Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 192

Pequenez versus Magnitude

“Não se contente com a pequenez, mas certifique-se de entender o que é a pequenez e por que você nunca poderia se contentar com ela. Pequenez é a oferenda que você faz a si mesmo. Você a ofereceu no lugar da magnitude, E A ACEITOU. Tudo nesse mundo é pequeno, porque é um mundo feito de pequenez, na estranha crença de que a pequenez PODE contentar você. Quando você se esforça por qualquer coisa nesse mundo, COM A CRENÇA DE QUE ISSO TRARÁ PAZ A VOCÊ, você está se diminuindo e cegando a si mesmo para a glória. A pequenez e a glória são as escolhas disponíveis ao seu esforço e à sua vigilância. Você SEMPRE escolherá uma ÀS CUSTAS da outra.

Entretanto, o que você não reconhece, cada vez que você escolhe, é que a sua escolha representa a sua avaliação DE SI MESMO. Escolha a pequenez e NÃO terá paz, pois terá julgado a si mesmo como INDIGNO dela. E tudo o que você oferece a si mesmo como substituto é uma dádiva muito pobre para satisfazê-lo. É essencial que você aceite o fato e o aceite de fato com contentamento, de que NENHUMA forma de pequenez pode JAMAIS contentá-lo. Você é livre para tentar quantas você desejar, mas tudo o que você fará será adiar a sua volta para casa. Pois você estará contente APENAS na magnitude, que É a sua casa.

Há uma responsabilidade profunda que você deve a si mesmo e da qual você deve aprender a se lembrar o tempo todo. A lição parecerá difícil no começo, mas você aprenderá a amá-la, quando reconhecer que ela é verdadeira e constitui um tributo ao seu poder. Você que buscou E ACHOU a pequenez, lembre-se disso: toda decisão que você toma decorre do QUE VOCÊ PENSA QUE VOCÊ É e representa o valor que você COLOCA em si mesmo. Cada PEQUENA coisa que você vê E PENSA QUE VOCÊ QUER, DEFINE você como pequeno para VOCÊ MESMO. Acredite que o pequeno pode contentar você e, ao se LIMITAR, você NÃO ficará satisfeito. Pois a sua função NÃO é pequena e é somente encontrando a sua função e cumprindo-a que você pode ESCAPAR da pequenez.

Não há dúvida acerca de qual é a sua função, pois o Espírito Santo CONHECE qual ela é. Não há dúvida acerca da magnitude dele, pois ela chega até você por meio Dele, A PARTIR DA Magnitude. Você não tem que se esforçar para isso, porque você a TEM. Todo o seu esforço tem que ser direcionado CONTRA a pequenez, pois requer vigilância para proteger a sua magnitude nesse mundo. Manter a sua magnitude em perfeita consciência no nível da realidade [awareness], nesse mundo de pequenez, é uma tarefa que o pequeno não pode realizar. No entanto, ela é pedida a você, em tributo à sua magnitude e NÃO à sua pequenez. Nem é pedida a você sozinho.

O poder de Deus apoiará todo esforço que você fizer em nome da magnitude do Seu querido Filho. Busque o pequeno e você NEGA a si mesmo o poder Dele. Não é Vontade de Deus que o Seu Filho se contente com menos do que tudo. Pois Ele não está contente sem o Seu Filho e o Seu Filho não pode estar contente com menos do que o Seu Pai lhe deu. Perguntamos a você uma vez anteriormente: ‘Você quer ser refém do ego ou anfitrião de Deus?’ Permita que essa pergunta seja feita à você pelo Espírito Santo, TODAS as vezes que você tomar uma decisão. Pois cada decisão que você toma RESPONDE a essa pergunta e convida ou à tristeza ou à alegria, correspondentemente.

Quando Deus Se DEU a você em sua criação, Ele ESTEBELECEU você como o seu anfitrião para sempre. Ele NÃO deixou você e VOCÊ não O deixou. Todas as suas tentativas de negar a Sua magnitude e fazer do Seu Filho um refém do ego, NÃO PODEM tornar pequeno aquele que Deus uniu a Si Mesmo. Cada decisão que você toma é feita pelo Céu ou pelo inferno e lhe trará a CONSCIÊNCIA NO NÍVEL DA REALIDADE [AWARENESS] daquilo a favor do qual você decidiu. O Espírito Santo pode manter a sua magnitude, limpa de TODA pequenez, de maneira clara e em perfeita segurança na sua mente, intocada por qualquer pequena dádiva que o mundo da pequenez possa oferecer a você. Mas para isso, você não pode se alinhar CONTRA Ele no que é a Sua Vontade para você.

