Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 126

A Salvação e a Vontade de Deus

“A Vontade de Deus é a sua salvação. Ele não teria dado a você os meios para encontrá-la? Se a Sua Vontade é que você a TENHA, Ele TEM QUE ter feito com que seja possível e muito fácil de obtê-la. Os seus irmãos estão por toda parte. Você não precisa ir muito longe para a salvação. Cada minuto e cada segundo lhe dá uma chance de salvar a si mesmo. Não perca essas chances, NÃO porque elas não retornarão, mas porque é desnecessário protelar a alegria. A Vontade de Deus para você é a felicidade perfeita AGORA. É possível que essa também não seja a SUA vontade? E é possível que essa não seja TAMBÉM a vontade de seus irmãos?

Considere, então, que nessa vontade conjunta, vocês ESTÃO todos unidos e SOMENTE NISSO. Haverá desacordo em qualquer outra coisa, mas NÃO nisso. Aqui, então, é onde a paz HABITA. E VOCÊ habita em paz, quando você assim decidir.

Entretanto, você não pode habitar na paz a não ser que você aceite a Expiação, porque a Expiação É o caminho para a paz. A razão é muito simples e tão óbvia que muitas vezes é negligenciada. Isso porque o ego tem MEDO do óbvio, já que a obviedade é a característica essencial da realidade. Você NÃO PODE ignorá-la, a não ser que NÃO ESTEJA OLHANDO. É PERFEITAMENTE óbvio que se o Espírito Santo olha com amor para tudo o que Ele percebe, Ele olha com amor para VOCÊ. A Sua AVALIAÇÃO de você é baseada no Seu conhecimento do que você É e assim Ele avalia você verdadeiramente. E essa avaliação TEM QUE estar na sua mente, porque ELE está.

O ego também está em sua mente, porque você o ACEITOU lá. A avaliação DELE sobre você, no entanto, é exatamente oposta à do Espírito Santo, porque o ego NÃO ama você. Ele não está ciente do que você é e desconfia totalmente de TUDO o que percebe, porque as suas próprias percepções são tão variáveis. O ego é, portanto, capaz de suspeita, na melhor das hipóteses e de perversidade, na pior. Esse é o seu escopo. Não pode excedê-lo, por causa de sua incerteza. E nunca pode ir ALÉM disso, porque jamais pode ESTAR certo.

Você, então, tem duas avaliações conflitantes de si mesmo na sua mente e elas NÃO PODEM SER AMBAS VERDADEIRAS. Você ainda não percebeu como essas avaliações são COMPLETAMENTE diferentes, porque você não entende o quão elevada é a percepção que o Espírito Santo tem de você. Ele não é enganado por NADA que você faz, porque Ele NUNCA se esquece do que você é. O ego é enganado por TUDO que você faz, mesmo quando você responde ao Espírito Santo, porque nessas ocasiões a SUA CONFUSÃO AUMENTA. O ego é, portanto, particularmente propenso a atacá-lo quando você reage com amor, porque ele o avaliou como NÃO SENDO AMOROSO e você está indo CONTRA O SEU JULGAMENTO.

O ego começará a ATACAR os seus motivos assim que eles se tornarem claramente em desacordo com as percepções que ele tem de você. É quando ele mudará abruptamente da suspeita para a perversidade, porque a sua incerteza terá AUMENTADO. Entretanto é certamente inútil atacar de volta. O que isso pode significar, exceto que você está CONCORDANDO com a avaliação do ego sobre o que você é? Se você estiver disposto a ver a si mesmo como não sendo amoroso, VOCÊ NÃO SERÁ FELIZ. Você está condenando a si mesmo e, portanto, TEM QUE considerar a si mesmo inadequado.

Você olharia para o ego em busca de ajuda para escapar de um sentimento de inadequação que ele PRODUZIU e tem que MANTER para a sua própria existência? Você pode ESCAPAR de sua avaliação de você, usando os seus métodos para manter essa imagem INTACTA? Você não pode avaliar um sistema de crenças insano estando DENTRO dele. O seu próprio escopo exclui isso. Você só pode IR ALÉM disso e olhar para trás de um ponto onde a SANIDADE existe e VER O CONTRASTE. Somente POR esse contraste, a insanidade pode ser julgada como insana. Com a grandeza de Deus em você, você tem escolhido ser pequeno e lamentar a sua pequenez.

Dentro do sistema que DITOU essa escolha, o lamento É inevitável. A sua pequenez é ACEITA* GRATUITAMENTE nesse sistema e você NÃO pergunta quem decidiu que seja assim. A pergunta é sem significado DENTRO do sistema de pensamento do ego, porque ela ABRE AO QUESTIONAMENTO TODO O SISTEMA DE PENSAMENTO. Nós dissemos antes que o ego não sabe o que é uma pergunta real.

