Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 93

“Nós já dissemos que você pode ser tão vigilante CONTRA o ego quanto A FAVOR dele. Essa lição [Sê vigilante SÓ a favor de Deus e do SEU Reino] não ensina somente que você PODE ser, mas também que você TEM QUE ser.

Ele não se preocupa com a ordem de dificuldades, mas com a PRIORIDADE CLARA QUE DEVE SER DADA À VIGILÂNCIA. Esse passo é inequívoco no sentido de que ensina que É NECESSÁRIO NÃO HAVER EXCEÇÕES, embora NÃO nega que as tentações de FAZER exceções ocorrerão. Aqui, então, a sua consistência é chamada APESAR do caos. Mas o caos e a consistência NÃO PODEM coexistir por muito tempo, porque são MUTUAMENTE EXCLUSIVOS. Contudo, na medida em que você tem que estar vigilante contra ALGUMA COISA, você não está reconhecendo essa exclusividade e está mantendo a crença de que pode ESCOLHER UMA COISA OU OUTRA.

Ao ensinar-lhe O QUE escolher, o Espírito Santo finalmente será capaz de lhe ensinar que VOCÊ NÃO PRECISA ESCOLHER DE FORMA ALGUMA. Isso finalmente liberará a sua vontade DA escolha e a direcionará para a criação DENTRO do Reino. A escolha por meio do Espírito Santo apenas o levará AO Reino. Você cria através do que você É, mas o que você é, você tem que aprender a lembrar. O caminho para lembrar disso é INERENTE ao terceiro passo, que reúne as lições inerentes às demais e vai além delas rumo à integração real.

Se você se permitir ter em sua mente apenas o que Deus colocou lá, você está reconhecendo a sua mente tal como Deus a criou. Portanto, você a está aceitando COMO É. E já que ela é íntegra, você está ensinando a paz PORQUE você acredita na paz. O passo final ainda será dado PARA você por Deus. Mas à altura do terceiro passo, o Espírito Santo já PREPAROU você PARA Deus. Ele está PREPARANDO VOCÊ para traduzir o ter em ser pela própria natureza dos passos que você tem que dar COM Ele. Você aprende primeiro que ter depende de DAR e NÃO em receber. Em seguida, você aprende que ‘você aprende o que você ENSINA’ e que ‘você QUER APRENDER PAZ’. Essa é a CONDIÇÃO para se identificar COM o Reino, já que é essa a condição DO Reino.

Mas você tem acreditado que está SEM o Reino e, portanto, excluído dele em sua crença. Por conseguinte, é essencial ensinar a você que não há dúvida quanto à SUA inclusão e que a CRENÇA SEGUNDO A QUAL NÃO VOCÊ NÃO ESTÁ INCLUÍDO é a ÚNICA coisa que você tem que excluir.

O terceiro passo é, portanto, para a PROTEÇÃO da sua mente, permitindo que você se identifique APENAS com o centro, onde Deus colocou o altar para SI MESMO. Nós já dissemos que os altares são CRENÇAS, mas Deus e as Suas criações estão ALÉM da crença porque estão além do questionamento. A Voz POR Deus fala apenas em favor da CRENÇA que está além do questionamento, que É a preparação para SER sem questionamento.

Enquanto a crença em Deus e em Seu Reino for atacada por QUAISQUER dúvidas em sua mente, a Sua perfeita Realização NÃO é aparente para você. É por isso que você TEM QUE estar vigilante A FAVOR DE DEUS. O ego fala CONTRA a Sua Criação e, portanto, engendra dúvidas. Você não pode ir ALÉM da crença ATÉ que você acredite inteiramente.

Ninguém pode ESTENDER uma lição que ele NÃO APRENDEU COMPLETAMENTE. A transferência, que É extensão, é a medida do aprendizado porque é o RESULTADO MENSURÁVEL. Isso, no entanto, NÃO significa que o que ele transfere PARA alguém seja mensurável. Pelo contrário, a menos que se transfira para toda a Filiação, que é imensurável porque foi criada PELO Imensurável, o próprio aprendizado TEM QUE estar incompleto.

Ensinar a TODA a Filiação SEM EXCEÇÃO demonstra que você PERCEBE A SUA INTEGRIDADE e aprendeu que É Una. Agora você tem que estar vigilante para MANTER a sua Unicidade em sua mente, porque se você permitir que a dúvida entre, VOCÊ perderá a consciência no nível da realidade [awareness] de sua integridade e NÃO SERÁ CAPAZ DE ENSINÁ-LA. A integridade do Reino NÃO depende da sua percepção, mas sim de sua CONSCIÊNCIA NO NÍVEL DA REALIDADE [AWARENESS] de sua integridade. É apenas a sua consciência no nível da realidade [awareness] que PRECISA de proteção, porque o seu SER não pode ser agredido. Mas um verdadeiro senso do que é, NÃO PODE ser seu enquanto você estiver em dúvida sobre o que você É. É POR ISSO QUE A VIGILÂNCIA É ESSENCIAL. As dúvidas SOBRE o que é não TÊM QUE entrar em sua mente, ou você NÃO PODE conhecer o que você é com certeza.

