Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 129

“A razão pela qual você não conhece as SUAS criações é porque  simplesmente você decidiria contra elas, enquanto a sua mente estiver dividida e atacar o que você criou é impossível. Mas lembre-se que ISSO É IGUALMENTE IMPOSSÍVEL PARA DEUS. A lei da Criação é que você ame as suas criações como a si mesmo, PORQUE ELAS FAZEM PARTE DE VOCÊ. Todas as coisas que foram criadas são, portanto, PERFEITAMENTE seguras, porque as leis de Deus as protegem através do Seu amor. Qualquer parte da sua mente que não conheça isso, baniu-se do conhecimento, porque NÃO ATENDEU AS SUAS CONDIÇÕES.

Quem poderia ter feito isso senão você? Reconheça isso com alegria, pois nesse reconhecimento está a compreensão de que o seu banimento não é de Deus e, portanto, de fato o banimento isso não existe.

Você está em casa em Deus, sonhando com o exílio, mas perfeitamente capaz de despertar para a Realidade. É a sua vontade fazer isso?

Você sabe por experiência própria que o que você vê em sonhos, você pensa que é real, desde que esteja dormindo. Mas no instante em que você acorda, você RECONHECE que tudo o que PARECIA acontecer no sonho, NÃO ACONTECEU EM ABSOLUTO. Você não pensa que isso é estranho (de forma alguma), mesmo que TODAS as leis daquilo para o qual você desperta TENHAM SIDO violadas enquanto você dormia.

Não é possível que você simplesmente tenha mudado de um sonho para outro sem realmente acordar? Você se incomodaria em reconciliar o que aconteceu nos SONHOS conflitantes, ou descartaria AMBOS JUNTOS, se descobrisse que a REALIDADE não está de acordo com nenhum dos dois? Você não se lembra de ter estado acordado. Quando você ouve o Espírito Santo, você simplesmente se sente MELHOR, porque amar parece POSSÍVEL para você. Mas você ainda NÃO se lembra de que uma vez foi assim e é nessa lembrança que você saberá que pode ser assim novamente.

O que é possível ainda não foi realizado. No entanto, o que já aconteceu uma vez antes é assim agora, se isso é eterno. Quando você se lembrar, você conhecerá que o que você lembra é eterno e, portanto, é AGORA.

Você se lembrará de tudo no instante em que você DESEJAR ISSO TOTALMENTE, pois se desejar totalmente é criar, o exercício da sua vontade terá afastado para longe a separação, retornando a sua mente simultaneamente para o seu Criador e às suas criações. Conhecendo-as, você não terá desejo de dormir, mas apenas a vontade de estar desperto e ser contente. Os sonhos serão impossíveis, porque você QUERERÁ apenas a verdade e, sendo afinal a sua vontade, ela será sua.”

Você está em casa em Deus, sonhando com o exílio, mas perfeitamente capaz de despertar para a Realidade. É a sua vontade fazer isso?”

A Decisão de Esquecer

“A não ser que você CONHEÇA alguma coisa, você NÃO PODE dissociá-la. O conhecimento, portanto, precede a dissociação e a dissociação nada mais é do que uma DECISÃO DE ESQUECER.

O que foi ESQUECIDO então parece amedrontador, mas SÓ porque a dissociação foi um ATAQUE À VERDADE. Você está amedrontado PORQUE você esqueceu. E você SUBSTITUIU o seu conhecimento por uma consciência de sonhos, PORQUE VOCÊ TEM MEDO DE SUA DISSOCIAÇÃO, NÃO do que você dissociou. Mesmo na terapia desse mundo, quando o material dissociado é ACEITO, deixa de ser amedrontador, pois as leis da mente sempre se aplicam.

Mas desistir da dissociação da REALIDADE traz mais do que apenas a ausência do medo. NESSA decisão está a alegria, a paz e a glória da criação. Ofereça ao Espírito Santo apenas a sua vontade de lembrar, pois Ele retém o conhecimento de Deus e o seu próprio PARA você, esperando a sua aceitação. Desista com contentamento de TUDO o que impediria a sua lembrança, pois Deus está em sua memória e a Sua Voz lhe dirá que você é parte Dele quando você estiver disposto a se lembrar Dele e a conhecer a sua própria realidade novamente. Não permita que nada nesse mundo possa atrasar a sua lembrança Dele, pois nessa lembrança está o conhecimento de VOCÊ MESMO.

Lembrar é apenas restaurar em sua mente O QUE JÁ ESTÁ LÁ. Você não faz aquilo que você lembra; você meramente aceita novamente o que tem sido feito E REJEITADO.

A habilidade de ACEITAR a verdade nesse mundo é a contraparte perceptível do que é criar no Reino. Deus fará a Sua parte se você fizer a sua e, em troca da sua, a Sua retribuição é a troca da percepção pelo conhecimento. NADA está além da Sua Vontade para você. Mas dê significado à sua vontade de se lembrar Dele e, eis aí! Ele lhe dará tudo se apenas você pedir.

