Tendo como base a ideia e a proposta do livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance, o objetivo dessa série de artigos do Projeto OREM® – OREM3 é analisarmos todo o material disponível e relevante sobre o Livro de Exercícios de Um Curso em Milagres para cada exercício diário, de maneira a auxiliar e facilitar o entendimento sobre o sistema de pensamento do Curso.

Para cada dia de estudo, nós estaremos incluindo também uma parte relevante do livro Texto, uma parte relevante do Material Suplementar (Cadernos de Taquigrafia de Helen Schucman e Versão Urtext de UCEM), alguns artigos relevantes de Professores Avançados e as próprias lições do Livro de Exercícios para cada dia (365 dias).

Lembrando que grande parte dos materiais suplementares (cadernos de taquigrafia de Helen e versão Urtext de UCEM), que constarão nessa série de artigos, não foram considerados na edição final de Um Curso em Milagres, por terem sido considerados “muito pessoais” pela equipe responsável pela edição1, porém importantes como material complementar, como nós veremos a seguir, por se tratar da ensinamentos compartilhados pelo autor do livro (Jesus).

Veja detalhes em artigo na Categoria “Um Curso em Milagres” de número 12 – “As versões iniciais e a edição de UCEM”.

Como diz Jeff Nance, “milagres não faltam!”

Nota: Nós consideramos que o estudante se beneficiará dessa série de artigos do Projeto OREM® a partir do momento que, já tendo concluída a leitura do livro Texto, realizado os exercícios e práticas do Livro de Exercícios e concluída a leitura do Manual de Professores, estará, portanto, nesse momento, retomando uma segunda rodada de conhecimento e entendimento do sistema de pensamento de Um Curso em Milagres (UCEM).

“Esse curso é um começo, não um fim…” (T-Prefácio)

Tradução livre Projeto OREM®

Dia 267

“A razão, assim como o amor, quer tranquilizá-lo e NÃO busca amedrontá-lo. O poder de CURAR o Filho de Deus é dado a você, PORQUE ele TEM QUE ser um só com você. Você é responsável pela forma como ele vê a si próprio. Entretanto, a razão lhe diz que é DADO a você mudar toda a mente dele, que é uma só com VOCÊ, em apenas um instante. E QUALQUER instante serve para trazer a correção COMPLETA dos seus erros e torná-lo íntegro. No instante em que você escolhe se deixar ser curado, nesse mesmo instante toda a salvação dele é vista como completa COM a sua. A razão é dada a você para que você ENTENDA que isso é assim. Pois a razão, benigna como é o propósito do qual ela é o meio, conduz persistentemente para longe da loucura, na direção da meta da verdade. E aqui você deixará cair a carga da NEGAÇÃO da verdade. ESSA é a carga que é terrível e NÃO a verdade.

O fato de vocês estarem UNIDOS é a sua salvação; a dádiva do Céu, NÃO a dádiva do medo. O Céu parece ser uma carga para vocês? Na loucura, sim; e, no entanto, o que a loucura vê TEM QUE ser dissipado pela razão. A razão garante a você que o Céu é o que você QUER e TUDO o que você quer. Escuta Aquele Que FALA com a razão e traga a SUA razão para que se alinhe com a DELE. Que você esteja disposto a permitir que a razão seja o meio pelo qual Ele o dirigirá quanto ao modo de deixar a INSANIDADE para trás. Não se esconda POR TRÁS da insanidade, com o fim de ESCAPAR da razão. Aquilo que a loucura quer OCULTAR, o Espírito Santo ainda exibe, para que todos contemplem com contentamento.

Você é o Salvador do seu irmão. Ele é o SEU. A razão fala com felicidade a respeito disso. A esse amável plano foi dado amor pelo Amor. E o que o Amor planeja é como Ele próprio nisso: Sendo unido, Ele quer que você aprenda o que VOCÊ deixar de ser. E já que você é UM SÓ com Ele, TEM QUE ser dado a você para dar o que foi dado por ELE e ainda continua sendo. Passe, nem que seja apenas um instante, na alegre ACEITAÇÃO do que é dado a você para ser dado a seu irmão e aprenda, com ele, o que tem sido dado a AMBOS. Dar não é MAIS abençoado do que receber. Mas também não é MENOS.

O Filho de Deus é SEMPRE abençoado como um só. E à medida em que a sua gratidão vai para você que o abençoou, a razão lhe dirá que NÃO PODE ser que você esteja À PARTE da bênção. A gratidão que ele oferece a você lembra você das graças que o seu Pai lhe dá por completá-Lo. E somente aqui a razão lhe diz que você pode entender o que TEM QUE ser. O seu Pai está tão perto de você quanto o seu irmão. No entanto, o que poderia estar mais perto de você do que o seu Ser?

Dar não é MAIS abençoado do que receber. Mas também não é MENOS.”

O poder que VOCÊ tem sobre o Filho de Deus NÃO é uma ameaça à sua realidade. Ele é apenas um testemunho dela. Onde poderia estar a sua liberdade senão em si mesmo, se ele JÁ é livre? E quem poderia prendê-lo senão ELE MESMO, se ele NEGAR a liberdade dele? Não se zomba de Deus; nem tampouco o Seu Filho pode SER aprisionado, exceto pelo seu próprio desejo. E é pelo seu próprio desejo que ele é liberto. Tal é a sua FORÇA e NÃO a sua fraqueza. Ele está à sua própria mercê. E onde ele ESCOLHE ser misericordioso, lá ele é livre. Mas onde ele escolhe condenar, lá ele é mantido como um prisioneiro, esperando acorrentado o próprio perdão a si mesmo, para libertá-lo.”

Não se zomba de Deus; nem tampouco o Seu Filho pode SER aprisionado, exceto pelo seu próprio desejo. E é pelo seu próprio desejo que ele é liberto.

Percepção e Desejos [FIP: VII. A última questão sem resposta]

“Você não vê que toda a sua miséria vem da estranha crença de que você não tem poder? SER IMPOTENTE É O CUSTO DO PECADO. A impotência é a CONDIÇÃO do pecado; o ÚNICO requisito que ele exige, para que se acredite nele. Somente os impotentes PODERIAM acreditar nele. A enormidade não tem apelo nenhum, exceto para o pequeno. E só aqueles que, em PRIMEIRO lugar, acreditam que são pequenos, poderiam VER atrativos nela. A traição ao Filho de Deus é a defesa daqueles que NÃO se identificam com ele. E você é POR ele ou CONTRA ele; ou você o ama ou o ataca; proteja a sua unidade ou veja-o despedaçado e abatido pelo seu ataque.

