Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 180

“Filho abençoado de um Pai pleno de bençãos, a alegria foi criada PARA você. Quem pode condenar aquele a quem Deus abençoou? Não há nada na Mente de Deus que não compartilhe a Sua brilhante inocência. A criação é a extensão natural da pureza perfeita. O seu único chamado aqui é para você dedicar a si mesmo, com ativa disponibilidade, à negação da culpa em TODAS as suas formas. Acusar É NÃO ENTENDER. Os aprendizes felizes da Expiação vêm a ser os professores da inocência que é o DIREITO de tudo o que Deus criou. Não negue a eles o que lhes é devido, pois você não negará isso apenas a eles.

A herança do Reino é o direito do Filho de Deus, dado a ele em sua criação. Não tente roubá-la dele, ou você pedirá a culpa e a experienciará. PROTEJA a sua pureza de todo pensamento que possa roubá-la e mantê-la longe de sua vista. TRAGA A INOCÊNCIA À LUZ, em resposta ao chamado da Expiação. Nunca permita que a pureza permaneça oculta, mas faça brilhar os pesados ​​véus da culpa, dentro dos quais o Filho de Deus se escondeu da sua própria vista.

Nós estamos todos unidos na Expiação aqui e nada mais pode nos unir nesse mundo. Assim desaparecerá o mundo da separação e a comunicação plena será restaurada entre o Pai e o Filho. O milagre reconhece a inculpabilidade que TEM QUE ter sido negada, para produzir a NECESSIDADE da cura. Não recuse esse alegre reconhecimento, pois nele reside a esperança da felicidade e a liberação de todo tipo de sofrimento. Quem não quer senão ficar livre da dor? Ele pode ainda não ter aprendido COMO trocar a sua culpa pela inocência, nem ter reconhecido que APENAS nessa troca a libertação da dor pode vir a ser sua. Ensine a ele que é assim. Entretanto, aqueles que falharam em aprender necessitam DE ENSINO, NÃO DE ataque. Atacar aqueles que têm necessidade de ensinamento é deixar de aprender COM eles.

Os professores da inocência, cada um a seu modo, uniram-se, assumindo a sua parte no currículo unificado da Expiação. Não há unidade de objetivos de aprendizagem além disso. Não há conflito nesse currículo, que tem UM objetivo, não importa qual seja a maneira como é ensinado. Cada esforço feito em seu nome é oferecido com o propósito único de LIBERAR-SE da culpa, para a glória eterna de Deus e de Sua criação. E todo ensinamento que aponta para isso aponta diretamente para o Céu e para a paz de Deus. Não há nenhuma dor, nenhum julgamento, nenhum medo que esse ensinamento não consiga superar. O poder do próprio Deus apoia esse ensinamento e GARANTE os seus resultados sem limites.

Una os seus próprios esforços ao Poder que não pode falhar e TEM QUE resultar na paz. Ninguém deixa de ser tocado por um ensinamento como esse. Você não verá a si mesmo ALÉM do poder de Deus se você ensinar apenas isso. Você NÃO estará isento do efeito dessa santíssima lição, que busca apenas restaurar o que é o direito da criação de Deus. De cada um a quem você concede liberação da culpa, você INEVITAVELMENTE aprenderá a SUA inocência. O círculo da Expiação não tem fim. E você achará uma confiança cada vez maior em sua inclusão segura no círculo que cada um que você trouxer para dentro da sua segurança e da sua paz perfeita.

Que a paz, então, esteja com todos aqueles que vêm a ser professores da paz. Pois a paz é o reconhecimento da pureza perfeita, da qual ninguém está excluído. Dentro do seu círculo santo, estão todos aqueles que Deus criou como Seu Filho. A alegria é o seu atributo unificador, sem deixar ninguém do lado de fora, para sofrer pela culpa sozinho. O poder de Deus atrai todas as pessoas ao seu abraço seguro de amor e união.

Permaneça em quietude dentro desse círculo e atraia todos os que acreditam estar fora para se juntarem a você. É dado a você atrair todas as mentes torturadas para que se unam a você, na segurança da sua paz e da sua santidade. Permaneça comigo dentro dele [círculo], como professores da Expiação, NÃO da culpa.

Bem-aventurados sejais, vós que ensinais comigo. O nosso poder não vem de nós, mas de nosso Pai. Na inculpabilidade nós O conhecemos, assim como Ele nos conhece sem culpa. Eu estou dentro do círculo, chamando VOCÊ para a paz. Ensine a paz comigo e fique comigo em terra santa. Lembre-se por todas as pessoas do poder do seu Pai, que Ele lhes deu. Não acredite que você não pode ensinar a Sua paz perfeita.