Decida-se por Deus através Dele. Pois a pequenez e a crença de que você pode se contentar com a pequenez são as decisões que VOCÊ tem tomado acerca de si mesmo. O poder e a glória que estão em você, a partir de Deus, são para todos aqueles que, como você, percebem a eles mesmos como pequenos e têm enganado a eles mesmos acreditando que a pequenez possa ser ampliada, POR ELES, em um senso de magnitude capaz de contentar a eles próprios. Nunca DÊ a pequenez e nem a ACEITE. Toda honra é devida ao anfitrião de Deus. A sua pequenez engana você, mas a sua magnitude pertence a Ele Que habita em você e em Quem você habita. Não toque ninguém, então, com pequenez, em Nome de Cristo, Anfitrião eterno para com o Seu Pai.”

Urtext – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática

2. O Processo da Psicoterapia

Introdução

“A psicoterapia é um processo que muda o conceito do ser. No seu ponto alto, esse ‘novo’ ser é um autoconceito mais benéfico, mas dificilmente se pode esperar que a psicoterapia estabeleça a realidade. Essa não é a sua função. Se ela pode abrir caminho para a realidade, conseguiu o seu sucesso máximo. Toda a sua função, afinal, é ajudar o paciente a lidar com um erro fundamental: a crença segundo a qual a raiva lhe traz algo que ele realmente quer e que, por justificar o ataque, ele está protegendo a si mesmo. Seja qual for a extensão na qual ele venha a dar-se conta de que isso é um erro, nessa medida ele está verdadeiramente salvo.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 192

“’Tenho uma função que Deus quer que eu cumpra.’

É a Vontade santa do teu Pai que tu O completes e que o teu Ser seja o Seu Filho sagrado para sempre puro como Ele, criado do Amor e no amor preservado, estendendo o amor e criando em seu Nome, para sempre um com Deus e com o teu Ser. Mas, o que pode tal função significar em um mundo de inveja, ódio e ataque?

Portanto, tens uma função no mundo nos próprios termos do mundo. Pois quem pode compreender uma linguagem muito além do seu simples entendimento? O perdão representa a tua função aqui. Ele não é a criação de Deus, pois é o meio pelo qual é desfeita a inverdade. E quem perdoaria o Céu? No entanto, na terra, precisas de meios para abandonar as ilusões. A criação apenas espera que reconheças o teu retorno, não que ele se complete.

A criação não pode sequer ser concebida no mundo. Aqui, ela não tem significado. O perdão é a sua forma mais próxima da terra. pois tendo nascido no Céu, ela não tem forma. Ainda assim, Deus criou Aquele Que tem o poder de traduzir em forma o que é totalmente sem forma. O que Ele faz são sonhos, mas de um tipo tão próximo do despertar que a luz do dia já brilha sobre eles e olhos que já estão se abrindo contemplam as cenas felizes que as suas oferendas contêm.

O perdão olha gentilmente para todas as coisas desconhecidas no Céu, as vê desaparecer e deixa o mundo como uma lousa limpa e sem marcas, e que o Verbo de Deus pode agora substituir os símbolos sem sentido lá escritos anteriormente. O perdão é o meio pelo qual o medo da morte é superado, porque já não contém nenhuma atração arrebatadora e a culpa desapareceu. O perdão faz com que o corpo seja percebido tal como é: um simples recurso de ensino a ser deixado de lado quando o aprendizado for completo, mas que de nenhum modo muda aquele que aprende.

A mente sem o corpo não pode cometer erros. Não pode pensar que vai morrer ou que será vítima de ataques impiedosos. Quando a raiva se torna impossível, onde estará o terror? Que medo poderia ainda tomar aqueles que perderam a fonte de todo ataque, o núcleo da angustia e a sede do medo? Só o perdão é capaz de aliviar a mente do pensamento de que o corpo é a sua casa. Só o perdão é capaz de restaurar a paz que Deus pretendia para o Seu Filho santo. Só o perdão é capaz de persuadir o Filho a olhar de novo para a sua santidade.

Sem a ira, tu de fato perceberás que nenhum sacrifício foi pedido em troca da visão de Cristo e da dádiva de poder ver, que só a dor foi retirada da mente doente e torturada. Isso não é bem-vindo? Deve-se ter medo disso? Ou deve-se ter esperança que isso aconteça, receber isso com gratidão e aceitar com alegria? Somos um e, portanto, não renunciamos a nada. Pelo contrário, tudo nos foi dado por Deus.