Ninguém acredita que o Filho de Deus não tenha poder. E aqueles que se consideram impotentes TÊM QUE acreditar que NÃO são o Filho de Deus. O que eles podem SER, exceto o seu inimigo? E o que eles podem fazer senão invejar o seu poder e, por sua inveja, ficar com medo dele? Esses são os escuros, silenciosos e temerosos, solitários e incomunicáveis, com medo de que o poder do Filho de Deus venha trespassá-los e matá-los e, assim, erguem CONTRA ele a impotência deles. Eles se unem ao exército dos impotentes, para batalhar na sua guerra de vingança, amargura e rancor contra ele, para torná-lo um só com ELES. Porque eles não têm o conhecimento de que são um só com ELE, eles não sabem a QUEM eles odeiam.

Eles são, de fato, um exército pesaroso, cada um com tanta probabilidade de atacar o seu irmão ou se voltar contra si mesmo, quanto de lembrar que PENSAVAM que tinham uma causa em comum. Frenéticos, vociferantes e fortes, os às escuras PARECEM ser. No entanto, eles não conhecem o próprio inimigo, EXCETO QUE O ODIEM. No ódio, eles vieram a se unir, mas NÃO se uniram uns aos outros. Pois, se o tivessem feito, o ódio seria impossível. O exército dos impotentes TEM QUE ser dissolvido na presença da FORÇA.”

Urtext – Canção da Oração (Oração, cont., Orar com os Outros, cont.,)

“Agora é possível ajudar em oração, assim sendo, procura tu mesmo chegar até lá. Nesse grau [“Nós vamos juntos, você e eu.”] começa a subida mais rápida, mas ainda existem muitas lições para serem aprendidas. O caminho está aberto e a esperança se justifica. No entanto, é provável que no início aquilo que é pedido, mesmo por aqueles que se unem em oração, não seja a meta que a oração deveria buscar verdadeiramente. Mesmo juntos, vós podeis pedir coisas e assim construir apenas a ilusão de uma meta que compartilhais. Podeis pedir juntos algo específico e não dar-vos conta de que estais pedindo efeitos sem uma causa. E isso não podeis ter. Pois, ninguém pode receber apenas os efeitos, pedindo a uma causa da qual eles não podem vir, que os ofereça a si mesmo. Mesmo a união, portanto, não é suficiente se aqueles que oram juntos não pedirem, acima de tudo, aquilo que é a Vontade de Deus. Só dessa Causa é possível vir a resposta na qual todas as necessidades específicas são satisfeitas, todos os desejos separados unificados em um só.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 267

“’O meu coração está pulsando na Paz de Deus.’

À minha volta está toda a vida que Deus criou em Seu Amor. Ela me chama em cada batida do coração, em cada respiração, em cada ação e em cada pensamento. A paz enche o meu coração e inunda o meu corpo com o propósito do perdão. Agora, a minha mente está curada e tudo o que preciso para salvar o mundo me é dado. Cada batida do coração me traz paz; cada respiração me impregna de força. Sou um mensageiro de Deus, dirigido pela Sua Voz, amparado por Ele no amor para sempre abraçado por Seus Braços amorosos em quietude e em paz. Cada batida do meu coração invoca o Seu Nome e cada uma é respondida pela Sua Voz, assegurando-me que estou em casa Nele.

‘Que eu ouça a Tua Resposta e não a minha. Pai, o meu coração está pulsando na paz que o Coração do Amor criou. É lá e só lá que posso estar em casa.’”

—–

Dia 268

“Aqueles que são fortes NUNCA são traiçoeiros, porque não têm necessidade de SONHAR com o poder e de encenar o seu sonho. Como poderia um exército atuar em sonhos? Atuaria de qualquer maneira. Eles poderiam ser vistos atacando QUALQUER UM, com QUALQUER COISA. Os sonhos não têm RAZÃO em si mesmos. Uma flor se transforma em uma lança envenenada, uma criança se torna um gigante e um camundongo ruge como um leão. E o AMOR SE TRANSFORMA EM ÓDIO com a mesma facilidade. Isso não é um exército, mas uma casa de loucos. O que parece ser um ataque planejado é um hospício. O exército dos impotentes é realmente fraco. Ele não tem armas e não tem inimigo.

Sim, ele pode invadir o mundo e BUSCAR um inimigo. Mas jamais pode ACHAR o que não está lá. Sim, ele pode SONHAR que achou um inimigo, mas esse se deslocará até mesmo no momento em que for atacado de forma que o exército corre imediatamente para achar outro e nunca vem a descansar na vitória. E, enquanto corre, volta-se contra si mesmo, pensando ter vislumbrado o grande inimigo que sempre se esquiva do seu ataque assassino transformando-se em alguma outra coisa. Quão traiçoeiro parece esse inimigo, que muda tanto, a ponto de ser impossível até reconhecê-lo! No entanto, o ódio TEM QUE ter um alvo. Não pode haver fé no pecado sem um inimigo.

Quem, entre aqueles que acreditam no pecado, ousaria acreditar que NÃO tem inimigo? Ele poderia admitir que ninguém o TORNOU impotente? A razão certamente o aconselharia a não mais buscar o que NÃO EXISTE para ser achado. No entanto, em primeiro lugar, ele tem que estar DISPOSTO a perceber um mundo onde isso NÃO exista. NÃO é necessário que ele entenda COMO ele poderá vê-lo. Ele também não deveria tentar. Pois, se ele se concentrar em algo que NÃO PODE entender, ele apenas ENFATIZARÁ a sua própria impotência e deixará que o pecado lhe diga que o seu inimigo tem que ser ELE PRÓPRIO. Ao invés disso, que pergunte a si mesmo apenas essas questões a respeito das quais ele TEM QUE tomar uma decisão para que isso seja feito PARA ele:

‘Eu DESEJO um mundo que eu governo, ao invés de um mundo onde EU SOU governado?

EU DESEJO um mundo no qual eu seja poderoso, ao invés de ser impotente?

EU DESEJO um mundo em que eu NÃO tenha inimigos e NÃO POSSA pecar?

E EU QUERO ver aquilo que neguei, PORQUE é a verdade?’

