Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 255

O Templo do Espírito Santo

“O significado do Filho de Deus reside unicamente em seu relacionamento com o seu Criador. Se esse significado estivesse em qualquer outro lugar, repousaria baseado na contingência. Mas não há mais nada. E esse relacionamento é totalmente amoroso e para sempre.

No entanto, o Filho de Deus inventou um relacionamento não-santo entre ele e o seu Pai. O seu relacionamento REAL é um relacionamento de união perfeita e de continuidade ininterrupta. O relacionamento que ele fez é parcial, autocentrado, partido em fragmentos e cheio de medo. O que foi criado pelo seu Pai é totalmente auto abrangente e auto extensivo. O que foi feito por ele é totalmente auto-DESTRUTIVO e auto-LIMITADOR.

Nada pode mostrar melhor o contraste do que a experiência de um relacionamento santo e de um relacionamento não-santo. O primeiro é baseada no amor e repousa sobre ele sereno e imperturbado. O CORPO NÃO INTERFERE. Qualquer relacionamento em que o corpo entra é baseado, NÃO no amor, mas na idolatria. O amor deseja ser conhecido, COMPLETAMENTE compreendido e compartilhado. ELE NÃO TEM SEGREDOS; nada que queira manter à parte e esconder. Ele [o amor] caminha na luz do sol, de olhos abertos e em calma, com um sorriso de boas-vindas e uma sinceridade tão simples e tão óbvia que não pode ser interpretada equivocadamente.

Mas os ídolos não compartilham. Os ídolos ACEITAM, mas nunca dão em retorno. Eles podem SER amados, mas não podem amar. Eles não entendem aquilo que lhes é oferecido e qualquer relacionamento em que entram PERDEU o seu significado. O amor por ELES tornou o amor sem significado. Eles vivem em segredo, odiando a luz do sol e ficam felizes na escuridão do corpo, onde podem se esconder e manter os seus segredos escondidos, junto com eles. E eles NÃO têm relacionamentos, pois ninguém mais é bem-vindo lá. Eles não sorriem para ninguém e eles não veem aqueles que sorriem para eles

O amor não tem templos escuros, onde os mistérios são mantidos na obscuridade e escondidos do sol. ELE NÃO BUSCA PODER, mas RELACIONAMENTOS. O corpo é a arma escolhida pelo ego para buscar o poder ATRAVÉS dos relacionamentos. E os seus relacionamentos TÊM QUE ser não-santos, pois o que SÃO, ele nem sequer VÊ. Ele os quer apenas para as oferendas nas quais os seus ídolos prosperam. O resto ele simplesmente joga fora, pois tudo o que ele poderia oferecer é visto como sem valor. Sem lar, o ego busca quantos corpos puder colecionar, para colocar neles os seus ídolos e, assim, estabelecê-los como templos para si mesmo.

O templo do Espírito Santo NÃO é um corpo, mas um RELACIONAMENTO. O corpo é uma mancha isolada feita de escuridão; uma câmara secreta e oculta, um diminuto ponto de mistério sem sentido, um invólucro sem significado cuidadosamente protegido, mas sem esconder nada. Aqui, o relacionamento não-santo escapa à realidade e busca migalhas para se manter vivo. Aqui ele quer arrastar os seus irmãos, mantendo-os aqui em sua própria idolatria. Aqui ele está ‘a salvo’, pois aqui o amor NÃO PODE entrar. O Espírito Santo não constrói os seus templos onde o amor nunca pode estar. Iria Ele, Que VÊ a face de Cristo escolher como o Seu lar o único lugar em todo o universo onde ele NÃO pode ser visto?

O amor não tem templos escuros, onde os mistérios são mantidos na obscuridade e escondidos do sol. ELE NÃO BUSCA PODER, mas RELACIONAMENTOS.

