem todos os meios à sua disposição para ficar do lado do Céu ou da terra, conforme ela escolher. Mas vamos lembrar novamente que ambos estão em você.

No Céu não há culpa, porque o Reino é alcançado através da Expiação, que libera você para criar. A palavra ‘criar’ é apropriada aqui, porque uma vez que o que VOCÊ tem feito seja desfeito pelo Espírito Santo, o resíduo abençoado É restaurado e, portanto, continua na criação.

O que é verdadeiramente abençoado é incapaz de dar origem à culpa e tem que dar origem à alegria. Isso o torna invulnerável ao ego, porque a sua paz é inatacável. É invulnerável à ruptura PORQUE é íntegro.

A culpa é SEMPRE disruptiva [produz uma ruptura]. Qualquer coisa que engendre medo é divisor [que divide], porque obedece à lei da divisão. Se o ego é o símbolo da separação, também é o símbolo da culpa. A culpa é mais do que apenas algo que não é de Deus. É o símbolo do ATAQUE a Deus. Esse é um conceito totalmente sem sentido EXCETO para o ego, é claro, mas não subestime o poder da crença do ego nele. Essa é a crença da qual TODA a culpa realmente se origina.”

Urtext – Manual de Professores (Como se Realiza a Cura? cont.,)

II. O deslocamento na percepção

“A cura [healing] ocorre necessariamente na exata proporção em que se reconhece que a doença não tem valor. Basta alguém dizer: ‘Eu não ganho absolutamente nada com isto’ e está curado. Mas para dizer isto, primeiro tem de reconhecer certos fatos. Antes do mais, é óbvio que as decisões são da mente, não do corpo. Se a doença não é senão uma perspectiva errada de como solucionar os problemas, a doença, então, é uma decisão. E se é uma decisão, é a mente e não o corpo que a toma. A resistência a reconhecer isto é enorme, posto que a existência do mundo tal como tu o percebes depende do corpo como sendo aquele que toma as decisões. Termos como ‘instintos’, ‘reflexos’ e outros semelhantes representam tentativas de dotar o corpo com motivos não-mentais. De fato, tais termos, simplesmente, declaram ou descrevem o problema. Não lhe dão uma resposta.”

“Basta alguém dizer: ‘Eu não ganho absolutamente nada com isto’ e está curado.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 77

“’ Eu tenho direito a milagres.’

Tens direito a milagres pelo que tu és. Receberás milagres pelo que Deus é. E oferecerás milagres porque és um com Deus. Ainda uma vez, como é simples a salvação! É meramente uma declaração da tua verdadeira Identidade. É isso que celebraremos hoje.

O teu direito a milagres não está nas tuas ilusões sobre ti mesmo. Ele não depende de nenhum dos poderes mágicos que tens atribuído a ti mesmo, nem de nenhum dos rituais que tens inventado. Ele é inerente à verdade do que és. Ele está implícito no que Deus, Teu Pai, é. Ele te foi assegurado na tua criação e garantido pelas leis de Deus.

Hoje nós reivindicaremos os milagres aos quais tens direito, uma vez que pertencem a ti. A ti foi prometida a plena liberação do mundo que fizeste. A ti foi assegurado que o Reino de Deus está dentro de ti e nunca pode ser perdido. Não pedimos nada mais do que o que na verdade nos pertence. Hoje, todavia, nos certificaremos de que não nos contentaremos com menos.

Começa os períodos de prática mais longos dizendo a ti mesmo, com muita confiança, que tens direito a milagres. Fechando os olhos, lembra-te de que só estás pedindo o que é teu por direito. Lembra-te também de que os milagres nunca são tirados de uma pessoa para serem dados a outra e que ao pedires os teus direitos, estás apoiando os direitos de todos. Milagres não obedecem às leis deste mundo. Eles meramente decorrem das leis de Deus.

Após esta breve fase introdutória, espera em quietude pela confirmação de que o teu pedido é concedido. Pediste a salvação do mundo e a tua própria. Requisitaste que te sejam dados os meios pelos quais isso pode ser realizado. Não podes deixar de receber a confirmação disso. Estás apenas pedindo que a vontade de Deus seja feita.

Ao fazeres isto, realmente não pedes nada. Declaras um fato que não pode ser negado. O Espírito Santo não pode deixar de te assegurar que o teu pedido te é concedido. O fato de que aceitaste não pode ser negado. Não existe hoje lugar para a dúvida e a incerteza. Nós estamos finalmente fazendo uma pergunta real. A resposta é a declaração simples de um fato simples. Receberás a garantia que buscas.  

Os nossos exercícios de prática mais curtos serão frequentes e também serão dedicados a lembrar um fato simples. Hoje dize a ti mesmo com frequência:

‘Eu tenho direito a milagres.’

Pede-os sempre que surgir uma situação em que forem necessários. Reconhecerás estas situações. E como não estás dependendo de ti mesmo para achar o milagre, tens pleno direito de recebê-lo sempre que o pedires.

Lembra-te também de não te satisfazeres com menos do que a resposta perfeita. Imediatamente dize a ti mesmo, no caso de seres tentado:

‘Eu não trocarei milagres por mágoas.

Quero só o que me pertence.

Deus estabeleceu milagres como meu direito.’”

—–

Imagem antenna-cw-cj_nFa14-unsplash.jpg – 7 de novembro de 2022

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x