Você JÁ tem respondido às três primeiras perguntas, mas ainda não respondeu à última. Pois essa ainda parece amedrontadora e DISTINTA das outras. No entanto, a razão garantiria a você que todas elas são a mesma. Nós dissemos que esse ano enfatizaria a igualdade das coisas que SÃO a mesma. Essa questão final, que é de fato a última pela qual você tem que se decidir, ainda parece conter uma ameaça que as outras já não trazem para você. E essa diferença imaginada atesta a sua crença de que a VERDADE pode ser o inimigo que você ainda pode achar. Aqui, então, aparentemente estaria a última esperança restante de achar o pecado e de NÃO aceitar o poder.

Não se esqueça de que a escolha entre a verdade ou o pecado, poder ou impotência, É a escolha de CURAR ou atacar. Pois a cura vem do PODER e o ATAQUE da impotência. Aquele que você ataca, você NÃO PODE querer curar. E aquele que você quer ver curado TEM QUE ser aquele que você escolheu para ser PROTEGIDO do ataque. E o que é essa decisão, senão a escolha entre vê-lo através dos olhos do CORPO ou permitir que ele seja REVELADO a você através da visão? COMO essa decisão conduz a seus efeitos, NÃO é problema seu. Mas o que você QUER ver, TEM QUE ser a sua escolha. Esse é um curso sobre a CAUSA e NÃO sobre o efeito.

Considere cuidadosamente a sua resposta à última questão que ainda não foi respondida. E deixe que a sua razão lhe diga que ela TEM QUE ser respondida e ela É respondida nas outras três. E então ficará claro para você que, à medida que você observa os EFEITOS do pecado, em QUALQUER forma, tudo o que você precisa fazer é simplesmente perguntar a si mesmo:

‘É isso o que eu quero ver? É isso o que EU QUERO?’

Essa é a sua única decisão; essa é a CONDIÇÃO para o que ocorre. É irrelevante COMO isso acontece, mas NÃO para o POR QUÊ. Você TEM o controle disso. E se você ESCOLHER ver um mundo SEM um inimigo, no qual você NÃO é impotente, os MEIOS para vê-lo SERÃO dados a você.

Não se esqueça de que a escolha entre a verdade ou o pecado, poder ou impotência, É a escolha de CURAR ou atacar. Pois a cura vem do PODER e o ATAQUE da impotência.

Por que a questão final é tão importante? A razão lhe dirá porquê. Ela é a mesma que as outras três, EXCETO NO TEMPO. As outras são decisões que podem ser tomadas, depois desfeitas e refeitas novamente. Mas a verdade é CONSTANTE e implica um estado no qual as vacilações são impossíveis. Você pode desejar um mundo que você governa e que não governa você e depois MUDAR a sua mente. Você pode desejar trocar a sua impotência por poder e PERDER esse mesmo desejo quando um pequeno lampejo de pecado o atrair. E você pode querer ver um mundo sem pecado e permitir que um ‘inimigo’ lhe tente a usar os olhos do corpo e MUDAR o que você deseja.

Esse é um curso sobre a CAUSA e NÃO sobre o efeito.

Em CONTEÚDO todas as questões SÃO a mesma. Pois cada uma pergunta se está disposto a trocar o mundo do pecado pelo que o Espírito Santo vê. Pois é isso que o mundo do pecado nega. E, portanto, aqueles que olham para o pecado ESTÃO vendo a NEGAÇÃO do mundo real. No entanto, a última questão adiciona o DESEJO POR CONSTÂNCIA ao seu desejo de ver o mundo real, de tal modo que esse desejo vem a ser o ÚNICO que você tem. Ao responder ‘sim’ à questão final, você acrescenta SINCERIDADE às decisões que JÁ tomou em relação a todo o resto. Pois só assim você terá RENUNCIADO à opção de mudar de ideia NOVAMENTE. Quando ISSO for o que você NÃO quer, o resto terá sido totalmente respondido.

Por que você pensa que não tem certeza se as outras questões foram respondidas? PODERIA ser necessário que elas fossem PERGUNTADAS com tanta frequência, caso tivessem sido? Até que a última decisão seja tomada, a resposta é ao mesmo tempo sim e não. Pois você respondeu ‘sim’, sem perceber que esse sim TEM QUE significar que você NÃO disse NÃO. Ninguém se decide CONTRA a sua própria felicidade. Mas ele PODE fazê-lo, quando não vê que é isso O QUE ESTÁ FAZENDO. E, se ele vê a sua felicidade como alguma coisa em constante mudança, agora isso, agora aquilo, agora uma sombra fugidia que não está ligada a coisa alguma, ele DE FATO se decide contra a felicidade.

A felicidade fugidia, ou a felicidade em forma mutante ​​que se desloca com o tempo e o lugar, é uma ilusão que não tem significado. A felicidade TEM QUE ser constante, porque ela é ALCANÇADA pela RENÚNCIA ao desejo do INconstante. A alegria não pode ser percebida, EXCETO através da visão constante. E a visão constante só pode ser dada àqueles que DESEJAM a constância. O poder do desejo do Filho de Deus permanece sendo a prova de que ele está errado quando se vê como impotente. Deseje o que quiser e você o comtemplará e pensará que é real. Todo pensamento tem apenas o poder de liberar ou matar. E nenhum pensamento pode deixar a mente do pensador ou deixar de afetá-lo.”

Urtext – Canção da Oração (Oração, cont., Orar com os Outros, cont.,)

“Orar por coisas específicas sempre implica em pedir que o passado se repita de alguma forma. O que foi agradável antes e pareceu ser; o que era de um outro e ele parecia amar, – tudo isso são apenas ilusões do passado. A finalidade da oração é liberar o presente das suas cadeias de ilusões passadas; deixar que ele seja um remédio livremente escolhido para cada escolha que simbolizou um equívoco. O que a oração pode te oferecer agora excede tanto tudo o que pediste antes, que é uma pena que te contentes com menos.

Escolhestes uma chance que acaba de nascer a cada vez que tu oras. Acaso quererias sufocá-la e aprisioná-la em antigas prisões, se tens a chance de liberar a ti mesmo de todas elas imediatamente? Não restrinjas o teu pedido. A oração pode trazer a paz de Deus. Que coisa presa no tempo pode dar-te mais do que isso no pequeno espaço que dura antes de sucumbir no pó?

(Fim de Orar com os Outros)”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 268

“’Que todas as coisas sejam exatamente como são.’

‘Senhor, que eu não seja o Teu critico hoje, e nem julgue contra Ti. Que eu não tente interferir na Tua criação, nem distorcê-la em formas doentias. Que esteja disposto a retirar os meus desejos da sua unidade, deixando assim que ela seja tal como a criaste. No Amor fui criado e no Amor permanecerei para sempre. O que pode me assustar, quando deixo todas as coisas serem exatamente como são?’

