Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 204

“Os não-redimidos não podem redimir. No entanto, eles TÊM um Redentor. Não tente ensiná-Lo. VOCÊ é o aprendiz; ELE o Professor. Não confunda o seu papel com o Dele, pois isso NUNCA trará paz a ninguém. Ofereça a sua empatia a Ele, pois é a percepção DELE e a FORÇA Dele que você quer compartilhar. E deixe que Ele lhe ofereça a SUA força e a SUA percepção, para serem compartilhadas ATRAVÉS de você.

O significado do amor se perde em qualquer relacionamento que busque a fraqueza e espere lá achar o amor. O PODER do amor, que É o significado do relacionamento, está na força de Deus, que paira sobre ele e o abençoa silenciosamente, envolvendo-o nas asas da cura espiritual [healing]. DEIXE QUE ASSIM SEJA e não tente substituir o SEU ‘milagre’ por isso.

Uma vez nós dissemos que, se um irmão lhe pedir para fazer uma coisa tola, faça-a. Mas tenha certeza de que isso NÃO significa fazer alguma coisa tola que prejudicaria a ele [irmão] ou a você, pois o que prejudicaria um PREJUDIRARÁ [porque é a sua vontade; jogo com a palavra WILL (vontade), em WILL hurt] o outro. Os pedidos tolos SÃO tolos, pela simples razão de que ELES CONFLITAM, já que sempre contêm algum elemento de especialismo. Somente o Espírito Santo reconhece as necessidades tolas, ASSIM COMO as reais. E Ele ensinará a você como satisfazer a AMBAS, sem perder nenhuma delas.

VOCÊ será capaz de fazer isso APENAS EM SEGREDO. E você pensará que, ao satisfazer as necessidades de uma, você NÃO prejudicará a outra, porque você as mantém SEPARADAS e secretas. Esse NÃO é o caminho, pois não leva à luz [vida] e à verdade. Nenhuma necessidade ficará por muito tempo sem ser satisfeita, se você deixar TODAS para Aquele Cuja FUNÇÃO é satisfazê-las. Essa é a função Dele e NÃO A SUA. Ele NÃO as satisfará secretamente, pois quer compartilhar tudo o que você dá por meio Dele. E é POR ISSO que Ele dá. O que você dá por meio Dele é para toda a Filiação, NÃO APENAS PARA UMA PARTE DELA. Deixe a Ele a Sua função, pois Ele a cumprirá, se você apenas pedir a Ele para entrar em seus relacionamentos e abençoá-los PARA você.”

A Magnitude da Santidade [FIP: O poder da santidade]

“Você ainda pensa que a santidade é difícil, porque você não consegue ver como ela pode ser estendida para incluir TODAS AS PESSOAS e você TEM aprendido que isso TEM QUE incluir a todas as pessoas, para SER santa.

Não se preocupem com a EXTENSÃO da santidade, pois a natureza dos milagres vocês NÃO entendem. Nem é você quem os FAZ. É a extensão deles, muito além dos limites que você percebe, que demonstra que você NÃO os faz. Por que você deveria se preocupar em como o milagre se estende a toda a Filiação, quando você não entende o milagre em si mesmo? Um ATRIBUTO não é mais difícil de entender do que o todo. Se os milagres EXISTEM de qualquer forma, os seus atributos têm que ser milagrosos, sendo PARTE deles.

Há uma tendência a fragmentar e, então, de se preocupar com a verdade de apenas uma pequena PARTE do todo. E isso é apenas uma forma de evitar, ou desviar o olhar do todo, para o que você pensa que você seria mais capaz de entender. E essa é apenas outra maneira pela qual você ainda quer tentar manter o entendimento como algo PARA SI MESMO.

Uma maneira melhor e MUITO mais útil de pensar em milagres é essa: você NÃO os entende, nem em parte nem como um todo. No entanto, eles têm sido REALIZADOS através de você. Portanto, o SEU entendimento NÃO PODE ser necessário. Mesmo assim, ainda é impossível realizar o que você não entende. E, portanto, tem que haver Algo EM você que, DE FATO, entende.