Você NÃO PODE fazer do corpo o templo do Espírito Santo e ele NUNCA será a sede do amor. É o lar do idólatra e da CONDENAÇÃO do amor. Pois aqui o amor se faz amedrontador e a esperança é abandonada. Mesmo os ídolos que são adorados aqui estão envoltos em profundo mistério e mantidos À PARTE daqueles que os adoram. Esse é o templo dedicado à negação dos relacionamento e da reciprocidade. Aqui é o ‘mistério’ da separação percebido no temor e mantido na reverência. O que Deus NÃO quer que seja, aqui é mantido ‘à salvo’ de Deus. Mas o que você NÃO reconhece é que aquilo que você teme dentro do seu irmão e não quer VER NELE, é o que faz com que Deus pareça amedrontador para você e continue sendo um desconhecido.

Os idólatras SEMPRE terão medo do amor. Pois nada os ameaça tão severamente quanto a aproximação do amor. Deixe que o amor se aproxime deles e NÃO SE DÊ CONTA do corpo, como o amor certamente fará e eles recuam no medo, sentindo o fundamento aparentemente firme de seu templo começar a tremer e a ruir. Irmãos, vocês tremem com eles. No entanto, o que vocês temem é apenas o arauto da liberação. Esse lugar de escuridão NÃO é a casa de vocês. O templo de vocês NÃO está ameaçado. Vocês não são mais idólatras. O propósito do Espírito Santo está seguro no RELACIONAMENTO de vocês e NÃO em seus corpos. Você ESCAPOU do corpo. Onde você está agora, o CORPO não pode entrar, pois o Espírito Santo estabeleceu o SEU templo lá.

O templo do Espírito Santo NÃO é um corpo, mas um RELACIONAMENTO.

Não há ordem alguma nos relacionamentos. Eles ou SÃO, ou não são. Um relacionamento não-santo NÃO é um relacionamento. É um estado de isolamento, que PARECE ser o que NÃO é. Não mais do que isso. No instante em que a ideia louca de fazer com que o seu relacionamento com Deus não fosse santo pareceu ser possível, TODOS os seus relacionamentos se tornaram sem significado. Naquele instante não-santo nasceu o tempo e os corpos foram feitos para abrigar essa ideia louca e dar-lhe a ILUSÃO da realidade. E então ela pareceu ter um lar, que se manteve por um pequeno espaço de tempo e desapareceu. Pois o que poderia abrigar essa ideia insana CONTRA a realidade, a não ser por um instante?

Os ídolos TÊM QUE desaparecer e não deixar nenhum rastro de sua passagem. O instante não-santo do seu aparente poder é frágil como um floco de neve, mas não tem a sua beleza. É esse o substituto que você QUER para a bênção eterna do instante santo e a sua beneficência ilimitada? É a malevolência do relacionamento não-santo, aparentemente tão poderosa e tão amargamente mal interpretada e tão investida de FALSA atração, o que você  prefere no lugar do instante santo, que oferece paz e compreensão para você? Em seguida, deixe o corpo de lado e em quietude o TRANSCENDA, erguendo-se para dar as boas-vindas ao que você REALMENTE quer. E do Seu templo santo, não olhe para trás, para aquilo de que você despertou. Pois nenhuma ilusão PODE atrair as mentes que as TRANSCENDEU e as deixou para trás.”

Urtext – Canção da Oração (Oração, cont., A Escada da Oração, cont.,)

“Também é possível atingir uma forma mais elevada de pedir-por-necessidade, pois nesse mundo a oração é reparadora e consequentemente níveis de aprendizado não podem deixar de existir. Aqui o pedido pode ser endereçado a Deus e podemos acreditar nisso com honestidade, apesar de ainda não termos a compreensão. Um senso vago e usualmente instável de identificação foi atingido, mas tende a ser obscurecido por um senso de pecado profundamente enraizado. Nesse nível é possível continuarmos a pedir as coisas desse mundo sob várias formas e também é possível pedir dádivas tais como a honestidade ou a bondade e particularmente o perdão para muitas fontes de culpa que inevitavelmente são a base subjacente de qualquer oração feita por necessidade. Sem culpa não há escassez. Aqueles que não têm pecado não têm necessidades.”