Não fique do lado de fora, mas una-se a mim do lado de dentro. Não falhe no único propósito para o qual o MEU ensinamento o chama. Devolva a Deus o Seu Filho, assim como Ele o criou, ensinando-lhe a sua inocência.

A crucificação não tomou parte na Expiação. Apenas a Ressurreição veio a ser a minha parte nele. ESSE é o símbolo da LIBERAÇÃO da culpa, pela inculpabilidade. Aquele que você percebe como culpado, você quer crucificar. No entanto, você RESTAURA a inculpabilidade a todo aquele a quem você VÊ sem culpa.

A crucificação é SEMPRE o objetivo do ego. O ego VÊ A TODOS COMO CULPADOS e ATRAVÉS DA sua condenação, O EGO QUER MATAR. O Espírito Santo vê apenas a inculpabilidade e, em Sua gentileza, Ele quer LIBERAR do medo e restabelecer o reinado do amor. O poder do amor está em Sua gentileza, que é de Deus e, portanto, não pode crucificar, nem sofrer crucificação. O templo que você restaura vem a ser o SEU altar, pois foi reconstruído através de VOCÊ. E tudo o que você dá a Deus É seu. Assim Ele cria e assim VOCÊ tem que restaurar.

Cada um que você vê, coloca dentro do círculo santo da Expiação, ou deixa-o do lado de fora, julgando-o merecedor da crucificação ou da redenção. Se você o trouxer para dentro do círculo de pureza, você descansará lá COM ele. Se você deixá-lo do lado de fora, é lá que você SE JUNTARÁ a ele lá. Não julgue, a não ser na quietude que NÃO vem de você. Recuse-se a aceitar alguém como SEM a bênção da Expiação e traga-o PARA DENTRO dela abençoando-o. A santidade TEM QUE ser compartilhada, pois dentro dela reside tudo o que a faz santa. Venha com contentamento para o círculo santo e olhe para fora em paz, para todos aqueles que pensam que estão do lado de fora. Não expulse ninguém, pois aqui está o que CADA UM busca junto com você. Venha, juntemo-nos a ele no santo lugar da paz, que é onde todos nós devemos estar, unidos como um só, dentro da causa da paz.”

O milagre reconhece a inculpabilidade que TEM QUE ter sido negada, para produzir a NECESSIDADE da cura. Não recuse esse alegre reconhecimento, pois nele reside a esperança da felicidade e a liberação de todo tipo de sofrimento.”

Urtext – DÁDIVAS DE DEUS

4. A Nossa Dádiva para Deus

“Não há dádiva de fé que Deus não aceite com gratidão. Ele ama o Seu Filho. E como Ele dá as Suas dádivas a ele, Ele também é grato pelas dádivas que o Seu Filho Lhe dá. A gratidão é a canção do Céu, a única harmonia de toda a criação como uma só com o seu Criador. Pois a gratidão é o amor expresso na união; a condição prévia necessária para a extensão e o pré-requisito para a paz. E quem pode estar em conflito e amar a Deus?

Nós temos discutido as dádivas de Deus com você. Agora nós temos que falar também daquelas [dádivas] que você pode dar a Ele. Pois são elas que fazem com que a Sua doação seja completa, assim como as Dele para você que faz com que você seja íntegro. Dar é alegria e santidade e cura espiritual [healing]. Aqui está a sua resposta para o mundo e a de Deus também. Pois aqui é que você se une com Ele, Sua semelhança sendo sua apenas nisso.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 180

“’Deus é só Amor e, portanto, eu também.’

Lição 169. ‘Pela graça vivo. Pela graça sou liberado.’

‘Deus é só Amor e, portanto, eu também.’

Lição 170. ‘Não há crueldade em Deus e nem em mim.’

‘Deus é só Amor e, portanto, eu também.’”

—–

Dia 181

Fora da Escuridão

A jornada que nós empreendemos juntos é a mudança da escuridão para a luz, da ignorância para o entendimento. NADA QUE VOCÊ ENTENDA É TEMÍVEL. É apenas na escuridão e na ignorância que você percebe o que é assustador e você se refugia indo mais fundo na escuridão.

E, no entanto, só o que está oculto PODE aterrorizar, NÃO pelo que É, mas POR estar escondido. O obscuro é assustador, PORQUE você não entende o seu significado. Se você o entendesse, ele ficaria claro e você já não estaria mais no escuro. Nada pode ter um valor OCULTO, pois o que está oculto NÃO PODE ser compartilhado e, portanto, o seu valor é desconhecido. Aquilo que está oculto é MANTIDO À PARTE, mas o valor SEMPRE está na apreciação conjunta. O que está oculto NÃO PODE ser amado e, portanto, TEM QUE ser temido.