*FIP T-9.VII.6:7 – versão em Português.

A falta de conhecimento de QUALQUER tipo é SEMPRE associada à uma recusa em conhecer e isso produz uma TOTAL falta de conhecimento, simplesmente porque o CONHECIMENTO é total. NÃO questionar a sua pequenez é, portanto, negar TODO o conhecimento e manter intacto TODO o sistema de pensamento do ego.

Você não pode reter PARTE de um sistema de pensamento, porque ele pode SER questionado apenas em seu fundamento. E isso TEM QUE ser questionado de um ponto além do sistema, porque DENTRO dele, o seu fundamento DE FATO se mantém. O Espírito Santo julga contra a realidade do sistema de pensamento do ego simplesmente porque conhece que o seu FUNDAMENTO não é verdadeiro. Portanto, nada que surja a partir dele SIGNIFICA coisa alguma. O Espírito Santo julga cada uma das crenças que você mantém em termos da origem que ela tem. Se vem de Deus, Ele conhece que ela é verdadeira. Se não vem, Ele conhece que ela não tem significado.

Sempre que você questionar o seu próprio valor, diga:

‘O próprio Deus é incompleto sem mim.’

Lembre-se disso quando o ego falar e você não o ouvirá. A verdade sobre VOCÊ é tão elevada que coisa alguma que não seja digna de Deus é digna de você. Escolha, então, o que você quer nesses termos e não aceite nada que você não queira oferecer a Deus como totalmente adequado para ELE, pois VOCÊ não quer nenhuma outra coisa. Devolva a sua parte a Deus e Ele lhe dará tudo de Si Mesmo, em troca da devolução do que pertence a Ele e O torna completo.”

A Vontade de Deus para – a Filiação – é a felicidade perfeita AGORA. Considere, então, que nessa Vontade Conjunta, vocês ESTÃO todos unidos e SOMENTE NISSO. Haverá desacordo em qualquer outra coisa, mas NÃO nisso. Aqui, então, é onde a paz HABITA.

Urtext – Manual de Professores

(Como os Professores de Deus lidam com os Pensamento Mágicos de Seus Alunos? cont.,)

“Mas qual será agora a tua reação a todos os pensamentos mágicos? Eles só podem redespertar a culpa adormecida, que ocultaste, mas não soltaste. Cada um diz claramente à tua mente assustada: ‘Tu usurpaste o lugar de Deus. Não penses que Ele esqueceu.’ Aqui temos o medo de Deus mais nitidamente representado. Pois nesse pensamento, a culpa já ergueu a loucura ao trono do próprio

Deus. E, agora, não há nenhuma esperança. A não ser matar. Aqui está a salvação agora. Um pai enraivecido persegue o seu filho culpado. É Matar ou ser morto, pois a escolha está apenas nisso. Além dessa, não há nenhuma, pois o que foi feito não pode ser desfeito. A mancha de sangue nunca poderá ser removida e qualquer um que carregue essa mancha em si mesmo não pode deixar de encontrar a morte.

De encontro a essa situação sem esperança, Deus envia os Seus professores. Eles trazem a luz da esperança do próprio Deus. Há um caminho através do qual é possível escapar. Tal caminho pode ser aprendido e ensinado, mas isso requer paciência e disponibilidade abundante. Quando isso é dado, a simplicidade manifestada na lição se destaca como uma intensa luz branca contra um horizonte negro, pois é isso que ela é. Se a raiva decorre de uma interpretação e não de um fato, ela nunca é justificável. Uma vez isto percebido, mesmo que vagamente, o caminho está aberto. Agora, é possível dar o próximo passo. A interpretação pode ser mudada afinal. Pensamentos mágicos não têm que conduzir à condenação, pois realmente não têm o poder de fazer surgir a culpa. E assim podem não ser vistos e, portanto, esquecidos no sentido mais verdadeiro.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 126

“’Tudo o que dou é dado a mim mesmo.’

A ideia de hoje, completamente alheia ao ego e ao pensamento do mundo, é crucial para a reversão de pensamento que esse curso trará. Se acreditasses nesta declaração, o perdão completo, a certeza da meta e a orientação segura não seriam nenhum problema. Compreenderias o meio pelo qual a salvação vem a ti e não hesitarias em usá-la agora.

