Depois de termos disponibilizado 60 artigos para estudo complementar sobre Um Curso em Milagres, sentimo-nos estimulados a buscar o conhecimento e o entendimento sobre o tema Expiação no Curso.

Para tal, então, buscamos inspiração no professor David Hoffmeister, em seu artigo referente a transcrição de sua palestra em uma Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], ministrada por ele em São Francisco, no mês de fevereiro de 2007.

Além de um artigo esclarecedor e didático, trata-se também de um depoimento de um estudante-professor, de suas experiências na jornada e dos insights alcançados durante a sua busca pelo despertar espiritual e poder voltar para a Casa de onde, na verdade, como todos nós, nunca deixamos de Lá estar.

As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

O artigo completo em inglês poderá ser acessado no site do professor David através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/.

Aceitar a Expiação

Parte 1

“Muito obrigado por terem vindo. É realmente uma honra estar aqui e estar junto com você. O assunto que falaremos esta noite é sobre ‘Aceitar a Expiação para si mesmo‘.

Todos que estão familiarizados com Um Curso em Milagres sabem que se o Curso fosse uma sinfonia, então a Expiação seria o crescendo. Se nós pensarmos nisso em termos de notas, você pode dizer que a Expiação seria a tônica. É para isso que tudo está levando em seu trabalho com Um Curso em Milagres.

Eu não sei sobre você, mas para mim a simplicidade é importante. Anos atrás, eu pensei comigo mesmo, se eu vou experimentar a verdade, ou a realidade, deve ser muito, muito simples.

Este mundo é muito complicado e o Céu não é nada parecido com este mundo, não está fragmentado. Então, deve ser o grande ‘AHA!’.

Quase como se estivesse sob o seu nariz o tempo todo, enquanto você corria freneticamente tentando ser bom o suficiente, trabalhar duro o suficiente ou praticar o suficiente.

A Expiação estava sob o seu nariz o tempo todo. Sempre esteve lá e é só parar em vez de correr e buscar e procurar tanto: é apenas relaxar e contemplar.

Eu começaria esta palestra dizendo que a Expiação é um compromisso total.

O ego nem sabe o que é compromisso. É tão impulsivo. O ego é como uma criança selvagem, não tem pai. Isso é porque realmente não tem um pai. Não tem fonte. É como esse pensamento selvagem e frenético de medo que não tem pais. Não tem senso de estabilidade. É impulsivo, é complexo e o Espírito Santo é como a resposta na mente, o portador da Expiação, colocando o princípio da Expiação em ação para a mente que adormeceu.

Isso é tão tranquilo e quieto que a Expiação e o Espírito Santo literalmente não fazem nada. Ele apenas olha e espera e não julga (LE-pII.1.4:3). É apenas um estado de pura quietude.

Mas, a fim de abrir a sua mente para aceitar a Expiação, você precisa estar pronto e disponível para algo completamente diferente de tudo o que você conhece neste mundo.

Um Curso em Milagres é uma ferramenta para a sua mente usar. Você pode dizer que o primeiro passo é que primeiro Jesus e o Espírito Santo têm que chamar a sua atenção. Eles têm que chamar a sua atenção com o desejo de ver algo diferente ou de mudar de ideia. Você pode dizer que a primeira parte de todo este plano de despertar e aceitar o plano da Expiação é permitir que eles chamem a sua atenção, custe o que custar.

Você realmente tem que estar pronto para o Curso. Eu já viajei ao redor do mundo muitas vezes e estive em 19 países e ouço as mesmas histórias. Algumas pessoas o tem usado e ele fica em sua estante, usado como um batente de porta, eles usaram para colocar as suas plantas e então um dia, de repente, eles simplesmente dizem “Hmmm, eu penso que devo ler este livro.” E algo chama a atenção deles. Às vezes cai da prateleira e atinge a cabeça deles, ou algo muito dramático, mas primeiro Jesus [ou o Espírito Santo] tem que chamar a sua atenção.

E uma vez que Jesus tenha a sua atenção, você deve estar disponível a se abrir para milagres. Você precisa estar convencido de que existe um outro jeito de ver o mundo. Você não deve se preocupar e se sentir pressionado porque é o trabalho do Espírito Santo, é o trabalho de Jesus convencê-lo. Você apenas tem que estar disponível (disposto). Você tem que ter um pouco de disponibilidade (vontade).