‘Você é um raio de luz na Mente de Deus, perfeitamente sustentado por O Que Ele É. Você é um só com Ele porque você é parte Dele.’

Sempre que você ataca, você está negando a si mesmo. Você está especificamente ensinando a si mesmo que você NÃO é o que é. A SUA negação da realidade impede a ACEITAÇÃO da dádiva de Deus, PORQUE VOCÊ ACEITOU OUTRA COISA EM SEU LUGAR. Se você entender que o uso equivocado das defesas sempre constitui um ataque à verdade e a verdade é Deus, você reconhecerá porque isso é SEMPRE amedrontador. Se você reconhecer ainda que é PARTE de Deus, também entenderá por que SEMPRE ATACA A SI MESMO EM PRIMEIRO LUGAR.

TODO ataque é UM ataque a si mesmo. Não pode SER nenhuma outra coisa. Surgindo de sua PRÓPRIA decisão de NÃO ser o que você É, É UM ATAQUE À SUA IDENTIFICAÇÃO. O ataque é, portanto, a maneira pela qual a sua identificação está perdida, porque, quando você ataca, você TEM QUE ter esquecido o que você é. Você realmente NÃO PODE atacar. E se a sua realidade é a de Deus, quando VOCÊ ataca, você não está se lembrando DELE. Isso não é porque Ele tenha ido embora, mas porque você está ATIVAMENTE DISPOSTO A NÃO SE LEMBRAR DELE.

“Todo ataque é UM ataque a si mesmo.”

Se você reconhecesse o completo caos que isso causa à paz de sua mente, você não PODERIA tomar uma decisão tão insana. Você faz isso apenas porque ainda acredita que ela possa lhe dar algo que você deseja. Segue-se, então, que você deseja alguma coisa DIFERENTE da paz da mente e não tem considerado o que isso tem que ser. No entanto, o resultado lógico de sua decisão é perfeitamente claro, se você OLHAR para ele. Ao decidir CONTRA a sua realidade, você se tornou vigilante CONTRA Deus e o Seu Reino. E é ESSA vigilância que faz com que você tenha medo de se lembrar Dele.”

“NADA está além da Sua Vontade para você. Mas dê significado à sua vontade de se lembrar Dele e, eis aí! Ele lhe dará tudo se apenas você pedir.”

Urtext – Manual de Professores (Como se Faz a Correção? cont.,)

“A raiva apenas resmunga: ‘A culpa é real!’ E a realidade é apagada à medida em que esta crença doentia é aceita em substituição do Verbo de Deus. Os olhos do corpo, agora, ‘vêem’; só seus ouvidos são capazes de ‘ouvir’. O espaço pequeno do corpo e o seu fôlego diminuto tornam-se a medida da realidade. E a verdade vem a ser diminuta e sem significado. A correção tem uma única resposta para tudo isto e para o mundo que se baseia nisso:

‘Tu estás apenas tomando equivocadamente a interpretação pela verdade. E estás errado. Mas um equívoco não é um pecado, nem a realidade foi tirada do seu trono pelos teus erros. Deus reina para sempre, e só as Suas leis prevalecem sobre ti e sobre o mundo. O Seu Amor continua a ser a única coisa que existe.  O medo é ilusão, pois tu és como Ele.’

Para curar, então, vem a ser essencial para o professor de Deus deixar que todos os seus próprios equívocos sejam corrigidos. Se ele sente o mais leve sinal de irritação em si mesmo enquanto responde a qualquer pessoa, que tome consciência instantaneamente de que fez uma interpretação que não é verdadeira. Que ele então se volte para dentro, para o seu Guia Eterno e deixe que Ele julgue qual deve ser a resposta. Assim ele é curado e, na sua cura, seu aluno é curado com ele. A única responsabilidade do professor de Deus é aceitar a expiação para si mesmo. Expiação significa correção ou o remoção dos erros. Quando isto tiver sido realizado, o professor de Deus torna-se o trabalhador de milagres por definição. Os seus pecados lhe foram perdoados e ele já não se condena. Como pode então condenar quem quer que seja? E há alguém a quem o perdão dele não possa curar [heal em inglês]?

(Fim de Como se Faz a Correção?)”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 129

“’Além desse mundo há um mundo que eu quero.’

Esse é o pensamento que se segue àquele que praticamos ontem. Tu não podes deter-te na ideia de que o mundo é sem valor, pois se não vires que existe algo mais por que esperar, só ficarás deprimido. A nossa ênfase não está em desistir do mundo, mas em trocá-lo pelo que é muito mais satisfatório, cheio de alegria e capaz de te oferecer paz. Pensas que esse mundo pode te oferecer isso?

Talvez valha a pena dedicares um breve período de tempo para pensar uma vez mais sobre o valor desse mundo. Talvez admitas que não há perda em abandonar qualquer pensamento de valor aqui. O mundo que vês é de fato sem misericórdia, instável, cruel, indiferente a ti, rápido na vingança e implacável em seu ódio.