Vamos considerar o que acreditas no lugar dessa ideia. Parece-te que as outras pessoas estão à parte de ti e que são capazes de comportarem-se de maneira que não têm relação com os teus pensamentos, e nem os seus com os teus. Portanto, as tuas atitudes não têm nenhum efeito sobre elas e os seus pedidos de ajuda não têm nenhuma relação com os teus. Pensas também que elas podem pecar sem que isso afete a tua percepção de ti mesmo, enquanto tu podes julgar o seu pecado e ainda assim permanecer à parte da condenação e em paz.

Quando ‘perdoas’ um pecado, não há nenhum ganho para ti diretamente. Fazes caridade para alguém que é indigno, apenas para indicar que tu és melhor e que te achas num plano superior ao daquele a quem estás perdoando. Ele não ganhou a tua tolerância caridosa, que concedes a alguém que não é digno da dádiva, pois os seus pecados o reduziram a uma condição abaixo da verdadeira igualdade contigo. Ele não tem direito ao teu perdão. Esse oferece a ele uma dádiva, mas nada para ti mesmo.

Dessa forma, o perdão é basicamente falho; é um capricho caridoso, benevolente mas imerecido, uma dádiva ora concedida, ora negada. Como ele é imerecido é justo negá-lo e não é justo que devas sofrer quando ele é negado. O pecado que perdoas não é o teu próprio. Alguém à parte de ti o cometeu. E se fores indulgente para com ele, dando-lhe o que ele não merece, a dádiva não é tua, assim, como não era teu o seu pecado.

Se isso for verdadeiro, o perdão não tem base em que se apoiar com confiança e segurança. É uma excentricidade na qual tu, às vezes, escolhes dar indulgentemente uma trégua imerecida. Entretanto, ficas com o teu direito de não deixar que o pecador escape ao pagamento que é justificado pelo seu pecado. Pensas que o Senhor do Céu permitiria que a salvação do mundo dependesse disso? O Seu cuidado por ti não seria de fato pequeno se a tua salvação se baseasse num capricho?

Tu não compreendes o perdão. Tal como o vês, ele é apenas uma repressão do ataque aberto, sem exigir correção na tua mente. Tal como o percebes, ele não pode te dar paz. Não é um meio para liberar-te daquilo que vês em alguém que não é o que tu és. Não tem o poder de restaurar a tua unidade com ele na tua consciência [no nível da realidade; awareness]. Não é o que Deus pretendia que fosse para ti.

Não tendo Lhe dado a dádiva que Ele te pede, não podes reconhecer as Suas dádivas e pensas que Ele não as deu. Mas, pedir-te-ia Ele uma dádiva a menos que ela fosse para ti? Poderia Ele contentar-Se com gestos vazios e avaliar essas dádivas tão mesquinhas como dignas do Seu Filho? A salvação é uma dádiva melhor do que essa. E o verdadeiro perdão, como meio pelo qual é obtida, tem que curar a mente que dá, pois dar é receber. Aquilo que permanece sem ser recebido não foi dado, mas o que foi dado não pode deixar de ser recebido.

Hoje, tentamos compreender a verdade segundo a qual o doador e o receptor são o mesmo. Precisarás de ajuda para fazer com que isso seja significativo, por ser tão alheio aos pensamentos aos quais estás acostumado. Mas a Ajuda de que precisas está aqui. Hoje, dá-Lhe tua fé e pede-Lhe que compartilhe da tua prática da verdade. E se apenas captares um diminuto vislumbre da liberação que há na ideia que praticamos hoje, esse era um dia de glória para o mundo.

Dá quinze minutos duas vezes hoje à tentativa de compreender a ideia deste dia. É o pensamento através do qual o perdão toma o seu lugar entre as tuas prioridades. É o pensamento que liberará a tua mente de todas as barreiras contra o significado do perdão e deixará que reconheças o seu valor para ti.

Em silêncio, fecha os olhos sobre o mundo que não compreende perdão e busca santuário no lugar quieto em que os pensamentos são mudados e as falsas crenças postas de lado. Repete a ideia de hoje e pede ajuda para compreenderes o que ela realmente significa. Que estejas disposto a ser ensinado. Fica contente por ouvir a Voz da verdade e da cura falar contigo e compreenderás as palavras que Ele diz e reconhecerás que Ele te diz as tuas próprias palavras.

Lembra-te sempre que puderes que hoje tens uma meta, um objetivo que faz com que esse dia seja especialmente valioso para ti e para todos os teus irmãos. Não deixes a tua mente esquecer-se dessa meta por muito tempo, mas dize a ti mesmo:

‘Tudo o que dou é dado a mim mesmo. A ajuda que preciso para aprender que isso é verdadeiro está comigo agora. E confiarei Nele.’