A luz tranquila na qual o Espírito Santo habita dentro de você é apenas uma abertura perfeita, na qual nada está oculto e, portanto, nada é amedrontador. O ataque SEMPRE cederá ao amor, se for trazido AO amor e não escondido do amor. Não há escuridão que a luz do amor não dissipe, a não ser que seja escondida da beneficência do amor. O que é MANTIDO À PARTE do amor NÃO PODE compartilhar o seu poder de cura, porque tem estado separado e MANTIDO NA ESCURIDÃO. As sentinelas das trevas o vigiam cuidadosamente e você, que fez esses guardiões de ilusões a partir do nada, agora tem MEDO deles.

Você quer continuar a dar poder imaginário a essas estranhas ideias de segurança? Elas não são nem seguras nem inseguras. Elas não protegem, NEM ATACAM. Elas nada FAZEM em absoluto, não SENDO absolutamente nada. Como guardiões da escuridão e da ignorância, olhem para elas APENAS pelo medo, pois o que elas mantêm obscuro É o medo. No entanto, deixe-os ir e o que era amedrontador, não o será mais. Sem a proteção da obscuridade, APENAS a luz do amor permanece, pois somente ela TEM significado e PODE viver na luz. Todo o resto TEM QUE desaparecer.

A morte rende-se à vida, simplesmente porque a destruição NÃO É VERDADEIRA. A luz da inculpabilidade ilumina dissipando a culpa porque, quando elas são REUNIDAS, a verdade de uma TEM QUE tornar a falsidade da sua OPOSTA perfeitamente clara. Não mantenha a culpa e a inculpabilidade SEPARADAS, pois a sua crença em que você pode TER AMBAS não tem significado. Tudo o que você tem feito por mantê-las separadas foi fazer com que PERDESSEM O SEU SIGNIFICADO, confundindo uma com a outra. E assim você não reconhece que apenas uma delas significa QUALQUER COISA e a outra é totalmente sem sentido de QUALQUER tipo.

Você tem interpretado a separação como um meio que você criou para INTERROMPER a sua comunicação com o seu Pai. O Espírito Santo a re-interpreta como um meio de restabelecer o que NÃO foi interrompido, mas foi tornado obscurecido. Todas as coisas que você fez têm utilidade para Ele, para o Seu propósito mais santo. Ele TEM O CONHECIMENTO de que você não está separado de Deus, mas percebe muitas coisas em sua mente que permitem que você PENSE que está. Tudo isso e nenhuma outra coisa é o que Ele quer separar de você. Ele quer ensinar a você como usar a seu favor o poder de decisão, que você fez, NO LUGAR do poder de criação. Vocês que fizeram isso para crucificarem a si mesmos, têm que aprender com Ele como aplicá-lo à santa causa da restauração.

Você que fala através de símbolos obscuros e tortuosos, não entende a linguagem que você fez. Ela não TEM significado, pois o seu propósito NÃO é a comunicação, mas sim, a INTERRUPÇÃO da comunicação. Se o propósito da linguagem É a comunicação, como essa língua pode significar QUALQUER COISA? No entanto, mesmo esse esforço estranho e distorcido de se comunicar através de NÃO comunicar, contém amor suficiente para FAZER COM QUE ELE SEJA SIGNIFICATIVO, SE O SEU INTÉRPRETE NÃO É O SEU AUTOR. Você que fez isso está apenas expressando CONFLITO, do qual o Espírito Santo quer LIBERAR você. Entregue a Ele o que você quer comunicar. Ele interpretará isso para você com perfeita clareza, pois Ele conhece com Quem você ESTÁ em perfeita comunicação.

Você não sabe o que diz e, portanto, não sabe o que lhe dizem. No entanto, o seu Intérprete percebe o significado em sua linguagem estrangeira. Ele não tentará comunicar o que não tem significado. Mas Ele SEPARARÁ [porque é a sua vontade; jogo com a palavra WILL (vontade), em WILL separate] todas as coisas que TÊM significado, descartando todo o resto e oferecendo a sua verdadeira comunicação para aqueles que querem se comunicar verdadeiramente COM você. VOCÊ FALA DUAS LÍNGUAS AO MESMO TEMPO e isso TEM QUE levar à ininteligibilidade. Entretanto, se uma delas não significa nada e a outra TUDO, apenas essa última é possível para os propósitos da comunicação. A outra só INTERFERE com ela.