Urtext –Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 255

“’Escolho passar esse dia em perfeita paz.’

Não me parece que eu possa escolher ter apenas paz no dia de hoje. E, no entanto, o meu Deus me garante que o Seu Filho é como Ele Mesmo. Que nesse dia eu tenha fé Naquele Que diz que eu sou o Filho de Deus. E que a paz que eu escolho hoje para mim dê testemunho da verdade do que Ele diz. O Filho de Deus não pode ter preocupações e tem que permanecer para sempre na paz do Céu. Em Seu Nome, dedico o dia de hoje a achar o que é a Vontade do meu Pai para mim, aceitando-a como a minha e dando-a a todos os Filhos do meu Pai junto comigo.

‘E assim, meu Pai, quero passar esse dia Contigo. O Teu Filho não Te esqueceu. A paz que lhe deste ainda está na sua mente e é lá que eu escolho passar o dia de hoje.’”

—–

Dia 256

O relacionamento santo reflete o relacionamento VERDADEIRO que o Filho de Deus tem com o seu Pai na realidade. O Espírito Santo repousa dentro dele, na certeza de que ele durará para sempre. O Seu firme fundamento é eternamente sustentado pela verdade e o amor brilha sobre ele com o sorriso gentil e a terna bênção que oferece aos seus. Aqui, o instante não-santo é trocado em alegria pelo instante santo no qual a reciprocidade é segura. Aqui está o caminho para os verdadeiros relacionamentos mantidos gentilmente abertos, através dos quais vocês caminham juntos, deixando o corpo para trás com gratidão e descansando nos Braços Eternos. Os braços do amor estão abertos para recebê-los e dar-lhes paz para sempre.

O corpo é o ídolo do ego; a crença no pecado que se fez carne e depois se projetou para fora. Isso produz o que PARECE ser uma parede de carne EM TORNO da mente, mantendo-a prisioneira em um diminuto ponto de espaço e de tempo, devedora para com a morte e tudo que lhe é dado é apenas um instante para suspirar, lamentar e morrer em honra ao seu patrão. E esse instante não-santo PARECE ser a vida. Um instante de desespero, uma diminuta ilha de areia seca, sem água e estabelecida de forma incerta no esquecimento. Aqui o Filho de Deus para brevemente, para oferecer a sua devoção aos ídolos da morte e, então, seguir adiante.

E aqui ele está mais morto do que vivo. Entretanto, é também aqui que ele volta a fazer a sua escolha, entre a idolatria e o amor. Aqui é dado a ele escolher entre passar esse instante pagando tributos ao corpo ou PERMITIR que lhe seja dada a liberdade em relação a isso. Aqui ele pode ACEITAR o instante santo, oferecido a ele para SUBSTITUIR o não-santo que ele escolheu anteriormente. E aqui ele pode aprender que os relacionamentos são a sua SALVAÇÃO e NÃO a sua perdição. Você que ESTÁ aprendendo isso ainda pode estar amedrontado, mas NÃO está imobilizado. O instante santo É de maior valor agora para você do que o que parece ser a sua contraparte não-santa e você APRENDEU que REALMENTE você quer apenas um dos dois.

O relacionamento santo reflete o relacionamento VERDADEIRO que o Filho de Deus tem com o seu Pai na realidade.”

Essa não é hora para tristeza. Talvez confusão, mas dificilmente desânimo. VOCÊ TEM UM RELACIONAMENTO REAL. E ele TEM significado. Ele é como o seu relacionamento real com Deus, assim como as coisas iguais se parecem entre si mesmas. A idolatria ficou para trás e não tem significado. Talvez vocês ainda tenham um pouco de medo uns dos outros; talvez uma sombra do medo de Deus ainda permaneça com vocês. No entanto, o que é isso para aqueles à quem foi dado um relacionamento VERDADEIRO, ALÉM do corpo? É possível que eles sejam por muito tempo detidos sem olhar para a face de Cristo? E é possível que por muito tempo mantenham a memória do seu relacionamento com o Pai afastada DE si mesmos e a lembrança do Seu Amor À PARTE da sua própria consciência no nível da realidade [awareness].