Em seguida, passa um momento em quietude abrindo a tua mente para a Sua correção e o Seu amor. E o que ouvires Dele, tu acreditarás, pois o que Ele dá será recebido por ti.”

—–

DIA 127

Grandeza versus Grandiosidade

“A grandeza é de Deus e SOMENTE dEle. Portanto, está em você. Sempre que você vem a estar ciente disso, mesmo que vagamente, você abandona o ego automaticamente, porque na presença da grandeza de Deus, a falta de significado do ego vem a ser perfeitamente aparente. Embora não entenda isso, o ego acredita que o seu ‘inimigo’ atacou e tenta oferecer dádivas para induzir você a retornar para a sua proteção. A auto adulação é a única oferta que o ego pode fazer. A grandiosidade do ego é a alternativa que ele tem para a grandeza de Deus. Qual das duas você escolherá?

A grandiosidade é SEMPRE um disfarce para o desespero. É sem esperança, porque não é real. É uma tentativa de neutralizar a sua pequenez, com base na crença de que a pequenez é real. SEM essa crença, a grandiosidade não tem significado e você não poderia QUERÊ-LA. A essência da grandiosidade é a competitividade, pois SEMPRE envolve ATAQUE. É uma tentativa delusória de SUPERAR, mas NÃO de DESfazer. Nós dissemos antes que o ego oscila entre a suspeita e a perversidade. Ele permanece suspeitando enquanto você DESESPERA de si mesmo. Ele muda para a maldade sempre que você não tolera o auto abatimento e busca alívio. Em seguida, oferece a você a ilusão do ATAQUE como uma solução.

O ego não sabe a diferença entre grandeza e grandiosidade, porque o ego não sabe a diferença entre os impulsos para os milagres e as suas próprias crenças alienadas. Nós dissemos uma vez que o ego ESTÁ ciente da ameaça a si mesmo, mas NÃO faz distinções apropriadas entre dois tipos TOTALMENTE diferentes de ameaça à sua existência. O seu próprio senso PROFUNDO de vulnerabilidade o torna incapaz de julgar, EXCETO em termos de ataque. Quando o ego experiencia uma ameaça, a sua ÚNICA decisão é atacar AGORA ou recuar para atacar mais tarde. Se você ACEITA a sua oferta de grandiosidade, o ego atacará imediatamente. Se você não aceita isso, ele esperará.

O ego fica imobilizado na presença da grandeza de Deus, porque a grandeza DELE estabelece a SUA liberdade. Mesmo o mais leve indício de sua realidade literalmente afasta o ego de sua mente, devido à total falta de investimento nele. A grandeza é totalmente SEM [DESPROVIDA DE] ilusão e, por ser real, é irresistivelmente convincente. Entretanto, a convicção da realidade não PERMANECERÁ com você, A NÃO SER QUE VOCÊ NÃO PERMITA QUE O EGO A ATAQUE.

O ego fará todos os esforços para se recuperar e mobilizar as suas energias CONTRA a sua liberação. Ele dirá que você é insano e argumentará que a grandeza NÃO PODE ser uma parte real de você, por causa da pequenez na qual ele acredita. No entanto, a sua grandeza NÃO é delusória, PORQUE NÃO FOI VOCÊ QUE A FEZ. VOCÊ fez a grandiosidade e tem medo dela, porque é uma forma de ATAQUE. Mas a sua grandeza é de Deus, Que a criou a partir do Seu Amor.

Da tua grandeza você só pode abençoar, porque a sua grandeza é a sua ABUNDÂNCIA. Ao abençoar, você a mantém em sua mente, protegendo-a das ilusões e mantendo a si mesmo na Mente de Deus.

Lembre-se sempre de que você não pode estar em nenhum outro lugar EXCETO na Mente de Deus. Quando você ESQUECER disso, você se DESESPERARÁ [porque é a sua vontade; jogo com a palavra WILL] e ATACARÁ [o mesmo…]. O ego depende APENAS da sua disponibilidade para tolerá-lo. Mas se você está disposto a contemplar a sua grandeza, você NÃO PODE se desesperar e, portanto, não pode QUERER o ego. A sua grandeza é a RESPOSTA de Deus para o ego, porque é verdadeira. Pequenez e grandeza não podem coexistir, nem é possível que elas se alternem em sua consciência no nível da realidade [awareness]. A pequenez e a grandiosidade podem e TÊM QUE alternar-se, pois ambas não são verdadeiras e, portanto, estão no mesmo plano. Sendo esse o nível da variação, ele é experienciado como variável e os extremos são as suas características essenciais.