Para você o milagre NÃO PODE parecer natural, porque o que vocês têm feito para ferir as suas mentes faz com que ELAS sejam tão ANTInaturais que elas não se lembram do que é natural para elas. E quando é dito a você o que é natural, você não é capaz de ENTENDER. O reconhecimento da parte como todo e do todo em cada parte é PERFEITAMENTE natural. Pois é assim que DEUS pensa e o que é natural para Ele É natural para você. A percepção TOTALMENTE natural quer mostrar a você instantaneamente que a ordem de dificuldades em milagres é totalmente impossível, pois ela envolve uma contradição a respeito do que os milagres SIGNIFICAM. E, se você pudesse entender o seu SIGNIFICADO, os seus ATRIBUTOS dificilmente poderiam causar-lhe perplexidade.

Você TEM feito milagres, mas é BASTANTE evidente que você NÃO os tem feito sozinho. Você teve sucesso sempre que alcançou outra mente e se uniu a ela. Quando duas mentes se unem em uma só e compartilham igualmente uma única ideia, foi estabelecido o primeiro elo na consciência no nível da realidade [awareness] da Filiação como um só tem sido feito. Quando você tiver feito essa união, como o Espírito Santo lhe pede que faça e quando a tiver OFERECIDO a Ele para usar como ELE achar adequado, a Sua percepção natural da sua dádiva permite que ELE a entenda e que VOCÊ USE o Seu entendimento a SEU favor. É impossível convencer você da realidade do que FOI claramente realizado, por meio de sua disponibilidade, enquanto você acreditar que VOCÊ tem que entender o que aconteceu, ou ELE não terá sido real.

Uma maneira melhor e MUITO mais útil de pensar em milagres é essa: você NÃO os entende, nem em parte nem como um todo. No entanto, eles têm sido REALIZADOS através de você. Portanto, o SEU entendimento NÃO PODE ser necessário. Mesmo assim, ainda é impossível realizar o que você não entende. E, portanto, tem que haver Algo EM você que, DE FATO, entende.

Você pensa que a sua FALTA de entendimento é uma PERDA para você e, portanto, você não está disposto a acreditar que o que aconteceu é verdadeiro. No entanto, é possível você REALMENTE acreditar que tudo o que tem acontecido, MESMO QUE você NÃO o entenda, NÃO TEM ACONTECIDO? No entanto, essa É a sua posição. Você teria fé PERFEITA no Espírito Santo e nos EFEITOS de Seu ensino, se você não tivesse MEDO de reconhecer o que Ele tem ensinado a você. Pois esse reconhecimento SIGNIFICA que o que tem acontecido, você NÃO entende, mas que você está disposto a ACEITAR isso, PORQUE isso tem acontecido. Como pode a fé na realidade ser sua, enquanto você está empenhado em fazer com que ela seja Irreal? E você estará REALMENTE mais seguro em manter a realidade das ilusões do que tem acontecido, do que em aceitá-la alegremente PELO QUE ELA É e agradecer por isso?”

Quando duas mentes se unem em uma só e compartilham igualmente uma única ideia, foi estabelecido o primeiro elo na consciência no nível da realidade [awareness] da Filiação como um só tem sido feito.

Urtext – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática

(O Processo da Psicoterapia, cont.,)

C. O Papel do Psicoterapeuta

“É bem possível que a psicoterapia pareça falhar. É até possível que o resultado pareça um retrocesso. Mas no fim não pode deixar de haver um êxito. Um pede ajuda, um outro ouve e tenta responder na forma de ajuda. Essa é a fórmula para a salvação e não pode deixar de curar [heal]. Só metas divididas podem interferir com a cura espiritual [healing] perfeita.

Um terapeuta totalmente sem ego poderia curar [heal] o mundo sem uma palavra, meramente por estar presente. Ninguém precisa vê-lo ou falar com ele ou sequer saber da sua existência. A Sua simples Presença é suficiente para curar [heal].

O terapeuta ideal é um [só] com Cristo. Mas a cura espiritual [healing] é um processo, não um fato. O terapeuta não pode progredir sem o paciente e o paciente não pode estar pronto para receber o Cristo ou não poderia estar doente. De certa forma, o psicoterapeuta sem ego é uma abstração que está no fim do processo da cura, por demais avançado para acreditar na doença e perto demais de Deus para manter os pés na terra. Agora ele pode ajudar através daqueles que têm necessidade de ajuda, pois assim ele executa o plano estabelecido para a salvação. O psicoterapeuta vem a ser seu paciente, trabalhando através de outros pacientes para expressar os seus pensamentos assim como ele os recebe da Mente de Cristo.