A certeza é DE Deus para VOCÊ. A vigilância não é necessária para a verdade, mas É necessária CONTRA A ILUSÃO. A verdade é SEM ilusões e, portanto, está DENTRO do Reino.

Tudo o que ESTÁ FORA do Reino É ilusão. Mas você tem que aprender a ACEITAR a verdade porque VOCÊ A JOGOU FORA. Você, portanto, se viu COMO SE estivesse SEM ele. Ao fazer outro Reino QUE VOCÊ VALORIZOU, você NÃO manteve o Reino de Deus apenas em sua mente e, portanto, você colocou parte da sua mente FORA dele. O que você fez assim DIVIDIU A SUA VONTADE e lhe deu uma mente doente que TEM QUE ser curada. A sua vigilância CONTRA essa doença É o caminho para curá-la.

A vigilância não é necessária para a verdade, mas É necessária CONTRA A ILUSÃO. A verdade é SEM ilusões e, portanto, está DENTRO do Reino.

Uma vez curada, a SUA mente irradia saúde e, assim, ENSINA a cura. Isso estabelece você como um professor que ensina como eu. A vigilância foi requerida de mim tanto quanto de você. Mas lembre-se de que aqueles que desejam ensinar a mesma coisa TÊM QUE estar de acordo sobre o que acreditam.

O terceiro passo, então, é uma declaração do que você QUER acreditar e implica em uma disponibilidade para ABANDONAR TUDO O MAIS. Eu disse que você estava apenas começando o segundo passo, mas também disse que o terceiro o SEGUE. O Espírito Santo permitirá que você continue SE VOCÊ O SEGUIR. A sua vigilância é o sinal de que você QUER que Ele o guie. A vigilância DE FATO requer esforço, mas apenas para lhe ensinar que o esforço em si é desnecessário. Você tem desprendido um GRANDE esforço para preservar o que você tem feito PORQUE isso não é verdadeiro. Portanto, você tem que agora voltar o seu esforço CONTRA isso. Somente isso pode anular a NECESSIDADE de esforço e invocar ao SER que você ao mesmo tempo TEM e É.

ESSE reconhecimento é totalmente SEM esforço, porque JÁ é verdadeiro e não necessita de proteção. Está na perfeita segurança de Deus. Portanto, a inclusão é total e a Criação é SEM LIMITES.”

Agora você tem que estar vigilante para MANTER a sua Unicidade em sua mente, porque se você permitir que a dúvida entre, VOCÊ perderá a consciência no nível da realidade [awareness] de sua integridade e NÃO SERÁ CAPAZ DE ENSINÁ-LA.”

Urtext – Manual de Professores

(Como se pode Evitar a Percepção da Ordem de Dificuldades? cont.,)

“Ilusões são sempre ilusões de diferenças. Como poderia ser de outra forma? Por definição, uma ilusão é uma tentativa de fazer com que alguma coisa considerada de maior importância seja real, embora se reconheça que tal coisa não é verdadeira. A mente, então, procura fazer com que seja verdadeira em função da intensidade do desejo de tê-la para si. Ilusões são travestis da criação, tentativas de trazer verdade às mentiras. Achando a verdade inaceitável, a mente revolta-se contra a verdade e dá a si mesma uma ilusão de vitória. Por considerar a saúde uma carga, retira-se para sonhos febris. E, nesses sonhos, a mente está separada, diferente de outras mentes, com interesses próprios diferentes e é capaz de gratificar as suas necessidades à custa dos outros.

De onde vêm todas estas diferenças? Certamente parecem estar no mundo lá fora. No entanto, com toda a certeza é a mente que julga o que os olhos contemplam. É a mente que interpreta as mensagens dos olhos e lhes dá ‘significado’. E esse significado não existe absolutamente no mundo exterior. O que é visto como ‘realidade’ é simplesmente o que a mente prefere. A mente projeta a sua hierarquia de valores para o que está fora e envia os olhos do corpo para achá-la. Os olhos do corpo nunca verão senão através das diferenças. Contudo, a percepção não se baseia nas mensagens que eles trazem. Só a mente avalia as mensagens dos olhos e, assim sendo, só a mente é responsável pelo que é visto. Só ela decide se o que é visto é real ou ilusório, desejável ou indesejável, prazenteiro ou doloroso.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 93

“‘A luz, a alegria e a paz habitam em mim.’

Tu pensas que és o lar do mal, da escuridão e do pecado. Pensas que se alguém pudesse ver a verdade sobre ti ficaria repugnado e recuaria como se estivesse diante de uma cobra venenosa. Pensas que se o que é verdadeiro sobre ti mesmo te fosse revelado, serias abatido por um horror tão intenso que te precipitarias para a morte pela tua própria mão, pois continuar vivendo depois de ver isso seria impossível.