Mas a verdade e a pequenez NEGAM-SE uma à outra e a grandeza É a verdade. A verdade não vacila; é SEMPRE verdadeira. Quando a grandeza escapa de você, VOCÊ A TEM SUBSTITUIDA POR ALGO QUE VOCÊ TEM FEITO. Talvez seja a crença na pequenez; talvez seja a crença na grandiosidade. Entretanto, ela TEM QUE ser insana, porque NÃO É VERDADEIRA. A sua grandeza NUNCA decepcionará você, mas as suas ilusões SEMPRE o farão. As ilusões SÃO enganos.

Você NÃO PODE triunfar, mas você É exaltado. E em seu estado exaltado, você busca outros como você e se regozija com eles. É fácil distinguir a grandeza da grandiosidade simplesmente porque o amor é retribuído, mas o orgulho não. O orgulho não produzirá milagres e, portanto, privará você das verdadeiras testemunhas de sua realidade. A verdade não é obscura nem está escondida, mas a sua obviedade para VOCÊ está na alegria que você traz para as suas testemunhas, QUE A MOSTRAM A VOCÊ. Elas atestam a sua grandeza, mas não podem atestar o orgulho porque o orgulho não é compartilhado”.

Lembre-se sempre de que você não pode estar em nenhum outro lugar EXCETO na Mente de Deus.”

Urtext – Manual de Professores

(Como os Professores de Deus lidam com os Pensamento Mágicos de Seus Alunos? cont.,)

“A loucura apenas parece terrível. Na verdade, não tem poder para fazer coisa nenhuma. Como a mágica, que vem a ser sua serva, ela não ataca nem protege. Vê-la e reconhecer seu sistema de pensamento é olhar para o nada. Pode o nada fazer surgir a raiva? Dificilmente. Lembra-te, então, professor de Deus, de que a raiva toma conhecimento de uma realidade que não existe; no entanto, a raiva é uma testemunha certa de que tu acreditas nela como um fato. Agora, escapar é impossível até que vejas que respondeste à tua própria interpretação, que tu projetaste sobre o mundo exterior. Deixa que essa espada sombria seja afastada de ti agora. A morte já não existe. Essa espada não existe. Não há causa para o medo de Deus. Mas o Seu Amor é a Causa de todas as coisas que estão além de todo o medo e, assim, para sempre real e para sempre verdadeiro.

(Fim de Como os Professores de Deus lidam com os Pensamento Mágicos de Seus Alunos?)”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 127

“’Não há nenhum amor exceto o de Deus.’

Talvez penses que diferentes tipos de amor são possíveis. Talvez penses que há um tipo de amor para isso, outro para aquilo, um modo de amar uma pessoa e ainda um modo de amar uma outra. O amor é um. O amor não tem partes separadas, nem intensidades diferentes, nele não há tipos ou níveis, divergências ou distinções. Ele é como ele mesmo, inteiramente imutável. Nunca se altera com uma pessoa ou com uma circunstância. Ele é o Coração de Deus e também o de Seu Filho.

O significado do amor é obscuro para aquele que pensa que o amor pode mudar. Ele não vê que um amor mutável tem que ser impossível. E assim, pensa que pode amar às vezes e às vezes odiar. Ele também pensa que o amor pode ser dado a um e negado a outros e ainda assim permanecer sendo o que é. Acreditar nessas coisas sobre o amor é não compreendê-lo. Se o amor pudesse fazer tais distinções, teria que julgar entre o justo e o pecador e perceber o Filho de Deus em partes separadas.

O amor não pode julgar. Sendo um em si mesmo, ele olha para tudo como um só. O seu significado está na unicidade. E tem que eludir a mente que o considera parcial ou em partes. Não há nenhum amor exceto o de Deus e todo o amor é Dele. Não há outro princípio que domine onde o amor não está. O amor é uma lei sem opostos. A sua integridade é o poder que mantém todas as coisas unas, o elo entre o Pai e o Filho que mantém a Ambos para sempre como o mesmo.

Nenhum curso cujo propósito seja o de te ensinar a lembrar-te do que realmente és, poderia falhar em enfatizar que nunca poderia haver nenhuma diferença entre o que realmente és e o que é o amor. O significado do amor é o teu próprio, e é compartilhado pelo próprio Deus. Pois o que tu és, é o que Ele é. Não há nenhum amor a não ser o de Deus e o que Ele é, é tudo o que há. Nenhum limite é imposto a Ele e, assim, tu também és ilimitado.

Nenhuma lei que o mundo obedeça pode ajudar-te a apreender o significado do amor. O que o mundo acredita foi feito para esconder o significado do amor e para mantê-lo no escuro e secreto. Não há nenhum princípio que o mundo defenda que não viole a verdade do que é o amor e também do que tu és.