A função do Espírito Santo é INTEIRAMENTE comunicação. Ele, portanto, TEM QUE remover qualquer coisa que INTERFERE com a comunicação, a fim de RESTAURÁ-LA. Portanto, não mantenha nenhuma fonte de interferência longe de Sua vista, pois Ele NÃO atacará as suas sentinelas. Apenas traga-as a Ele e deixe que a Sua gentileza lhe ensine que, trazidas à luz, elas não são amedrontadoras e NÃO PODEM servir para guardar as portas escuras por trás das quais absolutamente nada é cuidadosamente escondido. Nós temos que abrir todas as portas e deixar que a luz entre como um rio. Não há câmaras escondidas no Templo de Deus. As suas portas estão escancaradas, para saudar o Seu Filho. Ninguém pode deixar de vir aonde Deus o chamou, se ele mesmo não fechar a porta para as boas-vindas de Seu Pai”.

Urtext – DÁDIVAS DE DEUS (Nossa Dádiva para Deus, cont.,)

Como você pode dar Àquele Que não tem falta, que não tem necessidade, que não é vazio, que não tem nenhum lugar escuro que necessite de uma luz que você possa oferecer a Ele? Ele guarda as dádivas de você por você. Ele não conhece nada de dar e de receber. O que é amor, ou vem do amor, ou oferece amor uma dádiva, é um só para Ele porque isso é Dele. Para Ele e a partir Dele não são diferentes para Aquele Que não tem opostos. Pois o amor é tudo que há e todas as coisas que há. Uma dádiva para amar é dada a todas as pessoas, sem diminuir aquele que dá, nem na verdade acrescentar para aquele que recebe. Mais do que o amor não pode haver. Entretanto, isso vem a ser uma dádiva se isso é verdadeiramente dado e recebido por ambos para ambos que conhecem que eles são um só:

uma chave para o silêncio e a paz de Deus,
um alegre reconhecimento do amor de Cristo,
uma saudação para ajuda do Espírito Santo,
um convite para que Ele entre
e eleve o Filho de Deus para Si Mesmo.

O que mais Deus teria de mais caro do que isso? Essas são as dádivas Dele tanto quanto elas são as suas, pois nelas aquele que dá e aquele que recebe se unem. Uma dádiva é santa apenas quando não há noção de quem ganhará com ela e nem a sombra de um pensamento de perda. Não é fácil no mundo conhecer o que significa dar e como dar uma dádiva que Deus e toda a criação aceitarão como brilhando para fora de um coração agradecido e para dentro na direção do altar de seu Deus.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

“As nossas próximas lições têm a finalidade especial de fortalecer a tua disponibilidade para tornar mais firme o teu fraco comprometimento e unir as tuas metas esparsas em uma única intenção. Uma constante e total dedicação ainda não te é pedida. Mas te é pedido agora que pratiques com o intuito de alcançar a sensação de paz que esse comprometimento unificado te proporcionará, ainda que de modo intermitente. É a experiência disso que garante que dedicarás toda a tua vontade a seguir o caminho que o curso propõe.

Agora, as nossas lições são orientadas especificamente para ampliar e abordar de forma direta os bloqueios especiais que mantêm a tua visão estreita e por demais limitada para deixar-te ver o valor da nossa meta. Procuramos, agora, erguer esses bloqueios ainda que por breves momentos. As palavras, por si só, não podem transmitir a sensação de liberação que o fato de erguê-los te trará. Mas a experiência de liberdade e de paz que vem quando desistes do rigoroso controle daquilo que vês, fala por si mesma. A tua motivação se intensificará de tal forma que as palavras passarão a ter pouca importância. Terás certeza de que queres e do que não tem valor.

E assim, iniciamos a nossa jornada para além das palavras, concentrando-nos em primeiro lugar naquilo que ainda impede o teu progresso. A experiência do que existe além da defensividade permanece fora de alcance enquanto for negada. Ela pode estar presente, mas não podes aceitar a sua presença. Por isso, agora tentamos ultrapassar todas as defesas durante alguns momentos a cada dia. Nada mais do que isso é pedido, pois nada mais é necessário. Isso será suficiente para garantir que o restante virá.”

Lição 181

“’Confio em meus irmãos, que são um comigo.’

Confiar nos teus irmãos é essencial para estabelecer e manter a tua fé na tua capacidade de transcender a dúvida e a falta de convicção em ti mesmo. Quando atacas um irmão, proclamas que ele é ilimitado pelo que percebeste nele. Tu não olhas além dos erros que ele faz. Pelo contrário, esses erros são ampliados e tornam-se bloqueios que obstruem para ti a tua conscientização do Ser Que está além dos teus próprios equívocos e além dos seus pecados aparentes, assim como dos teus.