(Fim de O Papel do Psicoterapeuta)”

Urtext –Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 204

“’Eu não sou um corpo. Eu sou livre. Pois ainda sou como Deus me criou.”

Lição 184. ‘O Nome de Deus é a minha herança.’

O Nome de Deus me lembra que sou Seu Filho, não escravo do tempo, nem preso a leis que governam o mundo de ilusões doentias, mas livre em Deus, para todo o sempre um com Ele.

‘Eu não sou um corpo. Eu sou livre. Pois ainda sou como Deus me criou.’”

—–

Dia 205

“Honre a verdade que lhe foi dada e fique contente por NÃO entendê-la. Os milagres são naturais para Deus e para Aquele Que fala por Deus. Pois a Sua tarefa é TRADUZIR o milagre no conhecimento que ele REPRESENTA e que está escondido para você. Permita que o entendimento DELE sobre o milagre seja suficiente para você e não se afaste de todas as testemunhas que Ele lhe tem dado de Sua realidade. NENHUMA evidência irá convencê-lo da verdade do que você NÃO quer. No entanto, o seu relacionamento com Ele é real e foi demonstrado. Não considere isso com medo, mas com alegria. Aquele a quem você chamou ESTÁ com você. Dê-Lhe as boas-vindas e honre as Suas testemunhas, que lhe trazem as boas novas de que Ele VEIO.

Isso É verdade, ASSIM COMO VOCÊ TEME, que reconhecê-Lo É negar TUDO aquilo que você pensa que conhece. Mas o que você pensa que conhece NUNCA foi verdadeiro. Que benefício há para você em apegar-se a isso e negar a evidência da verdade? Pois você chegou por demais perto da verdade para renunciar a ela agora e você se renderá à sua atração irresistível. Você pode adiar isso agora, mas só por pouco tempo. O Anfitrião de Deus tem chamado você e você TEM ouvido. Nunca mais você estará totalmente disposto a NÃO ouvir. Esse é um ano de alegria, no qual a sua capacidade de escutar aumentará e a paz crescerá com seu aumento.

O poder da santidade E A FRAQUEZA DO ATAQUE, AMBOS foram trazidos à sua consciência no nível da realidade [awareness]. E isso foi realizado em mentes firmemente convencidas de que a santidade é fraqueza e o ataque é poder. Isso não deveria ser um milagre suficiente para ensinar a você que o seu professor NÃO vem de você? Mas lembre-se também de que, sempre que você tem ouvido a interpretação DELE, os resultados lhe trouxeram alegria. Você PREFERIRIA os resultados da SUA interpretação, considerando com honestidade o que têm sido? A Vontade de Deus para você é algo melhor. Você não poderia olhar com maior caridade para quem Deus ama com amor perfeito? Não interprete CONTRA o Amor de Deus por você. Pois você tem muitas testemunhas que falam disso tão claramente, que apenas os cegos e os surdos podem deixar de vê-las e ouvi-las.

Esse ano, determine a NÃO negar o que lhe foi dado POR Deus, para usar por Ele. Ele mesmo tem lembrado você Dele. Desperte e COMPARTILHE o que lhe foi dado, pois essa é a única razão pela qual Ele tem chamado você. A Sua Voz tem falado claramente e, no entanto, você tem tão pouca fé no que ouviu, porque você tem preferido depositar ainda mais fé no desastre que VOCÊ tem feito. Hoje, permita-nos resolver JUNTOS aceitar as boas-novas de que o desastre NÃO é real e de que a realidade NÃO é um desastre. A realidade é certa e segura e totalmente benigna para com todas as pessoas e para com todas as coisas. Não há amor maior do que aceitar isso e ficar contente. Pois o amor pede apenas que VOCÊ SEJA FELIZ e lhe DÁ tudo o que contribui para a felicidade.

VOCÊ NUNCA ENTREGOU AO ESPÍRITO SANTO NENHUM PROBLEMA QUE ELE NÃO TENHA RESOLVIDO. NEM jamais você o fará. Você nunca tentou resolver COISA ALGUMA sozinho e teve sucesso. Não é tempo de você juntar esses fatos e dar SENTIDO a eles?