Não busques achar o teu Ser dentro desse mundo. O Amor não pode ser achado na escuridão e na morte. No entanto, ele é perfeitamente aparente aos olhos que vêem e os ouvidos que ouvem a Voz do amor. Hoje, praticamos fazer com que a tua mente seja livre de todas as leis que pensas ter que obedecer, de todos os limites sob os quais vives e de todas as mudanças que pensas serem parte do destino humano. Hoje, vamos dar o maior passo que esse curso requer no teu avanço em direção à meta que ele estabelece.

Hoje, se conseguires o menor vislumbre que seja do que o amor significa, terás percorrido uma distância imensurável e avançado no tempo mais do que se pode contar em anos para a tua liberação. Vamos juntos, então, ficar contentes em dar algum tempo a Deus hoje e compreender que o tempo não pode ser melhor utilizado.

Hoje por duas vezes, durante quinze minutos, escapa de todas as leis nas quais acreditas agora. Abre a tua mente e descansa. O mundo que parece manter-te prisioneiro não pode prender todo aquele que não lhe dá valor. Retira todo o valor que tens dado às suas parcas oferendas e às suas dádivas sem sentido, e deixa que a dádiva de Deus substitua a todas.

Chama pelo teu Pai, certo de que a Sua Voz responderá. Ele próprio prometeu isso. E Ele próprio depositará uma centelha de verdade no interior da tua mente toda vez que desistires de uma crença falsa, de uma ilusão escura a respeito da tua própria realidade e do que o amor significa. Ele brilhará hoje através dos teus pensamentos vãos e ajudar-te-á a compreender a verdade do amor. Com amorosa gentileza Ele habitará contigo à medida em que permitires que a Sua Voz ensine o significado do amor à tua mente limpa e aberta. E Ele abençoará a lição com o Seu Amor.

Hoje, a legião dos futuros anos de espera pela salvação desaparece diante da intemporalidade do que aprendes. Vamos dar graças hoje, por estarmos sendo poupados de um futuro como o passado. Hoje, deixamos o passado para trás, para nunca mais ser lembrado. E erguemos os olhos para um presente diferente, no qual desponta um futuro diverso do passado em todos os aspectos.

Na infância o mundo é recém-nascido. E vigiaremos para que ele cresça em saúde e força, para distribuir a sua bênção a todos aqueles que vêm aprender a pôr de lado o mundo que pensavam ter sido feito no ódio para ser o inimigo do amor. Agora, todos eles são libertados junto conosco. Agora, todos são nossos irmãos no Amor de Deus.

Lembrar-nos-emos deles ao longo do dia, pois não podemos deixar uma parte de nós fora do nosso amor se quisermos conhecer o nosso Ser. Pelo menos três vezes a cada hora, pensa em alguém que faz a jornada contigo e que veio para aprender o que tu tens que aprender. E quando ele vier à tua mente, dá a ele essa mensagem do teu ser:

‘Eu te abençoo, irmão, com o Amor de Deus, que eu quero compartilhar contigo. Pois eu quero aprender a lição feliz de que não há nenhum amor a não ser o de Deus e o teu e o meu e o de todos.’”

—–

Dia 128

“Deus QUER que você contemple o que Ele criou, porque essa é a Sua alegria. É possível que a sua grandeza seja arrogante, quando o PRÓPRIO Deus testemunha isso? E o que pode ser real que NÃO tenha testemunhas?

Que bem pode advir disso? E se nada de bom pode advir disso, o Espírito Santo não pode usá-lo. O que Ele não pode TRANSFORMAR na Vontade de Deus absolutamente não existe. A grandiosidade é delusória porque é usada para SUBSTITUIR a sua grandeza. No entanto, o que Deus criou não pode SER substituído.

Deus é incompleto sem você, simplesmente porque a Sua grandeza é total e você não pode ESTAR FALTANDO. Você é inteiramente insubstituível na Mente de Deus. Nenhuma outra pessoa pode preencher a sua parte nela e enquanto você deixa a sua parte vazia, o seu lugar eterno apenas espera pelo seu retorno. Deus, por meio da Sua Voz, lembra a você disso e o próprio Deus mantém as suas extensões a salvo dentro dele. Entretanto, VOCÊ não as conhece, até que você retorne PARA elas.

Você NÃO PODE substituir o Reino e não pode substituir a si mesmo. Deus, Que conhece o seu valor, não quer que seja assim e, por isso, NÃO é assim. O seu valor está na Mente de DEUS e, portanto, NÃO está apenas na sua. Aceitar a si mesmo tal como Deus criou você NÃO PODE ser arrogância, porque é a NEGAÇÃO da arrogância. Aceitar a sua pequenez É arrogante, porque significa que você acredita que a SUA avaliação de si mesmo é MAIS VERDADEIRA DO QUE a de DEUS. Mas se a verdade é indivisível, então a SUA avaliação de si mesmo TEM QUE SER de DEUS.