Ele só dá para tirar e leva embora todas as coisas que te foram caras por um momento. Nenhum amor duradouro é encontrado, pois não há nenhum aqui. Esse é o mundo do tempo, em que todas as coisas chegam ao fim.

Será uma perda achar, ao invés desse, um mundo em que é impossível perder? Em que o amor dura para sempre, o ódio não pode existir e a vingança não tem significado? Será uma perda achar todas as coisas que realmente queres e saber que elas não têm fim e que permanecerão exatamente como as queres através do tempo? Porém, até mesmo estas coisas serão finalmente trocadas por algo de que não podemos falar, pois daí em diante vais para um lugar em que as palavras fracassam inteiramente, para um silêncio no qual a linguagem não é falada mas certamente compreendida.

A comunicação, sem ambiguidades e clara como o dia, permanece ilimitada por toda a eternidade. E o próprio Deus fala com o Seu Filho como o Seu Filho fala com Ele. A Sua linguagem não tem palavras, pois o que dizem não pode ser simbolizado. O Seu conhecimento é direto, totalmente compartilhado e totalmente uno. Como tu, que permaneces preso a esse mundo, estás longe disso! E, no entanto, como estás perto quando o trocas pelo mundo que queres.

Agora, o último passo é certo, agora, estás a um instante da intemporalidade. Daqui só podes olhar para frente, nunca mais para trás, para ver de novo o mundo que não queres. Aqui está o mundo que vem tomar o lugar do outro, à medida que soltas a tua mente das pequenas coisas que o mundo apresenta para manter-te prisioneiro. Não lhes dês valor e desaparecerão. Estima-as e te parecerão reais.

Tal é a escolha. O que podes perde ao escolheres não dar valor ao nada? Esse mundo não contém nada do que realmente queres, mas o que escolhes em seu lugar é o que, de fato, queres! Deixa que ele te seja dado hoje. Ele só está à espera de que o escolhas, para tomar o lugar de todas as coisas que buscas, mas não queres.

Pratica a tua disponibilidade para fazer essa troca durante dez minutos pela manhã e à noite e uma vez mais entre uma e outra. Começa com isso:

‘Além desse mundo há um mundo que eu quero. Escolho ver esse outro mundo ao invés desse, pois aqui não há nada do que eu realmente quero.’

Em seguida, fecha os teus olhos sobre o mundo que vês e na escuridão silenciosa observa as luzes que não são desse mundo iluminarem-se, uma por uma, até que o lugar onde uma começa e a outra termina perca todo o significado à medida que elas se fundem em uma só.

Hoje, as luzes do Céu se inclinam para ti, para brilhar sobre as tuas pálpebras enquanto descansas além do mundo da escuridão. Aqui está a luz que os teus olhos não podem contemplar. E, no entanto, a tua mente pode vê-la com clareza e pode compreender. Hoje, um dia de graça te é dado e nós agradecemos. Nesse dia reconhecemos que aquilo que temias perder era apenas a perda.

Agora compreendemos que não há perda. Pois enfim vimos o seu oposto e estamos gratos porque foi feita a escolha. Lembra-te da tua decisão a cada hora e reserva um momento para confirmar a tua escolha, deixando de lado quaisquer pensamentos que tenhas e considerando brevemente apenas isso:

‘O mundo que vejo não contém nada do que quero. Além desse mundo há um mundo que eu quero.’”

—–

Dia 130

“Você NÃO atacou a Deus e você DE FATO O ama. Você pode mudar a sua realidade? Ninguém pode ter vontade de destruir a si mesmo. Quando você pensa que está atacando a SI MESMO, é um sinal claro de que você odeia o que você pensa que você é. E isso e APENAS isso, pode SER atacado por você. O que você PENSA que é PODE ser odioso e o que essa estranha imagem faz você fazer pode ser muito destrutivo. A destruição não é mais real do que a imagem, mas aqueles que fazem ídolos os idolatram. Os ídolos não são nada, mas os seus idólatras são os Filhos de Deus que estão doentes.

Deus os quer liberados de suas doenças e de volta à Sua Mente. Ele não limitará o seu poder para ajudá-los, porque Ele o deu a você. Não tenha medo disso, porque é a sua salvação. Que Consolador pode haver para as crianças doentes de Deus, exceto o Seu poder através de VOCÊ? Lembre-se de que não importa aonde na Filiação Ele é aceito. Ele é SEMPRE aceito para todos e quando a sua mente O recebe, a Sua lembrança desperta através de toda a Filiação.

Cure os seus irmãos simplesmente aceitando Deus POR eles. As suas mentes não estão separadas e Deus tem apenas um canal para cura porque Ele tem apenas um Filho. O elo de comunicação restante entre Deus e todas as Suas crianças as une e as une a Ele. Estar ciente disso é curá-las, porque é a consciência no nível da realidade [awareness] de que ninguém está separado e, portanto, ninguém está doente.