Que o nosso modo de ver não seja uma blasfêmia hoje, e que não prestemos ouvidos a línguas mentirosas. Só a realidade está livre da dor. Só a realidade está livre da perda. Só a realidade é totalmente segura. E é só isso que buscamos hoje.”

—–

Dia 269

A Mudança Interior

“São os pensamentos, então, perigosos? Para os corpos, SIM. Os pensamentos que parecem matar são aqueles que ensinam ao pensador que ele PODE ser morto. E assim ele morre, DEVIDO ao que aprendeu.

Ele vai da vida à morte, a prova final de que deu mais valor ao inconstante do que à constância. Certamente, ele PENSOU que queria a felicidade. No entanto, ele NÃO a desejava PORQUE a felicidade era a verdade e, portanto, TEM QUE ser constante. A constância da alegria é uma condição bastante alheia ao seu entendimento. No entanto, se você apenas pudesse imaginar o que ela TEM QUE ser, você A DESEJARIA, mesmo sem a ENTENDER.

A constância da felicidade NÃO tem exceções, não muda de forma ALGUMA. É inabalável como é o Amor de Deus pela Sua Criação. Segura em sua visão assim como o seu Criador no que ele CONHECE, a felicidade olha para todas as coisas e VÊ que são a mesma. Ela NÃO vê o efêmero, pois DESEJA que todas as coisas sejam como ela própria e as VÊ assim. NADA tem o poder de confundir a sua constância, porque o seu PRÓPRIO desejo não pode SER abalado. Ela vem com toda certeza para aqueles que veem que a questão final é NECESSÁRIA para o resto, assim como a paz TEM QUE vir para aqueles que escolhem curar e NÃO julgar.

A razão lhe dirá que você NÃO PODE pedir felicidade de maneira inconstante. Pois, se o que você deseja você RECEBE e se a felicidade É constante, então você precisa pedir apenas UMA ÚNICA VEZ, para tê-la SEMPRE. E, se você NÃO a tem sempre, sendo ela o que É, você NÃO a pediu. Pois ninguém deixa de PEDIR o que deseja à QUALQUER COISA que ele acredite que possa oferecer alguma promessa de poder lhe DAR o que quer. Ele pode estar errado quanto ao QUE ele pergunta, ONDE e A QUÊ. No entanto, ele pedirá, porque o desejo É um pedido, um PEDIDO feito por alguém a quem o próprio Deus jamais falhará em responder.

Deus JÁ lhe tem dado tudo o que ele REALMENTE quer. Contudo, aquilo do qual ele não tem certeza, Deus NÃO PODE dar. Pois Ele NÃO o deseja enquanto PERMANECE incerto e a dádiva de Deus TEM QUE ser incompleta a menos que seja RECEBIDA. Você que completa a Vontade de Deus e É a Sua felicidade, cuja vontade é tão poderosa quanto a Dele – com um poder que NÃO se perde em suas ilusões – pense cuidadosamente na razão pela qual você ainda não decidiu como responderá à última questão. A sua resposta às outras tem lhe possibilitado uma ajuda para que você apenas seja parcialmente insano. E, no entanto, é a questão final que, REALMENTE, pergunta se você está disposto a ser TOTALMENTE são.

O que é o instante santo senão o apelo de Deus para que você RECONHEÇA o que Ele lhe deu? Aqui está o grande apelo à razão; a consciência no nível da realidade [awareness] do que SEMPRE está presente para ser visto; a felicidade que SEMPRE PODERIA ser sua. Aqui está a paz CONSTANTE que você poderia experienciar para sempre. Aqui o que a negação negou lhe é REVELADO. Pois aqui a questão final JÁ está respondida e o que você pede, já foi DADO. Aqui está o futuro AGORA, pois o tempo é impotente DEVIDO ao seu desejo por algo que NUNCA mudará. Isso é assim pois você pediu que nada ESTEJA ENTRE a santidade do seu relacionamento e a sua CONSCIÊNCIA NO NÍVEL DA REALIDADE [AWARENESS] dessa santidade.”

CAPÍTULO 22 – A SALVAÇÃO E O RELACIONAMENTO SANTO

Introdução

“Tenham piedade de vocês mesmos, por tanto tempo escravizados. Regozijem-se pois aqueles a quem Deus se uniu vieram a estar juntos e não têm mais necessidade de olhar para o pecado SEPARADOS. Não há duas pessoas que possam olhar para o pecado JUNTAS, pois elas jamais PODERIAM vê-lo no mesmo lugar e ao mesmo tempo. O pecado é uma percepção estritamente INDIVIDUAL, VISTO no outro, porém cada um ACREDITA que ele está dentro DE SI MESMO. E cada um parece fazer um erro DIFERENTE, erro esse que o outro não consegue entender. Irmãos, É o mesmo erro, FEITO pelo mesmo ser e é perdoado em nome daquele que o cometeu da MESMA maneira.

A santidade do seu relacionamento perdoa AMBOS [a você e ao seu irmão], desfazendo os efeitos do que ambos acreditaram E viram. E, com a partida deles, a NECESSIDADE do pecado desapareceu COM eles. Quem tem necessidade de pecado? Somente os sozinhos e os solitários, que veem os seus irmãos DIFERENTES de si mesmos. É essa DIFERENÇA, visível porém não real, que faz com que a necessidade do pecado, não real porém visível, parecer justificada. E tudo isso SERIA real, se o pecado o fosse real. Pois um relacionamento não-santo é BASEADO em diferenças, onde cada um pensa que o OUTRO tem o que ELE NÃO tem.

Eles vêm a estar juntos, cada um para completar a si mesmo e roubar o outro. Eles ficam até pensarem que não há mais nada para roubar e depois seguem em frente. E assim eles vagam através de um mundo de estranhos, DIFERENTE deles mesmos, vivendo com os seus corpos talvez sob um teto comum que não abriga a nenhum dos dois; no mesmo quarto e, apesar disso, há um mundo entre eles.

Um relacionamento santo parte de uma premissa diferente. Cada um olhou para dentro de si mesmo e não viu nenhuma falta. ACEITANDO a sua completeza, ele a ESTENDERÁ unindo-se a um outro, íntegro como ele próprio.

