7ª visão – Desenvolver uma evolução sincronística consciente e pessoal, com base em uma Intuição mais alta, que o coloca exatamente no lugar certo para o fluxo continuar.

O Manuscrito nos ensina que conhecer a nossa missão pessoal aumenta ainda mais o fluxo de coincidências misteriosas à medida que nós somos guiados em direção a nossos destinos.

Primeiro, temos uma pergunta; então sonhos, devaneios e intuições nos levam às respostas, que geralmente são fornecidas de forma sincronizada pela sabedoria de outro ser humano.

Sobre “intuições”, o autor James Redfield acrescenta que com a nossa missão em mente e à medida que as nossas vidas avançam, nós começamos a perceber sincronicidades destinadas a nosso chamado principal; nesse acúmulo de consciência no nível da realidade [awareness], tornamo-nos conscientes de nossa Orientação Intuitiva em um nível superior; através da prática da atenção plena [mindfulness], nós podemos distinguir os nossos pensamentos que são intuição de meros pensamentos calculativos; pensamentos calculativos são palavras que passam pela nossa mente enquanto nós tomamos decisões, como se nós estivéssemos conversando sozinhos; intuições, no entanto, não fazem parte de nossa deliberação sobre um problema ou objetivo; as intuições vêm de uma parte superior de nossa inteligência.

Elas naturalmente aparecem no fundo de nossas mentes como ideias esclarecedoras sobre como proceder; em resumo, são ideias que às vezes parecem aleatórias demais, espontâneas e não lógicas, mas com uma interpretação maior, elas podem ser consideradas para se aplicar perfeitamente à situação em questão; uma vez que nós começamos a identificar intuições orientadoras dessa maneira, nós percebemos como nós sentimos falta delas no passado; uma maneira de esclarecer os diferentes tipos de pensamentos é se perguntar:

“Por que eu pensei nisso agora?” 

A 7ª visão se baseia na visão anterior, “Esclarecendo o passado”, que descreve como inconscientemente nós ganhamos segurança em tempos estressantes por meio de comportamentos mecânicos, a nossa maneira particular de controlar os outros. Uma vez que nós nos tornamos conscientes desse comportamento, nós podemos estabilizar a nossa Conexão e permanecer em contato regular com a verdadeira fonte de toda energia. É então que nós podemos descobrir o trabalho ou a missão de nossa vida e começar a dar a nossa contribuição significativa para o mundo.

A 7ª visão põe em ação a evolução do nosso verdadeiro ser nos mostrando como fazer perguntas, receber intuições e descobrir respostas.

A 7ª visão nos diz que nós podemos evoluir conscientemente. Ela salienta que nós, seres humanos, estamos evoluindo não apenas física como também psicológica e espiritualmente.

A 7ª visão nos mostra como fazer isso entrando ativamente na corrente.

O personagem Padre Sanchez disse ao nosso personagem que o primeiro passo para nós entramos ativamente na corrente é acumulando energia, o segundo é recordando as questões vitais básicas e o terceiro passo é descobrindo as questões menores imediatas. Observando os nossos pensamentos, os nossos devaneios e os nossos sonhos nós podemos encontrar mensagens dirigidas a nós que nos dizem quais são as nossas questões e o que nós precisamos fazer a seguir.

O Padre Sanchez ainda dá instruções muito claras ao nosso personagem de como manter a energia em seu nível máximo.

“Pratique diariamente esse método e ele se tornará a sua segunda natureza. É especialmente importante acumular energia sempre que você se sentir receoso, confuso ou oprimido. Não obstante, não menospreze rápido demais os seus sentimentos. Você talvez precise de algum ‘período de manutenção’ para assimilar e aceitar o que aconteceu. Quando estiver pronto, desvie a atenção dos sentimentos negativos e pratique os seguintes passos:

  • Concentre-se no ambiente ou num objeto bonito.
  • Lembre-se de como pareciam as coisas quando você era energizado no passado.
  • Procure formas e cores bonitas e diferentes e um brilho ao redor de tudo.
  • Inspire conscientemente várias vezes, prendendo o ar cinco segundos de cada vez antes de expirar.
  • Respire a beleza que o cerca até sentir-se flutuante.
  • A cada respiração, visualize-se inflando como um balão.
  • Sinta a energia e a leveza.
  • Verifique se você sente o amor como uma emoção subjacente.
  • Imagine que o seu corpo está circundado por um intenso halo de luz.
  • Imagine que você é um ser radiante que inala e exala energia do universo.
  • Assuma a posição de observador e lembre-se de que existe um propósito em tudo que acontece.
  • Repare que os pensamentos parecem diferentes quando você se encontra numa vibração superior. No drama de controle, os pensamentos giram geralmente em torno de problemas. Ao entrar em contato com a energia superior, você se sente aberto a tudo que possa acontecer.
  • Pare quantas vezes forem necessárias para religar-se.”

James Redfield afirmou: “Quando você permanece pleno, num estado de amor, nada ou ninguém consegue tirar de você mais energia do que a que você consegue repor. A energia que sai de você cria uma corrente que atrai energia para você na mesma proporção.”

Padre Sanchez ainda prossegue com o nosso personagem sobre “a pergunta certa”: “Assim que você toma consciência no nível da realidade [awareness] das questões ativas no momento, você sempre obtém algum tipo de orientação intuitiva do que fazer, para onde ir. Obtém uma dica sobre o passo seguinte. Sempre. Isso só não ocorre se você tiver em mente a pergunta errada. Você sabe, o problema na vida não está em receber respostas. Está em identificar as suas perguntas presentes. Assim que você formule as perguntas certas, as respostas sempre chegam. Depois que tiver uma intuição do que poderia ocorrer em seguida, o passo seguinte é ficar bastante alerta e vigilante. Mais cedo ou mais tarde as coincidências vão ocorrer para levar você na direção indicada pela intuição.”

Fique alerta às mensagens que uma coincidência significativa possa estar trazendo a você. Aprenda a examiná-las para descobrir o seu significado. Que ideias ela reúne para você? Por que ela está acontecendo agora? Se ela parece ser um desapontamento, que resultado positivo ela pode encerrar? Que ação ela pode estar sugerindo?

A 7ª visão trata do processo de se envolver conscientemente, estar alerta para qualquer coincidência, para toda resposta que o Universo lhe dá.

A 7ª visão fala como os objetos saltam para nós e como certos pensamentos nos surgem como um guia.

Lembre-se de que cada momento é uma oportunidade para você permanecer presente, mesmo quando isso significa suportar uma dor física ou emocional. Por mais que nós nos esforcemos em “progredir” e “obter” a iluminação, frequentemente nós somos lançados de volta às nossas fraquezas mais humanas e nelas nós encontramos a nossa verdadeira natureza, o nosso verdadeiro vigor.

Você sabe, o problema na vida não está em receber respostas. Está em identificar as suas perguntas presentes. Assim que você formule as perguntas certas, as respostas sempre chegam.

Quanto à 8ª visão, você mesmo descobrirá quando chegar a hora certa. Ela explica como nós podemos ajudar os outros enquanto eles nos trazem as respostas que nós buscamos. E mais, descreve toda uma nova ética para governar a maneira como os humanos tem que tratar uns aos outros, para facilitar a evolução de todos.

A 7ª visão fala de sonhos, mostra como interpretar sonhos. Diz para comparar a história do sonho com a história de sua vida. Os sonhos vêm nos dizer alguma coisa sobre as nossas vidas que nos faz falta.

A 7ª visão diz que não só os sonhos nos orientam. Também os pensamentos e devaneios. Os devaneios nos mostram uma cena, um fato e isso é uma indicação de que esse fato talvez aconteça. Se estivermos atentos, nós estaremos prontos para essa virada em nossas vidas.

A 7ª visão diz que nós temos mais pensamentos que nos orientam do que nós podemos perceber. Para reconhecê-los nós temos de nos colocar numa posição de observador. Quando vem um pensamento, nós temos que perguntar: Por que? Por que esse determinado pensamento veio agora? Qual a relação que ele tem com as questões da minha vida?

A adoção dessa posição de observador nos ajuda a nos livrar de nossa necessidade de controlar tudo. Põe-nos na corrente evolutiva.