Como pode uma parte de Deus estar doente? Acreditar que um Filho de Deus pode estar doente é acreditar que PARTE DE DEUS PODE SOFRER. O amor NÃO PODE sofrer, porque não pode atacar. A lembrança do amor, portanto, traz consigo a invulnerabilidade. Não aceite ficar do lado da doença na presença de um Filho de Deus, mesmo que ELE acredite nisso, pois a SUA aceitação de Deus nele RECONHECE o amor de Deus que ele esqueceu. O seu reconhecimento dele como PARTE DE DEUS lhe ensina a verdade sobre si mesmo, QUE ELE ESTÁ NEGANDO. Você FORTALECERIA a sua negação de Deus e, assim, perderia a si mesmo de vista? Ou você o lembraria de sua integridade e se lembraria de seu Criador COM ele?

Acreditar que um Filho de Deus está doente é idolatrar o mesmo ídolo que ele idolatra. Deus criou o amor, NÃO a idolatria. TODAS as formas de idolatria são caricaturas da criação, ensinadas por mentes doentes, que estão muito divididas para conhecer que a Criação COMPARTILHA o poder e NUNCA o usurpa. A doença é idolatria, porque é a crença de que o PODER PODE SER TIRADO DE VOCÊ. Mas isso é impossível, porque você faz parte de Deus, que É todo o poder. Um deus doente TEM QUE ser um ídolo, feito à imagem do que o seu autor pensa que ELE é. E isso é exatamente o que o ego percebe em um Filho de Deus – um deus doente, autocriado, autossuficiente, muito perverso e muito vulnerável.

É esse o ídolo que você idolatraria? É essa a imagem que você gostaria de SALVAR com a sua vigilância? Você tem MESMO medo de perder ISSO? Olhe calmamente para a conclusão lógica do sistema de pensamento do ego e julgue se a sua oferta é realmente o que você deseja, pois é isso o que ele oferece a você. Para obter ISSO, você está disposto a atacar a Divindade de seus irmãos e, assim, perder de vista a SUA. E você está disposto a mantê-la escondida, para proteger esse ídolo, que você acha que vai salvá-lo dos perigos QUE O PRÓPRIO ÍDOLO REPRESENTA, mas que não existem.

Não existem idólatras no Reino, mas há um grande apreço sem limites por cada Alma que Deus criou, devido ao sereno conhecimento de que cada um é parte Dele.

O Filho de Deus não conhece ídolos, mas conhece o seu Pai. A saúde nesse mundo é a contrapartida do valor no Céu. Não é com o meu mérito que eu contribuo para vocês, mas com o meu amor, pois vocês não valorizam a si mesmos. Quando você não se valoriza, você fica doente, mas a MINHA valorização de você pode curá-lo, porque o valor do Filho de Deus é um só.

Quando eu disse: ‘a minha paz vos dou’, era isso mesmo que eu quis dizer. A paz veio de Deus através de mim para VOCÊ. Foi PARA você, mas você não a pediu. Quando um irmão está doente, é porque ele NÃO ESTÁ PEDINDO PAZ e, portanto, não sabe que a TEM. A ACEITAÇÃO da paz é a negação da ilusão e a doença É uma ilusão. No entanto, cada Filho de Deus tem o poder de negar as ilusões EM QUALQUER PARTE do Reino, apenas negando-as completamente em si mesmo.”

Urtext – Manual de Professores

20. O QUE É A JUSTIÇA?

“Justiça é a correção divina para a injustiça. Injustiça é a base de todos os pensamentos do mundo. A justiça corrige as interpretações que a injustiça faz surgir e as cancela. No Céu não existe nem justiça nem injustiça, pois o erro é impossível e a correção não tem significado. Nesse mundo, entretanto, o perdão depende da justiça, já que qualquer ataque só pode ser injusto. A justiça é o veredicto do Espírito Santo sobre o mundo. Exceto no Seu julgamento, a justiça é impossível, pois ninguém no mundo é capaz de fazer somente interpretações justas e deixar de lado todas as injustiças. Se o Filho de Deus fosse julgado com justiça, não haveria necessidade de salvação. O pensamento da separação teria sido para sempre inconcebível.

A justiça, como o seu oposto é uma interpretação. É, porém, a única interpretação que conduz à verdade. Isto vem a ser possível porque, embora não seja verdadeira em si mesma, a justiça nada inclui que se oponha à verdade. Não há nenhum conflito inerente entre justiça e verdade; uma é apenas o primeiro pequeno passo em direção à outra. O atalho passa a ser bastante diferente à medida em que é percorrido. E, do ponto de partida, não seria possível predizer toda a magnificência, a grandeza do cenário e a enorme perspectiva que se abre nas paisagens que surgem para saudar aquele que segue o seu caminho. E, no entanto, mesmo estas, cujo esplendor atinge alturas indescritíveis à medida que se prossegue, estão muito aquém de tudo o que nos espera quando o atalho termina e, com ele, o tempo chega ao fim. Mas é preciso começar em algum ponto. A justiça é o início.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 130

“’É impossível ver dois mundos.’