Essas são crenças tão firmemente fixadas que é difícil ajudar-te a ver que se baseiam no nada. Que tenhas cometido equívocos é óbvio. Que tenhas buscado a salvação de maneiras estranhas, que tenhas sido enganado, enganando aos outros e tendo medo de tolas fantasias e sonhos selvagens, que tenhas te inclinado diante de ídolos feitos de pó – tudo isso é verdadeiro de acordo com o que acreditas agora.

Hoje, vamos questionar isso, não do ponto de vista do que pensas, mas de um ponto de referência muito diferente, do qual esses pensamentos vãos são sem significado. Esses pensamentos não estão de acordo com a Vontade de Deus. Ele não compartilha essas crenças estranhas contigo. Isso é suficiente para provar que estão erradas, mas tu não percebes que seja assim.

Por que não ficarias cheio de alegria sendo assegurado que todo o mal que pensas que fizestes nunca foi feito, que todos os teus pecados não são nada, que és tão puro e santo quanto foste criado e que a luz e a alegria e a paz habitam em ti? A tua imagem de ti mesmo não pode resistir à Vontade de Deus. Pensas que isso é morte, mas é a vida. Pensas que és destruído, mas és salvo.

O ser que tu fizeste não é o Filho de Deus. Portanto, esse ser não existe de forma alguma. E tudo o que ele parece fazer ou pensar nada significa. Não é nem bom, nem mau. É irreal, nada mais. Não luta contra o Filho de Deus. Não o fere, nem ataca a sua paz. Ele não mudou a criação, nem reduziu a eterna impecabilidade ao pecado e o amor ao ódio. Que poder esse ser que tu fizeste pode possuir se ele quer contradizer a Vontade de Deus?

A tua impecabilidade é garantida por Deus. Será preciso repetir isso muitas e muitas vezes até que seja aceito. Isso é verdadeiro. A tua impecabilidade é garantida por Deus. Nada pode tocá-la ou mudar o que Deus criou eterno. O ser que tu fizeste, mal e cheio de pecado, não tem significado. A tua impecabilidade é garantida por Deus e a luz e a alegria e a paz habitam em ti.

A salvação necessita apenas da aceitação de um só pensamento: — tu és tal como Deus te criou e não o que fizeste de ti mesmo. Qualquer que seja o mal que penses ter feito, tu és como Deus te criou. Quaisquer que sejam os equívocos que tenhas cometido, a verdade sobre ti não foi mudada. A criação é eterna e imutável. A tua impecabilidade é garantida por Deus. Tu és e sempre serás exatamente como foste criado. A luz, a alegria e a paz habitam em ti porque Deus aí as colocou.

Nos períodos de prática mais longos de hoje, que serão mais proveitosos se empreendidos nos primeiros cinco minutos de cada hora que estiveres acordado, começa afirmando a verdade sobre a tua criação:

‘A luz, a alegria e a paz habitam em mim. A minha impecabilidade é garantida por Deus.’

Em seguida, deixa as tuas tolas autoimagens de lado e passa o resto do período de prática tentando experimentar o que Deus te deu no lugar do que decretaste para ti mesmo.

Ou bem tu és o que Deus criou, ou bem o que fizeste de ti mesmo. Um Ser é verdadeiro, o outro não existe. Tenta experimentar a união do teu único Ser. Tenta apreciar a Sua santidade e o Amor do Qual Ele foi criado. Tenta não interferir no Ser Que Deus criou como tu mesmo, escondendo a Sua majestade atrás dos diminutos ídolos do mal e do pecado que fizeste para tomar o Seu lugar. Deixa-O entrar na posse do que Lhe pertence. Aqui estás, Isso és Tu. E a luz, a alegria e a paz habitam em ti porque isso é assim.

Pode ser que não estejas disposto ou mesmo que não te seja possível usar os cinco primeiros minutos de cada hora para estes exercícios. Contudo, tenta fazê-lo quando puderes. Pelo menos, lembra-te de repetir estes pensamentos a cada hora:

‘A luz, a alegria e a paz habitam em mim. A minha impecabilidade é garantida por Deus.’

Em seguida, tenta dedicar pelo menos um minuto, mais ou menos, a fechar os olhos e reconhecer que essa é uma declaração da verdade sobre ti mesmo.

Se surgir alguma situação que te pareça perturbadora, dissipa rapidamente a ilusão do medo repetindo estes pensamentos mais uma vez. Se fores tentado a ficar com raiva de alguém, dize-lhe silenciosamente:

‘A luz, a alegria e a paz habitam em ti. A tua impecabilidade é garantida por Deus.’