Mas e quanto aos pensamentos negativos? A 7ª visão explica que as imagens de medo têm que ser detidas assim que elas aparecem. Então outra imagem, uma de bom resultado, tem que ser imposta pela vontade ao pensamento. Em breve as negativas quase não ocorrerão mais. As suas intuições serão sobre coisas positivas. Quando as negativas chegarem depois disso, o Manuscrito diz que elas têm que ser tratadas com muita seriedade e não seguidas. Por exemplo, se lhe vem ao pensamento a ideia de que você sofrerá um desastre de caminhão e alguém passa e lhe oferece uma carona de caminhão, não aceite.

James Redfield e Carol Adrienne nos advertem que quanto mais nós conseguirmos sentir a energia, mais nós seremos capazes de distinguir entre o medo da negação de si mesmo e os verdadeiros avisos de perigo. No início nós podemos não confiar muito nas informações que nós recebemos. Se for esse o caso, nós temos que pedir informações mais precisas. Verificar de que modo o nosso medo está relacionado com o nosso drama de controle. Para encontrar a mensagem no medo, os autores nos indicam uma lista de ações:

  • Reconheça o medo.
  • Sente-se com o seu medo e realmente o sinta.
  • Sentimentos de opressão geralmente indicam medo e preocupação.
  • Traga os sentimentos à consciência no nível da realidade [awareness].
  • Peça orientação.
  • Descreva por escrito os aspectos específicos daquilo que você teme.
  • Converse com o medo e descubra a mensagem que ele tem para você.
  • Ela é realista?
  • Observe os pensamentos negativos que você tem a respeito de si mesmo quando está com medo.
  • O diálogo negativo interior (falar consigo mesmo de maneira negativa) volta para você sob a forma de sentimentos negativos e temores, bem como sob o aspecto de resultados negativos.
  • Exagere os temores.
  • Veja se consegue encontrar alguma coisa engraçada.
  • De que maneira você se sente inadequado?

Para nós nos livrarmos do medo, os autores nos indicam outra lista, a saber:

  • Concentre-se em sua respiração durante alguns minutos.
  • Fique o mais quieto que puder.
  • Passe alguns minutos sozinho.
  • Limpe a sua mente e relaxe.
  • Peça alguma forma de orientação nesse momento.
  • Irradie amor.
  • Cerque você e as outras pessoas de luz.
  • Quando surgirem pensamentos de medo e dúvida, solte-os na luz.
  • Concentre-se naquilo que você realmente quer.
  • Veja claramente o resultado que você realmente deseja.
  • Lembre-se de que você sempre tem opções e pode fazer escolhas.
  • Depois de alcançar um certo grau de calma, volte atrás e pense nos sinais sutis que você estava recebendo antes do medo começar.
  • Lembre-se de que sempre existem mensagens chegando para o seu benefício.
  • Quando você sentir medo, volte a atenção para o seu objetivo maior.
  • Imagine-se em sua melhor forma, cercado de beleza e de amigos.

O seu corpo vibra num determinado nível. Se você deixa a sua energia baixar demais, o corpo sofre. Essa é a relação entre estresse e doença. É pelo amor que nós mantemos a nossa vibração alta. Ele nos mantém saudáveis. Isso é o que importa.

Para captar a 7ª visão e entrar de fato no movimento de evolução, a gente precisa atrair todas as visões num único modo de ser.

Para nós sentirmos o clima de aventura e sabedoria do livro “A Profecia Celestina”, de maneira a incentivar a sua leitura e estudo, nós extraímos uma importante inspiração do personagem Pablo que fala ao nosso personagem de maneira didática:

“…Eu penso que despertei e passei a ver o mundo como um lugar misterioso, que oferece tudo o que nós necessitamos, se nós nos esclarecemos e encontramos o caminho. Então nós estamos prontos para começar o fluxo evolutivo. Mantendo firmemente em mente as nossas atuais questões vitais e depois ficando atentos para a orientação, num sonho ou num pensamento intuitivo, ou na maneira como o ambiente se ilumina e salta para nós. Nós acumulamos a nossa energia e nos concentramos em nossas situações, nas perguntas que nós temos e aí nós recebemos alguma forma de orientação intuitiva, uma ideia para onde ir e o que fazer e então as coincidências ocorrem, para permitir que sigamos naquela direção. E toda vez que essas coincidências nos levam a alguma coisa nova, nós crescemos, nós nos tornamos pessoas mais plenas, existindo numa vibração superior.