A percepção tem um enfoque. É isso que dá consistência ao que vês. Apenas muda esse enfoque e o que contemplas mudará consequentemente. A tua visão agora se deslocará para apoiar a intenção que substituiu aquela que tinhas antes. Retira o teu enfoque dos pecados do teu irmão e experimentarás a paz que vem da fé na impecabilidade. Essa fé recebe o seu único apoio seguro daquilo que vês nos outros além dos pecados. Pois os equívocos que eles cometem, se focalizados, são testemunhos dos pecados em ti. E não transcenderás esse modo de vê-los e não verás a impecabilidade que está além.

Portanto, ao praticarmos no dia de hoje, primeiro deixaremos todos esses pequenos enfoques darem lugar à nossa grande necessidade de permitir que a nossa impecabilidade se torne aparente. Instruímos as nossas mentes de que é isso o que buscamos e só isso, por apenas um momento. Não nos importamos com as nossas metas futuras. E o que vimos no instante anterior nos é indiferente durante esse intervalo de tempo em que praticamos mudar a nossa intenção.

Buscamos a inocência e nada mais. nós a buscamos sem outra preocupação senão o agora. Um dos maiores obstáculos ao êxito tem sido o envolvimento com as tuas metas passadas e futuras. Tu tens te preocupado bastante reconhecendo o quão extremamente diferentes são as metas propostas por esse curso em relação àquelas que tinhas antes. E também ficaste consternado diante do pensamento deprimente e restritivo, de que, mesmo que venhas a ter êxito, inevitavelmente perderás o teu caminho de novo.

Como isso poderia ter importância? Pois o passado se foi; o futuro é apenas imaginário. Essas preocupações não passam de defesas contra uma mudança no atual enfoque da percepção. Nada mais. Nós deixamos que essas limitações sem sentido de lado por um momento. Não olhamos para crenças passadas e aquilo em que acreditaremos não interferirá em nós agora. Entramos no tempo da nossa prática com uma única intenção: contemplar a impecabilidade interior.

Reconheceremos que perdemos essa meta se, de alguma forma, a raiva bloquear o nosso caminho. E se os pecados de um irmão nos ocorrerem, o nosso enfoque estreito restringirá a nossa vista e voltaremos os olhos para os nossos próprios equívocos, que magnificaremos e chamaremos de nossos ‘pecados’. Assim, por um momento, sem considerarmos passado ou futuro, se esses bloqueios

surgirem, nós os transcenderemos instruindo as nossas mentes a mudarem de enfoque, dizendo:

‘Não é para isso que eu quero olhar. Confio em meus irmãos, que são um comigo.’

Também usaremos esse pensamento para nos manter a salvo durante o dia. Não buscamos metas a longo prazo. À medida que cada obstrução parecer bloquear a visão da nossa impecabilidade, buscamos apenas fazer cessar, por um instante, a miséria que o enfoque sobre o pecado trará, o qual se não for corrigido, permanecerá.

Também não pedimos fantasias. Pois o que buscamos contemplar está verdadeiramente presente. E, à medida em que o nosso enfoque vai além dos equívocos, contemplaremos um mundo totalmente sem pecado. Quando tudo o que quisermos ver for apenas isso, quando isso for tudo o que buscamos em nome da verdadeira percepção, os olhos de Cristo serão inevitavelmente nossos. E o Amor Que Ele sente por nós também se tornará nosso. Isso será a única coisa que veremos refletida no mundo e em nós mesmos.

O mundo que outrora proclamou os nossos pecados torna-se a prova de que somos sem pecado. E o nosso amor por todos aqueles para os quais olhamos atesta a nossa memória do santo Ser Que desconhece o pecado e que nada poderia conceber fora da Sua impecabilidade. Buscamos essa memória ao voltarmos as nossas mentes para a prática de hoje. Não olhamos nem para frente, nem para trás. Olhamos diretamente para o presente. E depositamos a nossa confiança na experiência que pedimos agora. A nossa impecabilidade é apenas a Vontade de Deus. Nesse instante, a nossa vontade é una com a Sua.”

—–

Dia 182

Percepção sem Engano

“O QUE VOCÊ QUER? A luz ou a escuridão, o conhecimento ou a ignorância são seus, mas não ambos. Os opostos têm que ser reunidos e não mantidos à parte. Pois a separação deles está apenas em sua mente e eles são reconciliados pela união, assim como VOCÊ. Na união, tudo o que não é real TEM QUE desaparecer, pois a verdade É a união. Assim como a escuridão desaparece na luz, a ignorância desaparece quando o conhecimento desponta. A percepção é o meio pelo qual a ignorância é TRAZIDA ao conhecimento. No entanto, a percepção tem que ser sem engano, caso contrário, ela vem a ser o mensageiro da ignorância, ao invés de ser um auxiliar na busca da verdade.