Hoje podes fazer muito pela salvação do mundo. Podes fazer muito para aproximar-te do papel que Deus te designou na salvação. E podes fazer muito para trazer à tua mente a convicção de que a ideia para o dia de hoje é, de fato, verdadeira.”

—–

Day 94

CAPÍTULO 7 – A PERFEITA CONSISTÊNCIA DO REINO

Introdução [FIP T-7.I. As Dádivas do Reino]

“O poder criativo de Deus E de Suas criações é ilimitado, mas ele NÃO está em um relacionamento recíproco. Você se comunica inteiramente COM Deus, assim como Ele faz com VOCÊ. Esse é um processo em andamento no qual você COMPARTILHA e PORQUE você o compartilha, você é inspirado para criar COMO Deus. Mas na Criação você NÃO está em uma relação recíproca COM Deus, porque Ele criou VOCÊ, mas você NÃO O criou. Nós já temos afirmado que apenas nesse aspecto o seu poder criativo difere do Dele. Mesmo nesse mundo há um paralelo. Os pais dão à luz as crianças, mas as crianças NÃO dão à luz aos pais. Eles, no entanto, dão à luz as suas crianças e, portanto, dão à luz como os seus pais.

Se você criou a DEUS e Ele criou a você, o REINO não poderia aumentar por meio de seu PRÓPRIO pensamento criativo. A criação seria, portanto, limitada e você NÃO seria um co-criador COM Deus. Assim como o Pensamento criativo de Deus procede Dele PARA você, assim também os SEUS pensamentos criativos têm que proceder DE você para as SUAS criações. Só assim é que TODO o poder criativo pode SE ESTENDER PARA FORA. As realizações de Deus NÃO são suas. Mas as suas são como as Dele. ELE criou a Filiação e VOCÊ a aumenta. Você TEM o poder de ADICIONAR ao Reino, embora NÃO tenha o poder de ADICIONAR ao Criador DO Reino.

Você reivindica esse poder quando se torna totalmente vigilante só a favor de Deus E do seu Reino. AO ACEITAR esse poder como SEU, você aprendeu a ser o que você É.

As SUAS criações pertencem a VOCÊ, assim como VOCÊ pertence a Deus. Você é parte de Deus, assim como os seus filhos são parte dos Seus Filhos. Criar é amar. O amor se estende para fora simplesmente porque não pode ser contido. Sendo sem limites, NÃO PÁRA. Ele cria para sempre, mas NÃO no tempo. As criações de Deus SEMPRE EXISTIRAM, porque ELE sempre existiu. As SUAS criações sempre existiram, porque você só pode criar como ELE cria. A eternidade é sua, porque Ele criou você eterno.”

Você TEM o poder de ADICIONAR ao Reino, embora NÃO tenha o poder de ADICIONAR ao Criador DO Reino.

Barganha versus Cura

[FIP não presente]

“O ego exige direitos RECÍPROCOS, porque ele é mais competitivo do que amoroso. Está sempre disposto a barganhar, mas não consegue entender que ser IGUAL AO OUTRO significa que NENHUMA BARGANHA É POSSÍVEL. Para ganhar você tem que DAR, não barganhar. Barganhar é LIMITAR a dádiva e essa NÃO é a Vontade de Deus. Unir a sua vontade COM a de Deus é criar como ELE. Deus não limita as SUAS dádivas DE FORMA ALGUMA. Vocês SÃO as dádivas dele e, portanto, as suas dádivas tem que ser como as DELE.

As suas dádivas PARA o Reino são como as Dele para VOCÊ. Eu dei SÓ amor ao Reino, porque eu acreditava que era isso o que EU ERA. O que você acredita que é DETERMINA as suas dádivas e se Deus criou você estendendo A SI MESMO COMO você, você só pode se estender como Ele fez. Só a alegria aumenta para sempre. Alegria e Eternidade são INSEPARÁVEIS. Deus se estende além dos limites e além do tempo e vocês, que são co-criadores com Ele, estendem o Seu Reino para sempre e além dos limites. A eternidade é o selo indelével da Criação. Os eternos estão em paz e alegria para sempre.

Pensar como Deus é compartilhar a Sua certeza do QUE VOCÊ É. E CRIAR como Ele, é compartilhar o amor perfeito que Ele compartilha com VOCÊ. O Espírito Santo conduz você a isso, para que a sua alegria possa ser completa porque o Reino de Deus é íntegro. Nós temos dito que o último passo no despertar do conhecimento é dado por Deus. Isso é verdadeiro, mas é difícil explicar em palavras, porque as palavras são símbolos e nada que seja verdadeiro PRECISA ser explicado. No entanto, o Espírito Santo sempre tem a tarefa de traduzir o inútil em útil, o sem significado em significativo e o temporário em intemporal. Ele PODE, portanto, dizer-lhe alguma coisa a respeito desse último passo, mas esse passo você tem que conhecer por si mesmo, porque POR meio dele você conhece o que você é. Esse É o seu ser.