Por meio de muitos, muitos milagres, você prepara a sua mente para a Expiação. A Expiação foi descrita no Curso como o primeiro milagre, o último milagre e todos os milagres intermediários. Expiação é diferente de milagres, por assim dizer, no sentido de que, alguns de vocês leram a seção sobre “A última questão sem resposta” [no Capítulo 21]. Você pode ter respondido às três primeiras, mas a última tem um senso de certeza. A última tem um sentido de finalidade (terminado e ponto!) onde você não pode voltar e vacilar.

Ao invés disso, que pergunte a si mesmo apenas essas questões a respeito das quais ele não pode deixar de tomar uma decisão para que isso seja feito para ele: Desejo um mundo que eu governe ao invés de um mundo que me governe? Desejo um mundo no qual eu tenha poder ao invés de ser impotente? Desejo um mundo no qual não tenho inimigos e não posso pecar? E quero eu ver aquilo que neguei porque é a verdade? (T-21.VII.5:10-14)

Quando você está praticando o Curso você tem um milagre, então o ego parece voltar – mas não com a Expiação. A Expiação é um princípio que o leva [a você] a um estado de certeza de quem você é. O que quero dizer com isso é, por exemplo, que há uma lição do Livro de Exercícios, intitulada “Aceitarei a Expiação para mim mesmo”, que é a lição número 139. A primeira frase desta lição é “Eis o fim da escolha”. O fim da escolha – quão relaxante deve ser um estado de espírito onde não há decisão a ser tomada? Onde você não tem que pensar em alternativas, apenas descansar e ser quem você é. Eis o fim da escolha. É por isso que este Curso realmente trata de treinar a sua mente para aceitar a Expiação. “Aceitar a correção” é um sinônimo para isso. É sobre isso que falar esta noite.

Só para lhe dar um pequeno histórico sobre mim, meu nome é David, eu recebi o Curso em meu colo em 1986. Quando o Curso entrou em minha vida, eu disse: “Oh meu Deus, esta é a minha fuga do medo e da dúvida e miséria.” Eu senti um reconhecimento imediato com isso. Eu estudei em média oito horas por dia nos primeiros dois anos e meio. É como se você estivesse se afogando e alguém jogasse um bote salva-vidas para você e dissesse “agarre!” Foi assim que me senti quando encontrei o Curso. Eu senti que essa era a resposta a uma oração silenciosa.

Eu estudei por tantas horas por dia. Você pode imaginar mergulhar a sua mente tão profundamente em algo e, depois de alguns anos, em vez de apenas ler as palavras, uma Voz começou a falar comigo muito claramente em minha mente e começou a me guiar muito especificamente. ‘Ligue para fulano de tal.’ ‘Vá aqui, vá lá.’ ‘Você esqueceu as suas chaves, volte.’ Como um passarinho no meu ombro cantando, como se eu tivesse um pequeno Jesus em miniatura. Eu diria que isso realmente começou a acelerar o meu Despertar porque eu estava sendo guiado muito especificamente. E Jesus economiza tempo. O objetivo disso é economizar tempo. Não para prolongar o tempo e para ampliar o tempo, mas para colapsar o tempo, que é o que os milagres fazem.

Então, depois de cerca de dois anos e meio disso, eu fui à minha primeira conferência. Eu fui apresentado a alguns dos palestrantes como ‘uma enciclopédia ambulante de UCEM’. Não há nada como ser apresentado como uma enciclopédia para estimulá-lo. Eu não quero ser uma enciclopédia. Eu poderia citar versículos e dizer o número da página e assim por diante, como um estudioso, mas eu queria a experiência. Isso me lançou em uma experiência de ouvir o Espírito Santo e seguir o Espírito Santo e sentir a alegria e a inspiração de estar em sintonia com o Espírito Santo.

O que eu digo às pessoas é que, quando elas fazem as lições do Livro de Exercícios, você deve fazê-las com toda a expectativa em todos os dias que você sente ao acordar. Você espera que essa lição seja a Única. Em vez de pensar em sua mente, bem, eu tenho 365 e se não conseguir, posso voltar e fazer de novo, o que você está fazendo é investir nessa noção de tempo. Eu só esperava acordar. Eu dizia: ‘Ah, outro dia! Outra lição.’ E eu dava tudo o que eu tinha pela aula.