Entretanto, precisamos do perdão para percebermos que isso é assim. Sem a sua luz suave, tateamos no escuro, usando a razão apenas para justificarmos a nossa raiva e o nosso ataque. A nossa compreensão é tão limitada que o que pensamos compreender não passa de uma confusão nascida do erro. Estamos perdidos em névoas de sonhos transitórios e de pensamentos amedrontadores, com os olhos bem fechados contra a luz e as nossas mentes ocupadas em idolatrar o que não existe.

Quem pode nasce de novo em Cristo, senão aquele que perdoou a todos que vê, todos aqueles em quem pensa ou imagina? Quem pode ser libertado enquanto estiver aprisionando alguém? O carcereiro não é livre, pois está preso junto com o seu prisioneiro. Ele precisa garantir que o outro não escape e assim passa o seu tempo vigiando-o. As barras que limitam o prisioneiro vêm a ser o mundo em que vive o seu carcereiro junto com ele. E o caminho da liberdade para ambos depende da liberdade dele.

Portanto, não mantenhas ninguém prisioneiro. Libera-os em vez de prendê-los, pois assim tu és libertado. O caminho é simples. Cada vez que sentires uma punhalada de raiva, reconhece que seguras uma espada sobre a tua própria cabeça. E ela cairá ou será desviada, segundo a tua escolha de ser condenado ou livre. Assim, todo aquele que parece te tentar a sentir raiva representa o teu salvador da prisão da morte. E por isso, tu lhe deves gratidão e não dor.

Sê misericordioso hoje. O Filho de Deus merece a tua misericórdia. É ele quem te pede que aceites agora o caminho para a liberdade. Não o recuses. O Amor do seu Pai por ele pertence a ti. A tua única função aqui na terra é a de perdoá-lo, para que possas aceitá-lo de volta como a tua Identidade. Ele é como Deus o criou. E tu és o que ele é. Perdoa-lhe os seus pecados agora e verás que tu és um com ele.”

—–

Dia 193

“Nessa estação (Natal), que celebra o nascimento da santidade nesse mundo, una-se a mim, que me decidi pela santidade por VOCÊ. É nossa tarefa CONJUNTA restaurar a consciência no nível da realidade [awareness] da magnitude para o anfitrião que Deus designou para Si mesmo. Dar a dádiva de Deus está além de TODA a sua pequenez , mas NÃO além de VOCÊ. Pois Deus quer Se dar ATRAVÉS de você. Ele alcança a todos a partir de você e, além de todos, às criações do Filho de Deus, mas SEM deixá-lo. Muito além do seu pequeno mundo, mas ainda assim em você, Ele Se estende para sempre. No entanto, Ele traz todas as Suas extensões para você, como anfitrião para com Ele.

É um sacrifício deixar a pequenez para trás e não vagar em vão? Não é um sacrifício despertar para a glória. Mas é um sacrifício aceitar qualquer coisa MENOR do que a glória. Aprenda que você TEM QUE ser digno do Príncipe da Paz, nascido em você, em honra Àquele de Quem você é o anfitrião. Você não conhece o que significa o amor porque você procurou adquiri-lo com pequenas dádivas, assim valorizando muito pouco o amor para poder entender a sua magnitude. O AMOR NÃO É PEQUENO e o amor habita em você, pois você é o Seu anfitrião. Diante da grandeza que vive em você, a sua pobre apreciação de si mesmo e todos os pequenos oferecimentos que você tem feito, deslizam para o nada.

Santa Criança de Deus, quando você aprenderá que APENAS a santidade pode contentá-lo e dar-lhe a paz? Lembre-se de que você não aprende só para si mesmo, assim como eu também não o fiz. Isso é PORQUE eu aprendi por VOCÊ, que você pode aprender de MIM. Eu quero apenas ensinar a você o que é seu, de maneira que, juntos, nós possamos substituir a pobre pequenez, que prende o anfitrião de Deus à culpa e à fraqueza, pela alegre consciência no nível da realidade [awareness] da glória que está nele. Meu nascimento em você é o seu despertar para a grandeza.

Dê boas-vindas a mim, não em uma manjedoura, mas no altar à santidade, onde a santidade habita em perfeita paz.

O meu Reino não é desse mundo, porque ele [o Reino] está em VOCÊ. E VOCÊ é do seu Pai. Vamos nos unir em sua honra, pois você TEM QUE permanecer para sempre ALÉM da pequenez. Decida comigo, que me decidi por habitar com você. A minha vontade é a Vontade ao meu Pai, tendo o conhecimento de que a Sua Vontade é constante e está em paz para sempre com ela mesma. Nada contentará você, EXCETO a Vontade Dele. Não aceite menos, lembrando de que tudo o que eu aprendi é seu. O que o meu Pai ama, eu amo como Ele ama e eu não posso mais aceitar você como o que você NÃO é, assim como Ele também não pode. E assim como VOCÊ também não pode.