Deus não dá passos porque as Suas realizações NÃO são graduais. Ele não ensina, porque as Suas criações são imutáveis. Ele não faz nada POR ÚLTIMO porque criou em PRIMEIRO LUGAR e PARA SEMPRE. Na verdade, deve ser entendido que a palavra ‘primeiro’ aplicada a Ele NÃO é um conceito de tempo. Ele é o primeiro aqui apenas no sentido de que Ele é o primeiro na Própria Santíssima Trindade.

Ele é o Criador Primeiro porque ELE criou os Seus co-criadores. E porque Ele o FEZ, o tempo não se aplica nem a Ele NEM ao que Ele criou.

O ‘último passo’ que se diz que Deus deu era, portanto, verdadeiro no começo, é verdadeiro agora e será verdadeiro para sempre. O que é intemporal ESTÁ SEMPRE PRESENTE, porque o seu SER é eternamente imutável. Ele NÃO muda por aumentar, porque foi criado para sempre para aumentar. Se você o percebe como se NÃO estivesse aumentando, você não conhece o que É isso. Você também não conhece quem o criou, ou quem é ELE. Deus não revela isso a você, porque isso nunca foi escondido. A Sua luz nunca foi obscurecida, porque é a Sua Vontade COMPARTILHÁ-LA. Como é possível que o que é inteiramente compartilhado possa ser negado e então revelado?”

Urtext – Manual de Professores

(Como se pode Evitar a Percepção da Ordem de Dificuldades? cont.,)

“É nas atividades de seleção e categorização da mente que entram os erros de percepção. E é aqui que a correção tem de ser feita. A mente classifica o que os olhos do corpo lhe trazem de acordo com os seus valores preconcebidos, julgando em que categorias melhor se encaixa cada dado fornecido pelos sentidos. Que base poderia ser mais errada do que essa? Sem reconhecimento próprio, ela mesma pediu que lhe fosse dado o que se encaixa nessas categorias. E, tendo feito isto, conclui que as ditas categorias têm de ser verdadeiras. Nisto se baseia o julgamento de todas as diferenças, pois é disto que dependem todos os julgamentos do mundo. Acaso se pode depender, para o que quer que seja, deste ‘raciocínio’ confuso e sem sentido?

Não pode haver ordem de dificuldades na cura, simplesmente, porque qualquer doença é ilusão. Será mais duro dissipar a crença dos doentios em uma alucinação maior, em oposição a uma menor? Concordarão eles mais rapidamente com a irrealidade de uma voz mais alta do que com a de outra mais suave? Descartarão eles com maior facilidade um comando para matar sussurrado do que outro dado aos gritos? E será que o número de garfos que eles vêem os demônios carregando afeta a credibilidade que as suas percepções têm desses demônios? A sua mente doentia categorizou tudo isto como real, portanto, tudo é real para eles. Quando se derem conta de que são ilusões, desaparecerão. E assim é com a cura. As propriedades das ilusões que as fazem parecer diferentes são, na realidade, irrelevantes, pois as suas propriedades são tão ilusórias quanto elas próprias.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 94

“’Eu sou como Deus me criou.’

Hoje continuamos com a única ideia que traz salvação completa, a única declaração que faz com que todas as formas de tentação não tenham nenhum poder, o único pensamento que silencia e desfaz inteiramente o ego. Tu és como Deus te criou. Os sons desse mundo estão em silêncio, as cenas desse mundo desaparecem e todos os pensamentos que esse mundo jamais conteve são eliminados para sempre por essa única ideia. Aqui se realiza a salvação. Aqui se restaura a sanidade.

A verdadeira luz é força e força é impecabilidade. Se permaneces tal como Deus te criou, tens que ser forte e a luz tem que estar em ti. Aquele Que assegurou a tua impecabilidade tem que ser a garantia da força e da luz também. Tu és como Deus te criou. A escuridão não pode obscurecer a glória do Filho de Deus. Tu estás na luz, forte na impecabilidade em que foste criado e na qual permanecerás por toda a eternidade.

Hoje, mais uma vez dedicaremos os primeiros cinco minutos de cada hora em que estiveres acordado à tentativa de sentir a verdade em ti. Começa estes momentos de busca com estas palavras:

‘Eu sou como Deus me criou. Eu sou Seu Filho por toda a eternidade.’

Agora tenta alcançar o Filho de Deus em ti. Esse é o Ser Que nunca pecou, nem fez uma imagem para substituir a realidade. Esse é o Ser Que nunca deixou a Sua casa em Deus para andar incerto pelo mudo. Esse é o Ser Que desconhece o medo e para Quem a perda, o sofrimento ou a morte são inconcebíveis.

Para alcançar essa meta nada te é requerido, exceto deixar todos os ídolos e autoimagens de lado, ultrapassar a lista de atributos bons ou maus que atribuíste a ti mesmo e esperar pela verdade em silenciosa expectativa. O próprio Deus prometeu que ela seria revelada a todos aqueles que a pedissem. Tu estás pedindo agora. Não podes falhar porque Ele não pode falhar.