Ele não vê DIFERENÇAS entre o seu ser e o ser do outro, pois as diferenças estão APENAS nos corpos. Portanto, ele ao olhar não acha nada que ele queira TOMAR do outro. Ele NÃO nega a sua própria realidade PORQUE é a verdade. Ele está só um pouco abaixo do Céu, mas suficientemente próximo para NÃO retornar à terra. Pois esse relacionamento TEM a santidade do Céu. Quão longe de casa pode estar um relacionamento tão semelhante ao Céu?

Pense no que um relacionamento santo pode ensinar! Aqui se desfaz a CRENÇA nas diferenças. Aqui a FÉ depositada nas diferenças passa a ser depositada no que é o mesmo. E aqui a perspectiva das diferenças é transformada em VISÃO.

E a razão agora pode conduzi-los à conclusão lógica da união de vocês. Ela tem que se estender, assim como VOCÊS se estenderam quando vocês se uniram. Ela tem que alcançar o que está fora e além de si mesma, assim como vocês alcançaram o que estava fora e além do corpo, para permitir que vocês fossem unidos. E agora essa qualidade comum ao que é o mesmo, que vocês viram se estende e, finalmente, remove TODO o senso de diferenças, de tal modo que o mesmo por trás de todas as diferenças vem a ser aparente. Aqui está o círculo dourado, onde você RECONHECE o Filho de Deus. Pois o que nasceu em um relacionamento santo NUNCA pode ter fim.”

Urtext – Canção da Oração (Oração, cont.,)

F. A Escada Termina

“A oração é um caminho para a verdadeira humildade. E aqui outra vez ela sobe lentamente e cresce em força e amor e santidade. Permita que ela apenas deixe o chão onde começa e se erga para Deus e a verdadeira humildade virá finalmente banhar de graças à mente que pensava estar sozinha e se bater contra o mundo. A humildade traz paz porque não clama que tu tens que governar sozinho o universo, nem julgar todas as coisas como queres que sejam. Todos os pequenos deuses ela deixa de lado com contentamento, não ressentida, mas com honestidade e reconhecimento de que eles não servem.”

Urtext – Livro de Exercícios para Estudantes

Lição 269

“’A minha visão é dirigida para contemplar a face de Cristo.’

‘Peço-Te que abençoes a minha vista nesse dia. Ela é o meio que escolheste para vir a ser o caminho para mostrar-me os meus equívocos e fazer com que eu olhe para o que está além. A mim é dado encontrar uma nova percepção através do Guia que me deste e através de Suas lições ultrapassar a percepção e retornar à verdade. Peço a ilusão que transcende todas as ilusões que eu fiz. Hoje escolho ver um mundo perdoado, no qual todos me mostram a face de Cristo e ensinam-me que aquilo que contemplo pertence a mim; nada existe, exceto o Teu Filho Santo.’

Hoje a nossa visão é, de fato, abençoada. Compartilhamos uma só visão ao contemplarmos a face Daquele que é o nosso Ser. Somos um graças Àquele Que é o Filho de Deus, Aquele que é a nossa própria identidade.”

—–

Imagem everton-vila-AsahNlC0VhQ-unsplash.jpg – 10 de abril de 2023

Bibliografia da OREM3:

Livro “Um Curso em Milagres” – Livro Texto, Livro de Exercícios e Manual de Professores. Fundação para a Paz Interior. 2ª Edição –  copyright© 1994 da edição em língua portuguesa.

Artigo “Helen and Bill’s Joining: A Window Onto the Heart of A Course in Miracles” (tradução livre: A União de Helen e Bill: Uma Janela no Coração de Um Curso em Milagres”) – Robert Perry, site: https://circleofa.org/

E-book “What is A Course in Miracles” (tradução livre: O que é Um Curso em Milagres) – Robert Perry.

E-book “Autobiography – Helen Cohn Schucman, Ph.D.” – Foundation for Inner Peace (tradução livre: Autobiografia – Helen Cohn Schucman, Ph.D., Fundação para a Paz Interior).

Livro “Uma Introdução Básica a Um Curso em Milagres”,  Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “O Desaparecimento do Universo”, Gary R. Renard.

Livro “Absence from Felicity: The Story of Helen Schucman and Her Scribing of A Course in Miracles” (tradução livre: “Ausência de Felicidade: A História de Helen Schucman e Sua Escriba de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “A Short History of the Editing and Publishing of A Course in Miracles” (tradução livre: Uma Breve História da Edição e Publicação de Um Curso em Milagres” – Joe R. Jesseph, Ph.D. http://www.miraclestudies.net/history.html

E-book “Study Guide for A Course in Miracles”, Foundation for Inner Peace (tradução livre: Guia de Estudo para Um Curso em Milagres, Fundação para a Paz Interior).

Artigo “The Course’s Use of Language” (tradução livre: “O Uso da Linguagem do Curso”), extraído do livro “The Message of A Course in Miracles” (tradução livre: “A Mensagem de Um Curso em Milagres”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo Who Am I? (tradução livre: Quem Sou Eu?) – Beverly Hutchinson McNeff – Site: https://www.miraclecenter.org/wp/who-am-i/

Artigo “Jesus: The Manifestation of the Holy Spirit – Excerpts from the Workshop held at the Foundation for A Course in Miracles – Temecula CA” (tradução livre: Jesus: A Manifestação do Espírito Santo – Trechos da Oficina realizada na Fundação para Um Curso em Milagres – Temecula CA) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Quantum Questions” (tradução livre: “Questões Quânticas”) – Ken Wilburn

Livro “Um Retorno ao Amor” – Marianne Williamson.

Glossário do site Foundation for A Course in Miracles (tradução livre: Fundação para Um Curso em Milagres), do Dr. Kenneth Wapnick, https://facim.org/glossary/

Livro Um Curso em Milagres – Esclarecimento de Termos.

Artigo “The Metaphysics of Separation and Forgiveness” (tradução livre: “A Metafísica da Separação e do Perdão”) – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “Os Ensinamentos Místicos de Jesus” – Compilado por David Hoffmeister – 2016 Living Miracles Publications.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – A Canção da Oração” – Helen Schucman – Fundação para a Paz Interior.

Livro “Suplementos de Um Curso em Milagres UCEM – Psicoterapia: Propósito, Processo e Prática.

Workshop “O que significa ser um professor de Deus”, proferido pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo escrito pelo escritor Paul West, autor do livro “I Am Love” (tradução livre: “Eu Sou Amor”), blog https://www.voiceforgod.net/.