Quando você tiver aprendido a aceitar o que você é, você não fará mais dádivas para oferecer a si mesmo, pois você terá o conhecimento de que você é COMPLETO, sem necessidade alguma e incapaz de aceitar QUALQUER COISA para si mesmo. Mas você dará de bom grado, TENDO recebido. O anfitrião de Deus não precisa procurar buscar para achar COISA ALGUMA. Se você está totalmente disposto a deixar a salvação ao plano de Deus e não está disposto a tentar alcançar a paz por si mesmo, a salvação será DADA a você. Entretanto, não pense que você é capaz de substituir o plano DE VOCÊ pelo Dele. Em vez disso, una-se a mim no plano de Deus para que nós possamos liberar todos aqueles que querem ser limitados, proclamando juntos que o Filho de Deus é o Seu anfitrião.

Dê boas-vindas a mim, não em uma manjedoura, mas no altar à santidade, onde a santidade habita em perfeita paz.

Assim, nós não deixaremos ninguém esquecer o que VOCÊ quer se lembrar. E assim você se lembrará disso. Invoque em todas as pessoas SOMENTE a lembrança de Deus e do Céu que está nelas. Pois onde você gostaria que o seu irmão estivesse, lá você pensará que VOCÊ está. Não ouça o seu apelo ao inferno e à pequenez, mas apenas o seu chamado ao Céu e à grandeza. Não se esqueça de que o chamado dele é o seu e responda a ele comigo. O poder de Deus está para sempre do lado do Seu anfitrião, pois ele protege APENAS a paz na qual Ele habita. E, portanto, é com isto que você habita, isso é seu COM Ele. Não coloque a pequenez diante do santo altar de Deus, que se eleva acima das estrelas e alcança até mesmo o Céu, devido ao que é DADO a ele”.

O meu Reino não é desse mundo, porque ele [o Reino] está em VOCÊ. E VOCÊ é do seu Pai.

Praticando o Instante Santo

“Esse curso não está além do aprendizado IMEDIATO, a não ser que você prefira acreditar que A VONTADE DE DEUS LEVA TEMPO. E isso significa APENAS que você prefere ATRASAR o reconhecimento de que tal É a Vontade Dele. O instante santo é ESSE INSTANTE e TODOS OS INSTANTES. Aquele que você QUER que seja, ele É. Aquele que você NÃO quiser que seja, está perdido para você. VOCÊ tem que decidir QUANDO ele será. Não o atrase. Pois além do passado e do futuro, nos quais você NÃO o achará, ele está reluzente e pronto para a sua aceitação. No entanto, você não pode trazê-lo à sua alegre consciência no nível da realidade [awareness] enquanto não o quiser, pois ele contém toda a LIBERAÇÃO da pequenez.

A sua prática TEM QUE, portanto, basear-se na sua disponibilidade para abandonar toda a pequenez. O instante em que a magnitude surgirá [despontará] sobre você está tão distante quanto o seu DESEJO por ela. Na medida em que você não a desejar e, em vez dela, apreciar a pequenez, nessa medida ela estará longe de você. Na medida em que você a quiser, você a trará para mais perto. Não pense que você é capaz de achar a Salvação do seu próprio jeito e a TER.

Entregue QUALQUER plano que você tenha feito para a sua Salvação, no lugar do plano de Deus. A vontade DELE o contentará, pois não HÁ mais nada que possa lhe trazer paz. Pois a paz é de Deus e de ninguém além Dele. Seja humilde diante Dele e ainda assim grande NELE. E NÃO dê valor a nenhum plano do ego, MAIS DO QUE ao plano de Deus. Pois você deixa o seu lugar no plano Dele, que você TEM QUE preencher se você quiser se unir a mim, pela sua decisão de se unir a qualquer outro plano, exceto o Dele. Eu chamo você para preencher a sua santa parte no plano que Ele deu ao mundo, para liberar o mundo da pequenez. Deus quer que o Seu anfitrião habite em perfeita liberdade.

Qualquer aliança a um plano de Salvação que esteja À PARTE do de Deus, diminui o valor da Sua Vontade para você em sua própria mente. E, no entanto, é a sua mente que É a anfitriã para com Ele. Você quer aprender o quanto é perfeito e imaculado o altar santo no qual o seu Pai colocou A ELE MESMO? Isso você RECONHECERÁ [porque é a sua vontade; jogo com a palavra WILL (vontade), em WILL recognize], no instante santo no qual você entrega de boa vontade e com alegria TODOS os outros planos, exceto o de Deus. Pois lá está a paz, PERFEITAMENTE clara, porque você tem estado disposto a satisfazer as condições que ela requer.”