Se não cumprires o requisito de praticar durante os primeiros cinco minutos de cada hora em que estiveres acordado, pelo menos lembra-te de hora em hora:

‘Eu sou como Deus me criou. Eu sou Seu Filho por toda a eternidade.’

Hoje dize a ti mesmo frequentemente que tu és como Deus te criou. E certifica-te de responder a todo aquele que parecer irritar-te com estas palavras:

‘Tu és como Deus te criou. Tu és o Seu Filho por toda a eternidade.’

Esforça-te o máximo possível para fazer os exercícios de hoje a cada hora. Cada um que fizeres será um passo gigantesco em direção à tua liberação e um marco no aprendizado do sistema de pensamento que esse curso propõe.”

—–

Dia 95

[FIP T-7.II A Lei do Reino]

“Curar é o ÚNICO tipo de pensamento nesse mundo que se assemelha ao Pensamento de Deus e, por causa dos elementos que ambos COMPARTILHAM, pode facilmente ser transferido para ele. Quando um irmão percebe a si mesmo como doente, ele está se percebendo como se NÃO FOSSE ÍNTEGRO e, portanto, NECESSITADO. Se você também o vê dessa maneira, você o está vendo como se ele estivesse AUSENTE do Reino ou separado dele, tornando assim o PRÓPRIO Reino obscuro para VOCÊS DOIS. A doença e a separação não são de Deus, mas o Reino É. Se você obscurece o Reino, você está percebendo O QUE NÃO É DE DEUS.”

As Leis da Mente

[FIP T-7.II.]

Curar, então, é corrigir a percepção em seu irmão E em você mesmo, COMPARTILHANDO O ESPÍRITO SANTO COM ELE. Isso coloca vocês dois DENTRO do Reino e restaura a integridade DELE em suas mentes. Isso PARALELA [REFLETE?] a criação porque UNIFICA POR AUMENTAR e INTEGRA POR ESTENDER.

O QUE VOCÊ PROJETA, VOCÊ ACREDITA. Essa é uma lei imutável da mente nesse mundo, bem como no Reino [O que você estende, você acredita]. No entanto, o seu CONTEÚDO é um pouco diferente nesse mundo do que REALMENTE é, porque os pensamentos que ela governa aqui são MUITO diferentes dos pensamentos no Reino. As leis têm que ser adaptadas às circunstâncias, quando se quer que elas mantenham a ordem.

A característica marcante das leis da mente, conforme operam nesse mundo, é que, ao obedecê-las, e eu garanto a você que você TEM QUE obedecê-las, você pode chegar a resultados diametralmente opostos.

Isso é assim porque as leis foram adaptadas às circunstâncias desse mundo, no qual resultados diametralmente opostos PARECEM POSSÍVEIS porque você pode responder a duas vozes conflitantes

Você já ouviu muitos argumentos em nome das ‘liberdades’, que de fato teriam SIDO liberdade se o homem não tivesse escolhido LUTAR por elas. É por isso que eles percebem ‘as liberdades’ como muitas ao invés de UMA.

Mas o argumento que sustenta a DEFESA da liberdade é perfeitamente válido. Porque é verdade, não deveria ser COMBATIDO, mas DEVERIA ser APOIADO. Aqueles que são CONTRA a liberdade acreditam que o seu resultado os prejudicará, o que NÃO PODE ser verdade. Mas aqueles que são A FAVOR da liberdade, mesmo que eles estejam equivocados em como a defendem, estão do lado da única coisa nesse mundo que é verdadeira. Sempre que alguém puder ouvir com imparcialidade ambos os lados de QUALQUER questão, ele IRÁ tomar a decisão certa. Isso é assim porque ele TEM a resposta. O conflito pode de fato ser projetado, mas ele TEM QUE ser intrapessoal primeiro.

O termo “intraPESSOAL” é um termo do ego, porque ‘pessoal’ implica em UMA pessoa e NÃO em outras. ‘InterPESSOAL’ tem um erro semelhante, porque implica algo que existe entre DIFERENTES indivíduos. Quando nós falamos antes da natureza extremamente PESSOAL da revelação, nós seguimos essa declaração imediatamente com uma descrição dos resultados inevitáveis ​​da revelação em termos de COMPARTILHAMENTO. Uma PESSOA se concebe como separada, em grande parte, porque ela se percebe como limitada por um corpo. SOMENTE se ela vê e percebe a si mesma como uma MENTE, ela pode superar isso. ENTÃO ela está livre para usar termos como ‘intraMENTAL’ e ‘interMENTAL’ SEM vê-los como diferentes e conflitantes, porque as mentes PODEM estar em perfeito acordo.