A Consistência entre Meios e Fim

“Nós temos dito muito à respeito das discrepâncias entre meios e fim e de como eles têm que ser alinhados antes que o seu relacionamento santo possa lhe trazer APENAS alegria. Mas também nós temos dito que os meios para alcançar a meta do Espírito Santo virão da mesma Fonte da qual vem o Seu propósito. Sendo tão simples e direto, esse curso NADA tem em si que não seja consistente. As APARENTES inconsistências, ou aquelas partes que você acha mais difíceis do que as outras, são meramente indicações de áreas onde os meios e o fim ainda são discrepantes. E isso produz grande desconforto. Isso não precisa ser. Esse curso não exige quase NADA de você. É impossível imaginar outro que peça tão pouco, ou que possa oferecer mais.

O período de desconforto que se segue à mudança repentina em um relacionamento a partir do pecado para a santidade pode estar agora quase no fim. Na medida em que você ainda o experiencia, você está SE RECUSANDO a deixar os meios para Aquele Que mudou o propósito. Você reconhece que QUER a meta. Você também não está disposto a ACEITAR os meios? Se não está, vamos admitir que VOCÊ é inconsistente. Um propósito é ATINGIDO através de meios. E se você QUER um propósito, você TEM QUE estar disposto a querer os meios também. Como é possível uma pessoa ser sincera e dizer: ‘Eu quero isso acima de tudo, no entanto, eu não quero aprender os meios de conseguir isso?’

Para obter a META, o Espírito Santo de fato pediu pouco. Ele não pede mais para dar os meios também. Os meios são secundários em relação à meta. E, quando você hesita, é porque o PROPÓSITO assusta você e NÃO os meios. Lembre-se disso, caso contrário, você cometerá o erro de acreditar que os MEIOS são difíceis. No entanto, como eles podem ser difíceis, se eles são meramente DADOS a você? Eles GARANTEM a meta. E eles estão PERFEITAMENTE alinhados com ela. Antes de examiná-los um pouco mais de perto, lembre-se de que, se você pensa que OS MEIOS são impossíveis, a sua vontade de alcançar o PROPÓSITO foi abalada. Pois se uma META é possível de ser alcançada, os meios para se fazer isso TÊM QUE ser igualmente possíveis.

Isso É impossível ver o seu irmão sem pecado e, ainda assim, olhar para ele como se ele fosse um corpo. Isso não é perfeitamente consistente com a meta da santidade? Pois a santidade é apenas o resultado de se permitir que os efeitos dos pecados sejam suspensos de forma que o que SEMPRE foi verdadeiro seja RECONHECIDO. Ver um corpo SEM PECADO é impossível. Pois a santidade é POSITIVA e o corpo é meramente neutro. Ele NÃO é pecaminoso, mas também não é sem pecado. Como o nada que É, o corpo não pode ser investido significativamente dos atributos de Cristo OU do ego. QUALQUER UM DOS DOIS têm que ser um erro, pois ambos colocariam os atributos onde eles não podem ESTAR. E AMBOS têm que ser desfeitos, para os propósitos da verdade.

O corpo é o meio pelo qual o ego tenta fazer com que o relacionamento não-santo pareça real. O instante não-santo É a hora dos corpos. Mas o PROPÓSITO aqui é o pecado. Ele não pode ser alcançado a não ser em ilusões. E, assim, a ilusão de um irmão como se fosse um corpo está bastante de acordo com o propósito da não-santidade. DEVIDO a essa consistência, os meios permanecem inquestionáveis ​​enquanto o fim é valorizado. O que se vê se adapta ao que se deseja, pois a vista SEMPRE é secundária ao desejo. E se você vê o corpo, você escolheu o julgamento e NÃO a visão. Pois a visão, assim como os relacionamentos, NÃO TEM nenhuma ordem. Ou você VÊ, ou não vê.”