Urtext – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática

(Introdução cont., O Processo da Psicoterapia cont.,)

“Pacientes não entram num relacionamento psicoterapêutico com essa meta em mente. Ao contrário, esses conceitos significam pouco para eles, ou não precisariam de ajuda. O seu objetivo é serem capazes de manter os seus autoconceitos exatamente como são, mas sem o sofrimento que acarretam. Todo o seu equilíbrio se baseia na crença insana de que isso é possível. E, como para a mente sã isso é claramente impossível, o que buscam é mágica. Em ilusões o impossível é facilmente realizado, mas só ao custo de tornar as ilusões verdadeiras. O paciente já pagou esse preço. Agora ele quer uma ilusão ‘melhor’.”

Urtext –Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 193

“’Todas as coisas são lições que Deus quer que eu aprenda.’

Deus nada sabe do aprendizado. Mas a Sua Vontade se estende ao que Ele não compreende, no sentido de que é Sua Vontade que a felicidade que é a Sua herança para Seu Filho se mantenha imperturbada, eterna e para sempre crescente; expandindo-se eternamente na alegria da criação plena, eternamente aberta e totalmente ilimitada Nele. Essa é a Sua Vontade. E assim a Sua Vontade provê os meios para garantir que isso seja feito.

Deus não vê contradições. Mas o Seu Filho acredita vê-las. Por isso, precisas Daquele Que é capaz de corrigir o seu modo equivocado de ver e Que lhe dá a visão que o conduzirá de volta aonde termina a percepção. Deus não percebe nada. No entanto, é Ele Quem dá os meios pelos quais a percepção se faz verdadeira e suficientemente bela para deixar que a luz do Céu a ilumine. É Ele Quem responde ao que o Seu Filho quer contradizer e mantém a sua impecabilidade eternamente segura.

Estas são as lições que Deus quer que tu aprendas. A Sua Vontade as reflete e elas refletem a Sua benignidade amorosa para com o Filho que Ele ama. Cada lição tem um pensamento central, o mesmo em todas elas. Só a forma se modifica, com as diferentes circunstâncias e eventos; com personagens e temas aparentemente diferentes mas irreais. São todas iguais em seu conteúdo fundamental. Esse é o seguinte:

‘Perdoa e verás isso de modo diferente.’

É verdade que nem toda a aflição parece ser apenas falta de perdão. Mas esse é o conteúdo por baixo da forma. É essa uniformidade que faz com que o aprendizado seja garantido, pois a lição é tão simples que não pode ser rejeitada no final. Ninguém pode esconder-se para sempre de uma verdade tão óbvia que aparece sob inúmeras formas e que ainda é facilmente reconhecida em todas elas, se apenas quiser ver a simples lição que contêm.

Estas são as palavras que o Espírito Santo pronuncia em todas as tuas tribulações, tuas dores, teus sofrimentos, independente de suas formas. Através destas palavras, toda tentação chega ao fim e a culpa, abandonada, não é mais cultivada. Estas são as palavras que acabam com o sonho do pecado e libertam a mente do medo. Estas são as palavras pelas quais a salvação vem ao mundo inteiro.

E nós, não aprenderemos a dizer estas palavras quando nos sentirmos tentados a acreditar que a dor é real, e quando escolhemos a morte ao invés da vida? Não aprenderemos a dizer estas palavras, quando tivermos compreendido o seu poder de libertar todas as mentes do cativeiro? Estas são palavras que te dão poder sobre todos os eventos que parecem ter recebido poder sobre ti. Tu os vês corretamente quando manténs estas palavras em plena consciência no nível da realidade [awareness] e não esqueces que se aplicam a tudo o que vês ou a tudo o que qualquer irmão contempla de modo equivocado.

Como podes saber se estás vendo de forma errada ou quando alguém não está percebendo a lição que deveria aprender? A dor parece real na percepção? Se parece, podes ter certeza de que a lição não foi aprendida. E lá, escondida no interior da mente, existe ainda uma falta de perdão que vê a dor com olhos dirigidos pela mente.

Deus não quer que sofras desse modo. Ele quer ajudar-te a perdoar a ti mesmo. O Seu Filho não se lembra de quem ele é. E Deus não quer que ele esqueça o Seu Amor e todas as dádivas que o Seu Amor traz consigo. Renunciarias à tua própria salvação agora? Deixarias de aprender as simples lições que o Professor do Céu coloca diante de ti, para que toda dor possa desaparecer e Deus possa ser lembrado pelo Seu Filho?