Esse é o ano para a APLICAÇÃO das ideias que lhe foram dadas. Pois as ideias são forças poderosas, para serem USADAS e não para serem mantidas em vão. Elas JÁ provaram a você o seu poder o suficiente para você depositar a sua fé nelas e NÃO na negação delas. Esse ano, invista na verdade e deixe-a funcionar em paz. Tenha fé Naquele Que tem fé em VOCÊ. Pense no que você REALMENTE viu e ouviu e RECONHEÇA isso. É possível você pode ESTAR sozinho, com testemunhas como essas?”

A Recompensa do Ensino

“Nós já aprendemos que todas as pessoas ensinam e ensinam todo o tempo. Você tem ensinado bem, mas ainda não tem aprendido como ACEITAR o consolo do seu ensinamento. Se você considerar O QUE você tem ensinado e como isso é alheio ao que você PENSAVA que conhecia, você será OBRIGADO a reconhecer que o seu Professor veio de ALÉM do seu sistema de pensamento e, assim, poderia olhar para ele com justiça e o perceber como não sendo verdadeiro. E Ele TEM QUE ter feito isso com base em um sistema de pensamento muito diferente, que não tem NADA EM COMUM COM O SEU. Pois certamente, o que Ele tem ensinado e o que você tem ensinado ATRAVÉS Dele, não tem nada em comum com o que você ensinou ANTES que Ele viesse. E os resultados foram trazer paz aonde havia dor e o sofrimento desapareceu, para ser substituído pela alegria.

Você TEM ensinado a liberdade, mas NÃO tem aprendido como ser livre. Nós dissemos certa vez:

‘Pelos seus frutos os conhecereis e eles conhecerão a si mesmos’.

Pois é certo que você julga a si mesmo de acordo com o seu ensinamento. O ensinamento do ego produz resultados IMEDIATOS, porque as SUAS decisões são imediatamente, mas impensadamente, ACEITAS COMO A SUA ESCOLHA.

E essa aceitação SIGNIFICA que você está disposto a julgar a si mesmo de acordo com isso. Causa e efeito são muito claros no sistema de pensamento do ego, porque todo o seu aprendizado foi direcionado no sentido de ESTABELECER a relação entre eles. E você NÃO teria fé naquilo que tão diligentemente tem ensinado a si mesmo a acreditar? No entanto, lembre-se de quanto cuidado você exerceu na escolha das suas testemunhas e em EVITAR aquelas que falavam pela Causa da verdade e de SEUS efeitos.

O fato de você NÃO ter aprendido o que você TEM ensinado não mostra que você NÃO percebe a Filiação como uma só? E isso também não mostra que você não se considera como uno em si mesmo? Pois é impossível ensinar com sucesso TOTALMENTE sem convicção e é igualmente impossível que a convicção esteja FORA de você. Você nunca poderia ter ensinado a liberdade, a não ser que acreditasse nela. E o que você ensinou TEM QUE TER VINDO DE VOCÊ MESMO.

E, no entanto, esse Ser você claramente NÃO CONHECE e não O reconhece, MESMO QUE ELE FUNCIONE. Que funções, têm que estar LÁ. E é SOMENTE se você negar O QUE ELE TEM FEITO, que você poderia possivelmente negar a sua presença.”

VOCÊ NUNCA ENTREGOU AO ESPÍRITO SANTO NENHUM PROBLEMA QUE ELE NÃO TENHA RESOLVIDO.

Urtext – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática

(O Propósito da Psicoterapia, cont.,)

D. O Processo da Enfermidade

“Como toda terapia é psicoterapia, assim também toda enfermidade é doença mental. É um julgamento feito sobre o Filho de Deus, e o julgamento é uma atividade mental. O julgamento é uma decisão, tomada uma e outra vez, contra a criação e o seu Criador. É uma decisão de perceber o universo assim como tu o terias criado. É uma decisão segundo a qual a verdade pode mentir e não pode deixar de ser mentira. Nesse caso, o que pode ser a enfermidade senão uma expressão de pesar e de culpa? E quem poderia chorar exceto pela própria inocência?