Pois a santidade é apenas o resultado de se permitir que os efeitos dos pecados sejam suspensos de forma que o que SEMPRE foi verdadeiro seja RECONHECIDO.

Urtext – A Canção da Oração (Oração, cont., A Escada da Oração, cont.,)

“Nesse nível encontra-se também aquela curiosa contradição em termos conhecida como ‘orar pelos seus inimigos.’ A contradição não está nas palavras em si mesmas, está na forma de como usualmente são interpretadas. Enquanto acreditares que tens inimigos, terás limitado a oração às leis desse mundo e terás também limitado a tua capacidade de receber e de aceitar as mesmas mensagens estreitas. E, no entanto, se tens inimigos tens necessidade de oração, de fato, grande necessidade. O que essa frase realmente significa? Ora por ti mesmo para que possas não mais buscar aprisionar o Cristo e através disso perder o reconhecimento da tua própria Identidade. Não sejas um traidor para ninguém ou terás sido traiçoeiro para consigo mesmo.”

Urtext –Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 256

“’Hoje, Deus é a minha única meta.’

Aqui, o caminho para Deus é através do perdão. Não há outro caminho. Se o pecado não tivesse sido apreciado pela mente, que necessidade haveria de achar o caminho para o lugar onde já estás? Quem ainda estaria incerto? Quem poderia ter dúvidas quanto a quem é? E quem ainda desejaria continuar dormindo, em pesadas nuvens de dúvida a respeito da santidade daquele que Deus criou sem pecado? Aqui, só nos é possível sonhar. Mas podemos sonhar que perdoamos aquele em que todo pecado permanece impossível, e é isso que escolhemos sonhar hoje. Deus é a nossa meta; o perdão é o meio pelo qual as nossas mentes enfim retornam a Ele.

‘E assim, Pai nosso, nós queremos vir a Ti pelo caminho que indicaste. Nós não temos outra meta, exceto a de ouvir a Tua Voz e achar o caminho que o Teu Verbo sagrado indicou para nós.’”

—–

Dia 257

“Quem vê o corpo de um irmão fez um JULGAMENTO sobre ele e não o vê. Ele REALMENTE não o vê como um pecador; ele não o vê de forma alguma. Na escuridão do pecado, ele é INVISÍVEL. Ele só pode ser IMAGINADO na escuridão e é aqui que as ilusões que você tem sobre ele NÃO são se adaptam à sua realidade. Aqui as ilusões e a realidade são mantidas SEPARADAS. Aqui as ilusões NUNCA são trazidas à verdade e SEMPRE são escondidas em relação a ela. E aqui, na escuridão, a realidade do seu irmão é IMAGINADA como um corpo, em relacionamentos não-santos com outros corpos, servindo à causa do pecado por um instante, antes que ele morra.

Há de fato uma diferença entre essa vã imaginação e a visão. A diferença não está neles mesmos, mas em seu propósito. Ambos são apenas MEIOS, cada um apropriado ao fim para o qual é empregado. Nenhum dos dois pode servir ao propósito do outro, pois cada um é a ESCOLHA de um propósito, empregado em seu nome. Qualquer um deles é sem significado SEM o fim para o qual foi destinado, nem tem qualquer valor como uma coisa SEPARADA, À PARTE da intenção. Os meios parecem reais porque a META é valorizada. E o julgamento não TEM valor a não ser que a META seja o pecado. O corpo NÃO pode ser considerado, EXCETO por meio do julgamento. Ver o corpo é o sinal de que você NÃO tem visão e de que você NEGOU os meios que o Espírito Santo lhe oferece para servir ao propósito DELE.