Artigo “The Beginning Of The World” (tradução livre: “O Começo do Mundo”) – Dr Kenneth Wapnick.

Artigo “Duality as Metaphor in A Course in Miracles” (tradução livre: “Dualidade como Metáfora em Um Curso em Milagres”) – Um providencial e didático artigo, considerado pelo próprio autor como sendo um dos artigos (workshop) mais importantes por ele escrito e agora compartilhado pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Healing the Dream of Sickness” (tradução livre: “Curando o Sonho da Doença”  – Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Livro “The Message of A Course in Miracles – A translation of the Text in plain language” (tradução livre: “A mensagem de Um Curso em Milagres – Uma tradução do Texto em linguagem simples”) – Elizabeth A. Cronkhite.

E-book “Jesus: A New Covenant ACIM” – Chapter 20 – Clearing Beliefs and Desires – Cay Villars – Joininginlight.net© (tradução livre: “Jesus: Uma Nova Aliança UCEM” – Capítulo 20 – Clarificando Crenças e Desejos).

Artigo “Strangers in a Strange World – The Search for Meaning and Hope” (tradução livre: “Estranhos em um mundo estranho – A busca por significado e esperança”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Artigo “To Be in the World and Not of It” (tradução livre: “Estar no Mundo e São Ser Dele”), escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick e por sua esposa Sra. Gloria Wapnick.

Site https://circleofa.org/.

Livro “A Course in Miracles – Urtext Manuscripts – Complete Seven Volume Combined Edition. Published by Miracles in Action Press – 2009 1ª Edição.

Tradução livre do capítulo Urtext “The Relationship of Miracles and Revelation” (N 75 4:102).

Artigo “How To Work Miracles” (tradução livre “Como Fazer Milagres”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/how-to-work-miracles/.

Artigo “A New Vision of the Miracle” (tradução livre: “Uma Nova Visão do Milagre”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/a-new-vision-of-the-miracle/.

Artigo “What Is a Miracle?” (tradução livre: “O que é um milagre?”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/what-is-a-miracle/.

Artigo “How Does ACIM Define Miracle?” (tradução livre: “Como o UCEM define milagre?”), de Bart Bacon https://www.miracles-course.org/index.php?option=com_content&view=article&id=232:how-does-acim-define-miracle&catid=37&Itemid=57.

Livro “Os cinquenta princípios dos milagres de Um Curso em Milagres”, de Kenneth Wapnick, Ph.D..

Artigo “The Fifty Miracle Principles: The Foundation That Jesus Laid For His Course” (tradução livre: “Os cinquenta princípios dos milagres: a base que Jesus estabeleceu para o seu Curso”), de Robert Perry https://circleofa.org/library/the-fifty-miracle-principles-the-foundation-that-jesus-laid-for-his-course/.

Artigo “Ishmael Gilbert, Miracle Worker” (tradução livre: “Ishmael Gilbert, Trabalhador em Milagre”), de Greg Mackie https://circleofa.org/library/ishmael-gilbert-miracle-worker/.

Blog “A versão Urtext da obra Um Curso em Milagres (UCEM)” https://www.umcursoemmilagresurtext.com.br/.

Blog “Course in Miracles Society – CIMS – Original Edition” https://www.jcim.net/about-course-in-miracles-society/.

Site Google tradutor https://translate.google.com.br/?hl=pt-BR.

Site WordReference.com | Dicionários on-line de idiomas https://www.wordreference.com/enpt/entitled.

Artigo “The earlier versions and the editing of A Course in Miracles” (tradução livre: “As versões iniciais e a edição de Um Curso em Milagres), autor Robert Perry https://circleofa.org/library/the-earlier-versions-and-the-editing-of-a-course-in-miracles/.

Livro “A Course in Miracles: Completed and Annotated Edition” (“Edição Completa e Anotada”) – Circle of Atonement.

Livro “Q&A – Detailed Answers to Student-Generated Questions on the Theory and Practice of A Course in Miracles” – Supervised and Edited by Kenneth Wapnick, Ph.D. – Foundation for A Course in Miracles – Publisher (tradução livre: “P&R – Respostas Detalhadas a Questões Geradas por Alunos sobre a Teoria e Prática de Um Curso em Milagres” – Supervisionado e Editado por Kenneth Wapnick, Ph.D. – Fundação para Um Curso em Milagres – Editora)

Artigo “The Importance of Relationships” (tradução livre: “A Importância dos Relacionamentos”), no site https://circleofa.org/library/the-importance-of-relationships/, autor Robert Perry.

Artigo: “The ark of peace is entered two by two” (tradução livre: “Na arca da paz só entram dois a dois”) – Robert Perry Site: https://circleofa.org/library/the-ark-of-peace-is-entered-two-by-two/

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 2 of 3 – How Right Minds Live in the World: The Blessing of Forgiveness”, por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D.

Artigo “Living a Course in Miracles As Wrong Minds, Right Minds, and Advanced Teachers – Part 1 of 3 – How Wrong Minds Live in the World: The Ego’s Curse of Specialness”, por Dr. Kenneth Wapnick.

Transcrição do vídeo do Dr. Kenneth Wapnick no YouTube, intitulado: “Judgment” (tradução livre: “Julgamento”).  O artigo completo em inglês no site https://facim.org/transcript-of-kenneth-wapnick-youtube-video-entitled-judgment/.

Trechos do Workshop “The Meaning of Judgment” (tradução livre “O Significado de Julgamento”), realizado na Fundação para Um Curso em Milagres em Roscoe NY, ministrado pelo Dr. Kenneth Wapnick. O artigo completo em inglês no site: https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/the-meaning-of-judgment/.

Comentários do professor de Deus Allen Watson, que transcrevemos, em tradução livre, do site Circle of Atonement (https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-sin/).

Artigo “There is no sin” (tradução livre: “Não há pecado”), Robert Perry, site https://circleofa.org/library/there-is-no-sin/.

Artigo do Professor Greg Mackie, denominado “If God is Love Why do We Suffer?” (tradução livre: “Se Deus é Amor porque nós sofremos?”) https://circleofa.org/library/if-god-is-love-why-do-we-suffer/.

Artigo “The Ten Commandments and A Course in Miracles” (tradução livre: Os Dez Mandamentos e Um Curso em Milagres”), Greg Mackie, site https://circleofa.org/library/the-ten-commandments-and-a-course-in-miracles/.

Artigo escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D., sobre o livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, disponível no site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Livro “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”, escrito pelo Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e pelo Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D..