Você não ESTABELECEU o seu valor e ele não necessita de defesas. NADA pode atacá-lo ou prevalecer sobre ele. Ele não varia. Simplesmente É. Pergunte ao Espírito Santo O QUE ele é e Ele lhe dirá. Mas não tenha medo da Sua Resposta, porque ela vem de Deus. É uma resposta exaltada, por causa de sua Fonte. Mas a Fonte é verdadeira, assim como a Sua resposta. Ouça e não questione o que você ouve, pois Deus não engana. Ele quer que você substitua a crença do ego na pequenez pela Sua própria Resposta exaltada quanto ao que você é, de modo que você possa parar de questionar isso e a CONHEÇA assim como é.”

Deus é incompleto sem você, simplesmente porque a Sua grandeza é total e você não pode ESTAR FALTANDO. Você é inteiramente insubstituível na Mente de Deus.

A Abrangência Total da Criação

“NADA além de você mesmo pode fazer com que você tenha medo ou seja amoroso, porque nada HÁ além de você. O tempo e a eternidade estão ambos em sua mente e entrarão em conflito, até que você perceba o tempo ÚNICAMENTE como um meio de REAVER a eternidade. Você não pode fazer isso enquanto acreditar que TUDO o que acontece com você é causado por fatores EXTERNOS a você mesmo. Você tem que aprender que o tempo está à sua disposição e que nada no mundo pode tirar essa responsabilidade de você. Você pode VIOLAR as leis de Deus em sua imaginação, mas não pode escapar delas. Elas foram estabelecidas para a sua proteção e são tão invioláveis ​​quanto a sua segurança.

Deus nada criou além de você e nada além de você existe, pois você faz parte Dele. O que exceto Ele PODE existir? Nada ALÉM Dele pode acontecer, porque nada EXCETO Ele é real. As SUAS criações agregam a Ele, assim como VOCÊ. Mas nada é adicionado que seja diferente, porque todas as coisas sempre EXISTIRAM. O que pode transtornar você, exceto o efêmero e como o efêmero pode ser real, se você é a ÚNICA criação de Deus e Ele o criou eterno?

A sua santa vontade [mente] estabelece TUDO o que acontece com você. Cada resposta que você dá, a tudo que você percebe, depende de você, porque a sua vontade [mente] DETERMINA a sua percepção disso [das coisas].

Deus de fato não muda a Sua Mente acerca de VOCÊ, pois Ele não está incerto de SI MESMO. E o que Ele conhece PODE ser conhecido, porque Ele não sabe apenas para Si Mesmo. Ele CRIOU você para Ele Mesmo, mas Ele lhe deu o poder de criar para VOCÊ mesmo, de modo que você fosse COMO Ele. É por isso que a sua vontade [mente] é santa.

É possível que alguma coisa possa EXCEDER o amor de Deus? É possível que alguma coisa, então, exceda a vontade DE VOCÊ? Nada pode atingir você ALÉM dela, porque já que você é em Deus, VOCÊ abrange todas as coisas. Acredite nisso e você reconhecerá o quanto depende de você. Quando QUALQUER COISA ameaçar a paz da sua mente, pergunte a si mesmo:

‘Será que Deus mudou a Sua Mente a meu respeito?’

Então ACEITE a decisão Dele, pois ela é realmente imutável e recuse-se a mudar a sua mente sobre VOCÊ MESMO. Deus jamais decidirá CONTRA você, ou Ele estaria decidindo contra Si Mesmo.”

Urtext – Manual de Professores

19. COMO SE FAZ A CORREÇÃO?

“A correção de natureza duradoura – e só essa é a correção verdadeira – não pode ser feita enquanto o professor de Deus não deixar de confundir interpretação com fato, ou ilusão com verdade. Se ele discute com seu aluno sobre um pensamento mágico, se o ataca ou tenta demonstrar o erro ou a falsidade desse pensamento, não está fazendo outra coisa senão testemunhar a realidade disso. A depressão é, então, inevitável, pois ele ‘provou’, tanto para o seu aluno quanto para si mesmo, que a tarefa de ambos é escapar do que é real. E isto só pode ser impossível. A realidade é imutável. Pensamentos mágicos são apenas ilusões. De outro modo, a salvação não passaria do mesmo velho sonho impossível, apenas com outra forma. No entanto, o sonho da salvação tem novo conteúdo. Não é apenas na forma que está a diferença.