Uma vez que o Filho de Deus é visto como um ser culpado, a enfermidade vem a ser inevitável. Foi pedida e será recebida. E todos aqueles que pedem uma enfermidade, agora condenaram a si mesmos a buscar remédios que não podem ajudar porque a sua fé foi colocada na enfermidade e não na salvação. Não há nada que uma mudança na mente não possa realizar, pois todas as coisas externas são apenas sombras de uma decisão já tomada. Muda a decisão, e assim como seria possível que a sua sombra ficasse sem ser mudada? A enfermidade só pode ser a sombra da culpa, grotesca e feia, já que é uma mímica da deformidade. Se uma deformidade é vista como algo real, como poderia ser a sua sombra senão deformada?”

Urtext –Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 205

“’Eu não sou um corpo. Eu sou livre. Pois ainda sou como Deus me criou.’

Lição 185. ‘Quero a paz de Deus.’

 A paz de Deus é tudo o que eu quero. A paz de Deus é a minha única meta; o objetivo de toda a minha vida aqui, o fim que busco, meu propósito, minha função e minha vida, enquanto eu habitar onde não estou em casa.

‘Eu não sou um corpo. Eu sou livre. Pois ainda sou como Deus me criou.’”

—–

Dia 206

Esse é um curso que ensina a você como CONHECER a si mesmo. Você tem ENSINADO o que você é, mas você NÃO tem permitido que o que você É lhe ensine.

Você tem sido MUITO cuidadoso em evitar o óbvio e em NÃO ver a REAL relação de causa e efeito que é PERFEITAMENTE evidente. No entanto, dentro de você, está TUDO o que você ensinou. O que será isso que NÃO aprendeu? Tem que ser essa parte que está REALMENTE fora de você, NÃO por sua própria projeção, MAS NA VERDADE. E é essa parte, que você tem LEVADO PARA DENTRO, que NÃO é você. O que VOCÊ aceita em sua mente, não a muda na REALIDADE. As ilusões são apenas crenças NO QUE NÃO EXISTE. E o aparente conflito entre verdade e ilusão SÓ pode ser resolvido SEPARANDO-SE DA ILUSÃO e NÃO da verdade.

O seu ensinamento já FEZ isso, pois o Espírito Santo faz PARTE DE VOCÊ. Criado por Deus, Ele não deixou nem a Deus nem a Sua criação. Ele é Deus e você, assim como você é Deus e Ele juntos. Pois a resposta de Deus à separação acrescentou mais a você do que você tentou TIRAR.

Ele protegeu a ambos, a você e às suas criações juntos, mantendo em unidade com você o que você queria EXCLUIR. E as suas criações TOMARÃO O LUGAR do que VOCÊ levou para dentro de você, para AS substituir. Elas são MUITO reais e parte do Ser que você não conhece. Elas se comunicam com você através do Espírito Santo e o seu poder e gratidão a você pela criação DELAS, elas oferecem com contentamento ao seu ensinamento de seu Ser, que para elas é o lar onde habitam.

Você que é o anfitrião de Deus, também é anfitrião para com elas. Pois nada do que é real jamais deixou a mente do seu Criador. E o que NÃO é real NUNCA esteve lá. Você NÃO é dois ‘seres’ em conflito. O que está ALÉM DE DEUS? Se você, que O abraça e a quem Ele abraça, SÃO o universo, tudo o mais tem que estar FORA, onde não há NADA. VOCÊ tem ensinado isso e de muito longe no universo, embora NÃO além de você mesmo, as testemunhas do seu ensinamento se reuniram para ajudá-lo a aprender. A gratidão deles uniu-se à sua e à de Deus, para fortalecer a sua fé no que você ensinou. POIS O QUE VOCÊ ENSINOU É VERDADEIRO. Sozinho, você fica FORA do seu ensinamento e À PARTE dele. Mas COM elas, você TEM QUE aprender que você apenas em ensinado a si mesmo e tem APRENDIDO da convicção que você COMPARTILHOU com elas.

Esse ano você começará a aprender e fará com que o aprendizado seja COMPENSADO com o ensino. Você ESCOLHEU isso, por sua própria vontade de ensinar. Embora você pareça sofrer por isso, a alegria de ensinar ainda será sua. Pois a alegria de ensinar está NO APRENDIZ, que a oferece ao professor em gratidão e a compartilha COM ele. Na mesma medida em que você aprende, a sua gratidão ao seu SER, Que lhe ensina o que Ele É, crescerá e o ajudará a honrá-Lo. E você aprenderá o Seu poder, a Sua força e pureza e O amará como o Seu Pai O ama. O Seu Reino não tem limites nem fim e não há nada Nele que não seja perfeito e eterno. Tudo isso é VOCÊ e nada FORA disso É o que você é. Ao seu Ser mais santo toda honra é devida pelo que você é e pelo que é Aquele que o criou COMO você é.