A percepção é consistente. O que vês reflete o teu pensamento. E o teu pensamento apenas reflete a tua escolha do que queres ver. Os teus valores são determinantes disso, pois não podes deixar de querer ver o que valorizas, acreditando que o que vês existe realmente. Ninguém pode ver um mundo ao qual a sua mente não tenha dado valor. E ninguém pode falhar em contemplar aquilo que acredita querer.

Mas quem pode realmente odiar e amar ao mesmo tempo? Quem pode desejar o que não quer que tenha realidade? E quem pode escolher ver um mundo do qual tenha medo? O medo necessariamente cega, pois essa é a sua arma: aquilo que tens medo de ver, tu não podes ver. Assim o amor e a percepção vão de mãos dadas, mas o medo obscurece o que existe com a escuridão.

Assim sendo, o que pode o medo projetar sobre o mundo? O que pode ser visto na escuridão que seja real? A verdade é eclipsada pelo medo e o que permanece é apenas imaginado. Mas o que pode ser real nas cegas imaginações nascidas do pânico? O que poderias querer para que isso te seja mostrado? O que poderias desejar conservar em tal sonho?

O medo tem feito tudo o que pensas ver. Toda separação, todas as distinções e a multidão de diferenças que fazem o mundo segundo as tuas crenças. Elas não existem. O inimigo do amor as inventou. Mas o amor não pode ter nenhum inimigo e assim, elas não têm causa, não são nada, nem tem consequência. Podem ser valorizadas, mas permanecem irreais. Podem ser buscadas, mas não podem ser achadas. Hoje não as buscaremos, nem desperdiçaremos esse dia em busca do que não pode ser achado.

É impossível ver dois mundos que não coincidem de modo algum. Busca um deles, o outro desaparece. Mas um permanece. Eles constituem o raio de escolha, além do qual a tua decisão não pode ir. Só há o real e o irreal entre os quais escolher e nada mais.

Hoje tentaremos não fazer transigências onde nenhuma é possível. O mundo que vês é uma prova de que já fizeste uma escolha tão abrangente quanto o seu oposto. O que queremos aprender hoje é mais do que apenas a lição de que não podes ver dois mundos. Ela também ensina que o mundo que vês é bastante consistente do ponto de vista do qual o vês. Todo ele é uma peça única, pois brota de uma única emoção e reflete a sua fonte em tudo o que vês.

Hoje, por seis vezes, em agradecimento e gratidão, damos com contentamento cinco minutos ao pensamento que põe fim a toda transigência e toda dúvida e vamos além de todas elas como se fossem uma só. Não faremos mil distinções sem significado, nem tentaremos trazer conosco uma pequena parte da irrealidade ao dedicarmos as nossas mentes a achar apenas o que é real.

Dá início à tua busca do outro mundo pedindo uma força além da tua e reconhecendo o que é que buscas. Não queres ilusões. E vens para estes cinco minutos esvaziando as tuas mãos de todos os tesouros mesquinhos desse mundo. Tu esperas que Deus te ajude, ao dizeres:

‘É impossível ver dois mundos. Que eu aceite a força que Deus me oferece e não veja nenhum valor nesse mundo para que eu possa achar a minha liberdade e liberação.’

E Deus estará presente. Pois invocaste o grande Poder infalível Que dará esse passo gigantesco contigo em gratidão. E não falharás em ver os Seus agradecimentos expressos em tangível percepção e verdade. Não duvidarás daquilo que contemplares, pois embora seja percepção, não é do tipo que os teus olhos jamais tenham visto antes por si mesmos. E saberás que a força de Deus te amparou quando fizeste esta escolha.

Hoje descarta a tentação com facilidade toda vez que ela surgir simplesmente lembrando-te dos limites da tua escolha. O irreal ou o real, o falso ou o verdadeiro, é o que vês e só o que vês. A percepção é consistente com a tua escolha e o inferno ou o Céu vem a ti em unidade com ela.

Aceita uma pequena parte do inferno como real e terás condenado os teus olhos e amaldiçoado a tua vista e o que contemplarás é de fato o inferno. Mas a liberação do Céu ainda permanece dentro do teu raio de escolha, para tomar o lugar de tudo o que o inferno quer te mostrar. Tudo o que precisas dizer a qualquer parte do inferno, seja qual for a forma que tome, é simplesmente isso:

‘É impossível ver dois mundos. Busco a minha liberdade e liberação, e isso não faz parte do que eu quero.’”

—–

Dia 131

“EU POSSO curar você, porque eu CONHEÇO você. Eu conheço o seu valor POR você e é esse valor que o torna íntegro. Mas uma mente íntegra não é idólatra e nada sabe de leis conflitantes. Eu curarei você simplesmente porque tenho apenas UMA mensagem e ela é verdadeira. A sua fé nela fará com que você seja íntegro, quando você tiver fé em mim. Eu não trago a mensagem de Deus com engano e você aprenderá isso ao aprender que você SEMPRE recebe tanto quanto você ACEITA. Você poderia aceitar a paz AGORA, para todas as pessoas que encontrar e oferecer-lhes perfeita liberdade de TODAS as ilusões, PORQUE VOCÊ OUVIU. Mas não tenha outros deuses diante Dele, ou você NÃO ouvirá.