Como é possível que um relacionamento santo atinja o seu propósito através dos meios do pecado? O julgamento, você ensinou a si mesmo; a visão é aprendida com Ele, Que quer DESFAZER o seu ensinamento. A SUA visão não pode ver o corpo, PORQUE NÃO PODE OLHAR PARA O PECADO. E, assim, ela leva você à realidade. O seu santo irmão, cuja visão é a SUA liberação, não é nenhuma ilusão. Tente não vê-lo na escuridão, pois lá o que você imagina sobre ele parecerá real. Você FECHOU os seus olhos para excluí-lo. Tal foi o seu PROPÓSITO e, enquanto esse propósito parecer ter QUALQUER significado, os meios para alcançá-lo serão avaliados como DIGNOS de serem vistos e, assim, você NÃO verá.

A sua pergunta não deveria ser: ‘Como eu posso ver o meu irmão sem o corpo?’ Pergunte apenas: ‘Eu REALMENTE desejo vê-lo sem pecado?’ E, você ao perguntar, não se esqueça de que é vendo a impecabilidade DELE que você verá o SEU escape do medo. A salvação é a meta do Espírito Santo. O meio é a visão. Pois aqueles que veem, olham para o que é sem pecado. Ninguém que ama pode julgar e o que ele vê está LIVRE de qualquer condenação. E o que ele vê, ele NÃO fez, pois lhe foi dado para que ele veja, assim como lhe foi dada a visão que fez com que fosse possível ver.

A sua pergunta não deveria ser: ‘Como eu posso ver o meu irmão sem o corpo?’ Pergunte apenas: ‘Eu REALMENTE desejo vê-lo sem pecado?’

A Visão da Impecabilidade [FIP: VIII. A visão da impecabilidade]

A visão virá a você a princípio em vislumbres, mas eles serão suficientes para mostrar a você o que é dado a VOCÊ que vê o seu irmão sem pecado. A verdade é restituída para você através do seu desejo, assim como foi perdida para você através do seu desejo por outra coisa. Abra o lugar santo que você fechou para valorizar essa ‘outra coisa’ e aquilo que nunca foi perdido retornará em quietude. Foi guardado para você. A visão não seria necessária se o julgamento não tivesse sido feito. Deseje agora que ele seja desfeito totalmente e isso será feito PARA você.

Você NÃO QUER conhecer a sua própria identidade? Você não gostaria de trocar alegremente as suas dúvidas por certezas? Você não gostaria de estar LIVRE da miséria e aprender novamente sobre a alegria? O seu relacionamento santo oferece tudo isso a você. Assim como ele foi dado a você, assim o serão os seus EFEITOS. E assim como o seu santo propósito não foi feito por você, o meio pelo qual o final feliz desse relacionamento é seu também não vem de você. Regozije-se naquilo que vem a ser seu, se apenas você pedir. E não pense que você necessita fazer nem os meios NEM o fim. Tudo isso é DADO a você, que não apenas quer senão VER o seu irmão sem pecado. Tudo isso é DADO, esperando apenas que você não deseje senão RECEBER isso. A visão é dada gratuitamente àqueles que pedem para ver.

A impecabilidade do seu irmão é dada a você em uma luz brilhante, para ser contemplada com a visão do Espírito Santo e para que você se regozije nela junto com Ele. Pois a paz virá para todos os que pedem por ela com desejo real e sinceridade de propósito, propósito esse que é COMPARTILHADO com o Espírito Santo e uno com Ele no que É a salvação. Esteja disposto, então, a ver o seu irmão sem pecado, para que Cristo possa se erguer diante da sua visão e lhe dar alegria. E NÃO deposite nenhum valor no corpo do seu irmão, que o prende à ilusões do que ele é. É o desejo DELE ver a impecabilidade dele, assim como é o SEU. E abençoe o Filho de Deus no seu relacionamento e não veja nele o que você VEIO A FAZER dele.