Mais cedo ou mais tarde, todas as pessoas têm que fazer uma ponte sobre a brecha que elas imaginam existir entre os seus ‘seres’. Cada um constrói essa ponte, que o CONDUZ ATRAVÉS da brecha, assim que se estiver disposto a fazer um pequeno esforço para transpô-la. Os seus pequenos esforços são poderosamente complementados pela força do Céu e pela vontade unida de todos os que fazem do Céu o que ele é, estando unidos dentro dele. E assim aquele que quer fazer a travessia é literalmente transportado até lá.

A sua ponte está edificada com mais firmeza do que você pensa e o seu pé está firmemente plantado sobre ela. Não tenha medo de que a atração daqueles que estão do outro lado e esperam por você não o impulsione com segurança para atravessar. Pois você VIRÁ [porque é a sua vontade; jogo com a palavra WILL (vontade), em WILL come] aonde você quer estar e onde o seu Ser espera por você.”

Esse é um curso que ensina a você como CONHECER a si mesmo. Você tem ENSINADO o que você é, mas você NÃO tem permitido que o que você É lhe ensine.

A Ilusão e a Realidade do Amor

“Não tenha medo de olhar para o relacionamento especial de ódio, pois a liberdade está em olhar para ele. Seria impossível NÃO conhecer o significado do amor, EXCETO POR ISSO. Pois o relacionamento especial de amor, NO QUAL O SIGNIFICADO DO AMOR ESTÁ ESCONDIDO, é empreendido SOMENTE para FAZER COM QUE o ódio não seja visto, mas NÃO para DEIXAR QUE ELE SE VÁ. A sua salvação despontará claramente diante dos seus olhos abertos, à medida que você olha para isso.

VOCÊ NÃO PODE LIMITAR O ÓDIO. O relacionamento especial de amor NÃO faz com que ele não seja visível, mas apenas o CONDUZ PARA O SUBSOLO e o esconde de vista. É essencial trazê-lo para ser visto e NÃO fazer nenhuma tentativa de escondê-lo. Pois é a tentativa de EQUILIBRAR o ódio com o amor que faz com que o amor seja sem significado para você.

Você não reconhece a extensão da ruptura que existe nisso. E até que você o faça, a ruptura permanecerá sem reconhecimento e, portanto, SEM CURA ESPIRITUAL [unhealing].

Os símbolos do ódio contra os símbolos do amor representam um conflito que não existe. Pois os símbolos representam uma outra coisa e o SÍMBOLO do amor NÃO tem significado se o amor é tudo. Você passará por esse último desfazer sem nenhum dano e emergirá daí, finalmente, COMO VOCÊ MESMO. Esse é o último passo na prontidão para Deus. Não desista da sua vontade agora, você está perto demais e você cruzará a ponte em perfeita segurança, traduzido em quietude da guerra para a paz. Pois a ILUSÃO do amor NUNCA satisfará você. Mas a sua REALIDADE, que espera você do outro lado, DARÁ a você [porque é a sua vontade; jogo com a palavra WILL (vontade), em WILL give you) todas as coisas.”

Urtext – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática

(O Processo da Psicoterapia, cont., O Processo da Enfermidade, cont.,)

“A descida ao inferno acontece passo a passo em um curso inevitável uma vez que a decisão de que a culpa é real foi tomada. A doença, a morte e a miséria agora assombram a terra e ondas incessantes, algumas vezes juntas e algumas vezes em inflexível sucessão. Contudo, todas essas coisas, por mais reais que pareçam, são apenas ilusões. Quem poderia depositar nelas sua fé, uma vez que isso é entendido? E quem poderia não depositar a sua fé em todas elas até que entenda isso? A cura espiritual [healing] é terapia ou correção, e nós já dissemos, e vamos repetir, que toda terapia é psicoterapia. Curar [to heal] o doente é, apenas, trazer a ele a [tomada de] consciência disso.