Artigo do Consultor, Escritor e Professor Rogier Fentener Van Vlissingen, de Nova Iorque, intitulado “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (“Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), disponível no Blog Closing the Circle e acesso no link: https://acimnthomas.blogspot.com/2011/04/course-in-miracles-and-christianity.html.

Artigo sobre o livro “A Course in Miracles and Christianity: A Dialogue” (tradução livre “Um Curso em Milagres e o Cristianismo: Um Diálogo”), escrito por Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. e o Padre Jesuíta W. Norris Clarke, da Companhia de Jesus, Ph.D. Site http://www.miraclestudies.net/Dialogue_Pref.html.

Artigo do professor Robert Perry intitulado “Do we have a chalice list?” (tradução livre: “Temos uma lista de cálice?”), acesso através do link: https://circleofa.org/2009/07/13/do-we-have-a-chalice-list/.

Artigo “The religion of the ego” (tradução livre: “A religião do ego”), Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-religion-of-the-ego/.

Artigo “A New Realities Interview with William N. Thetford, Ph.D.”, conduzida por James Bolen em abril de 1984. Tradução livre Projeto OREM®. Artigo em inglês https://acim.org/archives/a-new-realities-interview-with-william-n-thetford/.

Artigo “Why is sin merely a mistake?” [tradução livre “Por que o pecado é apenas um erro?”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/why-is-sin-merely-a-mistake/.

Artigo “What a difference a few words make” (tradução livre: “Que diferença algumas palavras fazem”), Greg Mackie, disponível no link https://circleofa.org/library/what-a-difference-a-few-words-make/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres], coescrito por Robert Perry, B.A. (Cranborne, United Kingdom) e Greg Mackie, B.A. (Xalapa, Mexico), link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-course-miracles/.

Artigo “Near-Death Experiences and A Course in Miracles Revisited” [Experiências de Quase-Morte e Um Curso em Milagres Revisitado], escrito por Greg Mackie, link Revisitado], e pode ser acessado no link https://circleofa.org/library/near-death-experiences-and-a-course-in-miracles-revisited/.

Artigo “Watch With Me, Angels” [Vigiem comigo, anjos], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/watch-with-me-angels/.

Artigo transcrito de Workshop apresentado pelo Dr. Kenneth Wapnick, denominado “Watching With Angels [Vigiar com anjos], link: https://facim.org/watching-with-angels-part-1/.

Artigo “How Does Projection Really Work? [Como a Projeção realmente funciona?], Robert Perry, que pode ser acessado através do link https://circleofa.org/library/how-does-projection-really-work/.

Artigo “The Practical Implications of Projection: Summary of a Class Presentation” [tradução livre: “As Implicações Práticas da Projeção: Resumo de uma Apresentação de Aula”] poderá ser acessado através do link  https://circleofa.org/library/practical-implications-projection/.

Artigo “Reverse Projection: “As you see him you will see yourself” [tradução livre: “Projeção Reversa: ‘Assim como tu o vires, verás a ti mesmo’”], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/reverse-projection-see-him-see-yourself/.

Artigo denominado “Are we living in a virtual reality” [“Nós estamos vivendo em uma realidade virtual?], Greg Mackie, link https://circleofa.org/library/are-we-living-in-a-virtual-reality/.

Artigo disponibilizado pelo site Pathways of Light, denominado “From Virtual do True Reality” [Da Realidade Virtual à Verdadeira], link https://www.pathwaysoflight.org/daily_inspiration/print_pol-blog/from-virtual-to-true-reality.

Série de artigos denominada “Rewriting the Rules of Virtual Reality” [Reescrevendo as Regras da Realidade Virtual] – partes 1 a 4, Dr. Joe Dispenza, link https://drjoedispenza.com/blogs/dr-joe-s-blog/rewriting-the-rules-of-virtual-reality-part-i.

Artigo “Commentary on What is Salvation” [“Comentário sobre O Que é Salvação”], Allen Watson, link https://circleofa.org/workbook-companion/what-is-salvation/.

Site oficial do Professor Allen Watson http://www.allen-watson.com/;

Artigo “Special Theme: What Is Salvation? [“Tema Especial: O Que É A Salvação?”], Thomas R. Wakechild, que pode ser acessado através do link http://acourseinmiraclesfordummies.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/PDF-What-is-Salvation-with-Notes-Upload-7-15-14-ACIM-Workbook-for-Dummies.pdf.

Artigo “The Core Unit of Salvation” [A Unidade Central da Salvação], Robert Perry, link https://circleofa.org/library/the-core-unit-of-salvation/.

Artigo “ACIM Study Guide and Commentary – Chapter 5, Healing and Wholeness – Section III – The Guide to Salvation” [Guia de Estudo e Comentários ACIM – Capítulo 5 – Cura e Integridade – Seção III – O Guia para a Salvação], Allen Watson, acesso através do link http://www.allenwatson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c05s03.pdf.

Artigo “Commentaries on A Course in Miracles – ACIM Text, Section 1.I – Principles of Miracles” (“Comentários sobre Um Curso em Milagres – UCEM Texto, Seção 1.I – Princípios dos Milagres”), Allen Watson, site http://www.allen-watson.com/uploads/5/0/8/0/50802205/c01s01a.pdf

Artigo “A Course in Miracles: The Guide to Salvation” [Um Curso em Milagres: O Guia para a Salvação”], Sean Reagan, acesso através do link https://seanreagan.com/a-course-in-miracles-the-guide-to-salvation/.

Artigo “The Urgency of Doing Our Part in Salvation” [“A Urgência de Fazer Nossa Parte na Salvação”], Greg Mackie, acesso através do link https://circleofa.org/library/urgency-of-doing-our-part-in-salvation/.

Artigo “Shadow Figures” [figuras de sombra], Robert Perry, acesso através do link https://circleofa.org/library/shadow-figures/.

Artigo-estudo intitulado “Shadows of the Past” [Sombras do Passado], Allen A. Watson, acesso através do  link http://www.allen-watson.com/allens-text-commentaries.html.

Recomendamos o site The Pathways of Light Community, para reforços no processo de estudo: https://www.pathwaysoflight.org.

Artigo sobre o Capítulo 17: O Perdão e o Relacionamento Santo – Seção III: Sombras do passado; pode ser acessado através do link: https://www.pathwaysoflight.org/acim_text/print_acim_page/chapter17_section_iii.