A busca pela verdade é apenas a busca honesta de tudo O que INTERFERE com a verdade. A VERDADE É. E não pode ser perdida, nem buscada, nem achada diretamente.

Ela está presente, onde quer que VOCÊ esteja, estando DENTRO de você. Entretanto, ela PODE ser reconhecida ou não, pode ser real ou falsa, para VOCÊ. Se você a esconde, ela vem a ser irreal para você, PORQUE você a escondeu e a CERCOU DE MEDO. Sob cada pedra angular de medo, sobre a qual você ergueu o seu insano sistema de crenças, A VERDADE ESTÁ ESCONDIDA. No entanto, você não pode ter o conhecimento disso, pois, por ESCONDER a verdade no medo, você não vê razão para acreditar que, quanto mais você OLHA para o medo, MENOS você o vê e mais claro se torna O QUE ELE ESCONDE.

É impossível convencer aqueles que não conhecem de que eles conhecem. Do ponto de vista deles, ISSO NÃO É VERDADEIRO. No entanto, é verdadeiro, porque DEUS tem o conhecimento disso. Esses são pontos de vista claramente opostos em relação ao que SÃO ‘aqueles que não conhecem’. Para Deus, é impossível não conhecer. Portanto, isso não se trata absolutamente de um ponto de vista, mas apenas de uma crença em algo que não existe. É apenas essa CRENÇA que os que não conhecem tem e DEVIDO A ela, eles estão errados a respeito de si mesmos. Eles DEFINIRAM a si próprios como NÃO foram criados. A sua criação NÃO foi um ponto de vista, mas sim uma CERTEZA. A incerteza TRAZIDA para a certeza não retém NENHUMA convicção de realidade.

Você tem que ter notado que a ênfase tem sido trazer o que é indesejável PARA o desejável, o que você NÃO quer para o que você QUER.

Você reconhecerá que a salvação TEM QUE chegar a você dessa maneira, se você considerar o que é dissociação. A dissociação é um processo distorcido de pensamento, pelo qual dois sistemas de crenças, que NÃO PODEM coexistir, são AMBOS MANTIDOS. Foi reconhecido que, se fossem REUNIDOS, a sua aceitação dos dois conjuntamente viria a ser impossível. Mas, se um deles é mantido longe DO OUTRO na escuridão, a sua SEPARAÇÃO parece manter ambos vivos e iguais em sua realidade. A sua UNIÃO vem a ser, assim, a fonte do medo, pois, se eles se encontram, a aceitação TEM QUE ser retirada de um dos dois.

A busca pela verdade é apenas a busca honesta de tudo O que INTERFERE com a verdade. A VERDADE É. E não pode ser perdida, nem buscada, nem achada diretamente.”

Você NÃO PODE ter ambos, pois um nega o outro. Mantidos à parte, esse fato não é visto, pois cada um, em um lugar SEPARADO, PODE ser dotado de uma sólida crença. REUNA-OS e o fato da sua completa incompatibilidade fica instantaneamente aparente. Um deles IRÁ EMBORA [porque é a sua vontade; jogo com a palavra WILL (vontade), em WILL go away], PORQUE o outro está sendo visto no MESMO lugar. A luz não pode entrar na escuridão, quando uma mente ACREDITA na escuridão e não deixa que ela se vá. A verdade não luta CONTRA a ignorância e o amor não ATACA o medo. Aquilo que não necessita de proteção, não se defende. A defesa foi feita por VOCÊ. Deus não a conhece.

O Espírito Santo usa defesas EM NOME da verdade, apenas porque você as fez CONTRA a verdade. A sua percepção acerca das defesas, de acordo com o SEU propósito, meramente as muda fazendo com que sejam um CHAMADO POR aquilo que você ATACOU POR MEIO delas. As defesas, como tudo o que você fez, têm que ser gentilmente voltadas para o seu próprio bem, traduzidas pelo Espírito Santo de meios de autodestruição, para meios de preservação e liberação. A sua tarefa é poderosa, mas o poder de Deus está com Ele. Portanto, para Ele ela é tão fácil, que foi realizada no instante em que foi dada a Ele a favor de você.

Você tem que ter notado que a ênfase tem sido trazer o que é indesejável PARA o desejável, o que você NÃO quer para o que você QUER.

Não se demore em seu retorno à paz, imaginando como Ele pode cumprir o que Deus lhe deu para fazer. Deixe isso para Aquele Que conhece! A você não é solicitado fazer tarefas poderosas por si mesmo. A você é apenas solicitado a fazer o pouco que o Espírito Santo SUGERE que você faça, confiando Nele apenas o suficiente para acreditar que, se Ele lhe pedir, você é capaz de fazê-lo. Você VERÁ com que facilidade TUDO o que Ele pede pode ser realizado.