A palavra ‘cura médica’ [curing] caiu em descrédito entre os terapeutas mais ‘respeitáveis’ do mundo, e com razão. Pois nenhum deles pode curar [cura médica; cure], e nenhum deles entende a cura espiritual [healing]. Na pior das hipóteses, eles apenas tornam o corpo real em suas próprias mentes e, tendo feito isso, buscam a magia para curar [cura espiritual; to heal] os males com os quais suas mentes o dotam. Como tal processo poderia curar [cura médica; to cure]? É ridículo do começo ao fim. No entanto, tendo começado, tem que terminar assim. É como se Deus fosse o diabo e tem que ser buscado no mal. Como o amor poderia estar lá? E como a doença poderia curar [cura médica; to cure]? Não são ambas uma pergunta?”

Diferença entre Cura Espiritual (Healing) e Cura Médica (Curing)

É o nosso entendimento que, como em muitas traduções oficiais, as palavras em Inglês “healing” e “curing” estão ambas sendo traduzidas como “cura” em Português, pois não temos palavras com o real significado delas, resulta numa perda considerável no amplo sentido em que as duas palavras esclarecem as respectivas situações retratadas pelos autores dos artigos estudados pelo Projeto OREM®.

Nesse sentido seguem abaixo três interpretações coletadas na internet que passam a ser consideradas em nossas traduções livres do Projeto OREM®, pela importância da busca do pleno entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres.

Artigo de Michael Lerner, PhD

Em meus trinta anos de trabalho com pacientes com câncer, eu tenho percebido uma profunda distinção entre cura [curing] e cura [healing].

A cura [curing] é o que um médico procura oferecer a você. A cura [healing], porém, vem de dentro de nós. É o que *nós* trazemos para a mesa. A cura [healing] pode ser descrita como um processo físico, emocional, mental e espiritual de voltar para casa.

Mesmo que nós estejamos perdendo terreno fisicamente, há uma cura [healing] emocional, mental e espiritual extraordinária que pode acontecer. Uma das ideias mais tóxicas da nova-era é que nós devemos ‘manter uma atitude positiva’. Que maluca, ideia maluca é essa. É muito mais saudável, muito mais curadora [healing], permitir a si mesmo sentir o que quer que esteja surgindo em você e permitir a si mesmo trabalhar com essa ansiedade, depressão, tristeza. Porque, por baixo disso, se você permitir que esses sentimentos surjam e se expressem, poderá encontrar a maneira verdadeiramente positiva de viver em relação a esses sentimentos. Isso é uma coisa tão importante.

Depois, há as ideias que nós temos sobre nós mesmos, nossas vidas, sobre o que significa a doença. Frequentemente, as pessoas sentem que a doença delas é uma espécie de julgamento sobre elas: ‘O que eu fiz de errado?’ Eu não tenho certeza se essa é uma ideia que serve muito às pessoas.

Quando eu tive o meu ataque cardíaco, eu senti como se eu tivesse renascido. Mesmo trabalhando com pacientes com câncer por 18 anos, quando ocorreu o *meu* ataque cardíaco, ocorreu uma profunda experiência de renascimento. Minha amada esposa diz que depois daquele ataque cardíaco, eu passei os primeiros três meses apenas reorganizando as pedras em nosso jardim. O mundo inteiro parecia novo para mim. Eu estava inventando minha vida de novo.

Portanto, existe a oportunidade que surge com o câncer, de perguntarmos a nós mesmos como nós queremos reinventar as nossas vidas. E isso pode ser uma das coisas curativas [healing] mais poderosas que nós podemos fazer.

A cura [healing] é o aspecto mais fundamental da nossa condição e é uma redescoberta contínua do que significa estar vivo. Ela se espalha pelo resto de nossa vida e nos guia. Não se trata apenas de uma ‘experiência espiritual’ de estar elevado o tempo todo. De jeito nenhum. Trata-se de viver com o estresse, as tensões e as dificuldades – e as alegrias – da vida, mas fazendo isso de uma maneira que nos sintamos completos.

Viver em relacionamento com as lutas da vida é o que nos torna humanos.

Definições-resumo em artigos sobre espiritualidade

Curar [curing] significa “eliminar todas as evidências de doença”, enquanto Curar [healing] significa “tornar-se completo”.

A cura [curing] é uma restauração da saúde, uma ausência de sintomas e um remédio para a doença.

A cura [healing], por outro lado, é uma restauração da integridade. A cura [healing] não é a remoção ou cessação dos sintomas, mas um processo integrativo que supera a partir da vitalidade e do bem-estar físico em direção à vitalidade e bem-estar mental, emocional e espiritual.