O Espírito Santo GARANTE que o que foi a Vontade de Deus para você e o que Ele deu a você será seu. Esse é o SEU propósito agora e a visão que o faz seu está pronta para ser dada. Você tem a visão que permite que você não veja o corpo. E ao olharem uns para os outros, vocês verão um altar ao seu Pai, santo como o Céu, cintilando de pureza radiante e reluzindo com os lírios brilhantes que vocês colocaram sobre ele.

O que é que você pode valorizar mais do que isso? Por que você pensa que o corpo é uma casa melhor, um abrigo mais seguro para o Filho de Deus? Por que você prefere olhar para ELE, do que para a verdade? Como é possível que a máquina da destruição possa ser PREFERIDA e escolhida para SUBSTITUIR o santo lar que o Espírito Santo oferece, aonde ELE habitará COM você? O corpo é o sinal da fraqueza, da vulnerabilidade e da PERDA de poder. Pode tal Salvador AJUDAR você?

Na sua aflição e necessitando de ajuda, você se voltaria para aquele que é IMPOTENTE PARA AJUDAR? Aquilo que é lamentavelmente PEQUENO é a escolha perfeita para invocar em busca de força? O julgamento parecerá [porque é a sua vontade; jogo com a palavra WILL (vontade), na expressão WILL seem] fazer com que seja fraco o seu Salvador. No entanto, é VOCÊ que necessita de força dele.”

Urtext – A Canção da Oração (Oração, cont., A Escada da Oração, cont.,)

“A oração pelos inimigos vem a ser assim uma oração pela sua própria liberdade. Agora não é mais uma contradição em termos. Pelo contrário, é uma afirmação da unidade de Cristo e um reconhecimento de Sua impecabilidade. E agora a oração passou a ser santa, pois ela reconhece o Filho de Deus assim como ele foi criado.

Não te deixes jamais esquecer que a oração em qualquer nível é sempre por ti mesmo. Se te unes a qualquer um em oração, fazes com que ele seja parte de ti. O inimigo és tu, assim como o Cristo. Portanto, antes que possa vir a ser santa, a oração passa a ser uma escolha. Tu não escolhes por nenhum outro. Podes apenas escolher por ti mesmo. Ora verdadeiramente pelos teus inimigos, pois nisso está a tua salvação. Perdoa-os pelos teus pecados e, de fato, serás perdoado.”

Urtext –Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 257

“’Que eu me lembre qual é o meu propósito.’

Se eu esquecer a minha meta, só poderei ficar confuso, incerto do que sou e assim em conflito nas minhas ações. Ninguém pode servir a metas contraditórias e servir-lhes bem. Tampouco lhe será possível funcionar sem profunda angustia e grande depressão. Que estejamos determinados, portanto, a lembrar-nos do que queremos hoje, para que possamos unificar os nossos pensamentos e ações de modo significativo e realizar apenas o que Deus quer que façamos hoje.

‘Pai, o perdão é o meio que escolheste para a nossa salvação. Que não nos esqueçamos nesse dia de que não temos nenhuma vontade senão a Tua. E, assim, o nosso propósito também tem que ser o Teu, se quisermos alcançar a paz que é a Tua Vontade para nós.’”

—–

Imagem ben-white-ReEqHw2GyeI-unsplash.jpg – 12 de março de 2023

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Vídeo do Dr. Kenneth Wapnick, abordando a afirmação do livro Texto: “Faça com que esse ano seja diferente, fazendo com que tudo seja o mesmo” ((UCEM-Urtext-T-15.XI.10:11), disponível no YouTube através do link:  https://www.youtube.com/watch?v=KFNCHw_Hb5Q.

Artigo do Professor Robert Perry, denominado “THIS YEAR MAKE DIFFERENT: HOW THE COURSE WOULD HAVE US APPROACH THE NEW YEAR” [Tradução livre “Faça com que esse ano seja diferente: Como o Curso nos quer fazer abordar o Ano Novo”], disponível em inglês através do link: https://circleofa.org/library/a-different-approach-to-the-new-year/.

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4
Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x