Você tem que aprender que todas as respostas que nos chegam misteriosamente, na verdade nos vêm de outras pessoas. Pense em tudo que aprendeu desde que chegou ao Peru. As respostas não lhe chegaram através de ações de outras pessoas que você encontrou misteriosamente?. Você tem que se lembrar de manter as suas perguntas sempre em mente. Mesmo as pessoas que ainda não têm consciência no nível da realidade [awareness] podem tropeçar com respostas e ver as coincidências em retrospecto.

A 7ª visão se dá quando nós vemos essas perguntas enquanto elas surgem. Ela intensifica a experiência do dia-a-dia. Nós temos que supor que todo acontecimento tem um significado e contém uma mensagem que de alguma maneira diz respeito às nossas perguntas. Isso se aplica, sobretudo ao que nós costumávamos chamar de coisas ruins.

A 7ª visão diz que o desafio é encontrar o lado bom de cada acontecimento, por mais negativo que seja. Você a princípio pensou que o fato de ter sido capturado tinha arruinado tudo. Mas agora você vê que tinha que estar aqui. Era aqui que estavam as suas respostas…”

A 8ª visão é sobre uma Ética Interpessoal, uma forma de tratar outras pessoas para que mais mensagens sejam partilhadas. Mas lembre-se de não ir depressa demais. Mantenha-se no centro de sua situação. Quais são as suas perguntas…?

A 8ª Visão adverte contra a interrupção de nosso crescimento. Isso ocorre quando a gente se vicia em outra pessoa.

Resumo da 7ª Visão:

  • A 7ª Visão é a conscientização de que as coincidências têm nos conduzido o tempo todo à realização de nossa missão e à busca da nossa questão vital básica.
  • Dia a dia, contudo, o nosso crescimento se dá através do entendimento e do acompanhamento das questões menos importantes que se originam nas nossas metas mais amplas.
  • Tão logo nós formulamos corretamente as perguntas, as respostas sempre aparecem através de misteriosas oportunidades.
  • Cada sincronicidade, por mais que conduza ao crescimento, sempre nos deixa com uma outra questão fundamental, de modo que a nossa vida avança através de um processo de pergunta, resposta, uma nova pergunta, à medida que nós evoluímos ao longo do nosso caminho espiritual.
  • As respostas sincronísticas são oriundas de muitas fontes: dos sonhos, devaneios, pensamentos intuitivos e, com maior frequência, de outras pessoas que se sentem inspiradas a nos trazer uma mensagem.

Palavras chave da OREM2: manuscrito, despertar espiritual, massa crítica, coincidências, sincronicidades, visões, perspectiva histórica, igreja, ciência e tecnologia, método científico, religião, energia, padrões de energia, campos de energia, ceticismo científico, percepção da beleza, teoria de campo unificado, drama de controle, luta pela atenção, luta pelo poder, experiência mística, consciência mística, história da evolução, família, intimidador, interrogador, distante, coitadinho de mim, agressivo, agressiva, passivo, passiva, Machu Picchu, pergunta certa, sonhos, medo, observador.

Bibliografia (recomendamos enfaticamente a leitura desse material):

  • Livro “A Profecia Celestina” – James Redfield;
  • Livro “Guia de Leitura de A Profecia Celestina” – James Redfield;
  • Artigo: “The Celestine Prophecy: Sixth Insight Experience Study” – James Redfield;

Imagem alvaro-palacios-Lia5MiQCE1E-unsplash.jpg

Próximo artigo – 8ª VISÃO: A ÉTICA INTERPESSOAL: UMA NOVA PERSPECTIVA DOS RELACIONAMENTOS      

… segundo o Manuscrito, quando um número suficiente de indivíduos perguntar a sério o que ocorre na vida, nós começaremos a descobrir.

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x