Ir por uma experiência que acabará com todas as suas dúvidas, por uma experiência que o leve além de teorias e conceitos, é o objetivo da Expiação. É a única responsabilidade. Pode parecer que neste mundo você tem muitas responsabilidades e muitos deveres e muitos papéis e muitas obrigações, mas eu posso assegurar-lhe que ao continuar permitindo que o Espírito Santo o oriente, você continua voltando para: ‘Oh. Mas eu só tenho uma responsabilidade. Apenas aceitar a Expiação. E preciso ser guiado com muito cuidado pelo Espírito Santo.’

Não se trata de abdicar de responsabilidades e apenas afirmar a verdade e afirmar que você é a criança de Deus. É deixar o Espírito Santo lidar com o que está acontecendo em sua mente com integridade.

Você não será solicitado a mentir e quebrar promessas e escapar rapidamente. Você será solicitado a seguir tão claramente, tão intrincadamente, tão lealmente, que todas as coisas são controladas através de você pelo Espírito Santo. Ainda há coisas que você enfrenta todos os dias, mas o Espírito Santo cuida delas. Alguns de vocês se lembram na Bíblia, onde Jesus teria dito ‘Seja como os lírios no campo‘ e ‘Buscai primeiro o Reino do Céu.

No Curso, Jesus está dizendo que uma vez que você tenha aceitado o Seu plano como a única função que você cumpriria, não haverá nada mais que o Espírito Santo não providencie para você sem o seu esforço. O Espírito Santo irá adiante de você, endireitando o seu caminho e não deixando em seu caminho nenhuma pedra em que tropeçar, nenhum obstáculo em seu caminho.

Quando você aceita a sua função, tudo neste mundo é completamente orquestrado para você. Você literalmente vive uma vida sem problemas. Sem problemas pessoais, sem problemas sociais, sem problemas de saúde, sem problemas financeiros, sem problemas de relacionamento; isso é a salvação. Isso é iluminação. É a compreensão à medida que nós estudamos, na lição 80 “Que eu reconheça que os meus problemas foram resolvidos,” que no Espírito Santo eles são resolvidos. Não no ego. É por isso que nós temos que nos aprofundar nisso.

Para mim tem sido uma experiência em ouvir e seguir e ouvir e seguir, a ponto de sentir uma fusão acontecendo, uma integração, em sua mente. Não há mais um líder e um seguidor; não há mais um guia e aquele que está sendo guiado. A personalidade, a máscara do ser humano, apenas começa a se dissolver. Você se sente como a presença viva de Deus, como o Cristo vivo, como a presença Eu Sou.

Você tem que deixar claro que, para experienciar isso de forma consistente, você não pode fazer exceções ao milagre. É disso que trata o Livro de Exercícios, sem fazer exceções. Passe o dia disposto [disponível] a não tomar decisões por si mesmo, disposto [disponível] a deixar que cada decisão seja feita pelo Espírito Santo através de você. Se eu não tomar decisões sozinho, este é o dia que me será dado.

É como a lição 135, onde Jesus diz:

A mente curada não faz planos. Executa os planos que recebe ouvindo a Sabedoria que não lhe é própria (LE-pI.135.11:1-2).

Se houver planos a serem feitos, você será informado sobre eles. Esse é o sentimento. ‘Oh, você quer que eu faça isso? Ok, ok…’ Mas não há sensação de pressão nisso. Você flui nesse Fluxo Divino e mantém a sua integridade. Se o Espírito Santo lhe dá um plano ou uma sugestão, você segue.

A Expiação não é apenas um compromisso total, mas é no momento presente que você começa a entender o que o Curso significa quando diz:

A Expiação poderia ser equacionada com o escape total do passado e a total falta de interesse no futuro (MP-24.6:3).

Não é uma frase adorável? Você pode simplesmente deixar isso inundar você. Escape total do passado e total falta de interesse no futuro.

Isso soa tão relaxante porque tira o estresse de tentar descobrir as coisas fora de você. Isso leva o estresse de ter que trabalhar a sua salvação. Parece muito com Graça. Escape total do passado e total falta de interesse no futuro.