Artigo de Moji SolankeCura [Curing] Médica e Cura [Healing] Espiritual

Há uma diferença entre uma cura [curing] e uma cura [healing] e isso fundamenta a diferença entre medicina e espiritualidade.

Sem dúvida, o nobre objetivo da medicina é trazer socorro, alívio e cura [curing] para as inúmeras doenças que parecem assolar a humanidade; ainda, por sua própria admissão, pelo menos a maioria das faculdades de Medicina na Nigéria, atribui a cura [healing] a um poder além deles – Deus.

Muitos hospitais afixam publicamente em seus portões de entrada o slogan ‘Nós nos importamos, mas Deus cura [healing]’ e muitos pacientes Nigerianos têm encontrado um tremendo conforto nessas palavras.

Uma cura [curing] pode ser definida como uma restauração, um remédio ou uma remoção. Ela está baseada muito firmemente na evidência da materialidade, dos sintomas e do diagnóstico. Ela se baseia em órgãos, equipamentos e padrões físicos estabelecidos pela Medicina. Diz-se que uma cura [curing] é realizada, por exemplo, quando uma condição saudável é restaurada, o alívio de uma dor ou alívio de um inchaço é alcançado ou há uma remoção dos sintomas.

A cura [healing], entretanto, vai além da imagem física ou do sentido doentio apresentado. Ela é uma restauração, mas da integridade e não apenas do alívio dos sintomas. Ela tem uma radical novidade e vitalidade que faz com que o estado de doença anterior pareça um sonho, uma ilusão que realmente não tocou o homem. Aqueles que têm experienciado uma cura [healing] espiritual atestam que o seu estado de saúde não só está melhor do que antes, mas toda a experiência é transformadora.

A Medicina e a Ciência se regozijam quando é encontrada uma cura [curing] para uma doença e, recentemente, a Universidade de Dundee, na Escócia, anunciou tal avanço para possivelmente a cura [curing] para a malária. Tais anúncios atestam o compromisso da Faculdade de Medicina em trazer uma diminuição do sofrimento de problemas de saúde e certamente tem que ser aplaudidos.

No entanto, por mais louváveis ​​que sejam esses grandes avanços médicos e farmacêuticos, eles não garantem que o uso de uma droga miraculosa quer significar o fim permanente dos surtos de malária. Pode trazer um alívio mais rápido, mas apenas cura [curing] aquele ataque específico da doença, não a sua cura [healing] de maneira permanente.

Há uma declaração notável no livro “Ciência e Saúde com as Escrituras”, um livro sobre cura [healing] espiritual escrito por Mary Baker Eddy [1829-1910] e confirmada por provas práticas e incontestáveis. Eddy escreve:

“Nós pensamos que nós estamos curados [healed] quando uma doença desaparece, embora ela possa reaparecer; mas nós nunca somos completamente curados [healed] até que o risco de estar doente seja removido.”

Por meio de seu estudo da Bíblia e particularmente das obras de Jesus Cristo, Eddy descobriu as regras para a cura [healing] espiritual. Ela submeteu essas regras à prova e muitos indivíduos continuam não apenas sendo curados [cured] de doenças, mas são completamente curados [healed]. Ela escreveu essas regras em seu livro mencionado.

Se uma possível cura [curing] pela Medicina suscita sinceras ações de graças e celebração, quanto mais suscita a cura [healing] mais silenciosa, porém transformadora, que ocorre por meio da disciplina espiritual – {sim, ela exige um esforço por parte do indivíduo} – voltando-se para Deus, seguindo o exemplo do Cristo, estudo, adesão às regras de cura [healing] espiritual descobertas e fé inocente.

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 206

“’Eu não sou um corpo. Eu sou livre. Pois ainda sou como Deus me criou.’

Lição 186. ‘A salvação do mundo depende de mim.’

 As dádivas de Deus me foram confiadas porque sou Seu Filho. E quero dar as Suas dádivas aonde Ele quer que estejam.

‘Eu não sou um corpo. Eu sou livre. Pois ainda sou como Deus me criou.’”

—–

Imagem elia-pellegrini-VokN6qsZyOk-unsplash-16.01.2023.jpg – 16 de janeiro de 2023

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4

Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x