Todas as coisas são lições que Deus quer que aprendas. Ele não quer deixar sem correção nenhum pensamento que não perdoa e nenhum espinho ou cravo que, de algum modo, possa ferir o Seu Filho santo. Ele quer assegurar que o seu descanso santo permaneça imperturbado e sereno, sem nenhuma preocupação em um lar eterno que cuida dele. E Ele quer que todas as lágrimas sejam enxugadas, que nenhuma ainda permaneça para derramar-se. Pois é a Vontade de Deus que o riso substitua cada uma delas e que o Seu Filho seja livre novamente.

Hoje, tentaremos em um só dia superar mil obstáculos aparentes contra a paz. Deixa que a misericórdia venha a ti mais rápido. Não tentes adiá-la por mais um dia, um minuto, ou um instante. O tempo foi feito para isso. Hoje, usa-o para o que é o seu propósito. Pela manhã e à noite, dedica o tempo que puderes para servir ao objetivo que lhe é próprio e não deixes o tempo ser menor do que o necessário para satisfazer a tua necessidade mais profunda.

Dá tudo o que puderes e dá um pouco mais. pois agora queremos nos levantar rapidamente e ir até a casa de nosso Pai. Estivemos ausentes por muito tempo e não queremos mais ficar parados aqui. E, ao praticarmos, pensemos em todas as coisas que guardamos para resolvermos sozinhos e que mantivemos à parte da cura. Vamos dá-las todas Àquele Que sabe como olhar para elas de modo que desapareçam. A verdade é a Sua mensagem, a verdade é o Seu ensinamento. São Suas lições que Deus quer que aprendamos.

A cada hora hoje e nos próximos dias, passa um momento praticando a lição do perdão sob a forma estabelecida para o dia. E tenta aplica-la aos acontecimentos de cada hora, para que a hora seguinte se liberte da hora anterior. As correntes do tempo são facilmente afrouxadas deste modo. Não deixes que nenhuma hora lance as suas sombras sobre a hora seguinte e quando essa passar, deixa que tudo o que tiver acontecido em seu decorrer passe com ela. Assim continuarás sem limites, em eterna paz no mundo do tempo.

Essa é a lição que Deus quer que tu aprendas: há um modo de olhar para todas as coisas que permite que cada uma seja mais um passo na direção de Deus e da salvação do mundo. A tudo o que te falar de terror, responde assim;

‘Perdoarei e isso desaparecerá.’

A cada apreensão, cada preocupação e cada forma de sofrimento, repete estas mesmas palavras. E, então, terás a chave que abre a porta do Céu e enfim traz o Amor de Deus Pai à terra para erguê-la até o Céu. O próprio Deus dará o último passo. Não negues os pequenos passos que Ele te pede que dês até Ele.”

—–

Dia 194

“Você pode reivindicar o instante santo A QUALQUER MOMENTO e EM QUALQUER LUGAR em que o queira. Em sua prática, tente abrir mão de TODOS os outros planos que você tenha aceitado, para achar a magnitude na pequenez. ELA NÃO ESTÁ LÁ. USE o instante santo APENAS para reconhecer que sozinho você não pode saber onde ela está e pode apenas ENGANAR a si mesmo. Eu permaneço dentro do instante santo, com tanta clareza quanto você quer que eu esteja. E na medida em que você aprender a estar disposto a me ACEITAR, É a medida do tempo em que o instante santo será seu. Eu apelo a você para que você faça com que o instante santo seja seu DE UMA VEZ, pois a liberação da pequenez na mente do anfitrião de Deus depende da disposição da sua vontade e NÃO do tempo.

A razão pela qual esse curso é simples é que a VERDADE é simples. A complexidade é do ego e não é mais do que a tentativa do ego de obscurecer o óbvio. Você poderia viver para sempre no instante santo, começando agora e chegando à eternidade, se não fosse por uma razão muito simples. Não obscureça a simplicidade dessa razão, pois, se você o fizer, será APENAS porque você prefere NÃO reconhecê-la e NÃO permitir que ela se vá. A razão simples, colocada simplesmente como é, é a seguinte:

O instante santo é um tempo no qual você recebe E DÁ comunicação perfeita. Isso significa, no entanto, que é esse um tempo em que a sua mente está ABERTA, tanto para receber quanto para dar. É o reconhecimento de que todas as mentes ESTÃO em comunicação. Ele, portanto, não busca MUDAR nada, mas simplesmente ACEITAR tudo.