A maior lição dos professores de Deus é aprender como reagir aos pensamentos mágicos totalmente sem raiva. Só dessa forma podem eles proclamar a verdade sobre si mesmos. Através deles, o Espírito Santo pode agora falar da realidade do Filho de Deus. Agora, o Espírito Santo pode lembrar ao mundo a impecabilidade, a única condição que não foi mudada, a única condição imutável inerente a tudo o que Deus criou. Agora, pode falar do Verbo de Deus a ouvidos que escutam e trazer a visão de Cristo a olhos que vêem. Agora, está livre para ensinar a todas as mentes a verdade do que elas são, de modo a que se voltem para Ele com contentamento. E agora a culpa é perdoada, deixa de ser vista completamente no Seu modo de ver e no Verbo de Deus.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 128

“’O mundo que vejo não contém nada do que eu quero.’

O mundo que vês não te oferece nada do que precisas, nada que te possa ser de algum modo útil a ti e absolutamente nada que sirva para te dar alegria. Acredita nesse pensamento e serás salvo de anos de miséria, de inúmeros desapontamentos e de esperanças que se tornam amargas cinzas de desespero. Ninguém pode deixar de aceitar esse pensamento como verdadeiro, se quiser deixar o mundo para trás e elevar-se acima de suas mesquinhas dimensões e de seus caminhos curtos.

Aqui, cada coisa que valorizas não passa de uma corrente que te prende ao mundo e não servirá a nenhum outro fim senão esse. Pois tudo não pode deixar de servir ao propósito que tu lhe dás, até que vejas lá um propósito diferente. O único propósito digno da tua mente que o mundo contém é o de que passes por ele sem te deteres para perceber alguma esperança onde não há nenhuma. Não te enganes mais. O mundo que vês não contém nada do que queres.

Hoje, escapa das correntes que colocas na tua mente quando percebes a salvação aqui. Pois aquilo que valorizas, fazes com que seja parte de ti na tua percepção de ti mesmo. Todas as coisas que buscas para fazer com que o teu valor seja maior aos teus olhos te limitam ainda mais, escondem de ti o teu próprio valor e acrescentam mais um obstáculo diante da porta que conduz à verdadeira consciência do teu Ser.

Não deixes que nada que se relacione com pensamentos do corpo detenha o teu progresso em direção à salvação, nem permitas a tentação de acreditar que o mundo contém algo que queiras a fim de deter-te. Não há nada aqui para apreciar. Nada aqui vale um instante de atraso e de dor, um momento de incerteza e de dúvida. Aquilo que não tem valor nada oferece. A certeza acerca do que tem valor não pode ser achada onde não há valor algum.

Hoje praticamos abandonar todos os pensamentos acerca dos valores que temos dado ao mundo. Vamos deixá-lo livre dos propósitos que demos aos seus aspectos, suas fases e seus sonhos. Vamos mantê-lo sem propósito dentro de nossas mentes e soltá-lo de tudo o que desejamos que fosse. Assim erguemos as correntes que obstruem a porta pela qual temos que passar para que possamos nos libertar do mundo e vamos além de todos os pequenos valores e metas menores.

Aquieta-te e fica em paz por um momento e vê o quanto te ergues acima do mundo quando liberas a tua mente das correntes e a deixas buscar o nível em que se acha em casa. Ela ficará agradecida por ser livre por algum tempo. Ela conhece o seu lugar. Apenas liberta as suas asas e voará na certeza e na alegria para unir-se ao seu santo propósito. Deixa-a descansar no seu Criador para que seja restaurada à sanidade, à liberdade e ao amor.

Dá-lhe dez minutos de descanso por três vezes hoje. E depois quando os teus olhos se abrirem, não valorizarás coisa alguma do que vires tanto quanto da última vez que olhaste para ela. Toda a tua perspectiva do mundo se deslocará um pouco mais a cada vez que deixares a tua mente escapar de suas correntes. O mundo não é o seu lugar. E o teu lugar é aonde ela quer estar, aonde vai descansar quando a liberas do mundo. O teu Guia é seguro. Abre a tua mente para Ele. Aquieta-te e descansa.

Protege a tua mente ao longo do dia também. E quando pensares que vês algum valor em um aspecto ou em uma imagem do mundo, recusa-te a colocar essa corrente sobre a tua mente, mas dize a ti mesmo com serena certeza:

‘Não serei tentado a me atrasar por isso. O mundo que vejo não contém nada do que eu quero.’”

—–

Imagem gaith-shalan-rnlesQiCDrs-unsplash.jpg – 3 de dezembro de 2022

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x