FORA do Reino, a lei que prevalece DENTRO dele é ADAPTADA para ‘o que você projeta, você acredita’. Essa é a sua forma de ENSINO, porque fora do Reino o ensino é obrigatório porque o aprendizado é essencial. Esta forma da lei implica claramente que você aprenderá o que VOCÊ é a partir do que você projetou nos outros e, portanto, acredita que ELES sejam. NO Reino não há ensino OU aprendizado, porque não há CRENÇA. Só há CERTEZA. Deus e Seus Filhos, na segurança do Ser, CONHECEM que aquilo que você projeta você É.

Esta forma da lei NÃO é adaptada de forma alguma, sendo a Lei da Criação. O próprio Deus criou a lei criando ATRAVÉS dela. E Seus Filhos, que criam COMO Ele, a seguem alegremente, tendo o conhecimento de que o AUMENTO do Reino depende dela, assim como dependeu a própria criação DELES.

As leis têm que ser comunicadas, se é que serão úteis. Com efeito, elas têm que ser TRADUZIDAS para aqueles que falam um idioma diferente. Mas um bom tradutor, embora TENHA QUE mudar a FORMA do que traduz, NUNCA muda o significado. De fato, todo o seu PROPÓSITO é mudar a forma PARA QUE O significado original SEJA mantido.”

“Deus e Seus Filhos, na segurança do Ser, CONHECEM que aquilo que você projeta você É.”

Urtext – Manual de Professores

(Como se pode Evitar a Percepção da Ordem de Dificuldades? cont.,)

“Os olhos do corpo continuarão a ver diferenças. Mas a mente que se deixou curar deixará de tomar conhecimento delas. Haverá pessoas que parecerão ‘mais doentes’ do que outras, e os olhos do corpo registrarão, como antes, as mudanças nas suas aparências. Mas a mente curada vai coloca-las todas numa única categoria: elas são irreais. Esta é a dádiva do seu Professor: a compreensão de que apenas duas categorias têm significado na seleção das mensagens que a mente recebe daquilo que parece ser o mundo exterior. E, destas duas, somente uma é real. Assim como a realidade é totalmente real, independentemente de tamanho, forma, tempo e lugar – pois não podem existir diferenças dentro da realidade – assim também as ilusões são sem distinções. A resposta única para qualquer tipo de doença é a cura. A resposta única para todas as ilusões é a verdade.

(Fim de Como se pode Evitar a Percepção da Ordem de Dificuldades?)”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 95

“’Eu sou um só ser unido ao meu criador.’

A ideia de hoje te descreve com precisão tal como Deus te criou. Tu és um dentro de ti mesmo e um com Ele. A unidade de toda a criação é tua. A tua perfeita unidade faz com que a mudança em ti seja impossível. Não aceitas isso e falhas em reconhecer que não pode deixar de ser assim apenas porque acreditas que já mudaste a ti mesmo.

Tu te vês como uma paródia ridícula da criação de Deus: fraco, perverso, feio e pecador, miserável e tomado pela dor. Tal é a tua versão de ti mesmo, um ser dividido em muitas partes em guerra entre si mesmas, separado de Deus e mantido sem qualquer segurança por um autor volúvel e cheio de caprichos ao qual fazes as tuas preces. Ele não as ouve, pois é surdo. Ele não vê a unicidade em ti, pois é cego. Ele não compreende que tu és o Filho de Deus, pois é insensato e nada compreende.

Hoje procuraremos estar cientes só do que pode ouvir e ver e faz perfeito sentido. Mais uma vez dirigiremos os nossos exercícios para alcançar o teu único Ser, Que está unido ao Seu Criador. Com paciência e esperança, tentamos mais uma vez no dia de hoje.

O uso dos primeiros cinco minutos de cada hora de vigília para a prática da ideia do dia de hoje oferece vantagens especiais na fase de aprendizado em que te encontras no momento. A essa altura, é difícil não deixar que a mente se disperse se empreende uma prática mais prolongada. Agora certamente já reconheceste isso. Já viste a extensão da tua falta de disciplina mental e da necessidade de treinar a mente. É necessário que estejas ciente disso, pois, de fato, representa um obstáculo ao teu avanço.

Períodos de prática mais curtos e frequentes te oferecem outras vantagens a essa altura. Além de reconheceres as tuas dificuldades em manter atenção prolongada, também não podes deixar de ter notado que, a menos que sejas frequentemente lembrado do teu propósito, tendes a esquecê-lo por longos períodos de tempo. Freqüentemente falhas em lembrar das aplicações mais curtas da ideia do dia e ainda não formaste o hábito de usá-la como uma reação automática à tentação.

Portanto, uma estrutura se faz necessária para ti nesse momento, planejada para incluir freqüentes lembretes de tua meta, promovendo regularmente tentativas para alcançá-la. A regularidade em termos de tempo não é o requisito ideal para a forma mais benéfica de prática da salvação. Mas é proveitosa para aqueles cuja motivação é inconsciente e que permanecem fortemente defendidos contra o aprendizado.