Deus não tem ciúmes dos deuses que você faz, mas VOCÊ tem. Você os salvaria e os serviria, porque acredita que ELES FIZERAM A VOCÊ. Você pensa que eles são o seu pai, porque você está projetando neles o amedrontador fato de que VOCÊ OS FEZ PARA SUBSTITUIR A DEUS. No entanto, quando eles parecem falar com você, lembre-se de que NADA pode substituir a Deus e quaisquer substituições que você tenha tentado, elas NÃO SÃO nada. Muito simplesmente, então, você pode ACREDITAR que você está com medo do nada, mas REALMENTE você está com medo de ALGO QUE NÃO EXISTE. E NESSA consciência no nível da realidade [awareness] você É curado.

Você ouvirá o deus que você escutar. Você FEZ o deus da doença e, POR tê-lo feito, você fez com que você seja CAPAZ de ouvi-lo. Entretanto, você não o criou, porque ele NÃO é a Vontade do Pai. Ele, portanto, não é eterno e será DESFEITO para você, no instante em que você manifestar a sua vontade de aceitar APENAS o eterno. Se Deus tem apenas um Filho, existe apenas um Deus. Você compartilha a realidade com Ele, PORQUE a realidade não é dividida. Aceitar outros deuses diante Dele é colocar outras imagens diante de VOCÊ. Você não reconhece o quanto você escuta os seus deuses e o quanto vigilante você está em nome deles. Mas eles existem apenas porque você os honra.

Coloque a honra onde ela é devida e a paz SERÁ sua. É a sua herança do seu VERDADEIRO Pai. Você não pode fazer o seu pai e o pai que você fez NÃO fez você. A honra não é devida à ilusões, pois honrá-las é honrar o nada. No entanto, o medo também não é devido a eles, pois o nada não pode ser amedrontador. Você tem escolhido ter medo do amor POR SER ele perfeitamente inofensivo.

E em função desse medo, você tem estado disposto a abrir mão da sua perfeita capacidade de ajudar e da sua própria Ajuda perfeita. Somente no altar de Deus você encontrará a paz e esse altar está em você, porque Deus o colocou ali. A Sua Voz ainda o chama para retornar e Ele será ouvido, quando você não colocar outros deuses diante Dele.

Você pode desistir do deus da doença por seus irmãos; na verdade, você teria que fazê-lo, se desistisse dele por si mesmo. Pois se você o vir em qualquer lugar, VOCÊ o está aceitando. E se você o aceitar, você se curvará e o idolatrará, porque ELE FOI FEITO COMO SUBSTITUTO A DEUS. Ele é a crença de que EXISTE algo mais. Ele, então, é a causa de sua crença de que VOCÊ PODE ESCOLHER QUAL DEUS É REAL. Embora esteja perfeitamente claro que isso não tem nada a ver com a REALIDADE, é igualmente claro que tem TUDO a ver com a REALIDADE CONFORME VOCÊ A PERCEBE.”

Mágica versus Milagres

“Toda mágica é uma tentativa de reconciliar o irreconciliável. Toda religião é o reconhecimento de que o irreconciliável não pode ser reconciliado. A doença e a perfeição SÃO irreconciliáveis. Se Deus criou você perfeito, você É perfeito. Se você acredita que pode ficar doente, você colocou outros deuses diante Dele. DEUS não está em guerra com o deus da doença que você fez, mas VOCÊ está. Ele é o símbolo da vontade [decisão] CONTRA Deus e você tem medo dele PORQUE ele não pode ser reconciliado com a Vontade de Deus. Se você o ATACAR, você o tornará real para você. Mas se você se recusar a adorá-lo, em qualquer forma que ele apareça para você e onde quer que você pense que o vê, ele desaparecerá no nada do qual foi feito.

A realidade só pode despertar em uma mente desanuviada. Ela está sempre LÁ, para SER aceita, mas a sua aceitação depende da sua DISPONIBILIDADE DE TÊ-LA. Conhecer a realidade TEM QUE envolver a disponibilidade de julgar a irrealidade PELO QUE ELA É. Esse é o uso CORRETO da percepção seletiva. Ignorar o nada é apenas julgá-lo corretamente e, devido à sua habilidade de avaliá-lo de maneira verdadeira, DEIXAR QUE ELE SE VÁ. O conhecimento não pode despertar em uma mente cheia de ilusões, porque a verdade e as ilusões são irreconciliáveis. A verdade é íntegra e NÃO PODE ser conhecida só por uma PARTE da mente.