Como você pode fazer isso quando prefere ter pensamentos PRIVADOS E MANTÊ-LOS? A ÚNICA maneira de você fazer isso é NEGAR a comunicação perfeita que faz do instante santo O QUE ELE É. Você ACREDITA que é possível abrigar pensamentos que você NÃO quer compartilhar e que a Salvação está em guardar os seus pensamentos SOMENTE PARA VOCÊ MESMO. Pois, em pensamentos privados, CONHECIDOS APENAS POR VOCÊ MESMO, você pensa que acha uma maneira de manter o que você tem só para você e compartilhar o que você quer compartilhar. E então você se pergunta por que será que você não está em plena comunicação com aqueles que estão ao seu redor e com Deus, Que envolve a TODOS juntos.

Todo pensamento que você mantiver escondido desliga a comunicação, PORQUE VOCÊ QUER QUE SEJA ASSIM. É impossível RECONHECER a comunicação perfeita, enquanto a comunicação QUEBRADA tem valor para você. Perguntem a si mesmos com honestidade: ‘Eu QUERO ter uma comunicação perfeita e eu estou TOTALMENTE disposto a deixar de lado para sempre TUDO AQUILO que INTERFERE COM ELA?’ Se a resposta é ‘não’, então o fato do Espírito Santo estar pronto para DÁ-LA a você não é suficiente para que seja sua, pois ainda você NÃO está pronto para compartilhá-la COM Ele. E ela não pode vir à mente que se decidiu contra ela. Pois o instante santo é dado e recebido quando a disposição da vontade é IGUAL, sendo a aceitação da Vontade ÚNICA que governa TODO pensamento.

A condição necessária para o instante santo NÃO exige que você não tenha pensamentos que não sejam puros. Mas DE FATO exige que você não tenha nenhum que você queira MANTER. A inocência não é feita por você. Ela é DADA a você, no instante em que você a QUEIRA. Mas a Expiação não teria razão de ser, se não houvesse NECESSIDADE de Expiação. Você não será capaz de ACEITAR uma comunicação perfeita enquanto a OCULTAR de si mesmo. Pois aquilo que você quer ocultar ESTÁ oculto para você. Em sua prática, então, tente apenas estar vigilante CONTRA O ENGANO e não busque PROTEGER os pensamentos que você quer guardar para si mesmo. Deixe que a pureza do Espírito Santo os dissipe com o seu brilho e traga TODA a sua consciência no nível da realidade [awareness] para a PRONTIDÃO para a pureza que Ele oferece a você. Assim, Ele fará com que você esteja reparado para reconhecer que você É o anfitrião de Deus e não o refém de ninguém e nem de coisa alguma.”

A condição necessária para o instante santo NÃO exige que você não tenha pensamentos que não sejam puros. Mas DE FATO exige que você não tenha nenhum que você queira MANTER.

O Instante Santo e os Relacionamentos Especiais

O instante santo é o dispositivo de aprendizado mais útil do Espírito Santo para ensinar a você o significado do amor. Pois o seu propósito é SUSPENDER INTEIRAMENTE O JULGAMENTO. O julgamento SEMPRE se baseia no passado, pois a experiência do PASSADO é a base na qual você julga. O julgamento vem a ser impossível sem o passado, pois SEM ele você NÃO entende nada. Você não faria nenhuma TENTATIVA de julgar, porque seria bastante evidente para você que você não sabe O QUE QUALQUER COISA SIGNIFICA. Você tem medo disso, porque acredita que, SEM O EGO, tudo seria o caos. No entanto, eu garanto a você que, sem o ego, TUDO SERIA AMOR.

Urtext – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática

(O Processo da Psicoterapia, Introdução, cont.,)

“No início, portanto, a meta do paciente e a do terapeuta não estão de acordo. O terapeuta assim como o paciente podem valorizar autoconceitos falsos, mas as suas respectivas percepções da ‘melhora’ ainda têm que divergir. O paciente espera aprender como conseguir as mudanças que ele quer sem mudar o seu autoconceito em qualquer medida significativa. Ele espera, de fato, estabilizá-lo suficientemente para incluir dentro dele os poderes mágicos que ele busca na psicoterapia. Ele quer fazer com que o vulnerável venha a ser invulnerável e o finito ilimitado. O ser que ele vê é seu deus, e ele busca apenas servi-lo melhor.

Independentemente da sinceridade do próprio terapeuta, ele não pode deixar de querer mudar o autoconceito do paciente de algum modo que ele acredita ser real. A tarefa da terapia é reconciliar essas diferenças. Espera-se que ambos aprenderão a desistir dessas metas originais, pois é apenas em relacionamentos que a salvação pode ser encontrada. No início, é inevitável que tanto os pacientes quanto os terapeutas aceitem metas que não são realistas e que não estão completamente livres dos tons menores da magia. Esses são finalmente abandonados nas mentes de ambos.

(Fim da Introdução)”

Urtext –Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 194

“’Entrego o futuro nas Mãos de Deus.’