O que eu quero falar esta noite é como isso é muito prático. Isso é seguro. Isso é certo. Você pode ter confiança nisso. Esteja certo disso, em vez de ser ingênuo ou em vez de ser ‘fantasioso’, ou algumas das outras palavras que nós ouvimos e que as pessoas falaram ao longo dos séculos, como ‘Pollyana’ [otimista] ou ‘Por que você não fica com os pés no chão, você está vivendo nas nuvens.’ Eu tenho uma amiga na Argentina e toda a família dela diz a ela: ‘Você e os seus milagres, você vive nas nuvens, você vive nas nuvens todos os dias’. Ela apenas sorri e diz: ‘Junte-se à mim’.

Isso é brandura. Não há sentido em tentar convencer ninguém de nada. Você não precisa fazer proselitismo. Não há necessidade de tentar forçar algo; você não está tentando mudar a opinião de ninguém. Você está tentando deixar a sua mente ser guiada e transformada pelo Espírito Santo. Você não está tentando mudar ninguém. E isso o leva a uma sensação de relaxamento e alegria quando você permite que isso ocorra.

Eu penso que nós ouvimos alguns grandes oradores hoje dizendo que Jesus ‘orquestra’ as coisas e como Ele está orquestrando as nossas vidas. Isso é uma coisa que realmente me chamou a atenção. Eu li no Curso que Jesus estava dizendo: ‘Se você for um trabalhador em milagres para mim, eu irei orquestrar o tempo e o espaço para você’. Orquestrar o tempo e o espaço para mim? Uau. Isso parece muito interessante. Eles nunca nos ensinaram isso no colégio ou na faculdade.

Como orquestrar o tempo e o espaço! Jesus diz que o tempo está nas mãos do trabalhador em milagres. Uau, isso é uma mudança. Em vez de ser um ser humano preso no tempo como uma mosca presa no papel, o que, o tempo está em minhas mãos? O trabalhador em milagres está no controle do tempo, porque Jesus disse que fará milagres através de você, se você permitir. Você não precisa ser perfeitamente claro. Se você fosse perfeitamente claro, não haveria necessidade de milagres em primeiro lugar. Mas, apenas por um instante, você precisa ser destemido. Por um instante, relaxe. E confie na minha prontidão, diz Jesus. Não se preocupe com a sua prontidão, confie na Minha. Eu farei os milagres através de você. Mas eles não podem ser realizados em um estado de dúvida ou medo. A dúvida e o medo apenas bloqueiam o que está lá, mas você tem que relaxar.

Ao longo dos anos, eu tive que mudar de uma pessoa que era muito quieta e tímida. Eu fui eleito o mais tímido na minha turma do último ano e listado dessa forma no anuário. Ninguém pensou que eu iria ao redor do mundo e falar sobre Deus e coisas que eles dizem para você nunca falar em público. E eu pensei: ‘Nossa, Moisés gaguejou e agora vamos lá. Eu posso dar a volta ao mundo e falar sobre Deus.’

O que acontece é que os milagres são involuntários. Não é como se você tivesse que controlar conscientemente o que vai dizer e com quem vai falar. Você pode ver que não tenho nenhum roteiro aqui. Eu estou gostando da conversa com vocês, como sempre. Eu estou ouvindo o que o Espírito Santo tem a dizer, como se isso fosse pela primeira vez. Porque eu sempre sinto deste jeito, eu sempre sinto deste jeito.

Quando você é um trabalhador em milagres, o tempo e o espaço são orquestrados para você. Deixe-me lhe dar um exemplo. Eu recebo convites em todo o mundo. Eu fui convidado para ir a Cali, na Colômbia, e não tenho estado em muitas viagens ao exterior. Eu estava indo para Miami, Flórida, para depois ir para a Colômbia.

Eu desci em Miami e havia um furacão vindo direto para lá e o aeroporto parecia uma área de evacuação. Havia pessoas tentando sair da Flórida para voltar para a sua terra natal na América do Sul. Bebês choravam, estava muito lotado; as pessoas estavam em todos os lugares. Eu deveria encontrar a minha amiga Susana, uma amiga e tradutora que estava voando das Ilhas Canárias e depois comigo para a Colômbia.

Quando cheguei em Miami, eu continuei procurando por ela neste mar de pessoas e nos encontramos e entramos no avião. Assim que nós entramos no avião e ele estava no ar, foi anunciado que eles haviam fechado todo o aeroporto da Grande Miami. E eu brinquei sobre isso. Cheguei à Colômbia e disse: ‘Sim, Jesus estava evitando o furacão. Você pode imaginá-lo dizendo: Ok, ele está quase acabando, bom lá ele está.’