A Filiação não pode ser percebida como PARCIALMENTE doente, porque percebê-la dessa forma é não percebê-la de forma alguma. Se a Filiação é UNA, é una em TODOS os aspectos. A UNICIDADE NÃO PODE SER DIVIDIDA. Se você perceber outros deuses, a SUA mente está dividida e você não será capaz de LIMITAR a divisão, porque a divisão É o sinal de que você removeu parte de sua mente da Vontade de Deus e isso SIGNIFICA que ela está fora de controle. Estar fora de controle é estar fora da RAZÃO e nesse caso a mente, DE FATO, vem a ser irracional. Isso é apenas uma questão de DEFINIÇÃO. Ao DEFINIR a mente de maneira errada, você a percebe como se ela FUNCIONASSE de maneira errada.”

Conhecer a realidade TEM QUE envolver a disponibilidade de julgar a irrealidade PELO QUE ELA É. Esse é o uso CORRETO da percepção seletiva. Ignorar o nada é apenas julgá-lo corretamente e, devido à sua habilidade de avaliá-lo de maneira verdadeira, DEIXAR QUE ELE SE VÁ.

Urtext – Manual de Professores (O Que é a Justiça? cont.,)

“Todos os conceitos dos teus irmãos e de ti mesmo, todos os medos de estados futuros e todas as preocupações acerca do passado brotam da injustiça. Essa é a lente que, colocada diante dos olhos do corpo, distorce a percepção e traz o testemunho do mundo distorcido de volta à mente que fez a lente e lhe atribui grande valor. Todos os conceitos do mundo são assim construídos seletiva e arbitrariamente. ‘Pecados’ são percebidos e justificados por uma seleção cuidadosa, na qual qualquer pensamento de integridade tem de ser perdido. O perdão não tem espaço neste esquema, pois qualquer ‘pecado’ aparenta ser sempre verdadeiro.

A salvação é a justiça de Deus. Restaura, na tua consciência, a integridade dos fragmentos que percebes como quebrados e separados. E é isto que supera o medo da morte. Pois fragmentos separados têm de cair e morrer, mas a integridade é imortal. Permanece para sempre como o seu Criador, sendo una com Ele. O Julgamento de Deus é a Sua justiça. Sobre isto – um Julgamento totalmente isento de condenação, uma avaliação totalmente baseada no amor – projetaste a tua injustiça, dando a Deus as lentes da percepção distorcida através das quais tu olhas. Agora, elas pertencem a Deus e não a ti. Tens medo Dele e não vês que odeias e tens medo do teu Ser como de um inimigo.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 131

“’Aquele que busca alcançar a verdade não pode falhar.’

O fracasso está em tudo à tua volta quando buscas metas que não podem ser conseguidas. Procuras permanência no impermanente, o amor onde não há nenhum, a segurança em meio ao perigo, a imortalidade dentro da escuridão do sonho da morte. Quem poderia ter sucesso onde a contradição é o cenário da sua busca e o lugar aonde vem para achar estabilidade?

Metas sem significado não são atingidas. Não há nenhum modo de alcançá-las, pois os meios pelos quais lutas por elas são tão sem significado quanto elas próprias; quem pode usar tais meios sem sentido e esperar ganhar alguma coisa através deles? Aonde podem conduzir? E o que poderiam conseguir que oferecesse qualquer esperança de ser real?

A procura do imaginado conduz à morte, porque é a busca do nada e enquanto buscas a vida pedes a morte. Procuras estar a salvo e em segurança, enquanto em teu coração rezas pelo perigo e pela proteção do pequeno sonho que fizeste.

No entanto, a busca é inevitável aqui. Foi para isso que vieste e certamente farás o que é a razão da tua vinda. Mas o mundo não pode ditar a meta que buscas, a menos que lhe dês o poder de fazê-lo. Caso contrário, ainda és livre para escolher uma meta que esteja além do mundo e de todo pensamento mundano e que te venha de uma ideia que abandonaste, mas que ainda é lembrada, uma ideia velha e no entanto nova, um eco de uma herança esquecida, mas que contém tudo o que realmente queres.

Fica contente por teres que buscar. Fica contente também por aprenderes que estás em busca do Céu e que não podes deixar de achar a meta que realmente queres. Ninguém pode falhar ao querer essa meta e alcança-la no final. O Filho de Deus não pode buscar em vão, embora ele tente forçar um atraso, enganar a si mesmo e pensar que é o inferno que ele busca. Quando está errado, ele acha a correção. Quando se desvia, é conduzido de volta à tarefa que lhe foi designada.

Ninguém permanece no inferno, pois ninguém pode abandonar o Seu Criador, nem afetar o Seu Amor perfeito, intemporal e imutável. Acharás o Céu. Tudo o que buscas se perderá, menos isso. Mas não por ter sido tirado de ti. Desaparecerá porque não o queres. É tão certo que alcançarás a meta que realmente queres, quanto é certo que Deus te criou na impecabilidade.