O Espírito Santo pede a você apenas isso: traga a Ele todos os segredos que você escondeu longe Dele. Abra todas as portas para Ele e peça-Lhe que entre na escuridão e as ilumine, dissipando-as.

A SEU pedido, Ele entra alegremente. Ele traz a luz à escuridão, se você fizer com que a escuridão esteja aberta para Ele. Mas aquilo que você esconde, Ele não pode ver. Pois Ele vê POR VOCÊ e a não ser que você olhe COM Ele, Ele NÃO PODE ver.

A visão de Cristo não é somente para Ele, mas para Ele junto COM VOCÊ. Traga, portanto, todos os seus pensamentos obscuros e secretos para Ele e olhe para eles junto COM Ele. Ele mantém a luz e você a escuridão. Elas NÃO PODEM coexistir, quando ambos olham JUNTOS para elas. O Seu julgamento TEM QUE prevalecer e Ele o DÁ a você, na medida em que você une a sua percepção à Dele. Unir-se a Ele na visão é a maneira pela qual você aprende a compartilhar com Ele a interpretação da percepção que conduz ao conhecimento.

Você não pode ver sozinho. Compartilhar a percepção com Aquele Que Deus lhe foi dado ensina como RECONHECER o que você vê. É o reconhecimento de que NADA do que você vê significa COISA ALGUMA por si só. VER COM ELE MOSTRARÁ a você que todo significado, INCLUSIVE O SEU, não vem da visão dupla, mas da fusão suave de todas as coisas em um significado, uma emoção e um propósito. Deus tem um Propósito, que Ele compartilha com você. A visão única, que o Espírito Santo oferece a você, trará essa Unicidade à sua mente com clareza e brilho tão intensos, que você não poderia desejar, mesmo em troca do mundo inteiro, não aceitar o que Deus quer que você tenha. Contemple a sua vontade, aceitando que é Sua e que todo o Seu amor é o seu. Toda honra seja dada a você através Dele e por Dele a Deus”.

O Espírito Santo pede a você apenas isso: traga a Ele todos os segredos que você escondeu longe Dele. Abra todas as portas para Ele e peça-Lhe que entre na escuridão e as ilumine, dissipando-as.

Urtext – DÁDIVAS DE DEUS (Nossa Dádiva para Deus, cont.,)

“Deus dá a graça de dar como Ele tem que dar, pois Ele tem que dar da única maneira que Ele conhece e o que Ele conhece é todas as coisas que Ele é. Cristo dá como Ele dá, sendo como Ele Mesmo. E nada fica do lado de fora das dádivas que Eles dão, pois cada dádiva é abrangente e eleva o universo em Seus braços.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 182

“’Eu me aquietarei por um momento e irei para casa.’

Esse mundo, em que pareces viver, não é a tua casa. E, em algum lugar da tua mente, tens o conhecimento de que isso é verdadeiro. A memória de casa continua te perseguindo, como se houvesse um lugar que te chamasse de volta, embora não reconheças a voz e nem o que essa voz te lembra. Mesmo assim, continuas te sentindo como um estranho aqui, vindo de algum lugar completamente desconhecido. Nada tão definido que possas dizer, com certeza, que és um exilado aqui. Apenas um sentimento persistente, em alguns momentos pouco mais do que uma diminuta pulsação, em outros vagamente relembrado, ativamente descartado, mas algo que com certeza vai voltar de novo à tua mente.

Não há ninguém que não saiba do que estamos falando. No entanto, alguns tentam deixar de lado os seus sofrimentos em jogos para ocuparem o seu tempo e afastarem a sua tristeza. Outros negarão estar tristes e nem reconhecem em absoluto as próprias lagrimas. Outros, ainda, insistirão que aquilo de que falamos é ilusão, que não deve ser considerado como nada além de um sonho. No entanto, quem, em simples honestidade, sem defensividade e autoengano, negaria que compreende as palavras que estamos proferindo?

Falamos por cada um que caminha por esse mundo, pois ele não está em casa. Vai incerto numa busca sem fim, buscando na escuridão o que não pode achar, sem reconhecer o que é que está buscando. Constrói mil casas, mas nenhuma satisfaz a sua mente inquieta. Não compreende que está construindo em vão. A casa que busca não pode ser feita por ele. Não há nenhum substituto para o Céu. O inferno foi tudo o que ele jamais fez.