Eu estava indo lá para deixar o Espírito Santo falar através de mim. Você já ouviu falar de pessoas que movimentam e estouram nuvens com suas mentes? Oh, nuvens são pequenas coisas. A sua mente pode mover montanhas, parar furacões. É tão poderoso que não há nada neste mundo, em todo o cosmos, que seja mais poderoso do que a sua mente. Você tem domínio sobre todo o cosmos quando é um trabalhador em milagres.

Eu tenho estado na Venezuela, por exemplo. Alguns de vocês sabem o que está acontecendo na Venezuela com o Chávez [presidente da Venezuela na época da conferência do professor David]. Eu fui para a Venezuela. Pousei em Mérida e Caracas. Estive na televisão duas vezes, em oito entrevistas de rádio e os militares de lá estavam fazendo jogos de guerra. Eles estavam se preparando para uma invasão dos Estados Unidos assumindo os campos de petróleo. Eu estou falando sobre milagres e amor e compartilhar a cura e eles estavam fazendo manobras de guerra. Eles estavam em estado de alerta para uma invasão iminente. Eu não temia por minha vida porque não me identifico com o corpo. Eu me sinto invulnerável. Portanto, eu irei aonde o Espírito Santo quiser que eu vá. Quando você está apresentando milagres, você deve se lembrar da frase na Bíblia: ‘Se Deus está conosco, quem será contra nós?’

Não é uma ÓTIMA profissão para a qual estamos sendo chamados? Se você está em seu estado de mentalidade voltada para o milagre e estado de prontidão, então nada pode ser contra você, porque tudo está sendo usado para o bem. Todas as coisas contribuem para o bem, a Bíblia diz e o Curso diz. É bom me sentir invulnerável. É bom se sentir poderoso. E Jesus diz no Curso, todo o poder é dado a você no Céu e na terra. Todo poder é de Deus.

Se você seguir o ego, pode acreditar em manifestação. Você pode dizer que manifesta a sua alma gêmea e o seu iate. Alguns de vocês viram o filme ‘O Segredo‘. Você sabe que a mente é muito poderosa. Nós não estamos tentando diminuir o poder da mente, mas novamente, todo o poder é de Deus, porque Deus é o Criador. Portanto, o poder vem do Espírito. Mesmo quando você parece ser capaz de manipular o sonho e fazer com que o sonho se concretize de uma determinada maneira, isso é apenas um passo no caminho. Quem poderia se contentar com coisas tão pequenas quando o Reino do Céu é a sua herança, quando a Eternidade é sua herança? Você pode gostar de mexer um pouco com o tempo e o espaço, mas um sonho feliz vale mais do que ser capaz de controlar ou manipular o mundo.

É por isso que eu cheguei a um ponto em minha vida em que a paz de espírito não é uma dádiva pequena. Eu vivo em tal estado de paz, felicidade e alegria que eu recebo convites para falar sobre a Iluminação com pessoas que estão no Bhagavad-Gita ou em muitas tradições diferentes e UCEM é o que geralmente eu utilizo. Ele é próximo e querido ao meu coração, mas agora ele tem ido além do Curso. Ele é apenas união em todo lugar que eu vá.

Eu vou ler algumas frases da lição 139 e, para mim, isso é realmente ótimo. É isso que faz tudo valer a pena. Isso é o que Jesus disse, no parágrafo número nove:

Temos uma missão aqui. Não viemos para reforçar a loucura em que outrora acreditamos. Não nos esqueçamos da meta que aceitamos. Viemos para ganhar mais do que apenas a nossa felicidade (LE-pI.139.9:1-4).

Isso é mais do que apenas a nossa felicidade que viemos ganhar. O que vem a seguir?

Nós aceitamos que o que nós somos proclama que todos tem que estar conosco. Todos tem que estar conosco … Você percebe as implicações dessa frase? O que proclamamos para nós mesmos é que TODOS tem que estar conosco. Nós não estamos falando de gurus que entendem e devotos que se rebaixam e reverenciam e dizem: ‘Eu quero conseguir o que ele tem’.

Se você aceitar a Expiação, TODOS irão com você! Todo mundo tem que ser iluminado, se você for iluminado. Você vê as implicações disso? Você vê como este velho jogo de ‘Eu tenho e você não’ não vai funcionar com este Curso? Se você é iluminado, todos que você percebe são iluminados. Você deve tratar a todos com a mesma iluminação que experimenta. Se você é amor, todos são amor. Existem exceções? Não.