Transcrição de palestra do professor David Hoffmeister, estudante, pesquisador e eminente divulgador de UCEM, durante a Conferência “A Course in Miracles – ACIM” [“Um Curso em Milagres”], no mês de fevereiro de 2007, acesso através do link https://awakening-mind.org/resources/publications/accepting-the-atonement-for-yourself/. As diversas palestras do professor David podem ser acessadas, em inglês, no site https://acim-conference.net/past-acim-conferences/.

Trechos do workshop realizado na Fundação para Um Curso em Milagres (Foundation for A Course in Miracles), em Roscoe, Nova Iorque, denominado “Regras para decisões”, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D., no link https://facim.org/online-learning-aids/excerpt-series/rules-for-decision/.

Artigo “Levels of Mind: Looking at the ‘Layers’ of Mind that form Perception” (“Níveis da Mente: Olhando para as ‘Camadas’ da Mente que formam a Percepção”), Site https://miracleshome.org/publications/levelsofmind.htm.

Artigo “To Desire Wholly is to Be” (“Desejar Totalmente é Ser”), do professor David Hoffmeister. Site: https://miracleshome.org/supplements/todesirewholly_171.htm.

Artigo “The Glory of Who We Really Are” [“A glória de quem nós realmente somos”], do professor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/the-glory-of-who-we-really-are/?inf_contact_key=2c1c99e05ff3c25330a7916d84d19420680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “The difference between horizontal and vertical perception”, Paul West (16/09/2019). Site https://www.voiceforgod.net/blogs/acim-blog/the-difference-between-horizontal-and-vertical-perception.

Artigo “The Holy Relationship: The Source of Your Salvation [“O Relacionamento Santo: A Fonte de Sua Salvação”], Greg Mackie. Site Circle of Atonement, https://circleofa.org/library/holy-relationship-source-of salvation/?inf_contact_key=791ef4a4c578a34f45d28b436fec486d680f8914173f9191b1c0223e68310bb1.

Artigo “On Becoming the Touches of Sweet Harmony – The Holy Relationship as Metaphor – Part 1 and Part 2” [“Sobre se Tornar os Realces da Amena Harmonia – O Relacionamento Santo como Metáfora – Parte 1 e Parte 2”], 1º de junho de 2018, Volume 22 Nº 2 – Junho 2011, Dr. Kenneth Wapnick, Ph.D. Site https://facim.org/becoming-touches-sweet-harmony-holy-relationship-metaphor/.

Livro “Your Immortal Reality: How to Break the Cycle of Birth and Death” (tradução livre: “A Sua Realidade Imortal: Como Quebrar o Ciclo de Nascimento e Morte), de autoria de Gary R. Renard.

Fonte de consulta para a tradução dos Dez Mandamentos em português: https://biblia.com.br/perguntas-biblicas/quais-sao-os-10-mandamentos-e-onde-os-encontramos-na-biblia-cl/.

Artigo “Summary of the Thought System of “A Course in Miracles” [Resumo do Sistema de Pensamento de “Um Curso em Milagres”]. Links https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-1/; https://facim.org/summary-of-the-thought-system-of-a-course-in-miracles-part-2/.

Artigo “Miracles boomeritis” [Boomerite dos Milagres], Robert Perry, https://circleofa.org/library/miracles-boomeritis/.

Livro “Boomerite: Um romance que tornará você livre” [na versão em português; “Boomeritis: A Novel That Will Set You Free”, na versão original em inglês].

Artigo “A brief summary of “The obstacles to peace” [“Um breve resumo de “Os obstáculos à paz”], Robert Perry, site Circle of Atonement, link https://circleofa.org/library/brief-summary-obstacles-to-peace/.

Artigo “A Course in Miracles and ‘The Secret’” [“Um Curso em Milagres e ‘O Segredo’”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/a-course-in-miracles-and-the-secret/.

Artigo “How can the Course help us cope with a financial crisis” [“Como o Curso pode nos ajudar a lidar com uma crise financeira?”], Greg Mackie. Site https://circleofa.org/library/course-help-cope-with-financial-crisis/.

Artigo “True Empathy” [“A Verdadeira Empatia”], autor Robert Perry. Site https://circleofa.org/library/true-empathy/.

Artigo: “I NEED BE ANXIOUS OVER NOTHING”, autor Greg Mackie. Site: https://circleofa.org/library/carefree-life/;

Artigo “16-POINT SUMMARY OF THE TEACHING OF A COURSE IN MIRACLES”, autor Robert Perry. Site: https://circleofa.org/library/creation-by-god/

Livro “365 Days Through A Course in Miracles – A Daily Devotional”, de Jeff Nance.

Artigo ‘The Introduction to the Workbook’, de Allen Watson. Site: https://circleofa.org/workbook-companion/the-introduction-to-the-workbook/

Vídeo do Dr. Kenneth Wapnick, abordando a afirmação do livro Texto: “Faça com que esse ano seja diferente, fazendo com que tudo seja o mesmo” ((UCEM-Urtext-T-15.XI.10:11), disponível no YouTube através do link:  https://www.youtube.com/watch?v=KFNCHw_Hb5Q.

Artigo do Professor Robert Perry, denominado “THIS YEAR MAKE DIFFERENT: HOW THE COURSE WOULD HAVE US APPROACH THE NEW YEAR” [Tradução livre “Faça com que esse ano seja diferente: Como o Curso nos quer fazer abordar o Ano Novo”], disponível em inglês através do link: https://circleofa.org/library/a-different-approach-to-the-new-year/.

Um milagre é uma correção. Ele não cria e realmente não muda nada. Apenas olha para a devastação e lembra à mente que o que ela vê é falso. Desfaz o erro, mas não tenta ir além da percepção, nem superar a função do perdão. Assim, permanece nos limites do tempo. LE.II.13

Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.
T.In.2:2-4
Autor

Graduação: Engenheiro Operacional Químico. Graduação: Engenheiro de Segurança do Trabalho. Pós-Graduação: Marketing PUC/RS. Pós-Graduação: Administração de Materiais, Negociações e Compras FGV/SP. Consultor de Empresas: Projeto OREM® - Organizações Baseadas na Espiritualidade (OBEs). Estudante e Pesquisador Independente sobre Espiritualidade Não-Dualista; Psicofilosofia Huna e Ho’oponopono; A Profecia Celestina; Um Curso em Milagres (UCEM); Espiritualidade no Ambiente de Trabalho (EAT); A Organização Baseada na Espiritualidade (OBE). Certificação: “The Self I-Dentity Through Ho’oponopono® - SITH® - Business Ho’oponopono” - 2022.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x