Talvez penses que é a tua casa de infância que queres achar novamente. A infância do teu corpo e aquele lugar que o abrigava, é agora uma memória tão distorcida que apenas seguras um retrato de um passado que nunca aconteceu. Entretanto, há uma Criança em ti Que busca a casa do Seu Pai e sabe que é uma estranha aqui. Essa infância é eterna, com uma inocência que durará para sempre. Aonde quer que essa Criança vá, a terra é santa. É a Sua santidade que ilumina o Céu e que traz à terra o puro reflexo da luz do alto, em que a terra e o Céu estão unidos como um só.

É essa Criança em ti que o teu Pai conhece como o Seu próprio Filho. É essa Criança Que conhece o Seu Pai. Ela deseja ir para casa tão profunda e incessantemente, que a Sua voz te implora que A deixes descansar por um momento. Não pode mais do que alguns instantes de alivio; apenas um intervalo em que possa voltar respirar o ar santo que enche a casa do Seu Pai. Tu também és a Sua casa. Ela voltará. Mas dá-Lhe um pouco de tempo para ser Ela Mesma, na paz que é a Sua casa, descansando no silêncio, na paz e no amor.

Essa Criança precisa da tua proteção. Está longe de casa. Ela é tão pequenina que parece que pode ser facilmente excluída: sua vozinha pode ser prontamente abafada, seu chamado por socorro pode passar quase despercebido em meio aos sons ásperos e ruídos dissonantes do mundo. Mas Ela sabe que em ti ainda habita a Sua proteção segura. Tu não A decepcionarás. Ela irá para casa e tu irás com Ela.

Essa Criança é a tua ausência de defesas, a tua força. Ela confia em ti. Veio porque sabia que não falharias. Ela te fala baixinho e incessantemente da sua casa. Pois quer levar-te de volta com Ela, para que Ela própria possa ficar e não retornar mais uma vez aonde não é o Seu lugar e onde vive como um paria num mundo de pensamentos alheios. A Sua paciência não tem limites. Ela esperará até que ouças a Sua Voz terna dentro de ti, chamando-te para deixá-La ir em paz, Junto contigo, ao lugar em que está em casa e tu junto com Ela.

Quando te aquietas por um instante, quando o mundo se afasta de ti, quando as ideias sem valor cessam de ser valorizadas em tua mente inquieta, então ouvirás a Sua Voz. Ela te chama de modo tão tocante que não resistirás mais. Naquele instante, Ela te levará para casa e tu ficarás com Ela em perfeita quietude, silencio e paz, além de todas as palavras, intocado pelo medo e pela dúvida, com a certeza sublime de que estás em casa.

Descansa com Ela frequentemente hoje. Pois Ela se dispôs a tornar-Se uma Criancinha para que pudesses aprender com Ela o quanto é forte aquele que vem sem defesas, oferecendo apenas mensagens de amor àqueles que pensam que ela é o inimigo. Ela tem nas Suas mãos o poder do Céu e os chama de amigos e lhes dá a Sua força para que possam ver que quer ser Amiga para com eles. Ela lhes pede que a protejam, pois a Sua casa está muito longe em não voltará para lá sozinha.

Cristo renasce como uma Criancinha a cada vez que um peregrino quer deixar a própria casa. Pois ele tem que aprender que aquilo que quer proteger é apenas essa Criança, Que vem sem defesas e Que está protegida pela ausência de defesas. Vai para casa com Ela de vez em quando hoje. Tu, aqui, és tão estranho quanto Ela.

Hoje, toma tempo para deixar de lado o teu escudo que não te traz nenhum proveito, e abaixa a lança e a espada que ergueste contra um inimigo inexistente. Cristo te chamou de amigo e irmão. Veio até pedir a tua ajuda para deixá-Lo ir para casa hoje, completo e completamente. Ele veio como vem uma criancinha que precisa implorar a proteção e o amor de seu pai. Ele domina o universo e, no entanto, te pede incessantemente que volte com Ele e que não tomes mais ilusões por teus deuses.

Não perdeste a tua inocência. É por isso que anseias. É esse o desejo do teu coração. Essa é a voz que ouves, e esse é o chamado que não pode ser negado. A Criança santa permanece contigo. A Sua casa é a tua. Hoje, Ela te dá a Sua ausência de defesas e tu a aceitas em troca de todos os brinquedos de combate que fizeste. E agora, o caminho está aberto e o fim da jornada finalmente à vista. Aquieta-te por um instante e vai para casa com Ela e, por algum tempo, está em paz.”

—–

Imagem jed-villejo-bEcC0nyIp2g-unsplash.jpg – 3 de janeiro de 2023 [minha interpretação: escapando do deserto…]

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x