O que isso significa, o que a leitura na seção de revisão que acabamos de abrir significa, é que quando você permite que a sua mente seja mudada, toda mente muda. Eu posso mudar todas as mentes, foi o que li, junto com a minha. Ouça essa frase. Eu posso mudar todas as mentes junto com a minha. Isso tem que ser que há apenas uma mente que precisa aceitar a Expiação. Não seis bilhões [população do mundo na época do artigo], apenas uma. E essa, é claro, é a sua.

Não se trata de tentar fazer com que Mamãe e Papai aceitem a Expiação. Alguns de nós tentaram. Nós sabemos como é isso. Tudo o que você está fazendo quando aceita a Expiação é permitir uma transformação na qual você percebe que tudo está conectado e todos nós compartilhamos uma mente. Como se costuma dizer na América do Sul, ‘Una Sola Mente’ [lembrando que o professor David estava na Colômbia]. Uma Mente Só.

Não importa o ângulo que você deseja usar. Alguns de vocês já ouviram falar do filme ‘What the Bleep Do We Know?‘ [filme ‘Quem somos nós?‘, no Brasil] e ‘Down the Rabbit Hole’ [‘Uma Nova Evolução’, no Brasil]. Pessoas em todo o mundo adoram filmes. Em todos os 19 países em que estive, todos dizem: ‘Hollywood, Hollywood, conte-nos sobre Hollywood!’ Então, eu trago Hollywood comigo. Eu tenho What the Bleep no meu bolso, ou Matrix, todos os grandes, o ‘Truman Show’, ‘Eternal Sunshine of the Spotless Mind‘ [filme ‘Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças‘, no Brasil]. Até escrevi uma coisa chamada Guia dos Vigilantes do Filme para a Iluminação. Todo mundo adora filmes.

Eles sentam lá como se fossem se divertir e de repente eles têm um grande sorriso em seu rosto. Eles estão sorrindo de orelha a orelha e têm olhos brilhantes. Eu estou em um grande auditório como este com pessoas que nunca conheci e todos nós temos olhos amorosos e estamos totalmente apaixonados quando chegamos ao final do filme, porque todos nós compartilhamos a mesma parábola. Todos nós estamos assistindo a uma parábola do despertar. Não importa para qual idioma você traduza isso, todo mundo fica tipo, ‘Ooo, sim, sim, eu poderia viver com isso.’ É muito precioso experimentar isso e ser capaz de deixar o Espírito derramar através de você em uma linguagem que pode chegar a todos de uma forma significativa. Tem que vir de uma forma significativa; não pode simplesmente voar sobre a cabeça de todos.

Quando eu desci na Colômbia pela primeira vez, fiz muitas reuniões e basicamente 93% de mulheres compareceram. Os machos não estavam tão interessados ​​na Unicidade, aparentemente, até que depois de duas semanas eu estava conversando com as mulheres e perguntei o que elas queriam da vida. Elas disseram ‘Eu gostaria de poder comunicar isso com o meu namorado ou com o meu marido. Isso seria o mais importante para mim. Mais importante do que qualquer outra coisa, eu quero compartilhar isso com todos e compartilhar com o meu parceiro.’

Eles alugaram o teatro do zoológico e me fizeram mostrar What the Bleep Do We Know? Porque disseram que os seus namorados/maridos gostavam de ciência e física quântica, mas não suportavam toda essa conversa de Jesus. Disseram ‘Ele não quer saber nada sobre religião, mas adora física quântica, adora ciência’. Então, nós colocamos os fones de ouvido e fiz uma tradução do filme What the Bleep Do We Know. Você deveria ter visto o aspecto geral!

Elas ficaram muito felizes porque foram capazes de olhar uma para a outra e dizer: ‘Isso é o que estou tentando dizer a vocês. Tenho tentado lhes dizer isso nos últimos 20 anos!’ Era uma lacuna de linguagem. Ambas estavam chegando lá a partir de sua própria semântica. Ambas tinham uma linguagem diferente, um vernáculo diferente. Tudo que elas precisavam era daquela pequena ponte e o que o Espírito Santo dá é essa pequena ponte, então a lacuna desaparece e estamos unidos. É disso que se trata a Expiação.

Imagem alexander-andrews-2O0qZrxET14-unsplash.jpg

…continua Parte II…

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x