A ideia de hoje é outro passo em direção à salvação rápida e, de fato, é um passo gigantesco! A distância que ele cobre é tão grande, que te coloca às portas do Céu, com a meta à vista e os obstáculos para trás. Os teus pés alcançaram os jardins que te dão as boas-vindas às portas do Céu, o sereno lugar de paz, onde esperas com certeza o passo final de Deus. Como estamos nos afastando da terra! Como estamos nos aproximando da nossa meta! Como é curto o caminho que ainda temos a percorrer!

Aceita a ideia de hoje e terás ultrapassado toda ansiedade, todos os abismos do inferno, todo o negror da depressão, os pensamentos de pecado e a devastação gerada pela culpa. Aceita a ideia de hoje e terás liberado o mundo de toda prisão, soltando as pesadas correntes que trancavam a porta para a liberdade. Estás salvo e a tua salvação vem a ser assim a dádiva que dás ao mundo, porque a recebeste.

Em nenhum momento a depressão é sentida, a dor experimentada ou a perda percebida. Em nenhum momento a tristeza pode ser posta sobre um trono e fielmente idolatrada. Em nenhum momento alguém pode sequer morrer. E assim, cada momento dado a Deus ao passar, com o próximo já Lhe tendo sido oferecido, é o tempo da tua liberação da tristeza, da dor e da própria morte.

Deus mantém o teu futuro, assim como Ele mantém o teu passado e o presente. São um só para Ele e, portanto, também deveriam ser um só para ti. No entanto, nesse mundo, o progresso temporal ainda parece real. E assim, não te é pedido que compreendas que realmente não há nenhuma sequência no tempo. Só te é pedido que soltes o futuro e o coloques nas Mãos de Deus. E verás por experiência própria que também puseste o passado e o presente nas Suas Mãos, pois o passado deixará de punir-te e o medo do futuro será agora sem significado.

Libera o futuro. Pois o passado se foi e o que é presente, livre do seu legado de pesar e miséria, de dor e de perda, vem a ser o instante em que o tempo escapa da sujeição às ilusões, onde ele segue o seu curso impiedoso e inevitável. Então, cada instante que era antes escravo do tempo transforma-se num instante santo, em que a luz até agora oculta no Filho de Deus é libertada para abençoar o mundo.

Agora ele é livre e toda a sua glória brilha sobre um mundo libertado junto com ele, para compartilhar a sua santidade. Se puderes ver a lição de hoje como a libertação que realmente é, não hesitarás em esforçar-te ao máximo, de forma consistente, para fazer com que ela seja parte de ti. À medida em que se torna um pensamento que domina a tua mente, um hábito no teu repertório de resoluções de problemas, um meio para reagir rapidamente à tentação, estendes o teu aprendizado ao mundo. E a medida em que aprenderes a ver a salvação em todas as coisas, o mundo também perceberá que está salvo.

Que preocupação pode ter aquele que entrega o seu futuro às amorosas Mãos de Deus? O que pode ele sofrer? O que pode causar-lhe dor ou trazer-lhe a experiência da perda? O que pode temer? E o que pode olhar sem amor? Pois aquele que escapou de todo o medo da dor futura encontrou o seu caminho para a paz no presente e uma certeza de ajuda que o mundo jamais pode ameaçar. Ele tem certeza de que a sua percepção pode errar, mas que a correção nunca lhe faltará. É livre para escolher de novo quando tiver sido enganado, para mudar a sua mente quando tiver cometido erros.

Entrega, então, o teu futuro nas Mãos de Deus. Pois assim estás pedindo que a Sua memória volte novamente, substituindo todos os teus pensamentos de pecado e de mal pela verdade do amor. Pensas tu que o mundo poderia deixar de ganhar com isso e que todas as criaturas vivas deixariam de responder com uma percepção curada? Aquele que se entrega a Deus também põe o mundo nas Mãos que ele próprio procurou para achar consolo e segurança. Ele deixa de

lado todas as ilusões doentes do mundo juntamente com as suas e oferece paz a ambos.

Agora estamos realmente salvos. Pois nas Mãos de Deus nós descansamos imperturbados, certos de que só o bem pode vir a nós. Se esquecermos, seremos gentilmente tranquilizados. Se aceitarmos um pensamento que não perdoa, ele será rapidamente substituído pelo reflexo do amor. E se nos sentirmos tentados a atacar, apelaremos para Aquele Que protege o nosso descanso, para que faça por nós a escolha que deixa para trás a tentação. O mundo não é mais nosso inimigo, pois escolhemos ser o seu Amigo.”

—–

Imagem: Pinheiros em Águas de São Pedro – Foto de Katia Maria Marques Fernandes no dia 07-01-2023

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x