Por que esperar pelo Céu? Ele está aqui hoje. O tempo é a grande ilusão, ele é passado ou futuro. Mas isso não pode ser assim, se é onde a Vontade de Deus determina que o Seu Filho esteja. Como poderia a Vontade de Deus estar no passado ou ainda por acontecer? O que a Vontade de Deus determina é agora, sem um passado, e totalmente sem futuro. Está tão distante do tempo quanto a distância que há entre uma diminuta vela e uma estrela longínqua ou entre o que escolheste e o que realmente queres.

O Céu permanece como a tua única alternativa para esse estranho mundo que fizeste e todos os seus caminhos, os seus padrões mutáveis e suas metas incertas, seus prazeres dolorosos e suas alegrias trágicas. Deus não fez nenhuma contradição. Aquilo que nega a própria existência e ataca a si mesmo não vem Dele. Ele não fez duas mentes, com o Céu como o feliz resultado de uma delas e a terra a triste consequência da outra, que é em tudo o oposto do Céu.

Deus não sofre nenhum conflito. A Sua criação tampouco está dividida em duas. Como poderia o Seu Filho estar no inferno se o próprio Deus o estabeleceu no Céu? Poderia ele perder o que a Vontade Eterna lhe deu para ser o seu lar para sempre? Não tentemos mais impor uma vontade alheia ao propósito único de Deus. Ele está aqui porque é a Sua Vontade estar e aquilo que é a Vontade de Deus está presente agora, além do alcance do tempo.

Hoje não escolheremos um paradoxo em lugar da verdade. Como poderia o Filho de Deus fazer o tempo para afastar a Vontade de Deus? Assim ele nega a si próprio e contradiz aquilo que não tem oposto. Ele pensa que fez um inferno em oposição ao Céu e acredita que habita no que não existe, enquanto o Céu é o lugar que ele não pode achar.

Hoje deixa para trás pensamentos tolos como esses e, em vez disso, volta a tua mente para ideias verdadeiras. Aquele que busca alcançar a verdade não pode falhar, e é a verdade que buscamos alcançar nesse dia. Dedicaremos dez minutos a essa meta por três vezes hoje, e pediremos para ver a ascensão do mundo real substituir as tolas imagens que valorizamos por ideias verdadeiras que se erguem no lugar de pensamentos que não têm significado, nem qualquer efeito e nem sequer fonte ou substância na verdade.

Reconhecemos isso ao iniciarmos os nossos períodos de prática. Começa com isso:

‘Peço para ver um mundo diferente e ter um tipo de pensamento diferente daqueles que fiz. Não fiz sozinho o mundo que busco, os pensamentos que quero ter não são os meus.’

Durante alguns minutos vigia a tua mente e vê, embora os teus olhos estejam fechados, o mundo sem sentido que pensas ser real. Revê também os pensamentos que são compatíveis com tal mundo, os quais pensas serem verdadeiros. Então, abandona-os e mergulha abaixo deles, em um lugar santo aonde não podem entrar.

Abaixo deles há uma porta na tua mente que não podes trancar por completo para esconder o que está além.

Busca essa porta e acha-a. Mas, antes de tentar abri-la lembra-te de que aquele que busca alcançar a verdade não pode falhar. E é esse o pedido que fazes hoje. Nada além disso tem qualquer significado agora, nenhuma outra meta tem valor ou é buscada, nada há antes da porta que tu realmente queiras e só buscas o que está depois dela.

Estende a tua mão e vê como essa porta se abre facilmente, apenas com a tua intenção de ir além. Anjos iluminam o caminho de modo que a escuridão se desvanece e tu te achas numa luz tão brilhante e clara que podes compreender todas as coisas que vês. Talvez um momento diminuto de surpresa fará com que pares antes de reconhecer que o mundo que vez na luz, diante de ti, reflete a verdade que conhecias e não esqueceste totalmente nas tuas divagações em sonhos.

Hoje não podes falhar. Lá, o Espírito que o Céu te enviou para que pudesses aproximar-te dessa porta algum dia, caminha contigo e com a Sua ajuda podes passar por ela sem esforço, para a luz. Hoje esse dia veio. Hoje Deus cumpre a Sua antiga promessa feita a Seu Filho santo, assim como o Seu Filho lembra-Se daquela que fez a Ele. Esse é um dia de contentamento, pois viemos à hora e ao local marcados onde acharás a meta de toda a tua procura aqui e de toda a busca do mundo que, juntas, chegam ao fim quando passas além dessa porta.

Lembra-te com frequência que hoje deve ser um dia de especial contentamento e evita pensamentos sombrios e lamentações sem significado. O tempo da salvação veio. O próprio Céu estabeleceu o dia de hoje como um tempo de graças para ti e para o mundo. Se te esqueceres deste fato feliz, lembra a ti mesmo com isso:

‘Hoje busco e acho tudo o que eu quero. O meu único propósito me oferece isso. Aquele que busca alcançar a verdade não pode falhar.’”

—–

Imagem mayur-gala-2PODhmrvLik-unsplash.jpg – 4 de dezembro de 2022

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x