Portanto, por enquanto manteremos os cinco minutos de prática por hora e te exortamos a omitir o menor número possível de períodos. O uso dos primeiros cinco minutos de cada hora será particularmente útil, pois impõe uma estrutura mais firme. Mas não uses os teus lapsos nesse horário como um pretexto para não voltares a ele assim que puderes. É bem possível que haja uma tentação de considerares o dia perdido, uma vez que falhaste em fazer o que te é requerido. Contudo isso deverá ser meramente reconhecido pelo que é: uma recusa em permitir que o teu equívoco seja corrigido e uma falta de disponibilidade para tentar de novo.

O Espírito Santo não é detido em Seu ensinamento pelos erros que cometes. Ele só pode ser retido pela tua vontade que não está disposta a soltá-los. Que estejamos determinados, portanto, a principalmente na próxima semana ou mais um pouco, a estarmos dispostos a perdoar os lapsos na nossa diligência e nossas falhas em seguir as instruções para a prática da ideia do dia. Essa tolerância para com a fraqueza fará com que sejamos capazes de não vê-la ao invés de dar-lhe o poder de fazer isso, estamos considerando-a como uma força e confundindo força com fraqueza.

Quando falhas em cumprir os requisitos deste curso estás meramente cometendo um erro. Isso pede correção e nada mais. Permitir que um equívoco perdure é cometer equívocos adicionais, que se baseiam no primeiro e o reforçam. É esse processo que tem que ser posto de lado, pois não passa de outra maneira através da qual queres defender as ilusões contra a verdade.

Solta todos esses erros reconhecendo-os pelo que são. São tentativas de fazer com que fiques sem saber que és um só Ser, unido ao seu Criador em unidade com todos os aspectos da criação, ilimitado em poder e paz. Essa é a verdade e nada mais é verdadeiro. Hoje reafirmaremos essa verdade e procuraremos alcançar o lugar em ti onde não há dúvidas de que só isso é verdadeiro.

Começa os períodos de prática de hoje com essa garantia, oferecida à tua mente com toda a certeza que podes lhe dar:

‘Eu sou um só Ser, unido ao meu Criador, em unidade com todos os aspectos da criação, e ilimitado em poder e paz.’

Em seguida, fecha os teus olhos e dize a ti mesmo mais uma vez de modo lento e refletido, tentando deixar que o significado das palavras afunde em tua mente substituindo ideias falsas:

‘Eu sou um só Ser.’

Repete isso várias vezes e depois procura sentir o significado que as palavras transmitem.

Tu és um só Ser, unido e seguro na luz, na alegria e na paz. Tu és o Filho de Deus, um Ser, com um Criador e uma meta: trazer a consciência [no nível da realidade; awareness] desta unicidade a todas as mentes, para que a verdadeira criação possa estender a Universalidade e a Unidade de Deus. Tu és um ser, completo e curado e íntegro, com o poder de erguer o véu da escuridão do mundo e deixar que a luz em ti venha para ensinar ao mundo a verdade sobre ti mesmo.

Tu és um só Ser em perfeita harmonia com tudo o que há e tudo o que haverá. Tu és um só Ser, o santo Filho de Deus, unido aos teus irmãos nesse Ser, unido ao teu Pai na Sua Vontade. Sente esse único Ser em ti e deixa que ele brilhe, afastando todas as tuas ilusões e dúvidas. Esse é o teu Ser, o Filho do próprio Deus, impecável como o próprio Criador, com a Sua Força dentro de ti e o Seu Amor para sempre teu. Tu és um só Ser e te é dado sentir esse Ser dentro de ti e banir todas as tuas ilusões da Mente única que é esse Ser, a santa verdade em ti.

Não esqueças hoje. Precisamos da tua ajuda, da tua pequena parte para trazer felicidade a todo o mundo. E o Céu olha para ti confiante de que hoje tu vais tentar. Compartilha, então, dessa certeza, pois ela é tua. Sê vigilante. Não esqueças hoje. Ao longo do dia não esqueças a tua meta. Repete a ideia de hoje com a maior freqüência possível e compreende que, a cada vez que o fazes, alguém ouve a voz da esperança, o despertar da verdade dentro da sua mente, o suave sussurro das asas da paz.

O teu próprio reconhecimento de que és um só Ser, unido ao teu Pai, é um chamado para o mundo todo estar em unidade contigo. Certifica-te de dar a promessa da ideia de hoje a todos aqueles que encontrares nesse dia, dizendo-lhes:

‘Tu és um único Ser comigo, estamos unidos ao nosso Criador nesse Ser. Eu te honro pelo Que eu sou, e pelo Que é Aquele Que nos ama como um só.’”

—–

Imagem richard-bell-JvxtzxwdTPw-unsplash.jpg – 16 de novembro de 2022

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x